MENSAJE DIARIO DE MARÍA, ROSA DE LA PAZ, TRANSMITIDO EN EL CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AL VIDENTE FRAY ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Enquanto as santas mulheres estavam próximas de Jerusalém, pelo outro lado, o Divino Filho também já se aproximava da cidade na qual Ele seria repudiado e morreria por todos.

Por um ato de Amor infinito e incompreensível para a mente humana, Meu Amado Filho entregaria toda a Sua Vida e Divindade pela salvação da humanidade e do planeta.

Durante a viagem para Jerusalém, que Meu Amado Filho realizava com seus apóstolos, Pedro perguntou-Lhe porque Ele, sendo o Messias e o Salvador de Israel, devia passar por essa experiência.

Jesus, atento ao movimento de Seu adversário, declarou de viva voz que a Vontade de Deus se cumpriria neste Universo e neste planeta e que nada nem ninguém poderia tentar ou alterar essa Vontade Divina.

Dessa forma, Jesus despertou em Seus apóstolos a fortaleza e a fé para que nos momentos difíceis da Paixão de Cristo suas consciências se mantivessem serenas, e não cheias de temor por acreditar que tudo havia sido um fracasso.

A entrega de Jesus possibilitou provar a confiança dos Seus seguidores em algo que é Maior e Divino. A Paixão de Jesus permitiu revelar ao mundo a condição inferior em que, naquele tempo, encontrava-se toda a consciência humana.

Jesus, antes de ingressar em Jerusalém, verteu sobre os Seus os códigos lumínicos mais elevados, para que, no momento crucial, os apóstolos se resguardassem espiritualmente diante das forças e das energias que se moveriam.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Depois que Jesus curou a cegueira de uma pobre e simples mulher, acordou com as doze santas mulheres que acompanhavam Minha Divina Consciência que se encontrariam domingo à noite na casa de uma delas para terminar de preparar a grande tarefa que Ele realizaria pela humanidade: Sua Divina Paixão.

As doze santas mulheres, depois de terem-se desposado com Jesus em Bethânia, saíram em peregrinação por outro caminho que as conduziria até Jerusalém. Com orações, jejuns, e sacrifícios, as santas mulheres, junto a Maria e durante o caminho para Jerusalém, começaram a viver êxtases inexplicáveis, o que as fazia mais conscientes da Paixão que viveria seu Santo Esposo Espiritual.

Minha Divina Consciência foi relatando ao longo da peregrinação as visões que o Pai Eterno, através do Arcanjo Gabriel, Me enviava sobre o duro momento e sobre a agonia que Cristo viveria.

Sem saber, as doze santas mulheres, que caminhavam rezando e jejuando para Jerusalém, começaram a viver de uma forma antecipada a Paixão de Jesus.

No domingo à noite, elas receberam do próprio Jesus e através do legado que deixaria Minha Divina Consciência todos os detalhes sobre a preparação da Última Ceia; perceberam as indicações para esta cerimônia por meio de sonhos e por orientação direta de seus anjos da guarda.

Isso permitiu que estivessem em comunhão perpétua com o Sagrado Coração de Jesus, acontecimento que, no final dos tempos, repercutiria em todo o gênero feminino.

Antes de chegar a Jerusalém, as santas mulheres declararam a Maria a união interna com o Seu Coração de Mãe e confirmaram que compartilhariam com Ela e por Ela todos os martírios e dores que a Santa Mãe viveria para aliviar o Seu Amadíssimo Filho.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado.

Unifica-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Três dias antes da entrada de Jesus em Jerusalém, nosso Amado Senhor visitou uma piedosa mulher da região da Galileia. Foram tantas as orações dessa humilde anciã que Jesus, ao passar perto de sua casa, ouviu internamente seu pedido por aqueles que crucificariam o Filho de Deus.

Jesus acercou-Se dessa humilde mulher e ela sentiu a presença do Amor do Mestre, amor que Ele irradiava com intensidade por onde passava.

Mesmo sem poder vê-Lo fisicamente, ela O sentiu em seu coração, e Jesus, entrando em sua casa, aproximou-Se e lhe deu a bênção. A anciã parecia imóvel ao saber que estava pela primeira vez frente Àquele que daria a vida por ela.

Então o Mestre, impondo Suas Mãos sobre os olhos da piedosa mulher, curou-a de sua cegueira e permitiu-lhe que O visse, como ela sempre quis. A anciã ajoelhou-se diante d’Ele por este milagre e começou a beijar Seus pés, banhando-os com um abundante caudal de lágrimas.

Jesus levantou-a e, ao olhá-la nos olhos, disse que lhe dava a paz para que a tivesse para sempre e que seguisse orando por seu Senhor, porque a hora d’Ele se aproximava, a hora mais difícil de Sua agonia.

A anciã, atendendo ao Seu pedido, respondeu que há muito tempo orava pelos inimigos de Jesus para que um dia eles se convertessem.

O Senhor ensinou a Seus apóstolos, que ficaram comovidos pelo que acontecera com a anciã, que o Reino de Deus é o tesouro dos mais humildes de coração e perguntou-lhes se sabiam por que essa pobre mulher havia sido curada.

Os apóstolos ficaram sem palavras e em silêncio, e Jesus lhes respondeu que a fé daquela mulher simples a havia curado, a fé que ela sentia por Deus através de Seu Filho; e tudo o que em essência permitiu o milagre foi o despojamento que ela tinha de si mesma, a ponto de não perceber que estava totalmente cega.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Enquanto Meu Amado Filho fazia de cada povoado que visitava um novo ponto de Luz para o planeta, os milagres de vida e conversão não deixaram de acontecer.

Quando Meu Filho ainda tinha a permissão do Pai Celestial para trabalhar e atrair mais misericórdia para as almas e, apesar das condições espirituais daquela época, Seu Sagrado Coração não deixou de penetrar com Sua Luz e Seu Mistério todas as almas que encontrava em Seus simples caminhos.

Jesus ensinou Seus apóstolos, enquanto visitavam as cidades ao redor de Jerusalém, que eles deviam cultivar em si mesmos não somente o espírito da fé, mas também a persistência diante de tudo o que chegaria.  

Em vários momentos, Meu Amado Filho revelou aos Seus seguidores e discípulos que Sua hora esperada se aproximava, e apesar de que o Senhor viveria um dos maiores sacrifícios pela humanidade e pelo Projeto do Altíssimo, Ele nunca deixou de mostrar o poder interior de Sua fé.

A fé de Jesus, naquele tempo, era tudo, e significava o Propósito fundamental para que as almas pecadoras e as não pecadoras se alimentassem da Divina Fonte.

Na fé de Jesus os apóstolos e seguidores encontravam a possibilidade de retomar a reconciliação com Deus e, sobretudo, a confiança que faria, naquele tempo, cada alma merecedora da Misericórdia que se derramava através da Presença do Filho de Deus.

Por isso, Jesus tentou por todos os meios espirituais e internos que a humanidade recuperasse algo tão elevado como é a fé; porque essa fé a colocaria novamente, como raça, no caminho que havia perdido.

Em Jesus se revelava, em silêncio, o poder de Sua Fé, Fé que libertava as almas, aproximando-as novamente da Existência Divina.

Naqueles dias, o Sagrado Mestre preparou a consciência humana para que durante a Paixão de Cristo reconhecesse, no momento menos esperado, quem em verdade era essa consciência e quanto devia a humanidade render-se a Deus para alcançar a redenção.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Depois de que Jesus esteve em Bethânia reunido com as doze santas mulheres, Nosso Senhor partiu rumo a Jerusalém acompanhado por alguns dos Seus apóstolos. Esse era o momento em que Ele, como homem, enfrentaria Sua grande tarefa espiritual pela humanidade.

O Mestre, nesta viagem, visitou outros lugares que estavam no caminho, onde depositou mais códigos de Luz, com a finalidade de que a humanidade se servisse deles no futuro e através das gerações seguintes que viriam após Ele.

Pela última vez e na presença interior do Pai, Meu Filho passou por algumas cidades e povoados acompanhado de Seus apóstolos, para ensinar-lhes como curar, sarar, liberar possuídos e sobretudo, instruir e proclamar a Boa Nova.

O Santo Senhor tentou deixar gravada na consciência da humanidade a importância de Sua passagem pela Terra e o momento esperado de Seu segundo Retorno ao mundo.

Neste sentido, Jesus, que depois seria reconhecido como o Cristo, revelou às almas os mais altos graus de Amor para que elas, apesar de qualquer circunstância ou situação, nunca esquecessem que o Amor de Deus está presente em tudo o que foi criado.

Assim, Meu Amado Filho percorreu vários lugares da Terra Santa antes de ingressar em Jerusalém no dia de domingo, quando começaria a Páscoa; momento em que o Cordeiro seria imolado e sacrificado pelas próprias mãos daqueles que o entregaram por engano e erro.

Durante Sua visita aos povoados da região de Israel, Meu Amado Filho deixou presentes as chaves espirituais para que, assim que fosse condenado à cruz do mundo, as almas recordassem quem, na verdade, Ele havia sido.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Uma semana antes de começar a Páscoa, com a entrada de Meu Filho em Jerusalém, lugar escolhido por Deus para viver Seu sacrifício, Jesus, Meu Amado Senhor, encontrava-Se em Betânia reunido com as doze santas mulheres, e com elas Minha Divina Consciência; ali, naquele momento, elas se uniram espiritualmente ao Mestre com o bendito fim de acompanhá-Lo em silêncio durante Sua Sagrada Paixão. Naquele tempo e nessa ocasião, essas doze mulheres receberam do Divino Mestre a iniciação interior para que, independentemente de onde se encontrassem, recebessem em espírito o aviso contundente de que o Mestre estava sendo entregue.

Nesta reunião também esteve presente José de Arimateia, que se comprometeu, a pedido de Jesus, a ser quem recuperaria seu Sagrado Corpo depois de ser crucificado, das mãos de Pôncio Pilatos.

Nesse dia, as santas mulheres, que estavam sentadas aos pés de seu doce Mestre, receberam do próprio Jesus a bênção do Espírito Santo, e José de Arimateia, com uma simples aliança de madeira, desposou-as com Jesus para que elas fossem, no futuro, as testemunhas da história do Nazareno.

Por isso, uma semana antes de Jesus entrar em Jerusalém para ser reconhecido momentaneamente como o Messias e depois ser repudiado e crucificado, as santas mulheres se uniram em espírito a Ele e foram as primeiras almas em toda a história da humanidade a se casarem com Cristo através de uma simples aliança.

Esta história continuará.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sintam Minha presença como um bálsamo que os acalma e lhes traz esperança e renovação.

Sintam Meu Divino Espírito como uma Fonte de Paz para as suas vidas.

Sintam, em Minha presença, a possibilidade de perdoar o passado e recomeçar.

Venho como o sol que nasce na manhã, para dar ao mundo uma nova oportunidade de ver a Luz. Venho acender essa Luz em suas vidas.

Venho como a água que brota de uma nova fonte, dando à natureza a esperança da renovação da vida. Eu hoje renovo as suas vidas.

Venho para abrir mais um novo ciclo e uma nova porta para a redenção.

Venho para que todos Me conheçam e, através de Mim, conheçam Deus; porque Minhas palavras não provêm de Mim, mas de Sua Santa Vontade.

Venho para unir o que o homem separou e demonstrar que todas as religiões, todas as culturas, todas as linhas de verdadeira sabedoria se encontram em uma busca incomum: a vivência do Amor. Venho, como portadora desse Amor, abrir as portas para a unidade entre os seres.

Já não separem o que deve se unir. Meu Filho não veio ao mundo para criar religiões. Foi a incapacidade do homem de viver as Suas palavras que fez com que as religiões fossem criadas, para que cada um seguisse o caminho que lhe permitia compreendê-las, até que um dia pudessem descobrir o Amor e a Unidade, quando tudo o que foi separado volta a se unir.

Filhos, Eu venho abrir as portas desta casa para que seja a Minha casa, na qual podem buscar auxílio. Venham e aprendam a rezar Comigo, assim como aprenderam as mulheres de Nazaré e Jerusalém.

Venham sem distinção de credos e raças, para que o Meu Amor possa uni-los.

Venham buscando o perdão e as portas para a redenção que aqui abri para suas almas.

Venham para reconciliar-se com Deus e encontrar em Sua Serva um caminho para imitar e seguir.

Esta não é uma nova igreja; esta é a Casa da Sua Santa Mãe, a Mãe de todos os pobres, a Mãe de todos os que carecem de algo.

A humanidade necessita compreender que, enquanto estiver neste mundo e presa a ele, será pobre, porque a verdadeira riqueza se encontra no Reino de Deus, onde, renunciando a todas as coisas, os seres vivem a verdadeira liberdade e são preenchidos pelo maior tesouro da Criação: a unidade com o Divino.

Filhos, permitam-se recomeçar suas vidas e ter para si novos princípios, novas metas, novas aspirações. Abram-Me as portas de suas casas e de seus corações.

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Eu sempre terei os Meus filhos em Meus braços, os ampararei e os resguardarei, ainda que, cruzando o deserto destes tempos, todas as bestas se levantem contra eles e contra Mim.

Eu sempre terei os Meus filhos em Meus braços, porque eles são para o Criador o maior tesouro de toda a Sua Criação; são parte de Meu Ventre e o sangue que corre em suas veias provém do manancial que brota de Meu Imaculado Coração.

Eu sempre terei os Meus filhos em Meus braços, mesmo quando este deserto passar e encontrarmos a Nova Jerusalém, a Terra Prometida, onde a Vontade do Criador reina e onde não há outro que triunfe além do Pai.

Filhos Meus, estou com vocês em Meus braços, cruzando o grande deserto destes tempos em que o assédio persegue a Mãe e os filhos de Deus. Porém, os Meus passos de luz são inalcançáveis e não haverá trevas que possam Me deter. Por isso, apenas lhes pedirei que se mantenham em Meus braços e não temam.

Eu os tenho colocados em Meu Coração, onde o amor que sinto pelas almas e pela Vida vence qualquer escuridão e converte qualquer mal. Deixem que suas cabeças repousem sobre esse Coração e apenas se segurem fortemente em Meus braços, porque o deserto um dia acabará e logo chegará a Casa do Pai, a Morada segura para os mil anos de Paz.

Enquanto estiverem em Meus braços, os ventos frios poderão soprar e a noite poderá cair sobre nós, mas o Sol de Minha Essência é inextinguível e sempre iluminará o caminho. Aquele que estiver em Meus braços não se perderá, porque Eu caminharei com ele e o protegerei.

Sejam inocentes e rendidos como as crianças; deixem que Eu os tenha em Meus braços e lhes mostre que sem a sua Mãe Celestial não há vida. Eu os sustento, Eu os resguardo e os amparo no deserto e além dele.

Haverá dias, filhos, em que se sentirão perdidos, porque o deserto às vezes parece não ter fim, mas mantenham-se em Meus braços, orem Comigo e escutem o sussurro de Minha doce voz em seus corações, dizendo-lhes: “Estou aqui”.

Os Meus filhos são o maior tesouro da Criação, não importa o erro que cometeram ou como se desviaram do caminho, porque os erros e os desvios são a consequência dos aprendizados que se vivem neste mundo. Não confundam o que fazem com o que são. Busquem a verdade em seu interior e mantenham-se em Meus braços.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ E MÃE DO CALVÁRIO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos,

Quisera que, neste dia santo, recordassem Comigo o momento em que Meu Filho cruzou as portas de Jerusalém para livrar o mundo do cativeiro, por meio da Sua chegada à cidade santa onde foi recebido e louvado pouco antes da Sua morte.

Quisera que, nesta Semana Sagrada, acompanhassem sua Mãe do Calvário em cada um dos acontecimentos que marcaram o antes e o depois na historia da humanidade.

Unidos através da Santa Paixão do Meu Filho, os convido também a cruzar, com a sua Mãe Celeste, as portas de Jerusalém, entre a multidão, para encontrarem-se com Ele em todo o Seu esplendor e glória.

Queridos filhos, que neste dia elevem ao Céu os seus ramos e flores, para honrar e recordar Aquele que, novamente, lhes deu a vida espiritual, depois da Sua morte e da Sua Ressurreição.

Unamo-nos a esse momento sagrado e veneremos o legado que Cristo deixou pelos séculos dos séculos.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Caminho para a cidade santa de Jerusalém,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz e Mãe do Calvário

MENSAGEM DIÁRIA EXTRAORDINÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

O Princípio da Sagrada Família Universal

Era uma vez uma família humilde de Nazaré, que em seu espírito cultivou a sagrada obediência às leis divinas.

De um ventre puríssimo, nasceu a Suprema Misericórdia chamada JESUS e, naqueles tempos tão difíceis, os três Sagrados Corações cumpriram uma tarefa em prol da salvação espiritual da humanidade.

De São José brotou a humildade de servir a Deus. Em Maria, expressou-se a obediência e o amor pelas almas e no pequeno Menino Jesus se manifestou a Graça e a Misericórdia do Universo Maior.

Era esse projeto de família sagrada que deveria cultivar-se em todas as criaturas não redimidas. Era esse projeto, tão pensado, que transcenderia as barreiras do mal e da dor, por meio do amor professado pelo pequeno Jesus.

Este projeto trino terminou quando o Mestre cumpriu a Vontade de Deus ao deixar-se pregar na Cruz e foi lá que a Sagrada Misericórdia se derramou uma vez mais sobre o mundo.

É esse projeto que ainda está latente nos Mensageiros Divinos e é por ele que Eles trabalham incansavelmente, para que a obra máxima da redenção planetária possa se cumprir na humanidade.

Que se abram os ouvidos internos das criaturas e que possam ouvir o chamado celestial, pois a Vontade oniabarcante dos Mensageiros Celestes é que todas as criaturas da Terra sejam uma sagrada família universal.

E será, filhos Meus, durante o tempo da purificação que esse sagrado e divino desejo de Deus poderá ser concretizado.

Não deixem de trabalhar por sua redenção. Não descansem até que estejam completamente vazios de vocês mesmos; será assim que Meu Filho encontrará barro novo para moldar o arquétipo de uma família divinizada por Deus e pela Santíssima Trindade.

É este sagrado projeto criador que deverá se cumprir, ao menos em uma parte da humanidade. Quando alguém conseguir viver os princípios da unidade e do amor, será o sinal para os Mensageiros Divinos de que a Obra Sacra foi completada.

Será nesse dia que os anjos cantarão Aleluia, porque terão visto cumprir-se a promessa na sagrada família universal, que deverá ser formada por cada um de vocês; assim o planeta será liberado do mal.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Unifica-os na Santíssima Trindade,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos,

Enquanto Jesus novamente se prepara para ressuscitar em espírito dentro da consciência de cada ser que se abra para viver a redenção, a Mãe celeste de todos vocês já se encontra ao lado do sepulcro esperando, em oração e vigília, que o Redentor e Rei dos reis liberte as almas presas da condenação e do martírio.

Por isso, filhos, como as santas mulheres de Jerusalém, aquelas que foram absoluta e incondicionalmente fiéis ao Mestre, Eu hoje os convido a imitá-las, para que, nos momentos em que a humanidade viver seu pior inferno, sempre exista, dentro e fora de vocês, uma centelha de luz e de esperança, essência que reforçará o espírito dos autoconvocados.

O Mestre repousa em Seu leito, cercado de incenso e de flores violetas e ungido pelos óleos de luz que restauram Seu Corpo martirizado. Seu Espírito, nestes tempos, trabalha amplamente e combate, junto aos exércitos angelicais, todas as expressões do mal.

Filhos, preparem-se, vigiem e sigam orando para que o Redentor de almas, fora do sepulcro, os encontre bem despertos e então ponha fim ao cativeiro humano.

Queridos filhos, como as santas mulheres, esperem a ressurreição do seu cristo interior, que ao longo dos anos foi oprimido, negado, julgado e submetido às forças da distração, do descontrole, do desejo e da supérflua vida materialista, impedindo-o de despertar. Atuem inteligentemente e abandonem a prisão em que se colocaram. Os seus cristos internos ressuscitarão pela segunda vez, depois de haver suportado todos os horrores de uma vida de ilusão, vazia de espírito e de amor.

Por isso, filhos, preparem-se antes que chegue o grande momento da purificação de si mesmos, quando seus espíritos internos já deverão estar fortalecidos pelo fogo da oração, do serviço e pela confirmação permanente do Plano de Deus.

Já não há mais nada a fazer, a não ser esperar a ressurreição de Cristo dentro do sepulcro de seus seres.

Atentos à Sua chegada, cantarão aleluia, dando graças a Deus por haverem tomado consciência de quanto tempo perderam na vida material. E, por aqueles que ainda estão presos entre as cadeias da tentação e da luxúria desenfreada, rezem porque, por seu ato e oferta de amor, Cristo também tentará ir ao encontro dos perdidos.

Hoje é Sábado de Aleluia, os anjos já cantam: o Salvador ressuscitou!

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DA CIDADE PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, ATÉ PAYSANDU, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Filhos Meus,

No início deste Domingo de Ramos, convido-os a lembrar o momento em que seu Rei e Salvador entrou pela porta maior de Jerusalém, para libertá-la do castigo e do poder conquistador.

Recordem esse momento decisivo, pois foi o começo da entrega de seu Senhor à Cruz da Redenção.

Por isso, neste dia, queridos filhos, glorifiquem a Jesus, porque foi quem, em nome da Vontade Suprema, veio ao mundo para pôr fim ao cativeiro de toda a humanidade.

Elevando os seus ramos e suas palmas de luz para receber o Salvador às portas da Jerusalém interior, abram seus corações para reconhecer o Senhor da Infinita Misericórdia. Assim, sendo curados e perdoados por Sua Luminosa Presença, recebam de Seu Sagrado Coração o dom da Paz, porque nestes tempos a Paz os levará a testemunhar a segunda vinda de Cristo.

Agora, em glória e poder, o Rei chegará para finalizar Sua Missão na Terra. Preparem as suas virtudes e os seus dons, porque em breve Ele virá procurá-los para com eles fazer Suas Obras de Misericórdia nas almas do mundo.

Filhos, silenciosamente, sua Mãe Celeste, em regozijo e plenitude de Seu Amor Imaculado, recorda a passagem da chegada de Jesus a Jerusalém. Esse momento foi significativo e predestinado para toda a humanidade, porque ela alcançaria, por esse feito, o tempo de sua purificação.

Mas é agora, filhos, que vocês devem estar preparados para esperar a segunda vinda de Cristo. Eu os chamo à conscientização desse acontecimento universal que mobilizará do espaço todas as leis, e as estrelas serão testemunhas da chegada de um novo ciclo.

Enquanto isso não acontece, tragam de novo aos seus corações a passagem da entrada do seu Mestre em Jerusalém; dessa forma, vocês atrairão os códigos de luz necessários para definir os seus caminhos.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Hoje está junto a vocês, às portas de Jerusalém, esperando o Salvador,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO EXTRAORDINÁRIA NA CIDADE DE BRASÍLIA, DF, BRASIL, TRANSMITIDA POR MARIA, RAINHA DA PAZ, E DE TODOS OS POVOS DESTE MUNDO,À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Meus amados:

Enquanto o mundo agoniza e muitas almas sofrem as consequências de suas ações, outras são abençoadas pela Graça de Minha presença.

Aos que dormem, entrego Minha Misericórdia, para que um dia possam despertar e se tornar dignos filhos de Deus Pai e Salvador. Aos que estão despertos, entrego Minha Graça, para que possam tornar-se soldados de Meu exército mariano.

Hoje, Meus queridos, retorno a esta cidade, porque desejo encontrar aqui mais do que o espírito da Devoção. Aqui deverá pulsar o coração ativo desta nação tão querida por Deus e por Meu Imaculado Coração.

Ainda vejo muita ilusão no mundo, ainda vejo que as almas não compreendem o Meu Chamado, porque não permitem que Meu Verbo os transforme por completo.

Meus queridos, chegou o momento de que Minha presença se torne viva nos corações daqueles que Me escutam. Até este momento, vim construindo a união de seus corações com o Meu, para conduzi-los ao Coração Sacratíssimo de Meu Filho. Mas agora, Meus queridos, é momento de que esta Graça que recebem de estar Comigo não seja apenas o motivo do alívio de suas angústias e temores, porque o mundo necessita de seres despertos, de soldados dispostos a entregar tudo por Amor a Deus e pela salvação das almas.

Meus queridos, quero dizer-lhes que não venho ao mundo apenas para encontrá-los em devoção e em fé; quero encontrar os corações mais conscientes do tempo em que vivem, porque muito já lhes foi dito e pouco puderam compreender verdadeiramente.

Aqueles que Me escutaram não acreditaram verdadeiramente em Minhas palavras, porque, se assim fosse, suas vidas já seriam outras e em seus internos habitaria uma outra fortaleza, que não a do mundo.

Quero que Minhas palavras cheguem aos corações, para tocá-los com o Amor Celestial, e que também cheguem ao profundo de seus seres, para transformá-los em instrumentos do Coração de Deus.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, MÃE DA DIVINA CONCEPÇÃO DA TRINDADE, TRANSMITIDA AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Filhos Meus,

Hoje os convido de novo à adoração de Meu Filho em cada uma de suas orações, como no exercício da contemplação do Cristo Misericordioso. Elevem os olhos ao Coração de Meu Filho para que seus corações vivam o anúncio da Nova Redenção. Dessa forma, Meus queridos filhos, por meio desse exercício estarão, no silêncio, preparando seus corações para quando Ele retornar. Suas almas, como ovelhas no rebanho do Pastor, devem caminhar confiantes, através do estado de oração e de adoração.

Queridos filhos, vocês não apenas estarão elevando um pouco mais seus corações através da adoração, mas também poderão elevar o sentimento e o pensamento da humanidade que vive sem Meu Filho.

Nesta Páscoa que se aproxima, Eu os convido a abraçarem a Meu Filho e, assim como às Portas de Jerusalém, convido-os a receber o Messias Redentor. Com esse mistério pascal em suas vidas, vocês poderão vivenciar a Presença sublime de Seu santíssimo Coração, porque sem Meu Filho, não poderão ver, em verdade, o que Deus tem para cada um de vocês.

Amados filhos, é só através de Meu Filho que poderão pôr seus pés a caminho dos Céus, para que a alma encontre um lugar seguro para onde retornar.

Queridos filhos, nesta preparação para a adoração, seus corações se liberarão do peso que carregam na vida e, assim, eles brilharão pela Presença do Redentor. Por isso, queridos filhos, é importante se abrirem para viver os verdadeiros mistérios de contemplação que Cristo deixou como ensinamento.

Chegou a hora de todos os corações se prepararem e aproveitarem o tempo para estar em Meu Filho. Guardem em suas vidas o mistério do Amor que Cristo agora lhes traz, através de Sua Misericórdia para o mundo inteiro. Vivam n’Ele e vivam por Ele, porque logo compreenderão tudo.

Grata por responderem ao Meu chamado.

Amor e Luz para os corações.

Maria, Mãe da Divina Concepção da Trindade

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS, TRANSMITIDA AO VIDENTE FREI ELÍAS

A Antiga Lei da Purificação

Desde o primeiro dia em que Minha Mãe Maria Me apresentou no Templo do Senhor, o Sumo Sacerdote reconheceu, diante de seus olhos e diante dos olhos dos mais sábios, que se encontrava frente à pureza virginal de Deus.

Como um ato de humildade, São José Castíssimo levou como oferenda ao Templo o símbolo de duas pombas, as que, misteriosamente, representaram o Espírito Santo durante a circuncisão de Jesus.

A partir daquele dia, a Lei da Purificação passou a ser a Lei da Consagração para todos os seres. Cristo, como Menino Rei, trouxe a mudança profunda para a vida de todas as consciências. Ele foi o Messias que anunciou a liberação do pecado do povo e, em consequência, da humanidade, por meio do poder do Amor de Deus.

Por isso, hoje, não tema por estar frente à atual lei da purificação, porque quem aspira à vida do infinito poderá alcançar a consagração de seu coração a Deus.

Ninguém chega ao Pai sem antes haver passado pela purificação do corpo, da mente e do espírito.

O Menino Rei, desde sua consagração no Templo de Jerusalém, trouxe a oportunidade de reverter os pecados e os aspectos da vida através da compaixão. Não se vejam tão impuros, vejam seus seres no ciclo da ardente purificação da vida terrena.

Jesus Misericordioso é esse manancial que os lavará, mas que, ao mesmo tempo, lhes mostrará tudo o que deverá ser purificado para a alma valente que se anime a vivê-Lo.

Estão em um tempo de profunda redenção dos pecados capitais; por isso, afirmem sua fé no Senhor Deus Todo Poderoso, para que Cristo receba a permissão de libertá-los e de auxiliá-los durante a grande purificação.

Ofertem suas misérias ao universo. Hoje os convido a ingressarem no templo da purificação, para que mais almas se consagrem logo ao Plano precioso do Criador.

Sob o Bem do Pai, sejam bem-aventurados.

Agradeço-lhes por se purificarem por meio de Meu Amor Redentor!

Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Decreto de Esperança para o Coração da Terra

Escuta, ó Coração da Terra! 
O ciclo de definição para teu destino já chegou.
Caminha para o teu novo nome, para a expressão de tua nova vida.

Neste calvário que vives, carregando a cruz do fim dos tempos, 
vê teu Coração tornar-se o palco de uma batalha, 
traçada desde as origens da vida humana e antes dela. 
Vê que chegou a hora de que esta batalha tenha fim, 
e prepara os corações de teus filhos, 
para que sejam triunfadores no Amor e na Verdade.

Ó Coração da Terra, 
teu novo nome se desenha como fogo no horizonte, 
e nada poderá deter o triunfo de teu destino. 
Irradia a fé que nasce no centro de teu ser para cada um de teus filhos, 
para que, através dela, sejam conhecedores da Verdade e do Bem.

Dissolve aos poucos o tempo que te rodeia, 
como véus que encobrem o teu rosto, 
ocultando a Verdade que existe além de ti. 
Deixa que teus filhos ingressem aos poucos no Tempo de Deus, no Tempo Real, 
e que assim reconheçam não só a gravidade destes dias,
mas também a majestosidade de teu propósito.

Deixa que teus filhos contemplem não apenas a ilusão
e a sonolência que absorvem os seres, 
mas saibam sua origem e o que os fez chegar até aqui 
para se tornarem seres humanos, esperanças do Coração de Deus.

Ó Coração da Terra, 
que agonizas e te entristeces neste parto, que parece eterno,
de um Filho tão esperado por toda a Vida. 
Ainda que sejam dolorosas as tuas contrações e teu corpo esteja cansado, 
não percas a esperança de ver nascer de ti o novo homem, a nova vida.

Eis que aos poucos surge a promessa que o Criador fez para ti, 
desde o princípio de tua existência e antes dela; 
promessa essa que foi renovada ao longo da evolução humana, 
que triunfou na Cruz do Salvador e que deve culminar 
com a cruz destes tempos, a cruz planetária.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Contempla hoje o mistério da morte de Cristo e a solidão sentida por todos os Seus apóstolos e discípulos, por todos os Seus seguidores, já que muito poucos foram capazes de compreender a grandeza de Sua Crucificação.

Contempla, no teu coração, o recolhimento de Cristo, Seu silêncio e a incerteza que esse silêncio causava dentro dos Seus.

Os que O esperavam estavam diante de uma prova de fé: estavam sintetizando, no próprio interior, tudo o que haviam recebido e tudo o que haviam aprendido, para colocar em prática em auxílio aos demais.

Este sábado santo se assemelhará à prova que viverá a humanidade nos tempos futuros. Pois, agora, vocês ainda estão na presença de Cristo, de Maria Santíssima e de Meu Casto Coração; agora, vocês ainda contam com a instrução e a guia dAqueles que foram enviados pelo Senhor para que, na matéria, O representassem e conduzissem o Seu rebanho ao Seu encontro. Mas chegará o tempo em que caberá a cada um confirmar-se e afirmar a própria fé. Caberá a cada um repartir o pão e ser a ponte com Deus para os que estão vazios de espírito. Caberá a cada apóstolo e a cada discípulo de Cristo anunciar o amanhecer que chegará depois dos dias escuros e, assim, manter de pé e com fé no coração aqueles que devem perseverar até o final, porque se comprometeram com Cristo.

Contempla, a fé das santas mulheres de Jerusalém e como elas venceram a dor que sentiam para viver o puro amor que o Senhor lhes havia ensinado. Contempla a devoção dessas santas devotas de Cristo, que não só perseveraram no calvário, mas que também ungiram o Corpo de Cristo, O viram ressuscitado, viajaram pelos continentes anunciando a Sua Vitória e, ao longo dos séculos, retornam ao mundo, ainda como santas mulheres, para perpetuar a Obra do Salvador.

Retira tua força dos mistérios do calvário, da vitória sobre a morte, da fé nos dias de escuridão e da glória da ressurreição.

Revive a história de teu Senhor e multiplica a Sua Graça e bondade, sendo tu mesmo a palavra viva de Cristo e o cumprimento de Suas promessas.

Faz coisas maiores do que Ele fez e cumpre, assim, com Suas palavras, assim como Ele manifestou as Escrituras.

Renova a Igreja de Cristo, que não está guardada em uma religião, mas que está no coração de todo aquele que tem fé e disposição de seguir os passos do Senhor.

Aquele que te guia ao Salvador,

São José Castíssimo

MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA

Escute em seu coração a história que vou lhe contar. Deixe que Minhas palavras fluam como água pura do rio de sua mente e que os mistérios de Minha vida corram dentro desta água com a mesma harmonia. Confie no compromisso que seu coração tem Comigo, porque muito pouco é o que o mundo sabe sobre esta história e muito pouco continuará a saber, até que ingresse no Reino dos Céus.

Nasci de uma gestação de infinita pureza, preparada pelos anjos, como se criassem uma flor, quando era Minha alma que crescia no ventre de Minha santa mãe. Chamo-a santa, porque sobre ela desceu o Espírito Santo e, através dos sonhos, foi preparada pelos anjos para compreender a maternidade que viveria, de uma criança pouco comum para a época.

Minha mãe cantava-Me ao coração, orava e preparava sua gestação com profundo amor; amor que Deus lhe infundia, para inspirar a Sua criação, que seria a semente do que viria a ser José, o chamado filho de David.

Nasci e cresci acompanhado dos anjos. Minha santa mãe, ornada pelo Espírito Santo, foi quem primeiro Me ensinou a realizar as primeiras obras de caridade. Ensinou-Me que, para o próximo, deveria ser ofertado sempre o melhor e, quem assim procedesse, dando ao próximo o que de melhor possuísse, receberia de Deus o que Ele mesmo tinha de melhor no Reino dos Céus.

Desta forma, fui compreendendo as Leis de Deus, que eram muito diferentes das leis da Terra e, quanto mais Minha consciência infantil mergulhava neste Reino, mais Me via fora de todas as leis do mundo, sobretudo das leis da matéria, as que prendem o homem e o fazem refém das energias capitais.

Dotado de profunda união com Deus, o Senhor não permitiu jamais que as leis da Terra atuassem sobre Minha consciência juvenil.

Aprendi do trabalho e da solidão, do silêncio, da oração e do jejum e, nestes hábitos diários, cresci. De família simples e pobre, assim foi se refletindo a vida em Minha alma; cresci simples e pobre das coisas do mundo.

A solidão ensinou-Me a humildade, pois na solidão aprofundava-Me nos mistérios da Fé e na ciência do Reino de Deus, o que Me fazia compreender dia a dia, quão pequeno era, diante da Grandeza de Deus Altíssimo.

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos