APARIÇÃO DE SÃO JOSÉ NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Hoje lhes trago o Relicário de Meu Coração, Relicário espiritual e divino que guarda em si o caminho que percorri desde que surgi como essência do Coração de Deus.

Que este Sagrado Relicário seja para vocês como uma porta, uma entrada ao Reino Celestial através da humildade, da rendição, da entrega e, sobretudo, filhos, da renúncia, dom que os eleva e os aproxima de Deus, como aproximou o Meu Coração ao longo de todos os tempos.

Contemplem hoje, em seu interior, o Relicário de Meu Coração, não apenas para olhá-lo, mas para ingressar nele, para descobrir o que se guarda além desse Coração humilde, que chega ao mundo apenas para ser uma ponte.

Fechem os olhos e vejam diante de vocês um Coração que pulsa dentro de um Relicário de madeira, que significa a humildade daquele que foi moldado pelo Criador ao longo de todos os tempos.

Vejam como esse Coração se abre em uma grande luz que os abraça, envolve-os e os leva a uma nova realidade. Cruzem essa luz, encontrem além dela o infinito. 

Permitam-se, por um instante, viver como essências, e não como seres humanos; deixem que suas essências sintam e vivam essa experiência.

Permitam que seu corpo se dissolva, por um instante neste infinito deste universo celestial; aqui contemplem as estrelas, as galáxias, os sóis, os universos e permitam-se ir além.

Há uma grande Luz, há uma Fonte perfeita que os chama a retornar como um imã. Sintam-se atraídos por ela e ingressem nela; sintam essa Luz branca, brilhante, que pulsa em um silêncio profundo que envolve toda a Criação, um silêncio mais poderoso que todos os verbos e todos os sons. Desse silêncio surgem os sons, dessa Fonte surge o Verbo. Permitam-se estar no Coração de Deus.

Dentro dessa grande Luz, contemplem um altar. Percebam os anjos, os arcanjos e os coros dos bem-aventurados, que cantam com o espírito um som, que com o espírito se escuta.

Os anjos, prostrados diante do altar, adoram a Criação, encontram nela todos os tipos de vida, que se manifestam neste planeta e que se manifestam em outros mundos, além da Terra, em outros universos, em outras evoluções.