Terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros,

Diante da atual situação planetária, novamente os convidarei a encontrar o espírito da paz e da harmonia, por meio da correta quietude interior, que chamamos de interiorização.

Prestem atenção em Minhas palavras, porque não lhes digo que estejam alheios ao que acontece no mundo, mas, sim, que criem espaços em suas vidas para estar em quietude e conhecer a própria consciência, para que, aos poucos, o lado mais plane­tário de seus seres possa aderir ao silêncio e ao recolhimento, e vocês saibam, então, encontrar espaços internos de paz nos momentos de maior caos exterior.

Optem sempre por momentos de quietude quando estive­rem diante de situações que os levam ao desalinhamento dos corpos. Por mais que a mente e as emoções estejam mais vol­tadas para o que acontece no mundo exterior, elas devem ser educadas pela vontade da própria alma que, pouco a pouco, ganha o seu espaço.

Porém, se esperarem que a mente e as emoções, por si sós, optem pela vida espiritual, estarão no mesmo ponto sempre, sem compreender por que recebem tantos impulsos e não dão o menor passo. O caminho da oração já uniu a parte planetária de vocês com a alma; agora devem abrir-se para aprender com a energia da alma, mas para isso, é necessário que deem atenção a ela por meio do silêncio e da quietude.

A alma é o veículo que lhes permite sair das leis materiais. É a ponte para o espírito e para a vida superior. Se não se educa­rem para escutar a própria alma agora, muito difícil será ten­tar escutá-la quando o ruído do caos tomar conta do planeta como consciência.

Que cada um siga essas instruções e busque, a cada dia, um pou­co mais de contato com sua alma. Sentirão a paz de suas indi­cações e, ao responderem a ela, estarão mais seguros para dar os passos corretos.

Para que saibam se é a alma quem lhes fala, sintam a sua paz. Onde houver dúvida e inquietação, aí não está a energia da alma. A alma, como ponte para Deus, traz paz e os conduz sempre ao cumprimento dos Planos do Criador.

Em instrução e paternidade,

São José Castíssimo