Domingo, 24 de maio de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma sofrida, que nesta vida parecia não conhecer a alegria e o amor que outras tinham a oportunidade de experimentar, questionou a Deus, perguntando-Lhe: – "Senhor, vejo o mundo e encontro desigualdade, almas que se regozijam e almas que se desesperam, almas que são fortalecidas por Ti e almas que perdem suas forças e não encontram sentido para a própria vida. Diz-me, então, Tu que és o Deus de todos, o mesmo e o Único, qual o motivo dos desequilíbrios do mundo?”

E o Senhor, contemplando a sinceridade de seu sofrimento, respondeu-lhe: – "Eu Sou o Deus de todos os seres, Pai e Senhor de toda a vida, Deus Único e Trino, Deus de Amor e de Verdade. Mas a vida, alma pequena, é desenhada por leis que mantêm o equilíbrio da evolução de todas as consciências e as conduzem segundo as suas próprias escolhas. O Meu Amor pelas almas é o mesmo; com a mesma esperança aguardo que os corações retornem a Mim; mas o sofrimento ou as alegrias neste mundo não correspondem a uma decisão que Meu Coração toma em relação às criaturas.

O que é para ti o regozijo? Onde vês que encontram os homens a alegria em seus corações? Porque uma alma, para estar em verdadeira alegria, precisa apenas estar em Mim, e, ainda que sofra com a dor dos homens, o Meu Amor em seu coração não a deixa perecer.

O sofrimento do mundo, alma pequena, deve te fazer compreender a fragilidade da vida humana distante de Mim. A verdadeira dor que sentem as almas é por estarem distantes de Meu Coração ou por ignorarem a Minha Presença. Uma alma pode ter tudo na matéria e ser profundamente vazia e infeliz, assim como uma alma pode não ter nada e, no entanto, possuir a maior de todas as alegrias, que é estar em Meu Coração. Mas isso, alma pequena, é uma decisão diária, constante e permanente das almas que escolhem estar em Mim, e não no mundo.

Por isso, quando sentires vazio e sofrimento em teu coração, pergunta-te não onde Eu estou, mas onde estás tu. Meu Coração está em ti, mas tu estás em Mim?”

Que esse diálogo lhes recorde, filhos, que devem estar em Deus para compreender que a vida é feita de leis, que não descem aleatoriamente do universo, mas que são atraídas por cada alma que escolhe, com suas ações, pensamentos e sentimentos, o que atrairá para a sua própria vida.

Saibam escolher a Deus a cada dia, a cada instante.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo