MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Bem-aventurados aqueles que, apesar de todas as dádivas recebidas, sempre se deixam moldar e corrigir pelas Mãos de Deus.

Bem-aventurados aqueles que nunca deixam de ser aprendizes, aqueles que nunca perdem a oportunidade de observar, aprender e crescer, tornando-se cada dia mais um representante do bem e da paz no mundo.

Bem-aventurados os que ensinam com o exemplo e que de suas bocas saem palavras sábias que amam e que corrigem com amor o que estiver fora do caminho e do Propósito de Deus.

Bem-aventurados os que buscam a humildade, os que trabalham para que outros cresçam, os que amam os passos dados e as oportunidades recebidas por seus irmãos.

Bem-aventurados os que observam as faltas dos demais com compaixão e que não afirmam e reafirmam o erro do próximo para justificar os próprios erros e sentir-se melhor que os demais.

Bem-aventurados os que sabem silenciar para trazer a paz, mas que não calam sua boca para condenar com o pensamento, senão que calam a boca para abrir o coração e, em pensamento, orar e atrair Misericórdia.

Bem-aventurados os que são transparentes diante de Deus e do próximo, os que se livram de suas amarras através da confissão a Cristo, os que não temem ver-se imperfeitos, frágeis e pequenos aos olhos do mundo.

Bem-aventurados os que, apesar de tudo, acreditam e buscam o Reino de Deus no próprio interior, os que não negam sua condição humana, mas que a reconhecem como uma passagem para algo maior.

Bem-aventurados os que buscam o sagrado na vida sobre a Terra, os que não se contentam com as energias do mundo e que apenas caminham para o Coração de Deus.

Bem-aventurados os que creem nas esferas celestiais, na vida universal e superior, os que se sabem apenas uma pequena parte de uma vida imensa e desconhecida. 

Bem-aventurados os que sempre se reconhecem ignorantes, mas que não permanecem ali, os que se abrem para que, em sua ignorância, Deus derrame sabedoria, e os que estão sempre dispostos a adentrar no Infinito, pelo simples fato de saber-se parte dele.

Bem-aventurados os que amam de coração, porque o próprio amor lhes mostrará o caminho.

Bem-aventurados os que aspiram a ser bem-aventurados e que se esforçam para isso, tendo como única aspiração cumprir a Vontade e o Plano de Deus. Seus esforços serão recompensados com a união perfeita com o Criador.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Em todos os Centros Marianos, através do Relicário de Meu Coração, serei o porteiro e o protetor, o guardião das relíquias espirituais e dos dons divinos que se guardam nos lugares sagrados, erguidos em honra a Deus e pela manifestação de Seu Plano.

O Relicário de Meu Coração será a proteção para todas as virtudes alcançadas pelas almas. Será o guardião da evolução daqueles que disseram sim a Deus, e, cada vez que o contemplarem com amor, não apenas estarão recebendo em seu interior o que um dia Eu alcancei através da humildade e do vazio espiritual, mas também, filhos, estarão sendo resguardados por Mim, que, diante de Deus, recebi a potestade de ser seu pai e guardião nestes tempos de transição.

É por isso que, frente às dificuldades que lhes parecem impossíveis de transformar, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração. Quando o deserto for maior que a sua fé, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração. Quando as energias do mundo parecerem batalhar, em seu próprio interior, com seus princípios mais puros, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração.

E, para que todas as almas do mundo tenham a oportunidade de estar diante do Relicário de Meu Coração, peço-lhes que todos os dias 19, de uma forma simples, o Relicário de Meu Coração seja transmitido ao vivo, por uma hora, para que todos aqueles que quiserem estar diante dele, em silêncio, possam fazê-lo. Esse exercício lhes permitirá encontrar a paz e fortalecer no próprio interior todas as virtudes já alcançadas.

Neste tempo de transição, serei o guardião de suas almas, pai e companheiro que, no silêncio, seguirá os seus passos para que não se percam, mas que sempre se encontrem em Cristo.

É dessa forma, filhos, que lhes peço que, todos os dias 19 de cada mês, às 17 horas, seus corações se unam em oração, e sobretudo aqueles que hoje não podem estar nos Centros Marianos também recebam as Graças e os Dons que surgem do Relicário de Meu Coração para o mundo.

Se fizerem esse simples exercício no dia da Festa do Coração de São José, não apenas por vocês mesmos, mas também por todas as almas do mundo, poderão interceder Comigo pelos mais pecadores e pelos que se autocondenaram, para que essas almas abram os seus olhos e encontrem a luz e a salvação em Cristo.

Eu os aguardo em oração e os abençoo.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando teu espírito estiver cansado, filho Meu, entra na Presença de teu Criador, sendo consciente de que Ele está em tudo, e simplesmente agradece. 

Agradece e oferece ao Pai cada vazio, cada deserto, cada angústia, tuas inquietudes e incompreensões, tuas alegrias, tuas conquistas, tuas vitórias e Suas vitórias em teu coração. Agradece a Deus por tudo.

Agradece quando Ele Se faz sentir, quando, por um segundo, parece que escutas a Sua Voz. 

Agradece quando oras e teu coração é aliviado, quando podes retomar a paz e a alegria, mesmo que seja apenas um pouco.

Agradece quando o serviço te faz reviver, quando, auxiliando o próximo, a Graça de Deus inunda teu coração e és capaz de sentir-te vivo, de amar, de alegrar-te, e assim levar a paz aos que sofrem.

Agradece também quando pensas que não tens a oportunidade de servir como querias.

Agradece quando apenas tens ao teu lado os mesmos irmãos todos os dias, e pede a Graça de saber ver em cada um deles a necessidade e a oportunidade de servir, para que, quando te dispuseres a amar, a Graça de Deus desça sobre ti e inunde teu coração como o coração do próximo.

Agradece a Deus por estar consciente dos tempos urgentes do planeta, por saber orar e adorar, por saber agradecer, mesmo as dores e o vazio, por saber que Ele sempre está, mesmo no Seu mais profundo silêncio.

A gratidão, filho, é o elo que te une a Deus, e não importam as circunstâncias de tua vida ou o que podes sentir e perceber em teu coração. Quando agradeces a Deus, é como se estivesses dizendo ao Senhor:
 

Senhor, eu sei que Tu estás aqui,
sei que Tua Vontade se manifesta em minha vida 
e sei que desconheço a profundidade de Teu Plano 
e o caminho que nos fazes percorrer para chegar ao Teu Coração.

Mas confio em Ti, confio no Teu Amor 
e agradeço por saber que sempre é o Teu Amor 
que atua em minha vida.

Nas alegrias e nos desertos, na plenitude e no vazio, 
Tu sempre estás, por isso Te dou graças.


Que seja esta tua constante oração, porque dessa forma, filho, sempre poderás perceber como o Criador te guia além da tua compreensão humana, como te cura, molda e converte segundo a Sua Vontade. Por isso, sempre e em todas as circunstâncias, agradece.

Tens a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho, 

Faz das humilhações uma oportunidade para que tua consciência compreenda o que verdadeiramente tem sentido e valor na vida. 

Não estás na Terra para ser honrando, elevado ou glorificado pelos olhos dos homens; mas estás na Terra para viver um amor que transcende o entendimento e os sentidos, que transcende as lógicas e os limites, que transcende todo amor alcançado no mundo e além dele.

Por isso, quando fores humilhado, deixa que se quebre em ti toda necessidade de reconhecimento, de glória, de retornos humanos por teus esforços, por teu amor. Permite que teu coração se coloque no que é real, no que é eterno, no Amor de Deus, que não se baseia nos merecimentos humanos, e permanece ali, na experiência de humildade que cada situação da vida te conduz a viver.

Com teu exemplo, dá a conhecer ao mundo o Amor de Deus. Segue os passos de teu Senhor que, como resposta da flagelação e da Cruz, verteu Sangue e Água, perdão, redenção e Misericórdia para todos os seres, sem distinção. Esse é o teu eterno exemplo; não queiras outro. 

Não queiras estar elevado como os santos aos olhos dos homens, porque o que faz a santidade dos seres não é a opinião dos homens, mas sim o sacrifício, o amor e a unidade com Deus, muitas vezes vivida no anonimato, na ignorância do mundo.

Por isso, toma tua cruz, abraça essa cruz com amor; ora e pede a Graça de saber imitar o teu Senhor a cada dia. E, quando fores humilhado, não olhes para os tronos do mundo, alcançados com as glórias humanas. Olha para o Trono do Céu, no qual está sentado Aquele que foi ultrajado, incompreendido, humilhado, flagelado e morto em Cruz, mas que Se elevou, não pelo que recebeu dos seres, mas pelo Amor insondável que emergiu de Seu próprio Coração.

Cristo retornou ao Pai, não pelo que recebeu do mundo, mas pelo que soube dar, porque deu tudo, tudo de Si, por amor. Esse é o teu Caminho, tua Verdade e tua Vida.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma sofrida, que nesta vida parecia não conhecer a alegria e o amor que outras tinham a oportunidade de experimentar, questionou a Deus, perguntando-Lhe: – "Senhor, vejo o mundo e encontro desigualdade, almas que se regozijam e almas que se desesperam, almas que são fortalecidas por Ti e almas que perdem suas forças e não encontram sentido para a própria vida. Diz-me, então, Tu que és o Deus de todos, o mesmo e o Único, qual o motivo dos desequilíbrios do mundo?”

E o Senhor, contemplando a sinceridade de seu sofrimento, respondeu-lhe: – "Eu Sou o Deus de todos os seres, Pai e Senhor de toda a vida, Deus Único e Trino, Deus de Amor e de Verdade. Mas a vida, alma pequena, é desenhada por leis que mantêm o equilíbrio da evolução de todas as consciências e as conduzem segundo as suas próprias escolhas. O Meu Amor pelas almas é o mesmo; com a mesma esperança aguardo que os corações retornem a Mim; mas o sofrimento ou as alegrias neste mundo não correspondem a uma decisão que Meu Coração toma em relação às criaturas.

O que é para ti o regozijo? Onde vês que encontram os homens a alegria em seus corações? Porque uma alma, para estar em verdadeira alegria, precisa apenas estar em Mim, e, ainda que sofra com a dor dos homens, o Meu Amor em seu coração não a deixa perecer.

O sofrimento do mundo, alma pequena, deve te fazer compreender a fragilidade da vida humana distante de Mim. A verdadeira dor que sentem as almas é por estarem distantes de Meu Coração ou por ignorarem a Minha Presença. Uma alma pode ter tudo na matéria e ser profundamente vazia e infeliz, assim como uma alma pode não ter nada e, no entanto, possuir a maior de todas as alegrias, que é estar em Meu Coração. Mas isso, alma pequena, é uma decisão diária, constante e permanente das almas que escolhem estar em Mim, e não no mundo.

Por isso, quando sentires vazio e sofrimento em teu coração, pergunta-te não onde Eu estou, mas onde estás tu. Meu Coração está em ti, mas tu estás em Mim?”

Que esse diálogo lhes recorde, filhos, que devem estar em Deus para compreender que a vida é feita de leis, que não descem aleatoriamente do universo, mas que são atraídas por cada alma que escolhe, com suas ações, pensamentos e sentimentos, o que atrairá para a sua própria vida.

Saibam escolher a Deus a cada dia, a cada instante.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que temia a Justiça de Deus, constantemente orava e clamava por Misericórdia, e, sentindo um dia que o ciclo dessa Justiça havia chegado ao mundo, questionou o Senhor, dizendo:  – “Senhor, Tu és o Deus do Amor, da Graça e da Misericórdia, capaz de entregar-Te em Cruz pela salvação do mundo, explica-me então o que é a justiça e como pode um Deus de Amor atuar com justiça sobre Seus filhos?”

E, olhando essa alma com paz, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma amada, que ignoras o verdadeiro sentido de Minha Justiça Divina, a Justiça de Meu Coração é uma lei, permeada por tão grande amor como a Divina Misericórdia. Enquanto a Misericórdia eleva os que estão cegos e concede o melhor de Meu Reino mesmo aos ignorantes, a Minha Justiça primeiro lava os seus olhos, abre-os e faz com que as almas sejam conscientes de tudo quanto Eu já lhes entreguei.

Depois de derramar Misericórdia sobre os corações e vê-los ainda mergulhados na indiferença, na ingratidão e na inconsciência, Meu Espírito verte sobre eles a Justiça. E a Justiça é um raio de Amor do Meu Coração, que estremece as almas e derruba as suas ilusões mais arraigadas, para que assim possam perceber a verdade e se arrepender.

O que causa o sofrimento nas almas não é a Minha Justiça, mas a sua própria ignorância, porque percebem que estavam firmadas em bases de areia, enquanto Eu tantas vezes lhes ofereci a rocha de Meu Coração. A Justiça, alma pequena, é parte de Meu Amor, para que nenhum de Meus filhos permaneça no mundo sem despertar e perceber o que realmente são e qual o caminho que devem trilhar.

Por isso, diante da Justiça, não sofras, mas apenas ora para que esta nova oportunidade, que chega através da lei da Justiça, também não passe em vão pelas almas ignorantes, e que elas possam fazer desta correção divina o primeiro passo para endireitar os seus caminhos.”

Que esse diálogo os ensine, filhos, a amar a Deus, Sua Misericórdia e Sua Justiça, e compreender que a atuação das leis é justa e preenchida de um celestial amor pelas almas.    

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que, a cada novo dia, a Misericórdia seja para ti como uma luz que se acende em teus abismos mais escuros, ocultos e profundos. 

Que a Misericórdia seja o símbolo de que sempre recebes de Deus uma oportunidade para recomeçar, e que, mais do que isso, filho Meu, que sempre recebes do Pai a possibilidade de ir mais fundo em tua cura e transformação e sanar, em teu interior, feridas que às vezes sequer sabes que existem.

Que, a cada novo dia, clamar por Misericórdia seja a tua esperança, para que possas olhar para as misérias do mundo e também para aquelas que persistem em teu interior, e que, além disso, filho, teus olhos se voltem para o Coração de Deus, para o Seu Olhar e para o Seu Amor, e que tua confiança esteja em Sua infinita Misericórdia.

Muito além de todos os pecados e desvios humanos, o Coração de Deus, através de Seu Filho, segue derramando Sangue e Água sobre o mundo. Que esse manancial não passe por ti despercebido, mas que encontre em teu coração um vaso novo, limpo e vazio, para ser preenchido.

Por isso, a cada novo dia, tua fé esteja colocada na Divina Misericórdia. E, muito além de todos os pecados de ontem, que hoje saibas que podes recomeçar, arrepender-te e caminhar para os Braços sempre abertos de Deus. 

Teu Criador é paciente e incansável. Por isso vai, filho, ao Seu misericordioso encontro, e lembra-te de levar em teu coração o clamor por todas as almas.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando uma alma tem um compromisso com Deus, Ele pacientemente a conduz pelo caminho da entrega. 

Primeiro a inspira a transformar a vida, a direcionar o seu caminho para a senda que conduz ao Seu Coração, e não ao mundo. Aos poucos, coloca em seu trajeto oportunidades, sinais, encontros que a inspiram a dar por si só novos passos rumo ao Coração de Deus.

À medida que essa alma conhece o Amor de Deus e confia, o Criador começa a lhe pedir novas coisas, novas entregas, novas renúncias, até que chega um ponto definitivo para essa alma, em que o Senhor lhe pede uma renúncia maior, uma transformação completa da vida.

Quando a alma se lança no abismo desconhecido da entrega, descobre que estava caindo nas Mãos de Deus, em uma Fonte de Amor inesgotável, que se escondia no profundo da alma que aprende a renunciar e arriscar-se a viver a entrega.

Ainda nesse caminho, a alma inspirada pelo Amor de Deus Lhe faz muitas ofertas, coloca tudo em Suas Mãos, mas oferece aquilo que lhe é conhecido, aquilo que em verdade ela já entregou ao saltar no abismo. Então, o Senhor abre uma porta no profundo de sua consciência e aponta onde está aquilo que deve ser transformado.

Um novo abismo desconhecido se apresenta. A alma se vê diante de aspectos de sua consciência que eram como tesouros escondidos: suas destrezas, seu magnetismo, sua autoconfiança, suas vaidades mais ocultas. 

E, por mais que siga oferecendo sua vida a Deus, seu Criador sempre busca, mais profundo em seu ser, o foco da entrega, o que deve ser esvaziado em seu coração. E às vezes dói, e a alma sofre, mas ela sabe que cada espaço que se esvazia em seu coração, em sua consciência, espaço oculto de seu ser, é aquele que se doa ao Coração de Deus, ao Seu Amor, ao Seu Espírito, para que ali Ele tenha uma doce morada, limpa e pronta para habitar.

O caminho da entrega, filhos, é eterno, profundo, uma senda para o vazio e ao mesmo tempo para uma unidade com o Todo. 

Por isso, nunca pensem que já entregaram tudo, mas sempre deixem que Deus chegue mais fundo. E, por mais que às vezes cause dor, saibam que a dor é humana e será reparada pela Presença Divina no próprio interior.

Até hoje e em cada instante, ofereço ao Pai tudo o que sou, tudo o que há em Mim e tudo o que faço, vivo, experimento, penso e falo ao mundo, porque a entrega é eterna. 

Eu os convido a seguir estes passos e aprofundar cada dia em sua união com Deus.  

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Crescer humana e espiritualmente é contemplar todos os dias não apenas as próprias responsabilidades, mas também, e sobretudo, as realidades espirituais, o conhecimento e a Instrução que provêm da Hierarquia.

Dessa forma, consolidam na consciência o ensinamento, e ele se torna uma experiência que amadurece o ser e o une a Deus e ao Seu Propósito.

Meditar as Instruções que Deus lhes entrega todos os dias é a parte elementar do caminho de amadurecimento da consciência. É o primeiro passo para tornar-se adulto na vida espiritual e um ser humano pleno de Deus, e não de si mesmo.

É através da Instrução da Hierarquia que desenvolverão em seus seres a capacidade de discernir, de decidir, de auxiliar, de conduzir os seres pelo caminho correto, de se manter na Vontade Divina, apesar de todos os desvios do mundo.

E não falo de ler ou escutar. Falo de meditar, sentir e buscar compreender; falo de tentar encontrar na vida as oportunidades para praticar a Instrução; falo de tornar vivos os impulsos de Deus e fazê-los carne em vocês a cada dia. 

É assim, filhos, que poderão crescer humana e espiritualmente, todos os dias um pouco mais. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que teu coração sinta a dor do mundo e se comova, encontrando em cada instante da vida a forma de reparar o sofrimento da humanidade.

Desde as coisas mais simples até as maiores renúncias, oferece a Deus tuas ações, sentimentos e pensamentos, para que Ele te transforme em um instrumento de reparação da consciência humana.

Que nasça de teu interior a cada dia um amor maior, que se expresse na fraternidade e na unidade com o próximo, que se expresse no serviço e na cooperação entre irmãos, que se expresse na superação dos limites e no vencimento das barreiras.

Que teu coração reconheça em tudo a oportunidade de curar o mundo, para que seja com a oração ou com a vida, com o verbo ou com o silêncio, com a quietude ou com o serviço, sabendo encontrar a necessidade, sabendo abraçar as oportunidades e encontrando a Deus Vivo em cada instante.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que teu coração não tema pelas coisas do mundo, mas, sim, tema estar distante de Deus. 

Cabe a ti cumprir as leis da Terra, mas também anunciar ao mundo as Leis Divinas através de tua própria vida. 

Por isso ora, filho, para que teu coração propague a paz, e não o medo; que teu coração seja fonte de sabedoria, e não de ignorância.

Que tua alma irradie à consciência humana o amor que recebes constantemente, detendo assim o jugo do temor e da confusão mental e espiritual na qual a humanidade ingressa cada vez mais profundamente.

Contempla a purificação do planeta, como teu Senhor contemplava o Calvário, e sabe encontrar, detrás de cada prova, a oportunidade para unir-te mais a Deus, afiançar a tua fé e aprofundar em tua entrega, fazendo das aparentes derrotas humanas o triunfo do Amor e da Misericórdia Divina.

Que este seja para ti um tempo de ingressar no próprio coração e encontrar a Deus. Recorda que estás transitando o deserto da quaresma, onde as tentações chegam para serem vencidas; onde tua alma contempla os passos do Calvário para preparar-se para a renovação da Páscoa; onde o Cristo, em teu interior, nasce, cresce e amadurece; onde o amor e a verdade ganham espaço em todo o teu ser.

Vive, filho, amparado pela Verdade, e não pela ignorância; amparado pelas Leis Divinas, nas bases da sabedoria, e não da ingenuidade. 

Sabe que são tempos definitivos, tempos de entrega, tempos de cruz; mas também sabe que o verdadeiro sentido da cruz é o triunfo do Amor de Deus, e não o sofrimento humano.

Funda tuas bases no amor e sê uma vitória de Cristo.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA EM HOUSTON, TEXAS, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ora, filho, pelas almas mais perdidas que, mesmo na ilusão de seus corpos materiais, internamente reconhecem a luz e buscam por auxílio.

Ora pelos que vieram ao mundo para viver uma oportunidade de perdão e redenção, e que, no entanto, confundiram-se com todos os estímulos do mundo e se perderam. 

Ora, porque as almas que hoje estão confundidas já não terão outras oportunidades de evoluir e de crescer e retrocederão nos abismos do mundo e do próprio interior, apenas por escolherem estar na ilusão e no engano.

Ora para que o Coração de Deus toque os corações de Seus filhos e sê tu uma luz no caminho dos que estão cegos e não reconhecem a senda pela qual devem caminhar. 

Que teu coração esteja sempre pleno de piedade e de compaixão pelos que estão perdidos, porque este não é apenas o tempo final para o velho homem; esta é também a última oportunidade de muitas almas.

Preenche teu coração de Deus e sente com o Seu sentimento e com o Seu Amor; pensa com Sua Sabedoria e vive com Suas ações, inspirado por Seu Espírito, para que sejas instrumento para o encontro das almas consigo mesmas, com sua verdade interior e com Deus.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Cada ciclo traz consigo um caminho para percorrer, e os caminhos se fazem longos ou curtos, a depender do ritmo dos passos do caminhante.

O caminho para o vazio pode se fazer longo e doloroso, se o caminhante permanece nele lentamente e não aceita as mudanças dos tempos, as provas que chegam e tudo aquilo que o Universo lhe entrega para que chegue mais rápido ao fim desse ciclo.

Esse caminho se torna curto e rápido quando o caminhante faz de seu vazio uma oportunidade para deixar que novas leis permeiem o seu ser; quando permite que o vazio que há em seu interior seja preenchido por Deus e se revele completo pela Presença Divina.

O vazio, filho, é um estado de consciência de transição, no qual já sabes o que não és, mas ainda não sabes a verdade sobre ti e sobre a vida. Então, já não te preenches nem de ti, nem do mundo, mas ainda não descobriste o que é que habita em ti, do que és parte, qual é o teu todo.

O vazio é o momento de definição, entre a queda no abismo e o salto ao Infinito. Por isso, vive o vazio com fé, com as mãos sempre estendidas para o Alto. Vive o vazio com fé, com os olhos voltados para dentro. Em algum momento dessa caminhada, teu vazio se revelará pleno, e tu te descobrirás parte de tudo, do Todo, de Deus.

Minhas palavras, então, se tornarão poucas para explicar o que experimentas e vives, e tudo ficará claro como o sol e pleno como a Sabedoria que provém de Deus.

Já chegará o ciclo da revelação e da libertação da ignorância. Enquanto isso, caminha com fé para cima e para dentro.

Tens a Minha benção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Coloca dentro do Meu Jardim as tuas conquistas, aspirações e renúncias. Reveste esse Jardim com o maior carinho da tua alma e, desapegando-te de tudo, abre-te para viver e praticar a Minha Vontade.

Entrega-te completamente a Mim a ponto de não seres mais nada, e que nesse nada, nesse vazio e nessa resignação absoluta, tenhas a Graça de ter depositados em ti todos os Meus Projetos. 

Sei que não é fácil abandonar a própria vontade, mas faz desta oportunidade que te entrego a possibilidade de cumprir os Meus desejos e aspirações assim como muitos cumpriram em outros tempos.

Agora é tempo de vigiar a tua própria consciência para evitar que ela mesma te coloque em dificuldades.

Se vives com gratidão o que te peço e necessito, não terás por que sofrer nada. O sofrimento, a angústia e a desolação são consequências da vida que não aceita de coração a Vontade de Deus e leva anos para dar-se conta de que deverá cumprir a Vontade do Pai.

Anima-te a dar grandes passos com obediência e resignação e, assim, sempre encontrarás e descobrirás o sentido de estar servindo-Me em cada momento.

Agradeço-vos por guardardes as Minhas Palavras no coração!

Abençoa-vos,

Vosso Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando o Criador pensa na manifestação de uma alma, escreve toda a sua trajetória, desde a criação de sua essência a partir de uma partícula da Essência Divina até o seu retorno a essa Fonte infinita de Vida.

O Pai Celestial desenha com amor os passos de Seus filhos e coloca em seus caminhos todos os aprendizados que eles necessitam para crescer, evoluir e retornar ao Coração do Pai.

A conjuntura celestial que se forma no nascimento de um ser é aquela que ele necessita para cumprir com a Vontade Divina. O Pai desenha nas estrelas os impulsos de luz que essa alma receberá e, no instante de seu nascimento, veste sobre ela esses impulsos e bênçãos, que são aqueles precisos para a sua evolução.

Essas conjunturas celestiais são a expressão do Amor e da Perfeição Divina, para que os seus filhos percebam que antes mesmo de chegar à vida já recebem tudo o que precisam para estar dentro dela e fazer dessa experiência uma oportunidade de renovar o Amor de Deus.

As datas que chamam de aniversário, filhos, são momentos em que as almas recordam todos os impulsos que receberam ao nascer, recordam o propósito de sua existência e recebem novamente, do Universo Celestial, os primeiros impulsos do Pensamento Divino, para que nesse dia tenham uma oportunidade de retomar seu caminho evolutivo e reparar os desvios que possam ter vivido ao longo de sua aprendizagem.

Quando os corações se distraem com as coisas do mundo, esses impulsos se perdem, como tantas das oportunidades que Deus entrega aos seres. Mas quando estão atentos aos Céus, em gratidão e reverência, com o coração pronto para receber essas dádivas, podem renovar seu espírito e seu coração e começar um novo ciclo.

Hoje, recebe o Amor e a Graça Divina, para que um ciclo de paz comece para o teu pequeno coração. Tens a Minha bênção e a Minha gratidão. Tens o Amor de Deus.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Não Me importa como te encontres, senão que estejas verdadeiramente Comigo, assim como Eu estive contigo, do Horto Getsêmani até a Cruz.

Conforme estiveres Comigo, Eu te darei um valor especial, porque a forma como estiveres interiormente Comigo Me demonstrará e Me confirmará a possibilidade ou a dificuldade para levar adiante o Meu Plano através de ti.

Sei que, talvez, o que te digo te impressione ou te mobilize, mas Me comprometi ante o Pai Celestial a dizer a verdade aos Meus companheiros para que cresçam todos os dias, não por seus protagonismos ou por suas destrezas, mas para que possam crescer através da Minha Verdade.

Hoje, digo-te isso porque sei que estás Comigo todos os dias, além dos acontecimentos ou das situações. São poucos os que estão assim Comigo, por isso dou oportunidades a todos para que algum dia possam estar incondicionalmente Comigo.

Assim, vou formando um exército de verdadeiros servidores que, a serviço de Deus, ajudarão a Hierarquia a levar adiante o Plano de Redenção.

Agradeço-vos por guardardes as Minhas Palavras no coração!

Abençoa-vos,

Vosso Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE DÜSSELDORF, ALEMANHA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Seja cada instante de tua vida uma missão ofertada ao Criador. Encontra em cada acontecimento uma oportunidade de servir, renunciar, amar, compreender, para que os princípios crísticos inundem os teus atos e se instalem em tua consciência, e, assim, filho, ingressem no profundo da consciência humana, ali onde são gerados os pensamentos, sentimentos e as ações.

Compreende cada momento como o momento correto de te ofereceres como instrumento para o Pai e, mesmo que for para aqueles que estiverem ao teu lado todos os dias, sê uma fonte de paz, de graça, de cura, através da qual possam fluir os Raios que provêm de Deus em auxílio da humanidade e de toda a vida sobre a Terra.

Recorda à tua consciência o seu propósito neste mundo. Já sabes que vieste ao mundo para viver uma Lei Maior, que restaura a vida e a evolução de todas as criaturas de Deus.

Em tuas menores ações, imprime este propósito de paz. Assim, filho, estarás em Deus e Ele em ti.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUDAPESTE, HUNGRIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando a paz começa a chegar no coração dos homens e, através das pequenas renúncias, eles são capazes de encontrar a mansidão e a quietude, é ali, filhos, que Deus Se faz presente.

Deus Se faz presente nos corações que sabem agradecer até pelos detalhes da vida; sabem agradecer por estar em Seu caminho de Amor, sob o manto de Sua Divina Misericórdia.

Quando acalmam os seus corações no espírito da gratidão, seu Criador Se faz presente.

A gratidão é mais que um sentimento de respeito e de agradecimento; a gratidão, na ciência espiritual, é um Dom Divino, no qual a consciência reconhece sua pequenez e a grandeza de Deus; reconhece que, apesar da vastidão da Criação, o Pai tem os Seus Olhos postos sobre todos os Seus filhos; e esta certeza, que nasce do espírito profundo da gratidão, é o que abre as portas para que o Criador esteja presente.

A gratidão cura as suas células, seus átomos e sua consciência. A gratidão cura seus espíritos do egoísmo e da indiferença humana. A gratidão concede à humanidade uma nova oportunidade de encontrar a paz, porque ela se torna digna de estar em Deus e em Sua Verdade.

A gratidão abre as portas às ciências mais profundas, aos mistérios mais ocultos, porque apenas aquele que sabe ser grato pelo que recebe de seu Criador saberá valorizar o Seu Tesouro Divino; então tudo lhe pode ser entregue.

A gratidão é a chave para a abundância, a chave para se libertar dos constantes desejos humanos.

A gratidão é a porta para a comunhão com o todo, é uma das vertentes celestiais que lhes fará retornar ao Coração de Deus.

Por isso, filhos, sejam sempre gratos em tudo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA COMUNA DE CASTEL VOLTURNO, CAMPANIA, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando as nações sofrem, escondem seu sofrimento no caos, nas distrações, nas modernidades e nos prazeres, que afastam os sentimentos de dor e solidão que espiritualmente habitam em sua consciência.

Quando uma nação está vazia de Deus apesar de sua aparente religiosidade, a obscuridade se oculta nas aparências e domina os corações que vivem da mentira, do pecado e do engano.

O Criador chega a este lugar, filhos, para conceder uma oportunidade de Misericórdia para as almas que se autocondenaram ao sofrimento eterno. Vem para liberar da mentira aqueles que creem que conhecem a Deus e que, no entanto, vivem de enganar a si mesmos e ao próximo, mas não o Criador de todas as coisas.

Tão infinito é o Amor de seu Pai Celestial que envia Sua Luz aos abismos do planeta e, onde parece que as trevas reinarão para sempre e submeterão as almas às suas ilusões, ali chegam as Mãos Divinas oferecendo o perdão, a redenção e a cura.

Aqueles que souberem abraçar o caminho da oração e repararem suas faltas e pecados por meio do serviço e do despertar gerarão méritos para que muitos outros, que ficaram adormecidos, no último instante de suas vidas recebam o perdão e a Misericórdia.

Viemos até aqui por uma nação que está morrendo espiritualmente pelo peso de suas faltas, pelo grande vazio de seu espírito. Tão grande é o abismo de seus pecados que seu espírito não consegue erguer-se por si só para clamar a Deus.

Por isso, filhos, venho chamá-los a que orem, orem por este povo, por esta nação e por todos os seres que nela necessitam de uma Graça maior para libertar-se das correntes do pecado. Clamem por Misericórdia e por perdão, clamem por redenção.

Se alguns poucos forem capazes de abrir o seu coração para Deus, já será suficiente para que outros não se percam e para que esta nação não deixe de existir, e sim possa recuperar sua filiação com Deus.

Clamem e peçam ao Pai que envie ao mundo o Seu Espírito e a Sua Luz; assim tudo estará cumprido.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DA CIDADE DE FÁTIMA, PORTUGAL, À PALERMO, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Deus encomenda uma missão para a humanidade, mede não apenas as suas possibilidades de cumpri-la, mas a urgência dos tempos e dos dias, urgência de que as almas despertem e recebam uma oportunidade de redenção; urgência de que as nações sejam aliviadas da obscuridade que as cerca, para que, como povo, possam cumprir com sua parte na evolução do planeta.

Neste tempo, filhos, Deus Criador lhes pedirá que cumpram o Seu Plano com base em sua entrega absoluta, sacrifício e amor, porque apesar de toda a crise que há no planeta, nos níveis materiais, muito maior é a crise espiritual e planetária, e essa é a que define o destino das almas, da humanidade como raça e do planeta, como Criação Divina.

Uma e outra vez, pedimo-lhes que elevem suas consciências, para que compreendam porque e para que estão neste mundo. Há uma evolução maior para ser vivida, mais do que uma instrução, mais do que uma experiência.

A vida superior já não deve ser misteriosa para os discípulos de Cristo. A instrução que receberam deve começar a viver em suas consciências, porque apenas dessa forma saberão lidar com sabedoria com as dificuldades da vida e medir suas prioridades, não pela sobrevivência humana, mas pela evolução universal.

Sei que o que lhes digo pode ser incompreensível neste momento, mas meditem em Minhas palavras e peçam ao Pai a Graça de não apenas conhecer a Sua Verdade, mas também vivê-la e expressá-la enquanto há tempo.

Já não haverá vida para sustentar, já não haverá planeta para salvar se as almas não se libertarem da indiferença e abraçarem o propósito divino. Por isso, orem, sirvam e aprofundem a cada dia no despertar de suas consciências. Assim poderão cumprir o que vieram cumprir neste mundo.

Seu Pai e Amigo,

 São José Castíssimo

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos