ago

25

Sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Meu Coração chega ao mundo, não é apenas para trazer para as almas o Dom da Paz. Eu venho para ensiná-los a viver esse Dom, que Deus já lhes entregou por intermédio da Presença de Seus Mensageiros Divinos.

Venho em humildade e em silêncio para que as almas compreendam que as grandes coisas só se alcançam quando o coração souber ser pequeno. Os mistérios mais infinitos e ocultos se revelam como uma compreensão superior ao coração que sabe ser humilde, mesmo sem reconhecer isso em si mesmo. Porque Deus busca os menores para revelar-lhes a Sua Face, busca os mais imperfeitos, mas que se dispuserem a ser outros, todos os dias, deixando que seu duro barro seja moldado nas Mãos do Oleiro Celestial.

Aqueles que amam a aparência do próprio barro e dela cuidam como um tesouro jamais poderão se tornar receptáculos de um tesouro verdadeiro, de um Legado Universal. Por isso, filhos, Eu continuo vindo ao seu encontro, porque ainda lhes falta muito por se render a Deus, muito por entregar. Esta Obra ainda não está completa, mas ela pode ser constante se vocês se dispuserem todos os dias a recomeçar e ser diferentes. Ofereçam ao Pai, todos os dias, uma pequena parte de seu barro para que seja transformado e que, assim, Ele consiga, pouco a pouco, desenhar a Sua Obra por meio de vocês.

Encontrem, filhos, o verdadeiro sentido da vida na transformação, para que, finalmente, possam um dia descobrir a verdade sobre si mesmos.

Há um sentido para a existência humana, há uma verdade que transcende as aparências e há uma experiência a ser vivida que transcende todo ensinamento e toda sabedoria escrita nos Livros Sagrados deste mundo.

Ao contrário do que muitos pensam, para saber, vocês devem ser, e para ser, vocês devem se deixar transformar. Eu estou aqui para ajudá-los.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

ago

19

Sábado, 19 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Nono dia da novena.

Quando o Menino Jesus era pequeno, Maria Santíssima era uma jovem mulher, e Eu tive de deixar os Seus Sagrados e Puros Corações para estar ao lado de Deus, Meu Coração se angustiava.

Minha vida sempre foi uma vida de renúncias, do princípio ao fim; era dessa forma que Deus lapidava Minha condição humana e manifestava em Meu Ser, em toda Minha consciência, o Seu Propósito Divino.

Renunciar, filhos, nunca foi para Mim uma coisa simples. Meu Coração – como cada coração humano – era cheio de apegos, de vontades, que pouco a pouco foram sublimando-se, mas foi no último instante de Minha vida, quando tive de renunciar a estar com Maria e Jesus, que finalmente pude entregar a vontade humana e viver a Vontade de Deus.

Este é o impulso que lhes trago para o último dia da novena que lhes estou transmitindo, porque, para começar cada ciclo, é necessário renunciar ao ciclo que passou, entregando tudo nas Mãos de Deus, para que nada lhes pertença, a não ser a Graça de estar no vazio.

Neste último dia, orarão ao Pai em Meu Nome, para que aprendam a renunciar e que, assim como Eu, deem passos seguros, porque estarão vazios de si e plenos de Deus:

Senhor,
       assim como ensinaste São José a renunciar,
       até no último instante de Sua vida,
       ensina-nos a renunciar, ensina-nos a entregar as nossas vidas
       e dá-nos a Graça de estarmos no vazio, no nada,
       que nos conduz à plenitude de Teu Coração.

Amém.

São José Castíssimo

ago

18

Sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Oitavo dia da novena.

Quando estávamos em Jerusalém e percebemos que havíamos perdido Nosso Filho, o Filho de Deus, Meu Coração se encheu de angústia e aflição. Senti-Me o pior dos homens, o mais indigno e o mais distraído, porque não pude cuidar do maior Tesouro do Universo.

Por um instante, caí na prova de pensar que a responsabilidade do Plano de Deus Me correspondia e que, como Eu havia falhado com o Senhor, perdendo o Seu Filho, tudo estava perdido com Ele. Maria Santíssima se manteve serena, como se soubesse onde estava o Menino, mas o Meu Coração humano e frágil esteve a ponto de Me tirar a vida.

Essa angústia durou três dias, até que O encontramos no Templo, pleno de Seu Pai e na expressão mais resplandecente que Sua pequena consciência havia manifestado. Jesus estava na Casa de Seu Pai, cuidando das coisas de Seu Pai, fazendo o que veio fazer no mundo. Nesse momento, Minha ignorância deu lugar à humildade e compreendi que a Vontade de Deus é inalterável. Ele nos dá a possibilidade de colaborar com o Seu Plano, para a nossa própria salvação, mas esse Plano não depende de ninguém, senão de Deus.

Filhos, para que estejam diante da missão que Deus lhes encomendou com humildade e compreendam que Sua Vontade sempre Se cumprirá além das ações humanas, orem ao Pai em Meu Nome, dizendo:

Senhor,
       assim como provaste a São José
       para despertar em Seu Interior a Divina Humildade,
       prova-nos para que sejamos humildes
       e mostra-nos que não és Tu quem precisa de nosso serviço,
       mas nós é que precisamos servir-Te
       para alcançar a Redenção e a Salvação de nossas almas,
       pois Teu Plano sempre se cumprirá.

Amém.

Que a humildade desperte em seus corações e os inunde.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

ago

17

Quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sétimo dia da novena.

Quando o Anjo Me avisou que Eu deveria partir com a Santa Virgem e o Menino para o Egito, porque buscariam matá-lo em Belém, em Meu Casto Coração, vi tudo o que viria a acontecer. Peguei em Meus braços o Menino e coloquei Minha Santa Esposa sobre a mula. Ali, compreendemos que Nossa vida seria uma eterna batalha, até que o Menino pudesse cumprir com Sua Missão.

Maria Santíssima também pôde ver o que aconteceria com as crianças em Belém, pôde escutar os gritos e prantos de suas mães e pôde sentir a dor de Deus em Seu Puro Coração. Tivemos que partir sem olhar para trás, confiando no fato de que estávamos deixando a tantas crianças pela salvação de Uma, que um dia lhes devolveria a vida. Em Nossos Corações, fortalecemos a fé em Deus e, durante todo o caminho, pedíamos por Seus filhos pequeninos e sabíamos que Ele Nos escutava.

Às vezes, filhos, Deus lhes pede que vocês caminhem sem olhar para trás, que deixem, aparentemente sozinhas, pessoas que vocês amam e que precisam de seus cuidados, mas vocês devem saber que seus passos espirituais trazem maior amparo do que sua presença. Fisicamente, vocês podem resguardar um corpo e, espiritualmente, podem salvar uma alma, uma essência, a evolução inteira de um ser.

Por isso, se Deus um dia os chamar a caminhar sem olhar para trás, não temam dar esses passos, pois eles, um dia, serão o motivo da salvação daqueles que ficaram atrás de vocês. Para não temerem e para fortalecerem sua própria fé, orem a Deus em Meu Nome:

Senhor,
       assim como chamaste a São José
       e Ele respondeu ao Teu Chamado,
       chama-nos e ensina-nos a não olhar para trás;
       conduze-nos e fortalece nossa fé em Ti;
       guia-nos para que possamos saber que a vida neste mundo se desvanece,
       mas os méritos do espírito perduram para sempre.

Amém.
 

Confiem, filhos, durante esta transição, no fato de que o mais importante é dar passos espirituais, pois ainda que o mundo trema e a vida se desvaneça, serão os méritos gerados na pureza de seus corações o que permitirá recobrar a vida e reconstruir a Terra com princípios de Amor e Unidade.

Eu vi o mundo tremer, Eu vi a guerra consumir os corações dos homens. Deixei para trás os Meus para amparar o Menino e, um dia, também deixei o Menino, pela Vontade de Deus, e foi do Céu, com Meus olhos invisíveis postos sobre a Terra, que vi as almas recobrarem a vida e o Amor ser mais forte do que a guerra.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

ago

16

Quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sexto dia da novena.

Quando fui chamado para ir a Belém com Maria Santíssima, estando Ela tão frágil e prestes a dar à luz o Menino, Me vi diante de outra prova de fé. Eu sabia que as Profecias estavam começando a se cumprir e que o Filho de Deus viria ao mundo tal como estava nas Sagradas Escrituras, mas Minha mente e Meu coração eram provados e assediados em cada instante dessa missão. Tive que suportar internamente todos os desestímulos do inimigo de Deus e manter a fé acima de sua falsa força.

A viagem foi longa e, apesar de que a Virgem Maria foi ajudada pelos anjos e arcanjos, Ela estava cansada, pois também tinha que sustentar os assédios do inimigo. O Filho de Deus estava para chegar e tanto a Luz como as trevas tinham os seus olhos postos sobre Nós.

Chegando a Belém, quisera buscar o melhor lugar para o Menino e Sua Santa Mãe, mas tudo o que recebemos foram humilhações e desprezos sucessivos. Oramos a Deus, para que Nos guiasse, até que fomos conduzidos para as grutas de Belém. Depois de tantas provas, compreendi que Deus não havia Nos abandonado com Seu Filho, mas que Ele não tinha, em Seu Divino Pensamento, minha ideia humana do melhor para o Menino. O Pai queria que Seu Filho demonstrasse ao mundo a Sua Humildade desde o princípio. E foi entre os pobres e entre os mais humildes e serviçais dos animais que o Filho do Homem veio a nascer.

Às vezes, filhos, precisamos ser provados, humilhados e até desprezados, para purificar nossa vontade humana e descobrir que Deus não nos abandonou, mas que Ele nos esperava no recinto interior, onde nosso coração pode viver a humildade. Por isso, quando se sentirem perdidos, provados, humilhados e solitários, orem ao Pai em Meu Nome e, com Minha intercessão, Eu os ajudarei a encontrar o lugar da humildade interior, onde Deus os aguarda:

Senhor,
       como a São José Castíssimo,
       prova-me, para que se fortaleça minha fé;
       purifica-me, para que eu abandone o velho homem;
       e ensina-me a me deixar ser humilhado,
       para eu descobrir que, na humildade, Tu me esperas
       para me revelar Teu Coração.

Amém.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

ago

15

Terça-feira, 15 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quinto dia da novena.

Quando o Espírito Santo desceu sobre Maria Santíssima, colocando em Seu Puro Ventre o Salvador do Mundo, o Filho de Deus, o Messias esperado pelo povo de Israel, Meu Coração estremeceu diante desse mistério.

Entre o sentimento de não ser digno de tamanha Graça e a luta com a Minha condição humana, para compreender verdadeiramente a Vontade de Deus para a Nossa Família, tive que dar um salto na fé e na maturidade espiritual, pois sabia que, depois do “sim” da Santa Virgem, Minha resposta seria definitiva para o cumprimento desse Plano.

Muitas vezes, Deus deposita, em Seus menores e mais imperfeitos filhos, a Sua maior confiança. Isso os leva a crescer e a se superar e, com o passo desses Seus filhos, toda a humanidade dá um passo em seu crescimento interior.

Quando Deus lhes confiar uma missão que lhes pareça grandiosa – ainda que vocês não compreendam a sua grandeza e não abarquem a responsabilidade que ela traz consigo –, digam “sim” ao Pai, orando em Meu Nome:

Senhor,
       assim como São José, que era pequeno e imperfeito,
       aceitou a grandiosa missão que Tu lhe encomendaste,
       ajuda-nos a aceitar Tua Vontade, assumir nossa missão
       e crescer em maturidade e no amor ao Teu Plano Salvador.

Amém.

Seu Pai e Companheiro, com Coração semelhante ao seu coração,

São José Castíssimo

ago

14

Segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Mensagens semanais
​​​​​​​MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quarto dia da novena.

Quando fui chamado ao Templo para desposar uma Virgem Santa e Pura, Meu Coração esteve diante de um desafio e uma prova interior.

Havia planejado, para a Minha vida, uma vida de silêncio, castidade e solidão. Não havia pensado em casar-me, constituir uma família e compartilhar com ela Minha experiência na Terra, porque pensava que Minha missão não poderia ser compreendida por ninguém, já que até mesmo para Mim ela era um grande mistério.

Quando vi Maria Santíssima, despertou em Meu Interior um profundo Amor por Deus, e esse Amor se refletiu em Mim como uma pureza nunca antes experimentada.

Eu estava solitário neste mundo, como a vara de nardo seca, que trazia em Minhas mãos, e a Pureza de Maria Santíssima, refletida em Mim, fez a vara florescer. Compreendi, então, a Vontade de Deus e renunciei a tudo quanto havia pensado para a Minha vida.

Quando a Vontade de Deus os chamar a renunciar aos seus próprios planos – ainda que eles pareçam espirituais – para que vivam algo que jamais pensaram viver, esvaziem-se de si e orem ao Pai, em Meu Nome, dizendo:
 

Senhor,
       Tu – que despertaste a Pureza no Casto Coração de São José
      e o fizeste renunciar à Sua vontade humana –
      dá-nos a Graça de sermos puros e simples,
      para que renunciemos à nossa vontade
​​​​​​​       e vivamos apenas a Tua.

Amém.
 

Não há dádiva maior do que viver a Vontade de Deus e vê-La manifestada na própria vida. Por isso, percam o temor de rasgar os seus próprios planos e abrir as mãos para receber o Pergaminho da Vontade Divina.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

ago

13

Domingo, 13 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Terceiro dia da novena.

Eu ainda era jovem quando conheci o povo Essênio no deserto. Deus colocou diante de Mim um grande mistério que, ao mesmo tempo, era absolutamente diferente de tudo o que Eu conhecia – como cultura, como vida espiritual e como forma de vida social –, mas que também era conhecido em Meu interior. Era como um espelho de tudo o que Eu guardava dentro de Mim, como uma vida oculta que não podia se expressar por não encontrar um espaço.

Ainda estando diante de algo novo e desconhecido, um ensinamento que transcendia os Livros Sagrados e que se renovava a cada instante – como a Vida –, Eu Me lancei nesta experiência e deixei que Meu mundo interior encontrasse aquele espaço seguro, que tanto buscava para se expressar.

Quando estiverem diante de um ensinamento novo ou de uma nova forma de compreender a Vida, quando estiverem diante de algo que os chama à renovação, meditem em Meu exemplo e orem a Deus, em Meu Nome, dizendo:

Senhor,
       assim como São José reconhecia
       Teus Impulsos e Tua Verdade, em Sua Vida,
       ensina-nos a estar diante do novo
       e, sem temor, deixa-nos ser renovados pela Verdade Universal.

Amém.
 

Estes serão tempos de muitas provas, mas também de muitas revelações. Vocês estarão diante de Verdades que não conheciam e também poderão compreender mais amplamente o que lhes foi ensinado por intermédio de símbolos e parábolas.

Por isso, filhos, orem e preparem os seus corações para que não temam estar diante do novo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

ago

12

Sábado, 12 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

No segundo dia da novena, vocês meditarão em Minha juventude, quando Meu Coração esteve diante de todos os estímulos mundanos, de todos os impulsos que Me chamavam a ser como os demais jovens de Minha época; quando estive diante da rejeição, da humilhação e da incompreensão de Meus irmãos e amigos, porque Deus Me chamava a uma vida de entrega, de castidade e de silêncio.

Em uma época na qual a condição humana era grosseira e sobressaía além de qualquer aspiração espiritual, Meu Coração prevaleceu perante os estímulos do corpo e pude oferecer a Deus um instrumento Seu no mundo, por intermédio de Minha Vida.

Quando estiverem diante dos estímulos mundanos, das energias capitais, da humilhação, da rejeição e da incompreensão do mundo, vocês orarão a Deus em Meu Nome:
 

Senhor,
       pela superação de São José 
       e por Sua entrega absoluta, que venceu a condição humana,
       ajuda-nos a superar os atavismos, as concupiscências
       e a superficialidade deste mundo.

Amém.
 

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

ago

11

Sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos, a necessidade planetária dita:

Que se unam os corações, as crenças, as raças e as religiões. Que se unam no princípio da Verdade e do Amor, essência de todo povo, cultura e religião verdadeira. Que se unam os corações nas famílias. Que os pais, com seus filhos, encontrem a forma de compreender e respeitar, para guiar e conduzir, sobretudo com o exemplo.

O coração humano está enfermo e para percebê-lo não é preciso ver além das dimensões. A própria vida lhes mostra, filhos, que para seguir suportando estes tempos e, mais do que isso, para se tornarem um triunfo de Deus no mundo, precisam se renovar, e não há renovação que não parta da unidade.

O melhor que cada coração expressa é o que permite que a vida seja renovada. Um pai não se renova sem o seu filho; uma nação não se renova sem o aporte de outra; uma religião não se renova se não se abre para descobrir a potência do compartir e não do competir. A Terra se renova quando se abre ao Universo; os corações se renovam quando se abrem ao serviço e encontram, na beleza do próximo, a inspiração para o novo dentro de si mesmos.

Tudo de que este mundo necessita para caminhar se encontra em sua Essência, mas este Dom se dividiu entre as criaturas, entre as culturas, entre as nações e entre as religiões.

Se já não buscarem ver apenas a miséria alheia e o que os faz melhores que os outros, mas buscarem no próximo aquilo que os inspira à comunhão, a essência que há na Verdade e que os faz únicos, em Deus, poderão se renovar e ter forças para superar os assédios deste tempo.

Enquanto o inimigo desune, busquem a unidade. Deus é unidade por intermédio de Suas criaturas, quando elas dão as mãos entre si. Este, filhos, é o grande segredo para superarem os tempos que vivem e verem nascer, no horizonte da Terra, uma nova vida.

Que as religiões não se apeguem às instituições, mas sim à sua Essência. Que da Verdade provenha a Lei que as rege. Assim, jamais temerão se unir ao próximo, porque saberão encontrar a mesma Verdade, que vivem, no interior dos que vocês têm diante de si.

Eu os inspiro e os ajudo a cruzar estes tempos com humildade e os abençoo, para que sejam valentes o suficiente para vencer a si mesmos e encontrar a Verdade de Deus, que deve guiá-los, neste tempo, além das antigas leis que um dia ditaram o caminho a seguir.

Os tempos mudaram, e devem encontrar a Essência e a Verdade que regem este momento do planeta. Tudo começa com abrir o coração para a unidade.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

ago

10

Quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE LIMA, PERU, E SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Hoje, começarei a lhes entregar uma novena, para iniciar um novo ciclo, não apenas entre o Meu Casto Coração e a humanidade, mas para que cada ser possa encontrar, dentro de si, a forma de se renovar, dar passos e abraçar os ciclos que chegam, com alegria, com o coração livre e em paz.

Cada dia representará um impulso vivido por Mim, por intermédio da humildade, da constância e da persistência, para transcender a condição humana e abraçar os novos ciclos espirituais que se apresentam.

Que estes impulsos cheguem aos seus corações e os fortaleçam, pela Graça da oração e da unidade com Meu Casto e simples Coração.

No primeiro dia, vocês meditarão em Minha infância, como criança pobre e simples, diante do Mistério de Deus, que Me chamava a dar passos que Me pareciam impossíveis, diante de Minha pequenez e infantilidade. Abraçado pelo espírito da fé, respondi ao chamado de Deus e, ainda sendo tão pequeno, permiti que Ele Me fizesse grande.

Quando estiverem diante de desafios que lhes pareçam impossíveis de ser transpassados, vocês orarão a Deus em Meu Nome:
 

Senhor,
       como a São José Castíssimo,
       concede-nos a Graça da Fé, para viver Tua Vontade,
       ainda que ela nos pareça inalcançável e, às vezes, impossível.

       Transforma nossa pequenez na Graça de Tua Grandeza;
       nossa debilidade, em Tua Fortaleza.

Amém.
 

Vocês poderão orar por 14, 33 ou 72 vezes, conforme sintam na necessidade de suas almas.

Com Minha Bênção em suas vidas, recebam de Deus a Graça para seguir adiante, cumprindo com Sua Vontade e manifestando o Seu Propósito de Amor.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

ago

04

Sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando os ciclos te pedem renovação, deixa-te renovar. Os relógios deste mundo já não marcam as horas que passam nos ciclos da Natureza. O Tempo do Universo está chegando à Terra.

Quando os ciclos te pedem transformação, deixa-te transformar. A mudança é parte das Leis da Vida, a transformação é parte da atuação do Amor nas consciências.

Se a necessidade te pedir, filho, que entregues a outros o castelo que construíste para ti, deixa esse legado para os que mais necessitam dele. Com isso, quero te dizer que o passado só é válido se puder ser doado como base para que se construa o futuro, que pode ser diferente de tudo o que desenhaste no plano de tua vida.

Venho para pedir-te que sejas agradecido por tudo o que viveste, mas que não olhes para trás com nostalgia e esperança de voltar a viver o que já passou. Deus quer construir, por intermédio de ti, uma nova vida, um novo desenho, um Plano que é novo para a humanidade, mas que é eterno para o Criador.

Sem pesar e com alegria, deixa que o Universo te conduza ao cumprimento das Leis destes tempos, que são o serviço abnegado e o absoluto amor.

Já não estás no ciclo da construção e do fortalecimento de teu interior. A vida está batendo na porta de teu coração, com um ciclo no qual a humanidade necessita de teu pronto auxílio.

Os Pontos de Luz que Deus fundou na Terra devem estar sobre a mesa da consciência planetária, iluminando abismos e dando às almas a conhecer o caminho para a redenção e o retorno à Origem.

As Ilhas de Salvação, nas quais Deus te chamou a servir, devem abrir as suas portas para o novo tempo, porque o planeta já está se afogando e as almas já necessitam do amparo e do refúgio preparados para elas há tanto tempo.

Venho dizer-te, filho Meu, que o tempo do serviço chegou e que teu coração deve estar colocado no ponto correto da doação aos demais. Guarda em teu interior – como um Templo de Paz e Unidade com Deus – o que construíste até hoje, mediante toda a Instrução recebida, mas não esperes, filho, que fora de ti os ciclos sejam iguais, que as formas e a vida permaneçam as mesmas.

É chegado o tempo em que cedas o conforto de tua casa para aqueles que nunca o tiveram. A ti, tudo foi entregue, para que aprendas a doar, quando for necessário. Chegou a hora da doação, do serviço incondicional, do amor absoluto e da fraternidade. Que teu coração em purificação se equilibre pelo amor que deixas que dele emane para os demais.

O verdadeiro segredo para encontrar a paz nestes tempos é saber amar e deixar-se amar, sem resistências, para encontrar, no próximo, o Coração vivo de Deus.

Eu te convido a este novo ciclo e, como teu Pai e Amigo, te conduzo a dar tudo de ti, por amor ao próximo e, sobretudo, por amor ao Plano de Deus, que se desenha com o lápis de tua vida.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos