Quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Alma pequena de Deus, 

Abraça com amor os sacrifícios e as renúncias que o Criador envia à tua vida. Eles são equivalentes à imensa graça que vives todos os dias com a Presença de Deus te chamando pelo nome a responder ao Seu chamado.

Dispõe teu coração à entrega todos os dias e já não penses nas limitações de teu corpo, nas misérias de tua mente ou nas inquietudes de teu coração. Pensa, filho, no sacrifício de Cristo, todos os dias, de forma que a cada dia aprofundes um pouco mais na entrega do Senhor, no preço que Ele pagou por tua redenção e saibas, assim, que tudo quanto vives, entregas ou renuncias não se compara ao sacrifício d'Aquele que viveu e morreu por ti.

Faz das limitações de teu corpo a oferta de humildade pela arrogância dos homens. 

Faz das misérias de tua mente a oferta e o clamor para que a Misericórdia desça ao mundo e preencha os pensamentos destrutivos dos homens. 

Faz da inquietude de teu coração a oferta para que a paz e a confiança em Deus preencha o interior dos seres e lhes devolva a paz.

Foste chamado a ser parte do Coração de Cristo neste mundo, de forma viva, consciente e incondicional.

O Senhor colocou os olhos sobre ti, não porque és perfeito, mas porque Ele sabe que tua alma tem sede de Sua Presença. Sendo Ele uma Fonte inesgotável, veio não apenas saciar-te, mas fazer de ti uma fonte nova, para que outras almas bebam da Misericórdia que jorra de Seu Divino Coração.

Entre tuas misérias e a Misericórdia de Cristo, deixa que vença a Misericórdia do Senhor e concentra teu coração em Seu chamado e não nas tuas dificuldades em cumpri-lo. 

Assim como és, Cristo te chamou. Ele apenas espera que digas “sim” todos os dias.

Enquanto a humanidade dorme o sono dos ignorantes, dá graças ao Pai que curou tua cegueira e abre-te de coração para ser um milagre vivo do Senhor neste mundo e em todos os outros. Porque hoje te digo, filho Meu, que tua redenção neste mundo é apenas um símbolo de uma redenção maior, ainda que seja desconhecida para teu coração.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo