Segunda-feira, 22 de abril de 2019

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Depois de tantos impulsos recebidos e de tanto que tiveram que sustentar para que este mundo conheça um pouco de paz, e ainda que sejam poucas, que as almas estejam despertas neste tempo. Agora, filhos, devem recolher-se no interior do próprio coração e pacificar-se.

O mundo não deixou de sofrer; a humanidade ainda tem muito para caminhar, curar e liberar. Por isso, deixem que seus corpos se recuperem, que sua consciência assimile os impulsos recebidos e meditem nos próximos passos a serem dados.

Depois de viverem com Cristo os passos de Sua Paixão, agora devem reviver o momento no qual os apóstolos viram-se diante da Ascensão de Jesus aos Céus, e a solidão e o silêncio que experimentaram, para sintetizar no próprio interior tudo o que viveram com Cristo.

Os impulsos que vocês receberam nos últimos dias assemelham-se aos impulsos recebidos pelos apóstolos nos últimos três anos de vida de Jesus. Muitas foram as Graças, as bênçãos, os Raios e as Leis que atuaram em suas vidas em pouco tempo. Por isso, agora é momento de silêncio, solidão e quietude. Momento de olhar para o Céu e emitir ao Pai a sua resposta, fazendo com que Deus ouça o seu “sim” e, assim, sigam caminhando, com a fé que se renova a cada passo, no eco das Graças que receberam.

Que os frutos sejam fecundos em seus corações, porque todas as portas lhes foram abertas; agora basta cruzá-las.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo