Segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Renova tua consagração a Deus todos os dias e entra no eterno movimento dos ciclos universais.

Renova-te diante do Criador, para que Ele te conduza por novos caminhos internos e tu jamais te acomodes nos passos que já alcançaste dar.

Reconhece o infinito diante de ti e quanto te falta crescer muito além desta vida. Reconhece no vasto universo as infinitas dimensões criadas e que cada uma delas cobrará de ti um determinado aprendizado, que te fará crescer e unir-te cada dia mais a Deus.

Filho, o que a humanidade chama de contemplação e união com Deus, nesta dimensão material, nada mais é do que uma aproximação à grandeza do Criador, uma experiência com Sua Divina Luz. A contemplação é o ato de reconhecer a existência de Deus e aproximar-se dEle, mas muito ainda lhes falta ao coração e à consciência humana para que ela seja Una com Deus em sua origem.

Esse caminho é construído e trilhado aos poucos. À medida que o ser se esvazia de si mesmo e de toda a necessidade de explicar e compreender o que experimenta, à medida que se esvazia dos conceitos conhecidos por sua mente, ele começa a ser permeado por outras leis e vibrações que não pertencem a este mundo e que são palpáveis para o coração humano, mas não compreensíveis para a mente.

A aproximação e a aceitação dessas leis sublimes vão fazendo com que as portas para outros graus de evolução se abram diante da consciência, e é apenas depois de cruzar essas portas e experimentar essas leis que vocês poderão senti-las e compreendê-las, mas não explicá-las.

Vocês não podem explicar o que vivem nos níveis superiores, porque a matéria que compõe a mente humana não é correspondente com essa vibração sutil; mas sim, filho, o coração, que é semelhante ao Criador de todas as coisas, pode compreender e viver todas as leis.

Assim como o Senhor é ilimitado em Sua Existência, assim também o é o coração dos homens. Mas esse coração precisa se expandir, cruzar umbrais e romper barreiras, transcender limites e tendências humanas, deixar de ser tão fechado e abrir-se ao Cosmos que, para ele, é inexplicável e compreensível ao mesmo tempo.

Para chegares a este estado de união com a vida superior, que é mais do que uma experiência contemplativa, filho, é necessário te renovares todos os dias e, ao perceberes que estás te estagnando ou retrocedendo, sempre buscares uma forma de acordar e avançar.

Por isso venho ao mundo, para impulsionar o coração humano ao infinito e levá-lo a uma vivência do que ele verdadeiramente é.

Deixa-te ser guiado e impulsionado por estas palavras. Se não as compreenderes, apenas sente-as e deixa que elas por si sós –vivas como são– trabalhem dentro de ti.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo