Quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Para que não se estabeleça o ódio nas almas, é necessário que se viva o amor.

Hoje, Meu Casto Coração lhes mostra a dor que sente pelo que está sendo semeado no interior de todas as crianças, que, sem compreenderem, padecem o terror das guerras no mundo.

Apenas a vivência de um amor profundo e verdadeiro é capaz de equilibrar essas ações da humanidade. Por isso, hoje lhes peço que, como um ato de paz pela humanidade e, sobretudo, pelas crianças do mundo, dissolvam o ódio de seus corações e amem aqueles que sabem que guardam algum tipo de rancor em seus corações.

Seja como um serviço, indo a um lugar que necessite de muito amor ou dentro de suas famílias, vençam o orgulho e o temor e realizem um ato de amor como seus corações indicarem.

Peço-lhes que sejam verdadeiros e que não se movam com base nas emoções, mas sim com base no sentir profundo do coração.

Por mais que sintam que o que vivem não está ligado ao que acontece em outras regiões do mundo, vocês verão que, ao realizarem um ato verdadeiro de amor, apagarão de uma parte da consciência humana o ódio que existe e também este que está sendo semeado pelas atuais guerras do mundo.

Convido-os a uma campanha que se chamará “Semeando o Amor na Humanidade”. As experiências de todos podem ser registradas como cada um sinta e serão unidas e levadas para as crianças que emigram de seus países no Oriente Médio e que hoje necessitam ver que uma parte da humanidade está fazendo algo para equilibrar a dor de seus corações.

Será um ato simples, mas levará o princípio de uma cura para muitos corações.

Difundam este chamado como uma grande rede de amor e de serviço, para apagar o ódio dos seres humanos.

Eu os amo e os acompanharei nesta missão.

São José Castíssimo