Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Desde a Sua crucifixão, e pela eternidade, do Coração de Cristo brotam Sangue e Água, gotejando pouco a pouco sobre o mundo e sobre a Criação. Sempre que oram à Sua Divina Misericórdia, sempre que vivem sob essa Lei, sendo misericordiosos, essas gotas de Sangue e Água tocam as almas, lavam seus olhos para que possam ver um novo caminho, e lavam seu coração para que possam ser dignos de caminhar sobre ele. 

Nestes tempos, filhos, precisam aprender a contemplar e amar os sinais de sua salvação, como o são o Sangue e a Água que brotam do Coração de Cristo. 

Para manter-se com o coração em equilíbrio, crescendo na vida espiritual, com fundamentos verdadeiros, não basta viver dos próprios esforços e conhecimentos ou de toda a Graça recebida; também precisam experimentar a rendição e o amor que a contemplação do sacrifício de Cristo os conduz a viver.

Há um poder único no Sangue de Cristo: poder de restaurar, curar e redimir o que é impossível. O Sangue de Cristo é a base para toda redenção, é o sentido da espiritualidade neste mundo, é o segredo para a santidade, a porta para a rendição, a revelação dos mistérios de Amor mais profundos de toda a Criação. E, para adentrar esse mistério, basta que clamem sinceramente por Misericórdia, que contemplem espiritualmente a Cruz de Cristo, sempre alçada aos níveis internos da consciência humana, e, revivendo Sua Paixão repetidas vezes, reencontrem o sentido de suas vidas.

Contemplando o Sangue de Cristo, encontrarão os Dons de Seu Espírito, a unidade de um Deus Trino, que Se entrega por amor a cada instante; reviverão a humildade de saber-se pequeno diante de um amor imenso e, ao mesmo tempo, a Graça de saber-se chamado a imitá-lo. 

Orem pela Misericórdia e vivam as bases de toda espiritualidade verdadeira. No Sangue de Cristo está a base para toda a vida religiosa. Orem uns pelos outros, contemplando o Sangue de Cristo, e, sobretudo, rendam-se aos pés da Sua Cruz e compreenderão o que lhes digo.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando sentires em teu caminho o peso dos erros do passado que, como um assédio, o inimigo te entrega para deter os teus passos, apenas põe teus olhos sobre a Cruz, sobre a Eucaristia, sobre o Coração de Cristo e permanece ali.

Na Cruz, filho, teus pecados mais profundos foram perdoados. Na Cruz, teus maiores erros foram justificados.

Na Cruz está não apenas a memória do perdão, mas também o perdão vivo e eterno, que se renova de tempos em tempos quando um coração sincero é capaz de arrepender-se pelos méritos da Cruz de Cristo.

Porém, na Cruz não se encontra apenas o perdão para os teus pecados; na Cruz se encontra também o teu caminho. Nela se escreve o manual para os teus próximos passos, para que não voltes a pecar, para que saibas por onde ir.

Na Cruz, descobres o perdão de Deus, mas também a forma que teu Criador te concede de fazer fecundo esse perdão. Através da entrega, da humildade, do sacrifício e, acima de tudo, do amor sem condições é que imitas os passos do Cristo do Calvário, é que bebes do Cálice que Seu Pai Lhe ofereceu para restituir a Aliança entre Deus e os homens.

É ali, filho, aos pés da Cruz, que teu caminho começa. Mas é quando o teu Senhor desce dela e ascende aos Céus que tu és chamado a multiplicar os dons da tua redenção, dando testemunho do Amor que te curou e que está sendo derramado constantemente sobre o mundo, do Coração de Cristo para todos os que sabem buscar e encontrar os méritos da Cruz.

Por isso, quando o inimigo colocar diante de ti os teus erros e pecados, que teus olhos se voltem para a Cruz, que teu coração recorde que já foi perdoado e que agora se trata de seguir os passos do teu Senhor, Cristo Jesus.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que por muito tempo se preparava para a grande tribulação do planeta, à medida que esta se aproximava, sentia-se mais insegura e ignorante. Sentia o desconhecido dessa provação planetária e questionava o Senhor, dizendo: – “Senhor e Pai Eterno, como posso eu estar pronta para viver estes tempos? Como posso ir além de minha ignorância e ingressar em Tua Sabedoria? Como posso ir além de meus medos e ingressar em Tua Paz?”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Como percebes, alma pequena, estes tempos são novos e esta provação, desconhecida e desafiadora para toda a vida na Terra e além dela; mas, em teu interior, encontram-se Minhas Graças e todos os dons que um dia, enquanto oravas e servias, fui depositando. Eles emergirão e serão teu auxílio e tua paz.

Dentro de ti, porém, vive também uma síntese, que te permite encontrar aquilo que ainda não foi vivido: amor-sabedoria ainda não alcançado em nenhuma época da humanidade, mas apenas no Coração de Meu Filho. Para isso, alma pequena, deixa que todos os aprendizados mais profundos da humanidade se sintetizem em teu interior.

Vive e sente a ignorância dos povos primitivos, que, em sua simplicidade mental, não permaneceram ali, mas foram capazes de lançar-se no desconhecido para sobreviver e evoluir. Toma dali os registros mais profundos da possibilidade humana de romper barreiras e crescer. Cresce, então, não apenas como ser humano pensante, mas como ser humano que sente a vida, que comunga e que se encontra no Todo da Criação.

Vive a pureza dos povos indígenas, os povos originários. Vive a perseverança dos que, apesar de toda a ânsia de poder na humanidade, escolheram a pura sabedoria e permaneceram em sua paz.

Vive em teu interior a compaixão do Oriente, a ciência pura do estudo do corpo, da natureza e das estrelas, que faz com que a consciência humana reconheça, ao mesmo tempo, sua grandeza e sua pequenez.

Vive a fé dos primeiros cristãos, os que romperam barreiras e foram além das primeiras Escrituras Sagradas; os que não permaneceram nas palavras, mas acreditaram ao ver profecias vivas; os que se permitiram transformar e que souberam escutar, mais do que a simbólica pregação de Meu Filho, todas as revelações celestiais que Ele trouxe; os que viveram o Reino e se descobriram Reino com Cristo, imitando Seus passos ao longo de todos os séculos.

Vive a paz das almas simples, que não se prendem às riquezas do mundo, mas, sim, sustentam-se na alegria da Presença de Deus; almas cuja fortaleza foi construída sobre a rocha e que não se abalam quando se derruba a glória do mundo, mas que permanecem em Deus, mesmo diante das tempestades.

E assim, alma amada, experimentando em teu interior os dons que Eu entreguei à humanidade em cada época, em cada povo, em cada religião, abre-te para viver algo novo, fruto de tudo o que foi aprendido. Essa é a transição dos tempos.”

Que esse profundo diálogo os inspire, filhos, a encontrar a paz e a sabedoria nos tempos de transição.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Oração para imitar Cristo

Senhor, 
que meus olhos contemplem o mundo com Teus Olhos;
que meu coração sinta a vida como o Teu Coração;
que minha alma viva na Terra, e além dela, como Tua Alma;
que meus dias sejam um eterno reflexo de Tua Misericórdia, 
para que eu veja o próximo como Tu me vês, 
para que assim eu compreenda o próximo como Tu me compreendes, 
para que eu seja paciente com o próximo como Tu és comigo,
para que eu fale com o próximo como Tu falas com os Teus,
para que eu atue com o próximo como Tu atuas com os Teus, 
e eu entregue a eles tudo quanto Tu desejarias entregar.

Que assim, Senhor, 
eu ame como Tu amas,
sirva como Tu serves 
e viva como Tu vives, 
eternamente.

Amém.

 

Orem como os primeiros companheiros de Cristo que, unidos em torno d’Ele - judeus, pagãos, ateus, pescadores, prostitutas, eruditos e soldados, pobres e cobradores de impostos, médicos e leprosos -, aprenderam a se amar como Ele os amava.

Através de Sua sagrada Presença, os seus olhos se tornaram misericordiosos e puderam ver além das misérias e aparências.

É assim, filhos, com esses mesmos olhos que devem se olhar hoje. É assim que devem reconhecer-se, uns aos outros, na Presença eterna de Cristo, amando, compreendendo, sendo pacientes, misericordiosos e compassivos, como é o Seu Coração.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Enquanto caminhava com a Cruz, no Coração de Cristo, além de sofrimento e dor, havia paz e compaixão. 

Este era um exercício constante de Seu Espírito Divino em um corpo humano: transcender a cada segundo as dimensões de caos, de ignorância, de maldade, onde os seres que O rodeavam estavam absorvidos pela obscuridade, e ingressar nas dimensões de paz, de compaixão, de sabedoria, de Verdade, onde Seus Olhos poderiam ver cada acontecimento como ele era, e não como parecia ser.

Os Olhos do Cristo do Calvário contemplavam o mundo e viam uma realidade mais complexa, mais profunda; olhavam a maldade dos seres e viam essências presas do jugo dessa maldade; conheciam o espírito do mal que conduzia cada ação dos que O maltratavam, e sabiam que a forma de liberar essas essências era o Amor, o Amor não apenas da Cruz, mas o Amor de toda a eternidade; o Amor que começaria a nascer com o Seu exemplo, como uma nascente que surgiria com a última gota de Sangue que se derramaria de Seu Corpo, mas que se tornaria afluente através das almas que, ao longo dos séculos, responderiam ao Seu Chamado e imitariam o Seu exemplo, renovando e multiplicando esse Amor.

Em cada obstáculo da vida, filho, que teus olhos sejam os Olhos do Cristo do Calvário, contemplando a Verdade, e não a ilusão, colocados nas dimensões de paz, e não de ódio, sabendo que a cura provém do Amor vivo, no exemplo de cada segundo da vida.

Assim é como cumprirás o Plano de teu Pai Celestial e serás um com Ele em todos os tempos.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando chega o segundo domingo depois da Páscoa, e as almas já foram lavadas pelo Sangue derramado por Cristo em Sua Paixão, é chegado o momento de reconfirmar o seu compromisso com Ele, confessar diante de Seu Coração os pecados mais ocultos, aqueles que envergonham os seres e que, às vezes, nem sequer diante de Deus podem pronunciá-los.

É o momento de se render diante do Amor absoluto do Criador que, com olhos de compaixão, volta-se para cada ser desta Terra e, com Piedade e Misericórdia, perdoa-os de seus pecados mais antigos e desconhecidos.

É o momento de viver sob o espírito da humildade e reconhecer as próprias imperfeições e fraquezas, as fragilidades e ignorâncias que levam as almas a cair todos os dias.

É o momento de olhar para a Cruz de Cristo e também olhar para o Sepulcro vazio e saber que Aquele que foi alçado pelos pecados humanos, por Seu Amor e Perdão, ressuscitou, demonstrando a cada ser o caminho para a vida eterna, para a transcendência de toda condição humana, inclusive daquela que o separa do Tempo de Deus, que é a morte.

A Festa da Divina Misericórdia é o momento em que as almas se regozijam em Cristo. Nenhum pecado foi maior que o poder de Seu Amor, e nem mesmo a autocondenação das almas pode vencer a Misericórdia do Redentor quando os corações se rendem diante da Cruz.

Hoje, filhos, é um dia para recordar o absoluto e insondável Amor de Deus e fazer isso também pelos que não o fazem, porque Aquele que morreu em Cruz e ressuscitou o fez por amor a todas as almas e por cada uma.

Por isso, orem pelos que estão perdidos, orem pelos que não olham para Cristo e são indiferentes diante de todas as Graças e Misericórdias do Redentor, porque assim poderão interceder para que, ao menos no último instante de suas vidas ou depois delas, essas almas tenham uma oportunidade de se arrepender.

A Festa da Divina Misericórdia é o momento em que as almas compreendem um dom que Deus doa gratuitamente àqueles que apenas se abrem de coração e se arrependem. Sejam humildes diante do Criador, resignados frente à Sua Vontade e dispostos a serem amados com um Amor imenso e insondável. E, além de qualquer erro, conhecerão o poder da Divina Misericórdia. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Fica aos pés da Cruz do Redentor, para que compreendas onde começou a ser selada a Aliança entre o teu coração e o Coração de Cristo.

Fica aos pés da Cruz do Redentor, para que ali recordes o Seu chamado e saibas porque hoje Ele volta a te chamar no profundo de teu coração.

Fica aos pés da Cruz do Redentor, onde não há honra, senão aquela escondida em Seu Sangue; onde não há glória, senão aquela que se guarda no mistério de Seu Sacrifício.

E é assim, filho Meu, aos pés da Cruz, que começarás a compreender a Vontade de Deus para ti. Ele te quer ali, sempre em adoração ao Seu Coração, sempre unido ao Seu Sacrifício e imitando os Seus passos.

Ele te quer ali, onde tu desapareces e Ele resplandece; onde a glória do mundo se desvanece e dá espaço à Glória de Deus; onde as ânsias pela honra dissolvem-se na única necessidade de justificar Seu Sangue com a renovação do amor em tua própria vida.

Fica aos pés da Cruz do Redentor, e todas as tuas perguntas serão respondidas. Saberás que o medo da cruz é em verdade o medo de entregar-te com loucura, de perder este mundo para ganhar o Infinito, de deixar de ser um para ser Todo.

Fica aos pés da Cruz do Redentor, porque já chegou o tempo de retomar com plenitude o que Ele começou no Calvário.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando o Senhor estava no deserto, preparando o Seu Coração para a entrega que viveria através da Cruz, Sua Mãe, Maria, já reunia as discípulas e santas mulheres e as advertia sobre o Reino de Deus, sobre as verdades superiores e sobre o caminho que se trilha para chegar a elas, que é através da humildade, do serviço, da entrega e, sobretudo, do amor a Deus e à vida.

Ao mesmo tempo que Cristo vencia as tentações no deserto, era provado em sua parte mais humana e, assim, refugiava-se no Divino Coração de Seu Pai; as almas que haviam se comprometido com Ele, desde o princípio de sua existência, também eram conduzidas internamente ao deserto interior. Nesse momento, reconheciam suas fraquezas e se preparavam para algo maior, ainda que fosse desconhecido.

O triunfo do Messias não foi compreendido pela maioria da humanidade, porque a Vontade de Deus não se assemelhou às ideias dos homens; mas aqueles que se comprometeram com Cristo, espiritualmente, estavam prontos e, cedo ou tarde, poderiam unir-se à essência da entrega do Senhor, para imitar os Seus passos.

Digo-lhes isso, filhos, porque, à medida que transcorre o tempo espiritual da quaresma, seus corações devem aprofundar-se no sentido da cruz, devem observar as tentações e vencê-las com o silêncio e a oração, com o despertar da fé.

Que sua atenção não esteja no riso do inimigo, mas sim no Verbo de Deus. Escutem Sua Voz e caminhem mais para Ele, no próprio interior.

A quaresma termina com uma definição profunda das almas que se dispuseram a acompanhar a Cristo, e, a cada ciclo, a cada nova quaresma, aproxima-se uma definição maior, mais ampla, mais completa, até que chegará o dia de ingressar em Jerusalém, não para ser aclamado, mas para viver a entrega absoluta. 

Por isso, não se esqueçam da profundidade do que são chamados a viver; não se esqueçam da grandiosidade interna e divina da qual se comprometeram a participar. 

O dia da cruz é conhecido apenas por Deus. Até que chegue esse momento, é o ciclo de caminhar mais e mais para o Pai, fundir-se n'Ele e ser Um com Ele, para que a entrega de suas vidas seja fecunda, no Céu como na Terra. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

De ciclos em ciclos, revive o chamado de Cristo em teu interior.

Dentro do teu coração, filho, contempla o mar de tua vida, de tua história e de tua entrega e, nas margens desse mar, encontra o Olhar de teu Senhor que busca os teus olhos. 

Sem medo, volta a caminhar na direção de teu Salvador e permite que Ele te peça algo novo, uma entrega mais profunda, uma rendição mais perfeita.

Deixa aos Seus Pés a rede de todos os teus desejos e aspirações, tudo aquilo que perseguias no mar da vida, tentando conquistar, ainda que fosse algo espiritual ou ainda que fosse algo para Cristo.

Escuta a Voz de teu Senhor chamando-te a adentrar em Seu Coração. E, vazio de tudo, vai com Ele cumprir os Seus desígnios, transitar desertos, curar teu próprio coração e, assim, conceder cura, ser amado profundamente e, desse modo, conceder o Amor de Deus às almas.  

Nunca penses que basta entregar a vida para Cristo um dia, mas sim, filho, entrega-te todos os dias. Escuta a Sua Voz em cada instante; abre caminho em teu interior para que Cristo chegue aos espaços mais ocultos de teu ser.

Falo de entrega e de rendição, todos os dias. Percebe que essas são as chaves deste tempo, são as bases nas quais teu espírito estará seguro em Deus e em Sua Vontade. Isso é o que Ele te chama a viver neste momento, porque dessa forma crescerás, dessa forma cumprirás os desígnios do Criador para tua vida.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

A chuva que hoje cai do céu é o pranto dos anjos por ver no Coração do seu Mestre os cinco espinhos de dor causados pela vida religiosa e pela humanidade.

Para que o Coração do Seu Senhor seja aliviado, hoje venho entregar-lhes o “Rosário dos cinco espinhos cravados no Coração de Jesus”, para que o rezem por todos os que são ingratos e indiferentes depois de haver recebido de Mim os tesouros celestiais que foram desperdiçados e não valorizados.

Entrego-lhes este rosário para que o rezem todos os dias possíveis, para que o Pai Eterno veja as Súplicas dos Seus bons filhos pelos mais pecadores e para que os cinco espinhos de dor sejam retirados do Coração do seu Mestre.

Cada vez que alguma alma indiferente comete uma ação contra a Lei e o Universo, os espinhos perfuram ainda mais o Coração do Redentor.

Se esta oração é rezada diante do Santíssimo, os méritos que ela gerará beneficiarão o resgate de algum núcleo profundo das almas que são indiferentes, para que no próximo mundo tenham uma oportunidade.

Se esta oração for rezada nas famílias dos Rosários-Luz, os devotos peregrinos curarão, com a sua voz, o castigado Coração de Jesus, e muitas Graças serão concedidas aos fiéis corações.

Agora lhes ensinarei o “Rosário dos cinco espinhos cravados no Coração de Jesus”.
 

Conta de união
Pela fé, devoção, serviço e amor de todos os peregrinos,
que o Coração castigado de Jesus seja curado e aliviado.
Amém.

Primeira dezena
Pelo espinho da ingratidão cravado no Coração castigado de Jesus,
que a entrega e o amor dos peregrinos restaurem Nosso Senhor.
Amém.

Segunda dezena
Pelo espinho da indiferença cravado no Coração castigado de Jesus,
que o serviço, a caridade e a fidelidade dos peregrinos reparem Nosso Senhor.
Amém.

Terceira dezena
Pelo espinho da desobediência cravado no Coração castigado de Jesus,
que a obediência, a lealdade e a transparência dos peregrinos reparem Nosso Senhor.
Amém.

Quarta dezena
Pelo espinho da infidelidade cravado no Coração castigado de Jesus,
que a pureza, a humildade e a simplicidade dos peregrinos curem Nosso Senhor.
Amém.

Quinta dezena
Pelo espinho do desamor cravado no Coração castigado de Jesus,
que a fé, a luz e o consolo dos peregrinos reconstruam o Espírito de Nosso Senhor.
Amém.
 

Agradeço-lhes por corresponder-Me!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quanto mais contemplas e adoras a Deus na Eucaristia, mais Ele estará em ti e Se revelará em teu interior.

A Eucaristia não é apenas o Cordeiro entregue por Amor, para reparar os pecados do mundo. A Eucaristia é o Coração completo e perfeito de Cristo, onde se guardam os mistérios da Criação e a essência do Amor de Deus; Amor esse que, contendo em si todas as coisas, multiplicou-se para que a vida tivesse forma e espírito, renovando e recriando a Existência Divina.

A Eucaristia é a presença do Altíssimo revelada. Ali está quem é Deus, Seus mistérios, Seu Amor e Sua esperança. Contempla e adora a Eucaristia e, nela, o Portal para retornar à Origem, à Verdade, à Luz.

Deus oculta-se em Seus mistérios e revela-se para os que O buscam. Busca teu Criador e Redentor na Eucaristia e, em silêncio, deixa que Ele te conduza ao Seu Coração, a uma unidade perfeita com Sua Verdade e Amor.

O mistério da Eucaristia se revela aos humildes, no silêncio de seu coração. Em humildade, fica diante desse elemento consagrado e, assim como Deus preencheu o pão com tudo o que Ele é, deixa que também consagre e transforme os elementos de teu ser em uma unidade com Ele.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Jesus ressuscitou e trouxe de volta a vida para Suas células, para Seu Corpo, fechando Suas feridas, restaurando todos os níveis de Seu ser, o fez não apenas em si mesmo.

Em Sua Ressurreição restauraram-se feridas universais e cósmicas, que antecedem inclusive a existência da Terra. Em Seu Coração, transmutava, curava e restaurava o passado de toda a Criação Divina e Universal, desde as menores feridas espirituais até aquelas que marcaram profundamente a história do Universo. Todas as criaturas de Deus estiveram diante de uma oportunidade de transcender o medo, na potência do Amor; transcender a obscuridade, na potência de Sua Luz Crística.

O Amor de Cristo transpassava Seu Corpo e adentrava além das dimensões, além do tempo e do espaço, tocando aquelas situações e consciências que habitam no invisível, no que até hoje para humanidade é um mistério, é desconhecido. Esse Amor manifestou-se como uma Graça, uma oportunidade. A Mão Divina se estendeu para os que estavam caídos, para que um novo ciclo tivesse início, uma nova escola, que transcendia uma civilização, um planeta, e até mesmo o Universo; uma escola para todos os seres.

O aprendizado desse Amor se colocava disponível para todos os que dissessem sim. E foi assim que um novo ciclo de Redenção começou para toda a vida. A história começava a se reescrever, a partir de uma folha em branco, para que todas as criaturas trilhassem o caminho percorrido pelo Filho de Deus, e todos pudessem encontrar o ponto de sua evolução, que os torna dignos no Pai Criador, dignos de serem chamados Seus filhos.

O imperdoável estava perdoado; o incurável recebia sua oportunidade de cura; os que estavam perdidos viram diante de si a porta de sua salvação. Cristo ressuscitou e, com Ele, toda a vida se fez nova.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Une-te ao Amor de Deus por este planeta e saberás que ele não tem limites. Saberás que a cruz não foi a primeira nem a última oferta de teu Senhor e Criador, que, ao longo de toda existência, entrega-se às Suas criaturas.

Une-te ao Amor de Deus por este planeta e por esta Criação e experimentarás por ti mesmo a essência da entrega e do amor à evolução. Saberás que todo esforço é pouco para que todos os seres tenham a Graça de se aproximar mais de Deus.

Em Sua agonia, Cristo unia Seu coração humano ao Amor de Deus, e ainda que de Seus ossos brotassem o medo e a angústia, que jorravam como sangue por Sua pele, nada foi suficiente para fazer desvanecer a potência do Amor de Deus em Seu Coração.

Seu pensamento mantinha-se na compaixão, Seu olhar mantinha-se na Misericórdia. Depois de ter ensinado aos homens sobre as Leis e também ter-lhes dado a conhecer a Sua Justiça, em Seu momento de maior entrega, Cristo não emanava mais do que Perdão, Redenção, Amor e Misericórdia.

Isso é o que vocês devem viver nestes tempos. Isso é o que os fará Cristos do Novo Tempo, apóstolos e santos dos últimos dias.

Deem ao mundo a conhecer tudo o que receberam. Ensinem ao próximo, com exemplos, sobre as Leis e ciências que aprenderam e, no tempo de maior provação deste planeta, não emanem julgamentos, mas sim perdão; não emanem indignação, mas sim compaixão; emanem misericórdia e não tenham medo. Renovem-se e multipliquem o Amor de Deus em seus corações.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Contempla o Coração de Cristo e nele o Seu Santo Cálice.

Este é o Cálice de tua redenção e da redenção do mundo. Nele se encontra o Sangue que foi vertido no Calvário como na Cruz; Sangue que representou a entrega absoluta de Deus através de Seu Filho; Sangue que se multiplica em todos os sacrários do mundo para ingressar no interior de todos os seres e transformar sua condição humana; Sangue que porta em si os códigos da Nova Vida, do Amor Crístico, Amor de Deus renovado em Seu Filho; Sangue que se derrama sobre o mundo quando as almas clamam com sinceridade; Sangue que ingressou nas entranhas da Terra para selar a aliança entre este Projeto Divino e o seu Criador, decretando assim sua perfeição e sua manifestação no fim dos ciclos.

Este é o Sangue que dá a vida, não só aos homens, mas a toda a Criação. Este é o Sangue que os diviniza, porque manifestou na carne humana a presença de Deus e tornou viva a semelhança do Criador com Suas criaturas.

Este é o Sangue que todos os dias é entregue no altar; é o Sangue que converte os elementos da Terra; Terra que por este mesmo Sangue se tornou sagrada.

Reverencia hoje o Cálice do Senhor para que sejas conhecedor de Seus mistérios. No Santo Cálice se guarda o Sangue de Cristo e de todos aqueles que um dia beberam dele e alcançaram graus de Amor Crístico em seu interior.

Este é o Cálice que os une a Deus; o mistério manifestado do Amor Divino. Se tão somente o contemplares com amor, teu espírito, alma e coração estarão comungando dele.

Se tomas do Sangue e comes do Corpo de Cristo, todo o teu ser comunga de Sua vida, da Nova Vida, do Amor e da perfeição de Deus.

Hoje e sempre, filho, reverencia a dádiva da entrega de Deus através da Eucaristia. Nela se encontra vivo o Amor que teu Criador sentiu ao manifestar-se, Ele mesmo, nesta vida, descendo à menor das dimensões para abrir o caminho para a suprema unidade com Seu Espírito.

Bebe de Seu Sangue e come de Seu Corpo, cruzando assim as dimensões que te separam de Deus e retornando ao Seu Eterno Coração.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Nunca te canses de fixar tua consciência em Deus, além de tudo o que aconteça dentro de ti ou ao teu redor.

Essa atitude espiritual permitirá que as Leis superiores venham em auxílio de tua consciência e que qualquer situação, espiritual ou interior, seja resolvida.

Confia absolutamente no propósito imaterial que Deus criou para tua existência e, com base nessa verdade, leva adiante esta vida preenchida de desafios e de provas.

Porém, nunca desanimes nem durmas. Faz valer cada momento como se fosse o último; faz com que cada etapa da vida tenha como resultado uma aprendizagem de amor e de perdão.

Deus não busca as coisas perfeitas dentro de ti, porque Ele já sabe tudo; Ele conhece tudo o que desconheces dentro de ti.

Por isso, o Pai Celestial espera o momento certo para pedir novos passos aos Seus filhos. Porém, esses passos serão dados e entregues à medida que amem o desapego em suas vidas.

Porque, em verdade, poucos serão os que entregarão tudo ao Senhor para a constituição de Seu Propósito e para a realização divina de Sua Vontade.

Por isso, como Mãe, sei o que significa despojar-se de si mesmo e o quanto isso ocasiona dores, atrasos e estagnação. Mas a luz do espírito da fé prevalecerá. Tenha calma e confia; não existe obstáculo ou barreira da consciência que não possam ser superados.

Não deixes de remar até poder encontrar o porto seguro do Coração do Senhor.

Agradeço-vos por responderdes ao Meu chamado!

Abençoa-vos,

Vossa Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Alma pequena de Deus, 

Abraça com amor os sacrifícios e as renúncias que o Criador envia à tua vida. Eles são equivalentes à imensa graça que vives todos os dias com a Presença de Deus te chamando pelo nome a responder ao Seu chamado.

Dispõe teu coração à entrega todos os dias e já não penses nas limitações de teu corpo, nas misérias de tua mente ou nas inquietudes de teu coração. Pensa, filho, no sacrifício de Cristo, todos os dias, de forma que a cada dia aprofundes um pouco mais na entrega do Senhor, no preço que Ele pagou por tua redenção e saibas, assim, que tudo quanto vives, entregas ou renuncias não se compara ao sacrifício d'Aquele que viveu e morreu por ti.

Faz das limitações de teu corpo a oferta de humildade pela arrogância dos homens. 

Faz das misérias de tua mente a oferta e o clamor para que a Misericórdia desça ao mundo e preencha os pensamentos destrutivos dos homens. 

Faz da inquietude de teu coração a oferta para que a paz e a confiança em Deus preencha o interior dos seres e lhes devolva a paz.

Foste chamado a ser parte do Coração de Cristo neste mundo, de forma viva, consciente e incondicional.

O Senhor colocou os olhos sobre ti, não porque és perfeito, mas porque Ele sabe que tua alma tem sede de Sua Presença. Sendo Ele uma Fonte inesgotável, veio não apenas saciar-te, mas fazer de ti uma fonte nova, para que outras almas bebam da Misericórdia que jorra de Seu Divino Coração.

Entre tuas misérias e a Misericórdia de Cristo, deixa que vença a Misericórdia do Senhor e concentra teu coração em Seu chamado e não nas tuas dificuldades em cumpri-lo. 

Assim como és, Cristo te chamou. Ele apenas espera que digas “sim” todos os dias.

Enquanto a humanidade dorme o sono dos ignorantes, dá graças ao Pai que curou tua cegueira e abre-te de coração para ser um milagre vivo do Senhor neste mundo e em todos os outros. Porque hoje te digo, filho Meu, que tua redenção neste mundo é apenas um símbolo de uma redenção maior, ainda que seja desconhecida para teu coração.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

 

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Crê, filho Meu, no poder salvador e redentor da Minha Divina e Insondável Misericórdia, pois essa Fonte é capaz de não só purificar-te e liberar-te, mas também de aliviar-te e curar-te.

Crê nos prodígios da potentíssima Fonte da Misericórdia, pois Ela pode renovar-te e impulsionar-te a alcançar o caminho da reabilitação.

Crê nas maravilhas que a Minha Misericórdia pode fazer, não só em tua vida, mas também em cada lugar e em cada situação que se apresente.

Afirmando o poder da Misericórdia do Meu Coração na tua vida, poderás reencontrar o caminho para o princípio fundamental da tua origem essencial e espiritual, e, assim, estarás retomando o sentido de ter vindo à Terra.

Não importam os erros ou as faltas; o que importa é ter a constância de trabalhar todos os dias para poder transcendê-los, para que a graça possa descer.

Anima-te a entregar-te à Minha Divina Misericórdia. É hora de sentir que se pode tudo e que tudo se conseguirá na paz.

Agradeço-vos por guardardes as Minhas Palavras no coração!

Abençoa-vos,

Vosso Mestre, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando o Pai revelou, pela primeira vez, a Cruz ao Seu Filho, Cristo fechou os olhos e deixou que Seu Coração fosse além do sofrimento, do medo e da dor; elevou o olhar ao Universo, à Sua Origem, às estrelas que pairavam no Céu. Cristo mergulhou no sentido profundo da Cruz e contemplou o Coração de Deus vivendo uma revelação e uma renovação do Amor.

Cristo contemplou o Universo e viu as portas que se abririam, uma a uma, desde o Reino do Pai até os corações dos homens, criando um elo de unidade entre as dimensões.

Cristo contemplou os erros cometidos no passado durante toda a evolução das criaturas que nasceram do Coração de Deus e que, ao longo de seu desenvolvimento, desviaram-se do caminho.

Cristo contemplou como o sangue que brotaria de Suas Chagas se derramava além da terra e chegava ao profundo da condição humana, curando, inclusive, as raízes de males desconhecidos, inconscientes para os homens.

Cristo viu a Cruz que Seu Pai Lhe oferecia e encontrou Sua Mãe Divina acompanhando cada um de Seus passos na Terra, como no Infinito, renovando Suas forças humanas e internas e ajudando a se renovar no Amor e na entrega.

Cristo viu a Cruz que Seu Pai Lhe oferecia e soube que ela perduraria nos séculos, impressa na chaga espiritual que levaria, em Seu Coração, até o dia de Seu retorno ao mundo.

Cristo se reconhecia parte de Deus e, colocando Seus Olhos sobre a Essência Divina do Criador que habitava em Seu Peito, soube que era Deus mesmo quem viveria essa oferta de Amor por Suas criaturas.

Hoje, filho, Deus oferece uma cruz ao planeta, como a cada criatura. Olha a situação das nações e o caos da Terra e encontra ali essa cruz, mas vai além dela e sabe que, muito além do sofrimento, da entrega, da confusão interior, está o Amor que nascerá de teu coração se, como o Filho de Deus, traspassares essas aparências e pronunciares teu “sim” ao Coração do Pai: “sim” ao sacrifício vivido por amor, “sim” ao perdão que supera todo erro, “sim” à esperança que transcende o caos e faz das aparentes derrotas uma vitória divina.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS PARA A 62ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Primeira Mensagem

Abençoo-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Como a água da chuva, hoje trago Minhas Graças para o mundo e revelo Meu Coração Confederado para toda a humanidade.

Da Nebulosa de Orion trago Minha Mensagem e faço vibrar as Palavras de Deus em todo o Universo. Que também vibrem seus corações com estas Palavras, e assim se possam renovar os tempos.

De Orion envio Minha Energia Espiritual para a humanidade, para todos os representantes de Cristo na Terra.

Que Meu Verbo se reflita nos corações simples e humildes.

Que Meu Propósito se cumpra nos que aspiram a alcançar-Me algum dia e também chegue a todos os que aspirarão a superar-Me no amor, vivendo Minha Verdade.

Dessa constelação envio a Minha Mensagem para todos, para que em seus espíritos também se conforme a Irmandade, essa sagrada Fraternidade de todos os tempos, que permitiu proteger e amparar este planeta e este Projeto humano, desde o Gênesis até os dias de hoje, passando por tantas civilizações, raças e experiências, vivendo tantos aprendizados e provas através de todos os tempos e de todas as eras.

E apesar de tantos embates, e depois da Minha vinda ao mundo há mais de dois mil anos, o Projeto de Meu Pai ainda continua de pé nesta humanidade. E chamo todos os seres da Terra para que o continuem recriando, para que possam seguir constituindo em vocês esse Projeto de Amor, que vai além da dualidade e de toda diferença.

Eu trouxe para todos, há mais de 2.000 anos, o Código Crístico Celular.

Minha Divindade, Minha Alma e Minha Consciência se ofereceram para isso, a fim de testemunhar para o mundo de que é possível viver grandes graus de amor, além de todos os erros cometidos.

Hoje estou, da Nebulosa de Órion, enviando Minha Mensagem de paz à humanidade para este novo ciclo que começou depois do último oito de agosto, em que novos acontecimentos chegarão para que a humanidade possa aprender a viver ainda mais o amor e o perdão, concebendo em si a redenção.

Hoje o Universo envia sua bênção para todos, sua mais cordial mensagem de paz e de fraternidade, porque já não bastará que seu Mestre esteja apenas no planeta ou em algum lugar dele para enviar Sua Mensagem.

Hoje estou da Nebulosa de Órion para que todos possam participar dessa universalidade no fim destes tempos; universalidade que deverão alcançar através do amor ao Plano e do serviço incondicional à Hierarquia.

Sejam partícipes então, companheiros, do fim deste último tempo, em que ensinamentos mais importantes chegarão, aprendizagens mais profundas se viverão.

Revelações muito desconhecidas chegarão para que ao menos uma parte da consciência da humanidade se eleve e encontre a porta de saída para o Infinito, em nome de toda esta civilização milenar, que vem caminhando neste mundo há muito tempo.

Chegamos no tempo em que se viverá esta grande síntese, desde o princípio do Gênesis, passando pelos grandes patriarcas, profetas e apóstolos e todos os mártires de Cristo.

Toda a história dos que deram a vida por Mim será reunida para ser levada como experiência e oferenda aos Pés do Pai Eterno, e escolhi a Nebulosa de Órion para que prepare esse acontecimento.

Por que um lugar tão distante de vocês deveria reunir todas essas informações e experiências?

Vocês sabem, companheiros, que não estão sozinhos neste Universo. 

Já é hora de aprender a perceber as realidades superiores que os chamam através da Voz do Infinito, a Voz que sempre clama e chama seus filhos, a Voz do Pai Eterno, a Voz da Irmandade.

Vocês entrarão neste tempo dentro da conta de seu ofertório. Será importante que suas experiências de amor e de serviço sejam verdadeiras e que se disponham a dar-Me mais do que podem, embora às vezes doa.

Esse será o verdadeiro legado que poderei entregar ao Meu Pai por parte da humanidade, assim Ele Me concederá uma Graça tão expiatória e importante para este ciclo final, em que tudo está em jogo.

As últimas partidas se jogam no tabuleiro. Estamos no momento culminante da definição interior, para que depois aconteça a definição exterior.

As Hierarquias oram sem se deter, reúnem seus princípios e aspirações para que a voz de todos os Irmãos seja escutada pelo Pai Eterno.

O Universo Material, e especialmente o planeta, prepara-se para seu último e grande parto. 

É hora de dar à luz o novo homem, a nova consciência, livre dos pecados capitais, livre das amarras, das ataduras, da perdição.

Para isso serão chamados todos os que foram ungidos alguma vez por Meu Espírito. E todos os que uma vez foram sacramentados participarão dessa comunhão com Meu Espírito e com Minha Divindade.

Quando vocês estiverem compartilhando Comigo os últimos encontros, será o momento em que o Universo realizará seu grande ofertório à Criação, e suas aspirações deverão chegar ao Alto, assim como seus corações, para que se reúna a síntese de tudo o que se viveu desde o princípio desta Criação, especialmente desde o Gênesis.

Finalmente, a queda de Adão e Eva será apagada da consciência do Universo, e as almas já não deverão vir ao mundo e à Nova Humanidade com o pecado original, porque estarão livres dessas consequências e desses erros.

Orion se ofereceu para conceber, como Consciência Universal, a Nova Humanidade, fazendo seu grande sacrifício, depois de milhões de anos.

A Nebulosa de Orion brilhará como nunca antes brilhou, e um novo tempo começará, depois que tudo se houver purificado, dentro e fora dos seres.

Por isso, companheiros, não baixem os braços, elevem-nos a Mim para que Eu possa tomá-los pelas mãos e erguê-los à Minha Barca de salvação e de esperança, que alcançará o novo porto para o Coração de Deus. 

Porque, quando chegar esse tempo, a Nova Humanidade não se recordará do passado nem do sofrimento, nem tampouco da dor, porque Orion haverá doado seus Raios e Princípios para poder formar o novo ser e o Novo Homem.

Orion estará tão próximo como a Lua está do seu planeta.

Recebam esta Mensagem com gratidão, por mais que não a compreendam, porque o que Eu lhes digo é algo que acontecerá nos próximos tempos.

Tenham dentro de suas aspirações este propósito de seu Mestre e Senhor e trabalhem por ele todos os dias, incansavelmente.

Já não importará se caem à Minha direita ou à Minha esquerda, se ficam para trás ou se estão adiantados. Eu necessito do amor de seus corações para conceber espiritualmente esse ofertório, que Orion elevará ao mais alto do Universo e da Criação.

E já não se lutará espada contra espada nem guerreiro contra guerreiro, porque dos novos homens que repovoarão a Terra, que no próximo tempo chegará, se forjará o espírito dos valentes, dos curadores, dos  silentes e dos contemplativos; de todos os que trabalharam nesta vida no serviço para espelhar nesta humanidade a Vontade de Deus.

Então, companheiros, que se escreva em vocês este novo propósito que hoje lhes revelo.

Mantenham seu coração em Orion e tudo compreenderão. Assim sua luz azul irradiará sobre vocês e seus espíritos conseguirão força para seguir adiante, seguindo os princípios da Hierarquia, sob o espírito da fé e da confiança.

Que se levantem os guerreiros da Nebulosa azul!

Que os guerreiros do amor participem desta convocatória, e que na Terra essa convocatória se faça realidade! 

Amém.

Hoje lhes falo, assim como falo ao Universo, porque é tempo de os que creem no retorno de Cristo escutarem o Mestre assim como Ele é e sempre será. Que escutem a Voz de Quem foi recebido na Casa de Seu Pai para levar adiante, no Universo, o Projeto final da humanidade.

Que esta Maratona represente a oportunidade de forjar o guerreiro do amor em cada ser, o lutador incansável da Hierarquia, que ama sem condições e que serve sem obrigações; que escuta com seu coração e sente o que é verdadeiro; que comunga com a Irmandade e que faz de cada encontro parte de si, como se fosse o último destes tempos.

Quero ver os guerreiros do amor acesos na oração.

Quero ver os autoconvocados do grande Mestre felizes por viver cada novo encontro neste sagrado conclave do Universo Criador, que envia seus impulsos celestiais em todos os encontros de oração, em que os espíritos se reúnem para servir o Infinito, e para que o Infinito seja parte de vocês, eternamente.

Quero ver seus corações de fogo.

Quero sua oferta maior e acolho suas aspirações.

Desejo sentir ainda mais o amor dos que Me aceitam e dos que se convocam em Meu Nome, porque a partir daí reconstruirei a humanidade.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Enquanto tantos de teus irmãos no mundo se rendem às energias capitais, acreditando que o sentido da vida se guarda nos prazeres, nas falsas alegrias e nas comodidades, rende-te tu ao Coração de Cristo.

Enquanto tantos de teus irmãos no mundo se rendem à autossuficiência, acreditando que a liberdade está na vontade própria e em cumprir desmedidamente o que os impulsos humanos lhe ditam todo o tempo, rende-te tu ao Coração de Cristo.

Enquanto tantos de teus irmãos no mundo se rendem às guerras e aos conflitos, acreditando que a plenitude se encontra em impor aos demais os seus próprios pensamentos, sentimentos e crenças, rende-te tu ao Coração de Cristo.

Enquanto tantos de teus irmãos no mundo se rendem ao medo, à depressão, à tristeza, acreditando que a vida na Terra, como a conhecem, é a única coisa que Deus lhes oferece para experimentar, não encontrando saída para a escuridão na qual adentraram, rende-te tu ao Coração de Cristo.

Enquanto tantos de teus irmãos no mundo se rendem à condição humana, em uma luta constante pelo poder e pela sobrevivência, ignorando a Verdade e o Reino de Deus dentro de si mesmos, rende-te tu ao Coração de Cristo.

Não vejas o que acontece ao teu redor com olhos de crítica e de superioridade, porque, sem saber, estarás deixando-te conduzir pelas mesmas forças e impulsos que movem os corações daqueles que se perdem em sua própria escuridão.

Que tudo seja, para ti, motivo de render-te mais ao Coração de Cristo, tornando cada vez mais sincera a tua entrega.

Deixa que emane de teu coração compaixão para o mundo e aprende a transformar a compaixão em Amor verdadeiro, aprofundando-te, a cada dia, em tua entrega, rendendo teu coração ao Coração de Cristo.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato