MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, MÃE DA DIVINA CONCEPÇÃO DA TRINDADE, TRANSMITIDA AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos,

Abrindo novamente Meus braços misericordiosos e com a oração perpétua em Meus lábios, hoje os convido a viver Minha mensagem; hoje os convido a considerar cada uma de Minhas palavras, aquelas que foram proferidas ao longo dos últimos meses.

Filhos Meus, se assim o fizerem, poderão ser instrumentos de Deus, poderão ser a mensagem viva para cada coração deste mundo. Isso permitirá que cada uma de Minhas palavras seja plantada nos corações.

Queridos filhos, como intercessora de todas as almas, saibam que a Mensagem Divina que Eu lhes entrego amorosamente, todos os dias, é uma mensagem de Luz vinda dos Céus.

Filhos Meus, hoje quero não apenas despertá-los ao chamado maternal, mas também fazê-los recordar que cada uma de Minhas palavras chega a suas vidas para lhes trazer o Perdão, a Reconciliação, a Misericórdia, o Amor Divino e a Redenção nestes últimos tempos.

Sendo Mãe de Jesus, o Grande Sacerdote do Amor, quero ensiná-los a ler Minhas mensagens, quero ensiná-los a meditar sobre elas e também quero ensiná-los a interiorizar Minhas palavras em seus corações.

Queridos filhos, Meu Imaculado Coração já falou muito ao longo dos séculos a esta humanidade. Falou para fazê-la recordar que Deus é sua única e verdadeira aspiração por toda a eternidade.

Porém, Meus pequenos filhos, grande parte da humanidade ainda está cega, fecha o coração ao dom da vida que Meu Filho representa e, mais ainda, aceita pouco a Misericórdia.

Por isso, queridos filhos, suas orações devem ajudar a restaurar todos esses acontecimentos, para que seus corações, como mediadores, recebam uma Graça Maior de Perdão.

Filhos Meus, quando sentirem Minhas mensagens, suas almas estarão em eterna oração. Enquanto o mundo muda rapidamente, sem se deter na reflexão, Meu Imaculado Coração está ofertado a cada um de vocês para que, unidos em oração, mudemos na Graça de Deus o rumo da humanidade.

Queridos filhos, lembrem-se de sentir Minhas palavras com o amor de seus corações; permitam que a Luz do Espírito Santo desça do infinito Coração de Deus sobre toda a humanidade.

Oremos neste tempo de emergência! Oremos pela presença da paz!

Agradeço-lhes.

Grata por responderem ao Meu chamado.

Maria, Mãe da Divina Concepção da Trindade

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Depois de tantos impulsos recebidos e de tanto que tiveram que sustentar para que este mundo conheça um pouco de paz, e ainda que sejam poucas, que as almas estejam despertas neste tempo. Agora, filhos, devem recolher-se no interior do próprio coração e pacificar-se.

O mundo não deixou de sofrer; a humanidade ainda tem muito para caminhar, curar e liberar. Por isso, deixem que seus corpos se recuperem, que sua consciência assimile os impulsos recebidos e meditem nos próximos passos a serem dados.

Depois de viverem com Cristo os passos de Sua Paixão, agora devem reviver o momento no qual os apóstolos viram-se diante da Ascensão de Jesus aos Céus, e a solidão e o silêncio que experimentaram, para sintetizar no próprio interior tudo o que viveram com Cristo.

Os impulsos que vocês receberam nos últimos dias assemelham-se aos impulsos recebidos pelos apóstolos nos últimos três anos de vida de Jesus. Muitas foram as Graças, as bênçãos, os Raios e as Leis que atuaram em suas vidas em pouco tempo. Por isso, agora é momento de silêncio, solidão e quietude. Momento de olhar para o Céu e emitir ao Pai a sua resposta, fazendo com que Deus ouça o seu “sim” e, assim, sigam caminhando, com a fé que se renova a cada passo, no eco das Graças que receberam.

Que os frutos sejam fecundos em seus corações, porque todas as portas lhes foram abertas; agora basta cruzá-las.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Cura o teu coração, teu corpo e teu espírito, renovando em Cristo todo o teu ser.

A enfermidade, filho, tanto espiritual quanto física, é fruto da desunião de algum nível da tua consciência com Deus e vem para demonstrar que deve haver um maior equilíbrio em ti. Busca estar unido ao Pai e renascer em espírito internamente.

A vida começa na essência e na consciência. Todos os fatos que se plasmam na matéria primeiro têm a sua origem em níveis mais sutis e ocultos para a mente humana adormecida. Por isso, é para a consciência que se revertem os acontecimentos e é na essência de todas as coisas na qual surgem os novos códigos, que converterão o que estava degenerado.

Se te sentes enfermo no coração, no corpo, na mente, na alma, no espírito ou mesmo como humanidade, busca transformar na consciência esse desequilíbrio. Busca na oração a clareza para viver a transformação e para saber conduzir os próprios passos. Busca na oração a fortaleza para vencer a tua condição humana e viver princípios que este mundo não está acostumado a experimentar. Pacifica o teu interior e, a partir dele, todos os níveis do ser, desde o espírito até a matéria.

Se tiveres fé, não haverá desequilíbrio que não possa ser revertido. Porém, teu esforço e tua dedicação em ser outro devem ser permanentes.

Aquieta-te, respira, reflete antes de agir, ora antes de dar um passo. Pergunta-te internamente a correta direção a seguir. Deixa o desequilíbrio para outros que não puderam conhecer a paz. Sê tu um proclamador de um novo padrão de vida: uma vida sã, de união com o Criador.

Filho, serena o coração neste tempo e busca um contato mais profundo e interno com Deus e contigo mesmo. Aqueles que permanecerem nas superficialidades muito se confundirão e não poderão se sustentar. Por isso, firma-te em Deus e, diante de qualquer adversidade, não te deixes influenciar pelo temor, pelo desespero ou pela impulsividade.

Busca a paz e encontra nela tudo do que necessitas.

Pelo equilíbrio interior de cada coração humano,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros,

Diante da atual situação planetária, novamente os convidarei a encontrar o espírito da paz e da harmonia, por meio da correta quietude interior, que chamamos de interiorização.

Prestem atenção em Minhas palavras, porque não lhes digo que estejam alheios ao que acontece no mundo, mas, sim, que criem espaços em suas vidas para estar em quietude e conhecer a própria consciência, para que, aos poucos, o lado mais plane­tário de seus seres possa aderir ao silêncio e ao recolhimento, e vocês saibam, então, encontrar espaços internos de paz nos momentos de maior caos exterior.

Optem sempre por momentos de quietude quando estive­rem diante de situações que os levam ao desalinhamento dos corpos. Por mais que a mente e as emoções estejam mais vol­tadas para o que acontece no mundo exterior, elas devem ser educadas pela vontade da própria alma que, pouco a pouco, ganha o seu espaço.

Porém, se esperarem que a mente e as emoções, por si sós, optem pela vida espiritual, estarão no mesmo ponto sempre, sem compreender por que recebem tantos impulsos e não dão o menor passo. O caminho da oração já uniu a parte planetária de vocês com a alma; agora devem abrir-se para aprender com a energia da alma, mas para isso, é necessário que deem atenção a ela por meio do silêncio e da quietude.

A alma é o veículo que lhes permite sair das leis materiais. É a ponte para o espírito e para a vida superior. Se não se educa­rem para escutar a própria alma agora, muito difícil será ten­tar escutá-la quando o ruído do caos tomar conta do planeta como consciência.

Que cada um siga essas instruções e busque, a cada dia, um pou­co mais de contato com sua alma. Sentirão a paz de suas indi­cações e, ao responderem a ela, estarão mais seguros para dar os passos corretos.

Para que saibam se é a alma quem lhes fala, sintam a sua paz. Onde houver dúvida e inquietação, aí não está a energia da alma. A alma, como ponte para Deus, traz paz e os conduz sempre ao cumprimento dos Planos do Criador.

Em instrução e paternidade,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos