Segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Mensagens semanais
​​​​​​​MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quarto dia da novena.

Quando fui chamado ao Templo para desposar uma Virgem Santa e Pura, Meu Coração esteve diante de um desafio e uma prova interior.

Havia planejado, para a Minha vida, uma vida de silêncio, castidade e solidão. Não havia pensado em casar-me, constituir uma família e compartilhar com ela Minha experiência na Terra, porque pensava que Minha missão não poderia ser compreendida por ninguém, já que até mesmo para Mim ela era um grande mistério.

Quando vi Maria Santíssima, despertou em Meu Interior um profundo Amor por Deus, e esse Amor se refletiu em Mim como uma pureza nunca antes experimentada.

Eu estava solitário neste mundo, como a vara de nardo seca, que trazia em Minhas mãos, e a Pureza de Maria Santíssima, refletida em Mim, fez a vara florescer. Compreendi, então, a Vontade de Deus e renunciei a tudo quanto havia pensado para a Minha vida.

Quando a Vontade de Deus os chamar a renunciar aos seus próprios planos – ainda que eles pareçam espirituais – para que vivam algo que jamais pensaram viver, esvaziem-se de si e orem ao Pai, em Meu Nome, dizendo:
 

Senhor,
       Tu – que despertaste a Pureza no Casto Coração de São José
      e o fizeste renunciar à Sua vontade humana –
      dá-nos a Graça de sermos puros e simples,
      para que renunciemos à nossa vontade
​​​​​​​       e vivamos apenas a Tua.

Amém.
 

Não há dádiva maior do que viver a Vontade de Deus e vê-La manifestada na própria vida. Por isso, percam o temor de rasgar os seus próprios planos e abrir as mãos para receber o Pergaminho da Vontade Divina.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo