Sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Meu Coração chega ao mundo, não é apenas para trazer para as almas o Dom da Paz. Eu venho para ensiná-los a viver esse Dom, que Deus já lhes entregou por intermédio da Presença de Seus Mensageiros Divinos.

Venho em humildade e em silêncio para que as almas compreendam que as grandes coisas só se alcançam quando o coração souber ser pequeno. Os mistérios mais infinitos e ocultos se revelam como uma compreensão superior ao coração que sabe ser humilde, mesmo sem reconhecer isso em si mesmo. Porque Deus busca os menores para revelar-lhes a Sua Face, busca os mais imperfeitos, mas que se dispuserem a ser outros, todos os dias, deixando que seu duro barro seja moldado nas Mãos do Oleiro Celestial.

Aqueles que amam a aparência do próprio barro e dela cuidam como um tesouro jamais poderão se tornar receptáculos de um tesouro verdadeiro, de um Legado Universal. Por isso, filhos, Eu continuo vindo ao seu encontro, porque ainda lhes falta muito por se render a Deus, muito por entregar. Esta Obra ainda não está completa, mas ela pode ser constante se vocês se dispuserem todos os dias a recomeçar e ser diferentes. Ofereçam ao Pai, todos os dias, uma pequena parte de seu barro para que seja transformado e que, assim, Ele consiga, pouco a pouco, desenhar a Sua Obra por meio de vocês.

Encontrem, filhos, o verdadeiro sentido da vida na transformação, para que, finalmente, possam um dia descobrir a verdade sobre si mesmos.

Há um sentido para a existência humana, há uma verdade que transcende as aparências e há uma experiência a ser vivida que transcende todo ensinamento e toda sabedoria escrita nos Livros Sagrados deste mundo.

Ao contrário do que muitos pensam, para saber, vocês devem ser, e para ser, vocês devem se deixar transformar. Eu estou aqui para ajudá-los.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo