Segunda-feira, 30 de março de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando nós estávamos orando para receber São José, um pouco antes de Sua chegada, Ele começou a nos mostrar lugares muito pobres do planeta e pessoas em situações muito precárias, de muita pobreza, de muito sofrimento, de muita dor.

Quando chegou até aqui, Ele continuou mostrando esses espaços e, ao mesmo tempo que estava conosco na sala de oração, Ele estava com cada uma dessas pessoas, que eram de todo tipo: mulheres, crianças, homens, idosos. Ele ia falando com cada uma delas, ia peregrinando por esses lugares; elas não O viam, mas Ele ia falando internamente com elas, e Ele entregou essa mensagem para aquelas almas que mais sofrem.

 

Às almas que sofrem

Acalma teu coração, alma pequena, no profundo do Coração de Deus.

Busca em teu Salvador alento e esperança, Graça e paz.

Acalma teu coração na fortaleza que se forja em tuas dores mais profundas. Encontra alívio e paz na Cruz de teu Senhor. Que teu sofrimento equilibre muitos males deste mundo.

Busca tua segurança no Coração de Deus. Busca tua paz em Sua Presença. 

Perdoa as raízes mais profundas dos males humanos, que geraram a dor e o desequilíbrio neste mundo.

Faz de teu sofrimento uma bem-aventurança, porque estás aprendendo a encontrar recompensa verdadeira em Deus, e não no mundo.

Sente que o Coração do Senhor angustia-se com o teu; não estás só em tua dor. 

Que o Amor do Criador acalme teu desespero, tua tristeza e tua desesperança. Sabe que tens um lugar perfeito no Coração do Pai e que teu sofrimento abre as portas do Céu para os que não mereceriam entrar.

Já chegará o tempo em que a paz reinará no mundo e não haverá distância ou diferença entre este mundo e o Coração de Deus, Seu Reino Celestial.

Enquanto esse tempo não chega, compreende que as dores da Terra emergirão, fazendo com que este mundo se estremeça; mas esse é o prenúncio de uma realidade superior que se aproxima da Terra.

Sei que tua dor é profunda e teu sofrimento verdadeiro, assim como foi o sofrimento e o padecimento de teu Senhor na Cruz. Oferece tua vida inteira a Deus, abre teus braços na cruz que está sobre ti e permite que um amor novo surja de toda essa experiência que hoje vives.

Perdoa os desequilíbrios, perdoa os que têm tudo e se perdem em seu egoísmo, os que não sabem olhar para o próximo e alimentam as raízes profundas da indiferença que penetram a Terra.

Que teu perdão seja a porta para a Misericórdia; que tua vida seja fonte de amor, e assim teu sofrimento será convertido na Graça que transformará a Terra.

Sei que Minhas palavras parecem tão distantes da realidade de teu coração, mas escuta-as com amor, assim como teu Senhor escutava o Seu Pai em cada novo passo do Calvário e, desde a primeira Chaga até a Cruz, de Suas feridas brotaram Amor.

Que de tuas feridas internas e humanas brotem a fé e o amor que renovará a Criação de Deus.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo