Sábado, 16 de abril de 2022

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO SÉTIMO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Que este Sábado de Aleluia sirva para cada um de vocês fazer a síntese do que foi vivido Comigo nestes dias, e a síntese dos impulsos que receberam através dos tempos com Minha chegada em cada Sagrada Semana.

Porque agora chegou o momento, depois desta preparação interior, depois deste despertar espiritual, de realizar o que vieram cumprir, de não mais adiar o tempo, porque seu Mestre e Senhor necessita que já vivam conscientemente o tempo do apostolado.

Creiam que os colocarei no lugar onde necessito de vocês, mas para que isso seja possível, companheiros, devem permitir, porque não poderia acontecer sem sua permissão e autoridade.

Assim como o Filho do Pai ama e respeita as Leis Superiores, assim as criaturas do Pai devem amar os Mandamentos para poder algum dia amar as Leis.

Vocês sabem que o mundo se desviou desse caminho e agora deveremos caminhar para o propósito da reconstrução espiritual da humanidade e do planeta. E isso será possível através da presença dos Novos Cristos, que não só deem testemunho de Mim, mas que vivam através de Mim, da experiência do Amor que Eu lhes entreguei e da instrução e do conhecimento que lhes revelei, para que a Sabedoria Divina enriqueça seus espíritos e consciências para que vocês possam dar o grande passo por Mim.

Isso foi o que pedi aos apóstolos logo após a Minha Ressurreição. Não só lhes demonstrei mais uma vez que Sou o Filho do Pai, como hoje demonstro a vocês através da Minha Presença Infinita neste lugar; porque estamos em um momento culminante, este ano de 2022 é um momento culminante, em que as consciências terão a última oportunidade de fazer o que vieram cumprir e, assim, concretizar a Vontade do Pai.

Enquanto lhes falo, escuto a voz dos mundos internos daquelas consciências que, neste tempo definitivo, foram convocadas a estar presentes e, assim, levar adiante a preparação do Retorno do Redentor, porque é através de suas vidas que devo retornar primeiro.

Recordem que a humanidade já não tem justificação, tampouco tem merecimento. É através dos corações fiéis a Mim que Eu poderei retornar ao mundo. Mas se Meu Amor e Minha Luz não estão entre vocês e em vocês, como o mundo se redimirá?

O Pai necessita ver sobre a superfície deste planeta os Novos Cristos. Por essa razão e para que isso seja possível, a vela que hoje acendemos ao Espírito Santo tem o propósito de invocar o Dom da Misericórdia. Porque se não há Misericórdia no mundo, como as misérias da humanidade se purificarão ou como essas misérias serão perdoadas? Quem será capaz, como Eu, de se encarregar das condições infra-humanas deste mundo, através de um espírito de silêncio, de oração, de serviço e de transmutação?

Isso que lhes digo é algo concreto, porque, ainda que não pareça, não conto com centenas de consciências que se ofereçam para sustentar o fim dos tempos Comigo. Porém, quando um coração desperta e uma alma toma consciência da realidade destes tempos, é uma consciência a mais que se une ao Meu exército de Luz. E nos planos internos trabalham Meus comandos, ajudando, colaborando e cooperando para que a redenção se estabeleça na humanidade através de fatos e ações concretas, sob a convicção e a confiança em Meu Coração; porque Eu sempre guiarei e conduzirei todos aqueles que se unem a Mim.

Este é o tempo do novo apostolado, um apostolado que se renova através da transição planetária, diante das necessidades mais graves do mundo, para que tudo isso possa resolver-se.

Por isso, suas consciências e principalmente seus corações devem ter a aspiração de manifestar soluções concretas que beneficiem os mais miseráveis e pobres, que permitam recuperar a dignidade humana, que está sendo transgredida e sepultada pelos governos do mundo.

Mas não é na oposição que encontrarão a solução. Não é na batalha que ganharão ou terão vitória. Seus corações, neste Sábado de Aleluia, devem imitar Meu exemplo de não oposição, de não enfrentamento, tampouco de desafio. Que o silêncio lhes conceda a verdadeira estratégia nestes tempos, para que, guiados pelo Discernimento e pela Sabedoria de Deus, gerenciem os planos preparatórios de Meu Retorno. Porque, como já lhes disse uma vez, cada um tem parte Comigo, e isso é irrefutável.

Isso foi o mesmo que Eu pedi às santas mulheres, que se tornassem sucessoras do Legado de Cristo através das Sagradas Relíquias da Minha Paixão, porque existia um objetivo em tudo isso: que a humanidade pudesse recuperar os graus de amor e de perdão. Por isso, foi necessário que alguém o fizesse, ainda que Seu Mestre já estivesse nos Céus.

Agora compreendem que estou entregando-lhes Meu Legado para que preparem o Retorno de Cristo?

Um retorno culminante e necessário para algumas regiões do planeta, onde já não se pode ver a Luz nem o Amor. Quantas pessoas e almas estão submersas nesses espaços escuros do planeta através de inumeráveis sofrimentos, que em muitos casos são criados por aqueles que se associam entre as nações!

Por isso, para que Meu Governo Espiritual possa retornar ao mundo e este planeta seja um planeta confederado, primeiro devemos trabalhar a partir das bases, do que não existe neste mundo; refiro-Me a que devemos implantar novamente os Atributos de Deus para que a Misericórdia, a Cura, a Graça e a Fraternidade reconstruam a humanidade e tudo o que aqui existe, com o fim de retirar as consciências do que é miserável, para que recordem que a esperança existe e está latente no Coração de Deus.

Se tudo isso, que são Meus pedidos, é contemplado, se tudo isso, que são Meus pedidos, é colocado na oração e na consciência, quanto mais poderia acontecer neste momento que até agora não aconteceu?

Quantos milagres mais Eu poderia conceder, não só na vida das pessoas, mas nas nações?

Quantas soluções benéficas e duradouras poderiam sensibilizar muitos corações que têm todas as possibilidades de ajudar os mais miseráveis?

Para que isso seja possível, devem ser parte do Meu Corpo Místico. E ser parte do Meu Corpo Místico não é uma filosofia, tampouco uma teologia. Ser parte do Corpo Místico de Cristo é ser parte de um Corpo transmutador e liberador, um Corpo de Luz que é capaz de interceder por aquelas situações que não têm solução e que necessitam recuperar o amor e a verdade, a transparência e a justiça.

Ser parte do Corpo Místico de Cristo é ser um guerreiro, é não ter tempo nem hora, é ser incondicional, assim como seu Senhor é incondicional com vocês e o mundo. Porque ser parte do Meu Corpo Místico é oferecer-se como um espelho para refletir os Códigos Crísticos do Meu Coração onde for necessário e imprescindível.

Por isso, através dos Meus Sacramentos, Eu os preparo para ser parte do Meu Corpo Místico e para que aprendam a não se desconectar de Mim, porque em cada novo Sacramento existe a possibilidade da reintegração espiritual e interna com a Sagrada Fonte Suprema, onde existe a sua verdadeira vida e seu verdadeiro motivo, um motivo que deve estar claro para cada um de vocês.

Assim, compreenderão algum dia que suas vidas pertencem a Deus, a uma Vontade e a um Propósito já pensados. Aí está a razão de as almas sofrerem e padecerem quando não conseguem entregar a sua própria vontade para que seja transformada, transmutada e liberada.

Sem a Misericórdia, nada será possível neste mundo.

Depois desta Sagrada Semana, na qual Eu também vivo uma síntese, começarão a ser convocados e chamados para estar no lugar e no momento que nunca imaginaram, porque a Hierarquia Espiritual ainda deverá seguir trabalhando para conter as portas incertas em várias regiões do mundo.

Quem, depois de ter recebido a revelação dos Centros Sagrados, será capaz de se converter em uma molécula de Luz, em uma chispa do Amor de Deus para estar irradiando nos lugares onde mais se necessita, através de ações de serviço, de oração e de súplica?

Porque há lugares no mundo que estão absolutamente desconectados da Fonte, e é algo que vocês podem ver com seus próprios olhos no dia a dia. E há lugares no mundo onde se trabalha de forma contrária ao Projeto do Pai, desconectando os povos, nações e raças da Fonte Suprema, porque são ações programadas e pensadas pelos próprios seres humanos, aqueles que se satisfazem com as guerras e as armas.

Mas Eu lhes peço só uma coisa: não trabalhem com base na indignação, nem na intolerância ou na violência física, mental ou verbal. Sejam inteligentes como Eu fui, inspirado pelo Espírito Santo, no momento mais difícil da Minha Agonia.

Virei, em confiança a Deus, por todos os Meus inimigos. Assim, Eu os convido, através do amor, a orar por seus inimigos, porque a Misericórdia também deve chegar a eles, para que, rompendo suas resistências e cúpulas, algum dia se deem conta de que se afastaram do Amor e da Verdade.

Esta é a grande chave mestra desta Sagrada Semana para cada um de vocês: quem será capaz de amar o inimigo para que ele possa redimir-se e assim possa salvar-se?

“Adonai, Tu que trazes a Luz ao mundo
através da Presença serviçal de Teu Filho
e do Espírito abnegado de Teu Servo Redentor,
concede ao mundo e a todas
as consciências possíveis
o despertar da consciência e a expansão do amor,
para que o mal seja substituído pelo Bem,
a Luz substitua a escuridão,
o Amor substitua a violência,
a Paz substitua as guerras,
a Fraternidade substitua a impunidade e
a Verdade Divina substitua a mentira
e a corrupção,
para que Tuas criaturas sejam felizes
em Teu Reino Celestial.
Amém."

Como prometi aos apóstolos, também prometi a vocês que enviaria o Espírito de Deus como foi em Pentecostes, para que, através da água, os batizasse, os purificasse e os consagrasse à Vontade de Deus, à vivência de Seus Desígnios e de todos os Seus Projetos.

Por essa razão, hoje, com júbilo em Meu Coração, através de Meus sacerdotes, oferecerei o Sacramento do Batismo, para que, em nome de todos aqueles que hoje se batizarão neste Sábado de Aleluia, todos renovem seu Batismo espiritualmente.

Abençoaremos os elementos e elevaremos esta oferenda a Deus, antes deste Batismo, com a sagrada celebração da Eucaristia, para que, alimentados com Meu Corpo e com Meu Sangue, muitas mais consciências e muitos mais corações sintam a alegria de viver em Deus e de reencontrar, através dos Sacramentos, Meu Espírito de Paz.

 

“Que Teu Santo Espírito de Luz, Adonai,
se infunda naqueles que hoje serão batizados
e também em Teus filhos que renovarão espiritualmente este Sacramento,
para que o Espírito Santo, presente em
Sua forma luminosa e cósmica,
restabeleça as bases espirituais da Paz.
Amém."

“Assim como batizaste Teu Filho no rio Jordão,
através de Tua Amorosa Graça,
hoje, Pai Amado,
escuta a Voz de Teu Filho
que pede por aqueles que serão batizados,
para que sejam lavados e purificados por Tua Amorosa Graça.
Concede-lhes uma vida bem-aventurada,
conforme a Tua Vontade.
Amém."

Agora, em Meu Nome, se prepararão para o Sacramento da Eucaristia e depois do Batismo. Convido todos os presentes a continuarem unidos a Mim e, através destes Sacramentos, a estarem atentos, muito atentos às Graças que descerão por este sagrado ofício.

Eu acompanharei em Espírito como sempre os acompanho.

Abençoo-os e lhes concedo Minha Paz, a Paz que o mundo necessita para recordar o Amor de Deus.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vão trabalhar por Mim.

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Senhor Jesus, respondendo ao Teu pedido, celebramos este mistério de Amor, através da consagração do pão e do vinho, por todos aqueles que já foram batizados e, especialmente, pelos que hoje serão batizados, para que, através de Teu Corpo e de Teu Sangue, cada um deles seja guiado para a meta espiritual que Deus pensou desde o princípio.

Por isso, em Tua Igreja Celestial, dentro do Teu Altar Maior, onde Tu celebras perpetuamente como o Senhor do Mundo e Rei do Universo, oferecemos estes elementos e oferecemos também nossas vidas, para que, transubstanciadas por Teu Espírito, possamos viver o que Deus pensou para cada um, conforme a Sua Vontade.

Por isso, revivemos neste Sábado de Aleluia o grande momento de Tua Ressurreição, que se aproxima, fazendo ressuscitar nossos corações e consciências ao Propósito Maior de Deus.

Oferecemo-nos ao Teu Coração, Senhor, e recordamos o importante momento da Última Ceia quando, reunido com Teus apóstolos, os chamaste à mesa para celebrar a Páscoa, assim como hoje Tu nos chamas, mais uma vez, para celebrar o triunfo do Teu Amor na humanidade.

Recordamos, então, quando Nosso Senhor, com toda a Sua entrega, amor, reverência e devoção, tomou o pão, o elevou ao Pai para que fosse transubstanciado em Seu Glorioso Corpo. Em seguida, Jesus o partiu, e dando-o aos Seus companheiros, Ele disse: "Tomem e comam, porque este é Meu Corpo, que será entregue pelos homens para o perdão dos pecados".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

Reverenciamos o Corpo de Cristo, e tenhamos presente as Graças que descem, assim como Jesus prometeu neste encontro de hoje.

Em seguida, Jesus tomou o Cálice entre Suas Mãos e, oferecendo-o ao Pai Eterno, solicitou que fosse transubstanciado em Seu Precioso Sangue, pela redenção de todo o gênero humano. Em seguida, Ele passou aos Seus companheiros, dizendo-lhes: "Tomem e bebam, porque este é o Cálice do Meu Sangue, o Sangue da Nova e Eterna Aliança, que será derramado por seu Senhor para a remissão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória, até que Eu retorne ao mundo".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

Reverenciamos o Precioso Sangue de Cristo, assim como os anjos, neste momento, reverenciam o Precioso Sangue de Cristo e o Glorificado Corpo do Senhor, permitindo que dos abismos da Terra as almas ressuscitem ao Amor de Deus, especialmente as almas mais empedernidas.

Unidos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, unidos como um só coração e uma só mente, sob o Propósito Divino, oramos o Pai Nosso em aramaico, consagrando este momento e nossas vidas a Deus.

 

Oração: "Pai Nosso" (em aramaico).

 

Que a Paz, a Luz, o Amor e a Misericórdia de Cristo desçam ao planeta.

Senhor,
eu não sou digno de que entreis em minha morada,
mas dizei uma só Palavra, e eu serei salvo. 
Amém.

Unidos aos anjos adoradores do Corpo e do Sangue de Cristo, presentes na Eucaristia, neste Altar da redenção, anunciamos a Comunhão Espiritual de todas as almas com Cristo.

Convidamos todos os Conselheiros a subir ao palco para receber este Sacramento.

Frei Thomas, Madre Constância, Frei José Maria.

Sol de Deus,
que iluminas a obscuridade de nossas vidas.
Espírito de Deus,
que liberas as faltas de nossos seres.
Vem, Sagrado Corpo e Precioso Sangue de Jesus,
para que, unidos a Ti,
alcancemos a Eternidade e o Paraíso.
Amém.


Somos gratos, Senhor, por quanto nos dás!

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E agora, em comunhão com Cristo, vamos nos preparar para o Sacramento do Batismo.

Seguimos unidos ao Coração de Jesus, acompanhando este importante momento dos que serão sacramentados.