MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Assim como o Meu Coração apenas terminou de acreditar na vinda do Messias quando O tive em Meus braços, assim como os apóstolos e discípulos de Jesus acreditaram verdadeiramente que Ele é o Cristo apenas ao vê-Lo ressuscitado, assim também, filhos, muitos de vocês apenas vão compreender do que fazem parte quando os Céus se abrirem diante de seus olhos e, em meio ao caos do mundo, a Glória do Reino se manifestar através do Filho de Deus.

A humanidade fez da vida espiritual o extraordinário e da vida material a realidade, perdendo-se do propósito de sua existência, que é a unidade perfeita com o Criador, um relacionamento tão profundo e verdadeiro com Deus que sequer os anjos podem viver.

Para isso foram criados, filhos, mas sua mente se fortaleceu mais que sua fé, e o potencial de amar permaneceu escondido nos espaços mais profundos da consciência. 

Porém, digo-lhes que quando Deus tem um Propósito e um Plano para os Seus filhos, ele se manifesta além de suas crenças, de seus enganos e de suas aparentes limitações, assim como o foi ao longo dos séculos.

O Criador não esperou pela fé nos corações dos homens para então revelar Sua grandeza. Ele Se revelou em meio a corações que pareciam estar cegos, e com Sua Luz lhes devolveu a visão. Ele Se revelou a corações ignorantes, porém que tinham o compromisso de manifestar Seu Plano.

E isso não mudou. As almas ainda necessitam ser despertas e, por mais que a Voz de Deus ressoe entre vocês, como ressoou através de Seu Filho, apenas poderão despertar, em verdade, ao vê-Lo face a face, cumprindo com Suas promessas, fazendo vivas as profecias que unirão e despertarão povos, culturas, crenças e raças, porque é o próprio coração humano que despertará, é a essência humana que pulsará, reconhecendo a Presença de Deus em Seu Filho. E essa essência, filhos, não tem raça, credo, cultura ou religião.

O que os homens e as mulheres do mundo sentirão em seu interior nada poderá calar, e nem mesmo suas convicções mais profundas poderão deter o que sentirão por dentro. Tudo se derrubará: os conceitos, as ciências, as crenças e até a fé. Tudo cobrará um novo sentido, uma nova vida, um novo valor.

Em um segundo se destruirá e se reconstruirá nos corações humanos a compreensão da vida. E para esse dia devem preparar os seus corações.

Até que isso aconteça, orem e perseverem. Recordem que esse dia chegará e estejam prontos para vivê-lo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Neste tempo de definições, filhos, todos os seres, em diferentes graus, estão sendo levados a confrontar no próprio interior a vontade humana e a Vontade Divina, o velho e o novo homem.

Dentro da vontade humana guardam-se todas as crenças sobre a vida, sobre si mesmos, sobre Deus e Seu Plano, sobre a missão pessoal e como levá-la adiante, sobre o conhecimento, a sabedoria, a verdade e a ignorância.

E na Vontade Divina guarda-se algo profundamente desconhecido e silencioso, que, com sua simples aproximação, derruba muros e estruturas, transforma, modifica e renova o que estava fora de lugar dentro dos seres.

Mas segurar-se no que é desconhecido não é coisa fácil de se fazer. Deixar transformar suas convicções mais formadas e amadurecidas na consciência para caminhar para algo que não se sabe o que é, onde a consciência humana não tem raízes, senão apenas espírito, é o grande desafio destes tempos.

E como vivê-lo?

Não haverá outra forma de cruzar este momento, filhos, senão orando, rendendo-se cada dia mais profundamente e abrindo-se para um relacionamento mais verdadeiro com Deus, para que assim saibam reconhecê-Lo, mesmo no invisível, mesmo no silêncio, para que saibam distinguir Sua Vontade, além dos gritos das vontades humanas.

Neste tempo do planeta, apenas se sustentarão com um relacionamento verdadeiro entre Deus e o homem. Se trata da experiência da Aliança já realizada por Cristo e que agora deve ser vivida pelos seres. Mas no relacionamento com Deus não há passado, não há condição humana, não prevalece a carne, mas tão somente o espírito.

Para passar pela porta do Encontro, haverão de vencer vergonhas, crenças, convicções, planos pessoais, vontades, condições, medos e desejos, metas e aspirações. É no vazio que encontrarão a resposta e a veste correta para passar pela porta estreita, onde cabem apenas espírito e amor.

Orem para compreender o que lhes digo. Silenciem para que, em comunhão com o silêncio, saibam escutar a Voz d'Aquele que, mesmo tendo manifestado o Verbo, fala através do silêncio.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Em todos os Centros Marianos, através do Relicário de Meu Coração, serei o porteiro e o protetor, o guardião das relíquias espirituais e dos dons divinos que se guardam nos lugares sagrados, erguidos em honra a Deus e pela manifestação de Seu Plano.

O Relicário de Meu Coração será a proteção para todas as virtudes alcançadas pelas almas. Será o guardião da evolução daqueles que disseram sim a Deus, e, cada vez que o contemplarem com amor, não apenas estarão recebendo em seu interior o que um dia Eu alcancei através da humildade e do vazio espiritual, mas também, filhos, estarão sendo resguardados por Mim, que, diante de Deus, recebi a potestade de ser seu pai e guardião nestes tempos de transição.

É por isso que, frente às dificuldades que lhes parecem impossíveis de transformar, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração. Quando o deserto for maior que a sua fé, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração. Quando as energias do mundo parecerem batalhar, em seu próprio interior, com seus princípios mais puros, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração.

E, para que todas as almas do mundo tenham a oportunidade de estar diante do Relicário de Meu Coração, peço-lhes que todos os dias 19, de uma forma simples, o Relicário de Meu Coração seja transmitido ao vivo, por uma hora, para que todos aqueles que quiserem estar diante dele, em silêncio, possam fazê-lo. Esse exercício lhes permitirá encontrar a paz e fortalecer no próprio interior todas as virtudes já alcançadas.

Neste tempo de transição, serei o guardião de suas almas, pai e companheiro que, no silêncio, seguirá os seus passos para que não se percam, mas que sempre se encontrem em Cristo.

É dessa forma, filhos, que lhes peço que, todos os dias 19 de cada mês, às 17 horas, seus corações se unam em oração, e sobretudo aqueles que hoje não podem estar nos Centros Marianos também recebam as Graças e os Dons que surgem do Relicário de Meu Coração para o mundo.

Se fizerem esse simples exercício no dia da Festa do Coração de São José, não apenas por vocês mesmos, mas também por todas as almas do mundo, poderão interceder Comigo pelos mais pecadores e pelos que se autocondenaram, para que essas almas abram os seus olhos e encontrem a luz e a salvação em Cristo.

Eu os aguardo em oração e os abençoo.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho, 

Não meças tuas possibilidades segundo as tuas próprias forças. Não busques concretizar o Plano de Deus apenas com tuas próprias mãos. Não penses que não és capaz de fazer e viver esta ou aquela coisa porque não encontras dentro de ti as possibilidades. 

Olha para a história dos que cumpriram a Vontade de Deus e a expressaram, manifestando a parte que lhes cabia da Obra Divina do Criador. Foram eles, por si sós, construtores dessa Obra?

Tuas possibilidades humanas e o que conheces de ti mesmo pouco importam no momento de concretizar uma Obra Divina. O que sim importa é tua capacidade de ir além de ti mesmo, de colocar teus olhos, teu pensamento e teu coração em Deus e dizer: 

 

Senhor, 
faz em mim e através de mim a Tua Obra,
cumpre Tuas promessas, manifesta Teu Espírito 
e toma meu coração vazio como Tua morada. 
Eu sou Teu.

 

Essa, filho, deve ser tua oração nos tempos que virão.

Não olhes para tuas imperfeições, mas sim para a Perfeição de Deus. Não olhes sequer para as tuas destrezas e virtudes, para que não limites a Obra Divina às tuas possibilidades, mas apenas sê um instrumento vazio, morada do Espírito Santo, disposto sempre a seguir caminhos que não estão em tua mente, que não foram traçados por ti, mas por Deus.

Confia em que, no coração vazio e disposto ao Criador, ali operam os Seus milagres, e sê tu milagre vivo.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quem teme a transição dos tempos, teme em realidade a si mesmo e a humanidade. Teme porque desconhece o que há no próprio interior e no interior de todos os homens e mulheres do mundo.

O Apocalipse é em verdade, filhos, a consequência das escolhas de cada ser, do caminho que cada um decidiu trilhar. O Apocalipse, se bem que se viva em todo o planeta, será suportado e sustentado segundo cada mundo interior.

Compreendam, então, que não devem temer os tempos, o movimento da natureza ou o descenso das Leis, mas sim, filhos, devem autoconhecer-se, transformar-se, aderir ao Plano de Deus e deixar-se curar; devem render-se, não resistir diante do Amor do Pai, e permitir que suas consciências amadureçam segundo os princípios divinos.

Aprofundem-se na síntese espiritual que, como humanidade, devem viver; deixem que a sabedoria de tempos antigos se una ao amor que podem hoje alcançar, e façam disso um passo novo para uma nova etapa para a própria consciência. 

Busquem a transformação nas pequenas coisas, no amor ao próximo, na compreensão, na paciência, no não julgamento, na compaixão, no serviço abnegado, porque é no dia a dia que transformam o próprio coração. 

Abracem as oportunidades que Deus lhes concede de servir e amar, porque é através delas que moldarão seus seres segundo a Vontade Divina. Estejam atentos consigo mesmos e com tudo, e orem de coração, com consciência, com espírito e verdade.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para manter o equilíbrio em tempos de transição, filhos Meus, suas consciências devem abraçar desde já o amor ao serviço abnegado e à doação constante de si. É essa determinação em servir sem condições que os renovará em corpo e espírito e lhes permitirá manter-se sustentados pela Graça Divina.

A busca por servir e ajudar o próximo fará com que suas consciências atraiam do Coração de Deus Sua sabedoria e discernimento, Sua cura, Seu Amor e Sua Paz, mesmo diante das situações mais adversas. 

Isso será assim, filhos, porque Deus lhes concederá as ferramentas de que necessitam para cumprir a missão que suas almas assumiram viver.

Para que não se desequilibrem, enlouqueçam ou entristeçam quando não tiverem onde se sustentar, senão apenas em Deus, devem começar agora a amar o serviço, amar ajudar o próximo, amar cumprir com o Plano de Deus, amar estar disponível, amar estar no Criador, e não em si mesmos, porque é assim que poderão superar não apenas as provas que chegarão, mas também permitirão que o Amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo se renove e se supere dentro de vocês.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Hoje oro para que o Imaculado Coração de Maria ampare em Seu interior as almas perdidas, as que não encontram sentido para a própria vida, as que estão confusas e não sabem o motivo de existir, as que não conhecem o Amor e a Graça de Deus.

Hoje oro para que o Imaculado Coração de Maria acolha em Seu interior as almas frágeis, as que lutam por ser fiéis, mas que sucumbem às tentações do mundo, as que se perdem nos vícios, as que cedem ao caos e ao mal.

Oro para que as almas que clamam por auxílio vejam os braços da sempre Virgem Mãe de Deus estendidos ao mundo. Que tomem essas mãos, firmes e delicadas, que cruzam os universos e os Céus, diante da Lei da Justiça, e derramam Misericórdia sobre o mundo.

Oro para que o Imaculado Coração de Maria seja conhecido, para que as almas saibam reverenciar o Amor de uma Mãe que detém as Leis e a Ira de Deus e clama por Seus filhos mais perdidos.

Em tempos de transição e de definições, filhos, oro para que as almas compreendam que o Amor da Virgem Maria vai além de toda a compreensão humana. Ela toma pelas mãos até as almas mais perdidas e as conduz ao Filho, que as conduz a Deus.

Saibam orar com Maria Santíssima, não apenas pela paz, mas também pelo perdão, pela esperança, pela salvação das almas mais pecadoras, porque é Ela, filhos, que clama ao Primogênito para que Ele coloque Sua atenção sobre a água que deve ser transformada em vinho; Ela é quem sustenta a cruz de Seus filhos, quem persevera além da dor, quem se mantém de pé; Ela é quem os ensina a servir em silêncio, a manifestar e perpetuar o Plano de Deus, ainda quando Deus pareça estar ausente. Ela os ensina a estar no Pai, em todas as circunstâncias, fazendo da própria vida a porta para o Reino de Deus.

Por isso, oro para que hoje não apenas seja honrada, mas, sobretudo, vivida a união com o Imaculado Coração de Maria.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que aspirava a viver e expressar a pureza de seu coração, mas que sentia esse atributo corrompido em seu interior, orava a Deus pedindo-Lhe que a pureza voltasse a emergir, e questionava o Senhor, dizendo: – “Senhor, sei que há em mim o atributo da pureza, porque sei que, ao criar-me, colocaste essa pureza em meu interior, mas, ao longo desta vida, acredito que a perdi e não consigo encontrá-la. Como recobrar a pureza em meu coração? Como amá-la e expressá-la mais do que todas as energias capitais que circundam nossos seres?”

E, com amor, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma pequena, sim, desde o princípio da vida a pureza habita em teu ser; pureza essa que provém do Ventre Imaculado que te criou no universo infinito de Minha Criação. Essa pureza não se perde, mas, sim, é ocultada por todas as experiências humanas que não a permitem expressar-se nos corações de Meus filhos.

Para que ela volte a emergir e ganhe espaço em toda a tua consciência, o que se deve transformar em ti é o teu conceito de amor e o próprio amor em teu coração, ou seja, alma pequena, deves amar mais a Mim, Meu Plano e Meu Reino do que os homens e as coisas do mundo. Mas esse amor deve ser verdadeiro, genuíno e incondicional. Não deve haver condição alguma que imponhas para Me amar, e, aos poucos, esse amor te fará ver a vida e cada ser com olhos diferentes.

É o amor por Deus o que transforma as criaturas. Meu Amor em vocês muda seus pensamentos e sentimentos, muda sua forma de agir, muda suas necessidades e aspirações, lava seus olhos e as manchas em seus corações, fazendo com que recobrem a pureza.

É assim, alma amada, que não deves buscar vencer as energias do mundo para expressar essa pureza, porque, se assim for, estarás em constante batalha e não conhecerás a paz. Esforça-te, antes, apenas em amar-Me, com verdade e inteireza, e que cresça em ti Meu Amor. Assim encontrarás a pureza em teu interior.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-lhes que todos os mistérios celestiais e a pura expressão dos seres se guardam tão somente no Amor de Deus. Basta amar o Criador com todo o seu ser, com verdade e incondicionalmente.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma devota e disposta a dar sempre mais de si a Deus, enquanto orava, questionava o Senhor dizendo: – “Senhor, elevo minha voz aos Céus e rogo pelas almas que sofrem, pelos Reinos da Natureza, pelo planeta, pelo Teu Plano. O que mais devo fazer para que essa oração verdadeiramente chegue a Ti e gere méritos para a salvação e a redenção do mundo?”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Enquanto orares, fala Comigo, pronuncia cada palavra não apenas para escutar tua própria voz e sentir que estás cumprindo com tua parte. Ora, deixando que tua essência Me olhe nos Olhos, que teu coração esteja dentro do Meu e que teu verbo seja um eco em todo o Infinito, em toda a Criação. 

Para orar assim, filha amada, alma Minha, precisas estar inteira diante de Mim, sem que te importe o tempo, o cansaço, as sensações do corpo ou aqueles que estão a teu redor, se eles se esforçam como tu fazes ou se dormem e se distraem em suas palavras. Que não te importe nada mais que Minha Presença e a imperiosa necessidade que o mundo tem de orações sinceras e verdadeiras.

Quando cantares, que não se importem teus ouvidos com o som da tua voz, que não se importe tua mente com quem te está escutando, mas que se importe teu coração em afinar tua voz e estar diante de Mim, cantando com perfeição para Aquele que é Dono de todo som, Criador de cada nota, de cada tom, capaz de transformar tua vibração em dons que se expandem pela Vida, transformando vidas. Assim, alma pequena, deve ser tua oração.”

Que esse diálogo os ensine, filhos, a se aprofundarem a cada dia em suas orações. Que elas sejam sinceras e que cheguem a Deus.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma apaixonada por Deus e disposta a entregar-se a Ele com todo o seu coração, todos os dias orava e cantava, fazendo-Lhe a oferta de sua vida, de seu amor, de cada espaço de seu ser. E um dia, entre os seus devaneios e ofertas, disse ao Senhor: – “Senhor, entrego-Te minha vida, meu coração e a eternidade, para estar sempre em Ti. Entrego-Te tudo o que sou, e passaria a eternidade aos Teus Pés, em oração, porque apenas aspiro a estar em Ti para sempre.”

E, olhando-a com amor, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma pequena, que com sinceridade aspiras a entregar-te, entrega-te pois em cada instante de tua vida, entrega-Me teu ser não apenas em uma oração, mas também em cada ação e pensamento de teu dia. 

Entrega-te a Mim, servindo ao próximo, dizendo-Me sim incansavelmente, na eterna superação de ti mesma. Entrega-te a Mim no silêncio, renunciando a dar o teu parecer para acolher a sabedoria do próximo e seus conselhos. 

Entrega-te a Mim, deixando que outros cresçam e encontrem seu lugar em Meu Plano, enquanto Eu cresço dentro de ti. Entrega-te a Mim, renunciando às tuas vontades e vivendo em obediência e resignação o que Eu pensei para ti. Entrega-te a Mim com um pensamento puro, não julgando, criticando ou atacando teus semelhantes com tua mente e com teu coração. 

Entrega-te a Mim no esforço para amar o próximo e dar sempre um exemplo de um coração paciente e compassivo. Entrega-te a Mim com sinceridade, com vida, com transformação, com deserto ou com alegria, com penas ou com regozijo. Entrega-te a Mim em cada instante; assim saberás que Eu vivo em ti, porque Me abriste a porta não apenas de teu coração, mas de todo o teu ser.”

Que esse diálogo com Deus vos ensine, filhos, que a entrega ao Criador deve ser em cada instante e em todas as coisas da vida; a entrega é plena, completa e incondicional. Assim, aprendereis a estar em Deus e permitir que Ele esteja e seja em cada um de vós.

Tendes a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que buscava sempre a verdade em seu interior, ora estava mais voltada para o Céu, ora estava mergulhada no mundo. Ao mergulhar nas coisas do mundo, perdia-se na profundidade de suas águas e, quando conseguia retornar à Luz e respirar, sentia que lhe custava retornar à verdade, que se confundia e já não sabia o que era real.

Um dia, então, conversando com Deus em seu interior, questionou-O: – “Senhor, um segundo que sinto de Tua Presença fortalece meu espírito para estar em Teu Caminho, mas, um segundo que me distraio de Ti, já não consigo encontrar-Te, e me perco e me afogo nos mares das coisas do mundo. Como faço, Deus, para crescer em Ti e já não submergir no mundo?”

E, respondendo-lhe, o Senhor, também com uma pergunta, disse-lhe: – “Vês o sofrimento das almas? Vês o que padecem em guerras e conflitos? Vês como sofrem os que não têm esperança? Vês como não se encontram os que caminham na obscuridade? Isso comove o teu pequeno coração?

Fecha então os olhos e contempla em teu interior Minha Presença. Imagina, alma pequena, que Eu estou dentro de ti. Recorda tudo o que construí desde o princípio da vida: as dimensões, as estrelas, as realidades sublimes e toda a Terra. Sentes como és pequena? Sentes quão pequeno é o teu padecimento?

Quando olhas o sofrimento do mundo ou quando olhas a grandeza do Céu, encontra ali a força para não cair nos mesmos erros e para não queixar-te de tuas pequenas dificuldades. 

Não valerá o teu esforço para aliviar o sofrimento do mundo? Não valerá tua renúncia para interceder por uma alma? Não valerá o teu esforço para que se cumpra Meu Plano? Não valerá tua renúncia para que o mundo conheça a verdadeira vida?

E, ainda que does tua vida, alma pequena, para que outros sejam os conhecedores de Meu Reino na Terra, sabe que, sim, cada renúncia teve o seu valor, cada esforço teve o seu valor, cada superação teve o seu valor, cada vez que escolheste a Mim, e não o mundo, teve o seu valor. 

Por isso, quando o teu coração estiver angustiado e sentires que preferes o mundo a seguir teu caminho de retorno ao Meu Coração, pensa nos que sofrem, pensa nos que padecem e, então, contempla o Infinito, a vida, o universo, e que tudo isso te faça pequena e também pequenos se façam os teus problemas. Dissolvidos sejam eles com Meu Sopro.”

Que essa história os inspire a superar-se cada dia, contemplando o que sofre, contemplando toda a vida.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma muito esforçada por cumprir o Plano de Deus e ser melhor estava aflita por sentir que, apesar de seus esforços, não sabia amar e não conseguia ser melhor como tanto aspirava.

Em um momento de oração, questionou o Senhor e Lhe perguntou: – “Senhor, tanto esforço faço para amar mais e ser melhor, e sinto não sair do lugar e estar longe da perfeição de Teu Amor e da semelhança Contigo. Onde está isso que Tu dizes que habita em nós?” 

E, respondendo-lhe o Senhor, também com uma pergunta, disse: – “Alma pequena, acaso buscas mais a Mim, a ti ou ao mundo? Está tua atenção em edificar tua própria consciência, em contentar os demais ou em amar-Me de todo o coração e com todo o teu ser?

Compreende que Sou Eu quem deve amar através de ti e, para que alcances a revelação desta união profunda Comigo, deves buscar mais a Mim que a ti. Deves ter a tua atenção posta sobre o Meu Espírito, teu coração disposto diante de Minha Presença e, antes de mais nada, construir teu vínculo espiritual e essencial Comigo. Assim, serei Eu a amar em ti, e te sentirás melhor, porque sentirás mais a Mim e menos tuas limitações humanas. Tua vida falará sobre Mim, e, aqueles que te encontrarem, Me encontrarão.

É assim, alma pequena, que alcanças a perfeição: quando Eu posso ser perfeito em teu interior.

Esse é um caminho longo, diário, em que cada dia mais buscas Meu Coração e cedes um espaço em teu interior. Mas, se tua atenção está em que tu sejas melhor e que teu amor seja maior e mais perfeito, então sempre te frustrarás e não encontrarás a paz.”

Conto-lhes essa história para que saibam em que direção devem fazer os seus esforços, para que seu empenho esteja em amar a Deus, conhecê-Lo e expressá-Lo cada dia mais. Assim encontrarão a paz.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

É necessário neste tempo, filhos Meus, crescer espiritual e humanamente, amadurecer na consciência todos os impulsos recebidos e colocá-los a serviço do planeta e de toda a sua humanidade.

Crescer espiritualmente é compreender os tempos em que vivem, a urgência de que haja uma transformação na consciência humana e a certeza de que essa transformação começa e termina dentro de cada ser.

Amadurecer é assumir com responsabilidade a própria parte dentro do Plano de Deus, sabendo dar tudo de si em cada instante.

Quando oram, que o façam de todo o coração, com a mente e o espírito presentes, com os sentimentos inteiros e as palavras preenchidas do seu sentido mais profundo.

Quando servem, que o façam por completo, doando tudo de si para que a Vontade de Deus se cumpra, sem dar lugar às atitudes infantis que sempre os conduzem às comodidades humanas, a um lugar de inércia, e não de sacrifício.

Quando se relacionam com o próximo, saibam amá-lo como é, observar suas misérias no espelho do próprio interior e, antes de julgar, calar e olhar para dentro. O outro se transforma com o exemplo, e não com o julgamento.

A humanidade é uma consciência viva, única, que cedo ou tarde se move em cadeia. Quando um ser dá um passo verdadeiro, o seu entorno se transforma. Por isso, usem o verbo para abrir as portas do Reino de Deus e o exemplo para transformar o que impede esse Reino de se manifestar.

Amadurecer humanamente, filhos, é sair da postura adolescente de ser eternamente servido, cuidado e amparado, e começar a mover-se para servir, cuidar e amparar, não apenas o próximo, mas o Plano de Deus em si, o planeta, a vida.

Assim como um adulto é responsável por sua casa, vocês são responsáveis por este mundo. Chegou o momento de transformar essa postura e assumir a própria casa, porque as leis estão se movendo e os ciclos avançando em ascensão.

Para acompanhar o movimento do Universo é preciso crescer humana e espiritualmente.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A alma que se esforça na oração abre as Portas do Céu e dá a Deus a permissão para que Leis superiores atuem na Terra. 

Essas Leis descem ao planeta através de seu verbo orante, transpassam os níveis mais profundos de seu mundo interior e, então, chegam àqueles lugares do mundo que mais necessitam, conduzidas pela pureza da intenção da alma orante.

Orar de coração é ingressar no Coração de Deus, estar diante de Seus Livros Sagrados, nos quais se escreve o Seu Plano para este mundo e para toda a vida; e assim, diante de Sua Verdade, a alma recebe de Deus o dom de manifestar os Seus desígnios e a Graça para fazer isso.

Orar de coração, ainda que no vazio e no deserto, é caminhar na senda da fé, que, no invisível aos olhos humanos, atrai para a Terra o verdadeiro potencial das criaturas de Deus. 

Orar é unir-se à Verdade. Por isso, filho, ainda que te seja difícil, ainda que estejas no vazio ou na ausência de toda sensação interior, sabe que é apenas o despertar da fé o que necessitas viver. A fé que te leva a seguir orando, mesmo no vazio, a fé que te coloca diante de Deus, ainda que não o saibas, a fé que te aproxima de quem verdadeiramente és.

Vive essa fé todos os dias, busca ser conhecedor dela, através da experiência viva da oração feita com amor. 

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A quaresma, filhos, é um momento de deserto, mas também de encontro. 

Momento de encontrar-se com o espírito da humildade, com a vastidão do Universo, com as Leis sublimes que nos fazem pequenos, com o Pensamento de Deus que nos faz tão frágeis diante de Sua Vontade.

A quaresma é o momento de caminhar na imensidão das Palavras Divinas, escritas no Livro do Plano de Deus para esta humanidade; compreender que sobre essas linhas devem caminhar, e que as letras do Pai Celestial são como marcas no chão, nas quais os seus pés cabem perfeitamente. Basta segui-las.

Na quaresma derrubam-se as falsas crenças sobre si mesmos e todas as fortalezas erguidas sobre a areia do ego humano. Tudo isso se derruba; a fragilidade revela-se, mas também, filho, Deus revela-Se. 

Devem aprender a viver a quaresma, na qual a consciência se dispõe a encontrar o que é sublime e perfeito, e que, ainda que se revele toda a aparente miséria humana, traz-lhes a segurança da Presença Divina e a liberdade de saber que tudo está escrito. 

E para aquele que caminha nas letras de Deus, apesar de todas as batalhas, desafios e provas, estará o triunfo incalculável do Amor de seu Senhor, que não tem medidas neste mundo, senão vastidão.

A quaresma, então, é esse momento de reconhecer o pó e deixar ao pó o que dele provém; mas também reconhecer o espírito e abrir caminho para que esse espírito possa expressar-se em tudo o que são.

Vivam a quaresma com plenitude; sintam-se pequenos, frágeis, nada, mas sejam capazes de entregar essa pequenez diante da grandeza de Deus e confessar: 

 

Senhor, 
reconheço minha fragilidade e miséria; 
reconheço minha imperfeição e ilusão, 
e, feito completo nada e pó, aqui estou, 
como oferenda no Altar de Teu Espírito, 
para que Ele se revele em meu interior, 
e que Teu Sopro faça, do barro, vida, 
e que Tua Vida seja plena em mim, 
para que eu me torne Teu instrumento 
e Tua Vontade se cumpra. 

Amém.

 

Essa deve ser a oração dos corações rendidos diante do deserto, dispostos, na quaresma com o Senhor, a se prepararem com Ele para a cruz do mundo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando um coração ama a Lei e a Graça de Deus, vive sob Seu Amor e Sua Misericórdia. Vive escondido na sombra de Sua Presença e, ainda que caia infinitamente, sabe que as Mãos de seu Pai estarão estendidas para levantá-lo do chão.

Quando um coração ama a Vontade de Deus e acredita em Seu Plano, vive conforme essa Vontade e teme sair de Seu caminho. Esse coração, diante das tentações, pede auxílio e Misericórdia ao Senhor, para manter puro o seu espírito e reto o seu caminho de retorno a Deus.

Um coração que escolhe sair da Lei e da Graça Divina é aquele que se rende às suas vontades, aos seus pensamentos e desejos mais humanos, esquecendo o propósito de sua vida e escolhendo deixá-lo para trás, para viver suas aspirações mais humanas.

Esse coração, filhos, não é frágil diante de Deus, é frágil diante do mundo e condena a si mesmo por acreditar que sua alma é imbatível diante das tentações, da Lei e da Graça. 

Esse coração, que não reconhece os próprios descaminhos, no momento correto de corrigir os seus passos, distancia-se tanto da Lei e da Graça de Deus que se perde e se fecha para sentir a Presença de seu Pai; fecha os olhos para não receber o Seu Amor e não o percebe outra vez, até que a Sua Justiça começa a descer do Céu, como raios que rompem sua cegueira e sua ilusão.

Mas, nesse momento, essa alma perdida necessitará encontrar, em seu arrependimento e em sua humilhação, um novo caminho que a faça reencontrar a Vontade e a Graça do Pai. 

Nada está perdido, sequer para a alma mais pecadora, quando ela se rende, humilha-se e se abre de coração diante do Pai. Em algum momento de seus passos perdidos, o Criador a encontrará e a colocará em um novo lugar, onde poderá viver a Sua Graça. Mas para isso, filhos, é necessário render-se ao Amor de Deus.

Não lhes digo essas coisas para que temam, mas, sim, para que compreendam que aquela alma que escolhe o mundo, quando Deus a chama a viver a Sua Vontade, deixa espiritualmente a Graça e a sombra de Seu Senhor para viver sob Sua Justiça e as ilusões do mundo.

Apesar disso, todos os caminhos podem ser corrigidos. Muitas são as sendas que levam ao Amor de Deus e ao despertar da consciência. Alguns escolhem vivê-lo através da Misericórdia; outros, apesar de serem filhos da Misericórdia, escolhem a Justiça.

As leis se cumprem segundo as escolhas humanas. Por isso, saibam perceber que suas pequenas e grandes ações, seus sentimentos e seu coração são a medida que os coloca no lugar que escolhem estar para aprender neste mundo.

Por isso, saibam estar no lugar correto.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Chegou o momento de preparar os corações para a vivência de uma síntese espiritual, interna e humana.

Neste ciclo, muitas são as recordações inexplicáveis que emergirão na consciência, como forma de serem curadas. 

É o ciclo no qual o amor já começou a ganhar espaço no interior dos seres, e estes já são capazes de estar diante daquilo que há de ser curado e perdoado e escolherem fazer isso através do amor.

É através dessa cura interna que seus medos são vencidos e cedem espaço para o Amor de Deus em seus corações; Amor que deve crescer e expandir-se, para então ser renovado e multiplicado. 

Deixem então, filhos, que, neste ciclo de revelações, uma síntese aconteça em seu interior. Deixem o que passou e que forjou o crescimento de suas consciências, que não é como uma pedra que fecha os seus caminhos, mas sim como uma base que ergue os seus espíritos, tomar o lugar correto em seus corações.

O último ciclo definitivo da humanidade buscará dos seres humanos nada mais que corações permeados de tão grande amor, que não haja lugar para obscuridade, medo ou dúvidas. 

Permitam que em seu interior a síntese aconteça. Agradeçam pelo que passou, deixem-se transformar pelo presente, e que o futuro apenas permaneça na Mente Divina. 

Que seu tesouro espiritual seja o cumprimento da Vontade de Deus. E se não podem encontrá-la, sirvam, amem, cada dia mais, e descobrirão que é de forma simples que se constrói o Plano de Deus.

Obedeçam e saberão que seus espíritos se expressam quando suas personalidades são moldadas. Não haverá maior liberdade interior do que aquela conquistada através da obediência, do serviço, da humildade e do amor.

Por isso, sejam livres, para que este novo ciclo os encontre prontos para serem moradas, não de si mesmos, mas de Deus.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA EM TUSAYAN, ARIZONA, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Recolham dos lugares sagrados do planeta a história mais profunda e oculta da humanidade. Deixem que essa história desperte em seus corações como uma antiga lembrança que permaneceu silenciosa nas profundidades de suas almas. 

Que esse registro, hoje revelado, seja para vocês um impulso, para que seus corações retornem à pureza, ao sagrado e à aspiração de ser parte viva do Plano de Deus. 

Muito ainda há sobre este mundo que permanece apenas como uma lembrança nas almas dos que o viveram e na consciência do planeta e de seus Reinos.

É momento de recordar, não para manter-se no passado, mas para que tudo o que já viveram como humanidade os impulsione hoje a dar novos passos. A humanidade necessita saber o que já fez e o que já viveu para compreender o que ainda a espera. 

Em tempos muito remotos, a pureza os levou à transfiguração e a entrega os conduziu a participar de Leis que transcendem a matéria para que fossem partícipes do que lhes é invisível e aparentemente inalcançável.

Que a pureza hoje volte a emergir em seu interior para que descubram outras Leis e, através da entrega, sejam não apenas partícipes dos mundos sutis, mas façam com que esses mundos encontrem, na dimensão material da Terra, o seu espaço, o sagrado lugar onde manifestar o que foi prometido no princípio.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA EM PHOENIX, ARIZONA, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Enquanto percorrem os lugares sagrados, tenham em seus corações toda a humanidade, toda a vida.

Sintam que tudo o que recebem, como impulso interior, chega a cada ser da Terra e além dela.

Sintam a unidade espiritual que se estabelece nos corações dos que sabem que tudo o que recebem não é para si, mas para que o Plano de Deus se cumpra em todos os Seus filhos e neste mundo.

Além de unir as dimensões e chegar ao Coração do Pai Celestial, os seres humanos, filhos, têm a possibilidade de compartilhar interiormente todos os aprendizados evolutivos que vivem, assim como todos os códigos de luz que recebem para dar seus passos em direção ao Amor de Deus.

Foi dessa forma que o Amor alcançado por seu Senhor na Cruz transbordou de Seu Coração, e tudo o que Ele alcançou chegou a cada ser deste planeta e muito além dele. 

Este é um dos dons que Ele lhes ensinou com Sua entrega: o dom de doar não apenas a si mesmo, mas todas as Graças recebidas e alcançadas; o dom de sentir-se unido a todas as criaturas e saber que tudo o que vivem é por todo e cada ser deste planeta.

Olhem para o próximo, mesmo que seja um desconhecido, e saibam que também ele é parte de Deus e está aqui para aportar algo, aprender algo, redimir algo e alcançar o mesmo amor que, por Graça e Misericórdia, vocês recebem todos os dias.

Quanto mais deixarem influir as dádivas recebidas e, conscientemente, viverem as Graças como um serviço pela humanidade, mais, filhos, essas dádivas fluirão ao mundo. 

Lembrem-se que os seres humanos são um grande mistério. Mistério que se desvela experimentando e vivendo, arriscando-se a amar e a servir cada vez mais profundamente.

Têm a minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA EM WEED, SISKIYOU, CALIFÓRNIA, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Onde estiveres, une teu coração a Deus, para cumprir com Sua Vontade e manifestar o Seu Plano. 

A Vontade e o Plano de Deus são muito maiores e mais amplos do que tua pequena mente pode conceber. No entanto, é através das coisas simples que teu coração encontra o caminho para viver essa Vontade e concretizar esse Plano.

A Criação de Deus é vasta e ampla entre as dimensões, tanto no Céu como na Terra. Porém, para recordá-la e reconhecê-la hoje, podendo acessar estas realidades sublimes, basta que sejas simples de coração, puro de intenção e disposto a amar e a servir cada dia mais e melhor.

Ainda que teus olhos físicos não vejam extraordinárias existências e manifestações da vida, teu coração pode participar do que é invisível e tua alma pode transitar nas realidades eternas quando estás unido a Deus.

A humanidade foi criada para muito mais do que ver e sentir as realidades da vida. Os seres humanos foram criados para unir essas realidades, vivê-las e estar nelas ao mesmo tempo.

Porque, assim como o Coração do Pai Celestial, os corações de Seus filhos têm essa possibilidade de unir em si toda a Vida, de estar unido a tudo e participar de todas as dimensões da existência.

Por isso, antes de ver, sentir ou experimentar sensivelmente a Verdade Divina, busca, filho, entregar teu coração a Deus e, através da rendição de teu espírito e de cada parte de tua consciência, fazer-te um com toda a Criação.

As dimensões habitam em ti, e teu coração pode habitar em todas elas e vivê-las quando és simples e verdadeiro.

Tens a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato