APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO SÉTIMO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Que este Sábado de Aleluia sirva para cada um de vocês fazer a síntese do que foi vivido Comigo nestes dias, e a síntese dos impulsos que receberam através dos tempos com Minha chegada em cada Sagrada Semana.

Porque agora chegou o momento, depois desta preparação interior, depois deste despertar espiritual, de realizar o que vieram cumprir, de não mais adiar o tempo, porque seu Mestre e Senhor necessita que já vivam conscientemente o tempo do apostolado.

Creiam que os colocarei no lugar onde necessito de vocês, mas para que isso seja possível, companheiros, devem permitir, porque não poderia acontecer sem sua permissão e autoridade.

Assim como o Filho do Pai ama e respeita as Leis Superiores, assim as criaturas do Pai devem amar os Mandamentos para poder algum dia amar as Leis.

Vocês sabem que o mundo se desviou desse caminho e agora deveremos caminhar para o propósito da reconstrução espiritual da humanidade e do planeta. E isso será possível através da presença dos Novos Cristos, que não só deem testemunho de Mim, mas que vivam através de Mim, da experiência do Amor que Eu lhes entreguei e da instrução e do conhecimento que lhes revelei, para que a Sabedoria Divina enriqueça seus espíritos e consciências para que vocês possam dar o grande passo por Mim.

Isso foi o que pedi aos apóstolos logo após a Minha Ressurreição. Não só lhes demonstrei mais uma vez que Sou o Filho do Pai, como hoje demonstro a vocês através da Minha Presença Infinita neste lugar; porque estamos em um momento culminante, este ano de 2022 é um momento culminante, em que as consciências terão a última oportunidade de fazer o que vieram cumprir e, assim, concretizar a Vontade do Pai.

Enquanto lhes falo, escuto a voz dos mundos internos daquelas consciências que, neste tempo definitivo, foram convocadas a estar presentes e, assim, levar adiante a preparação do Retorno do Redentor, porque é através de suas vidas que devo retornar primeiro.

Recordem que a humanidade já não tem justificação, tampouco tem merecimento. É através dos corações fiéis a Mim que Eu poderei retornar ao mundo. Mas se Meu Amor e Minha Luz não estão entre vocês e em vocês, como o mundo se redimirá?

O Pai necessita ver sobre a superfície deste planeta os Novos Cristos. Por essa razão e para que isso seja possível, a vela que hoje acendemos ao Espírito Santo tem o propósito de invocar o Dom da Misericórdia. Porque se não há Misericórdia no mundo, como as misérias da humanidade se purificarão ou como essas misérias serão perdoadas? Quem será capaz, como Eu, de se encarregar das condições infra-humanas deste mundo, através de um espírito de silêncio, de oração, de serviço e de transmutação?

Isso que lhes digo é algo concreto, porque, ainda que não pareça, não conto com centenas de consciências que se ofereçam para sustentar o fim dos tempos Comigo. Porém, quando um coração desperta e uma alma toma consciência da realidade destes tempos, é uma consciência a mais que se une ao Meu exército de Luz. E nos planos internos trabalham Meus comandos, ajudando, colaborando e cooperando para que a redenção se estabeleça na humanidade através de fatos e ações concretas, sob a convicção e a confiança em Meu Coração; porque Eu sempre guiarei e conduzirei todos aqueles que se unem a Mim.

Este é o tempo do novo apostolado, um apostolado que se renova através da transição planetária, diante das necessidades mais graves do mundo, para que tudo isso possa resolver-se.

Por isso, suas consciências e principalmente seus corações devem ter a aspiração de manifestar soluções concretas que beneficiem os mais miseráveis e pobres, que permitam recuperar a dignidade humana, que está sendo transgredida e sepultada pelos governos do mundo.

Mas não é na oposição que encontrarão a solução. Não é na batalha que ganharão ou terão vitória. Seus corações, neste Sábado de Aleluia, devem imitar Meu exemplo de não oposição, de não enfrentamento, tampouco de desafio. Que o silêncio lhes conceda a verdadeira estratégia nestes tempos, para que, guiados pelo Discernimento e pela Sabedoria de Deus, gerenciem os planos preparatórios de Meu Retorno. Porque, como já lhes disse uma vez, cada um tem parte Comigo, e isso é irrefutável.

Isso foi o mesmo que Eu pedi às santas mulheres, que se tornassem sucessoras do Legado de Cristo através das Sagradas Relíquias da Minha Paixão, porque existia um objetivo em tudo isso: que a humanidade pudesse recuperar os graus de amor e de perdão. Por isso, foi necessário que alguém o fizesse, ainda que Seu Mestre já estivesse nos Céus.

Agora compreendem que estou entregando-lhes Meu Legado para que preparem o Retorno de Cristo?

Um retorno culminante e necessário para algumas regiões do planeta, onde já não se pode ver a Luz nem o Amor. Quantas pessoas e almas estão submersas nesses espaços escuros do planeta através de inumeráveis sofrimentos, que em muitos casos são criados por aqueles que se associam entre as nações!

Por isso, para que Meu Governo Espiritual possa retornar ao mundo e este planeta seja um planeta confederado, primeiro devemos trabalhar a partir das bases, do que não existe neste mundo; refiro-Me a que devemos implantar novamente os Atributos de Deus para que a Misericórdia, a Cura, a Graça e a Fraternidade reconstruam a humanidade e tudo o que aqui existe, com o fim de retirar as consciências do que é miserável, para que recordem que a esperança existe e está latente no Coração de Deus.

Se tudo isso, que são Meus pedidos, é contemplado, se tudo isso, que são Meus pedidos, é colocado na oração e na consciência, quanto mais poderia acontecer neste momento que até agora não aconteceu?

Quantos milagres mais Eu poderia conceder, não só na vida das pessoas, mas nas nações?

Quantas soluções benéficas e duradouras poderiam sensibilizar muitos corações que têm todas as possibilidades de ajudar os mais miseráveis?

Para que isso seja possível, devem ser parte do Meu Corpo Místico. E ser parte do Meu Corpo Místico não é uma filosofia, tampouco uma teologia. Ser parte do Corpo Místico de Cristo é ser parte de um Corpo transmutador e liberador, um Corpo de Luz que é capaz de interceder por aquelas situações que não têm solução e que necessitam recuperar o amor e a verdade, a transparência e a justiça.

Ser parte do Corpo Místico de Cristo é ser um guerreiro, é não ter tempo nem hora, é ser incondicional, assim como seu Senhor é incondicional com vocês e o mundo. Porque ser parte do Meu Corpo Místico é oferecer-se como um espelho para refletir os Códigos Crísticos do Meu Coração onde for necessário e imprescindível.

Por isso, através dos Meus Sacramentos, Eu os preparo para ser parte do Meu Corpo Místico e para que aprendam a não se desconectar de Mim, porque em cada novo Sacramento existe a possibilidade da reintegração espiritual e interna com a Sagrada Fonte Suprema, onde existe a sua verdadeira vida e seu verdadeiro motivo, um motivo que deve estar claro para cada um de vocês.

Assim, compreenderão algum dia que suas vidas pertencem a Deus, a uma Vontade e a um Propósito já pensados. Aí está a razão de as almas sofrerem e padecerem quando não conseguem entregar a sua própria vontade para que seja transformada, transmutada e liberada.

Sem a Misericórdia, nada será possível neste mundo.

Depois desta Sagrada Semana, na qual Eu também vivo uma síntese, começarão a ser convocados e chamados para estar no lugar e no momento que nunca imaginaram, porque a Hierarquia Espiritual ainda deverá seguir trabalhando para conter as portas incertas em várias regiões do mundo.

Quem, depois de ter recebido a revelação dos Centros Sagrados, será capaz de se converter em uma molécula de Luz, em uma chispa do Amor de Deus para estar irradiando nos lugares onde mais se necessita, através de ações de serviço, de oração e de súplica?

Porque há lugares no mundo que estão absolutamente desconectados da Fonte, e é algo que vocês podem ver com seus próprios olhos no dia a dia. E há lugares no mundo onde se trabalha de forma contrária ao Projeto do Pai, desconectando os povos, nações e raças da Fonte Suprema, porque são ações programadas e pensadas pelos próprios seres humanos, aqueles que se satisfazem com as guerras e as armas.

Mas Eu lhes peço só uma coisa: não trabalhem com base na indignação, nem na intolerância ou na violência física, mental ou verbal. Sejam inteligentes como Eu fui, inspirado pelo Espírito Santo, no momento mais difícil da Minha Agonia.

Virei, em confiança a Deus, por todos os Meus inimigos. Assim, Eu os convido, através do amor, a orar por seus inimigos, porque a Misericórdia também deve chegar a eles, para que, rompendo suas resistências e cúpulas, algum dia se deem conta de que se afastaram do Amor e da Verdade.

Esta é a grande chave mestra desta Sagrada Semana para cada um de vocês: quem será capaz de amar o inimigo para que ele possa redimir-se e assim possa salvar-se?

“Adonai, Tu que trazes a Luz ao mundo
através da Presença serviçal de Teu Filho
e do Espírito abnegado de Teu Servo Redentor,
concede ao mundo e a todas
as consciências possíveis
o despertar da consciência e a expansão do amor,
para que o mal seja substituído pelo Bem,
a Luz substitua a escuridão,
o Amor substitua a violência,
a Paz substitua as guerras,
a Fraternidade substitua a impunidade e
a Verdade Divina substitua a mentira
e a corrupção,
para que Tuas criaturas sejam felizes
em Teu Reino Celestial.
Amém."

Como prometi aos apóstolos, também prometi a vocês que enviaria o Espírito de Deus como foi em Pentecostes, para que, através da água, os batizasse, os purificasse e os consagrasse à Vontade de Deus, à vivência de Seus Desígnios e de todos os Seus Projetos.

Por essa razão, hoje, com júbilo em Meu Coração, através de Meus sacerdotes, oferecerei o Sacramento do Batismo, para que, em nome de todos aqueles que hoje se batizarão neste Sábado de Aleluia, todos renovem seu Batismo espiritualmente.

Abençoaremos os elementos e elevaremos esta oferenda a Deus, antes deste Batismo, com a sagrada celebração da Eucaristia, para que, alimentados com Meu Corpo e com Meu Sangue, muitas mais consciências e muitos mais corações sintam a alegria de viver em Deus e de reencontrar, através dos Sacramentos, Meu Espírito de Paz.

 

“Que Teu Santo Espírito de Luz, Adonai,
se infunda naqueles que hoje serão batizados
e também em Teus filhos que renovarão espiritualmente este Sacramento,
para que o Espírito Santo, presente em
Sua forma luminosa e cósmica,
restabeleça as bases espirituais da Paz.
Amém."

“Assim como batizaste Teu Filho no rio Jordão,
através de Tua Amorosa Graça,
hoje, Pai Amado,
escuta a Voz de Teu Filho
que pede por aqueles que serão batizados,
para que sejam lavados e purificados por Tua Amorosa Graça.
Concede-lhes uma vida bem-aventurada,
conforme a Tua Vontade.
Amém."

Agora, em Meu Nome, se prepararão para o Sacramento da Eucaristia e depois do Batismo. Convido todos os presentes a continuarem unidos a Mim e, através destes Sacramentos, a estarem atentos, muito atentos às Graças que descerão por este sagrado ofício.

Eu acompanharei em Espírito como sempre os acompanho.

Abençoo-os e lhes concedo Minha Paz, a Paz que o mundo necessita para recordar o Amor de Deus.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vão trabalhar por Mim.

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Senhor Jesus, respondendo ao Teu pedido, celebramos este mistério de Amor, através da consagração do pão e do vinho, por todos aqueles que já foram batizados e, especialmente, pelos que hoje serão batizados, para que, através de Teu Corpo e de Teu Sangue, cada um deles seja guiado para a meta espiritual que Deus pensou desde o princípio.

Por isso, em Tua Igreja Celestial, dentro do Teu Altar Maior, onde Tu celebras perpetuamente como o Senhor do Mundo e Rei do Universo, oferecemos estes elementos e oferecemos também nossas vidas, para que, transubstanciadas por Teu Espírito, possamos viver o que Deus pensou para cada um, conforme a Sua Vontade.

Por isso, revivemos neste Sábado de Aleluia o grande momento de Tua Ressurreição, que se aproxima, fazendo ressuscitar nossos corações e consciências ao Propósito Maior de Deus.

Oferecemo-nos ao Teu Coração, Senhor, e recordamos o importante momento da Última Ceia quando, reunido com Teus apóstolos, os chamaste à mesa para celebrar a Páscoa, assim como hoje Tu nos chamas, mais uma vez, para celebrar o triunfo do Teu Amor na humanidade.

Recordamos, então, quando Nosso Senhor, com toda a Sua entrega, amor, reverência e devoção, tomou o pão, o elevou ao Pai para que fosse transubstanciado em Seu Glorioso Corpo. Em seguida, Jesus o partiu, e dando-o aos Seus companheiros, Ele disse: "Tomem e comam, porque este é Meu Corpo, que será entregue pelos homens para o perdão dos pecados".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

Reverenciamos o Corpo de Cristo, e tenhamos presente as Graças que descem, assim como Jesus prometeu neste encontro de hoje.

Em seguida, Jesus tomou o Cálice entre Suas Mãos e, oferecendo-o ao Pai Eterno, solicitou que fosse transubstanciado em Seu Precioso Sangue, pela redenção de todo o gênero humano. Em seguida, Ele passou aos Seus companheiros, dizendo-lhes: "Tomem e bebam, porque este é o Cálice do Meu Sangue, o Sangue da Nova e Eterna Aliança, que será derramado por seu Senhor para a remissão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória, até que Eu retorne ao mundo".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

Reverenciamos o Precioso Sangue de Cristo, assim como os anjos, neste momento, reverenciam o Precioso Sangue de Cristo e o Glorificado Corpo do Senhor, permitindo que dos abismos da Terra as almas ressuscitem ao Amor de Deus, especialmente as almas mais empedernidas.

Unidos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, unidos como um só coração e uma só mente, sob o Propósito Divino, oramos o Pai Nosso em aramaico, consagrando este momento e nossas vidas a Deus.

 

Oração: "Pai Nosso" (em aramaico).

 

Que a Paz, a Luz, o Amor e a Misericórdia de Cristo desçam ao planeta.

Senhor,
eu não sou digno de que entreis em minha morada,
mas dizei uma só Palavra, e eu serei salvo. 
Amém.

Unidos aos anjos adoradores do Corpo e do Sangue de Cristo, presentes na Eucaristia, neste Altar da redenção, anunciamos a Comunhão Espiritual de todas as almas com Cristo.

Convidamos todos os Conselheiros a subir ao palco para receber este Sacramento.

Frei Thomas, Madre Constância, Frei José Maria.

Sol de Deus,
que iluminas a obscuridade de nossas vidas.
Espírito de Deus,
que liberas as faltas de nossos seres.
Vem, Sagrado Corpo e Precioso Sangue de Jesus,
para que, unidos a Ti,
alcancemos a Eternidade e o Paraíso.
Amém.


Somos gratos, Senhor, por quanto nos dás!

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E agora, em comunhão com Cristo, vamos nos preparar para o Sacramento do Batismo.

Seguimos unidos ao Coração de Jesus, acompanhando este importante momento dos que serão sacramentados.

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO EM FÁTIMA, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA O SAGRADO CHAMADO 

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oremos:

Pelo Sagrado Sudário,
que envolveu e transfigurou Jesus,
restaura-nos, Senhor.
Amém.
(oito vezes)


Quero que recordem, todos os dias de suas vidas, o que seu Mestre e Senhor viveu e padeceu por vocês.

Não só quero que deem honra à Minha Paixão, mas que deem glória e reconhecimento aos méritos alcançados pelo Sagrado Coração de Jesus.

Porque volto a dizer-lhes, como lhes disse muitas vezes, que em Minha experiência vivida na Terra, existe todo o Legado que a humanidade necessita para poder redimir-se e cristificar-se.

Hoje, de maneira especial, e até diria de maneira extraordinária, volto a trazer-lhes o poder do Santo Sudário, porque a humanidade necessita desse Santo Sudário para poder curar-se e sanar-se.

Meu Coração, transbordado de Misericórdia, não pode suportar o sofrimento das almas, especialmente das almas que sofrem em seu corpo físico.

Contem com Minha oração, diante do Pai Celestial, por todos aqueles que nestes tempos sofrem e padecem enfermidades. Mas Eu lhes asseguro que a pior enfermidade neste mundo é a indiferença ao sofrimento dos desprotegidos e desamparados.

Quero curar, neste tempo e por meio de Minha Misericórdia, todas as almas que vivem a indiferença, que perdem a sensibilidade e até perdem a memória do que é amar. Em todas essas almas afastadas de Deus, hoje coloco Meu Santo Sudário, assim como também o coloco sobre cada um de vocês.  

Foi esse humilde mas poderoso Sudário que Minha Santa Mãe e as santas mulheres utilizaram para envolver Meu doloroso Corpo, Meu Corpo martirizado e ultrajado pelos pecados do mundo.

Hoje seu Redentor vem bater, vem abrir a porta dos seus sepulcros internos para que possam ressuscitar em espírito.

Pelo poder de Minhas Chagas, pela Luz do Meu Precioso Sangue, hoje venho oferecer o mais íntimo do Meu Ser e da Minha Consciência, a fim de que as almas se curem internamente, para que a cura externa seja uma realidade.

Se as pessoas não curam suas almas, não poderão curar seus corpos. 

No Universo do Meu Pai, está tudo o que necessitam e um pouco mais. Mas como Minha Mãe lhes disse na última Mensagem, a Criação não foi reconhecida pelo homem da Terra, a abundância que Deus lhes entregou não foi reconhecida. 

Decidimos, queridos companheiros, que seu Mestre e Senhor hoje lhes traga o poder do Santo Sudário para que, envolvidos espiritualmente por ele, não apenas suas almas, mas também seus corações possam curar-se.

Para que isso seja possível, convido-os a ingressar na Minha dimensão através desse sentimento de amor que une seus corações ao Meu. 

E, novamente, volto a trazer-lhes o momento do Santo Sepulcro, onde o ultrajado Corpo de seu Senhor foi colocado para que no terceiro dia ressuscitasse. Sua humanidade e planeta estão neste momento entre a morte e a ressurreição. Estão entre os três grandes momentos de escuridão.

Minha Luz vem a seu encontro para trazer sabedoria, discernimento e paz, para que saibam atravessar estas trevas do fim dos tempos e nunca esqueçam que além de tudo e acima de tudo está Deus.

Por isso voltem a ingressar, através do Meu Coração, no momento do Santo Sepulcro do seu Senhor, para que possam contemplar que também, além do sofrimento, o amor tem o poder de curar tudo e sanar tudo.

Quero que hoje possam sentir-se bem perto do Sepulcro de seu Mestre e Senhor para que não só recordem o que Ele viveu por vocês, mas também para que possam sentir o que sentiram as santas mulheres e Minha Mãe Celestial.

Mas hoje, nesse Sepulcro, já não está o Corpo de seu Senhor. Está o corpo único desta raça humana, que se compreende como a consciência deste planeta.

A alma deste planeta está no Sepulcro, vivendo seu momento mais doloroso, porém desconhecido.

O que vocês fariam diante dessa situação?

Fariam o mesmo que fizeram as santas mulheres e Minha Mãe?

É momento de curar as feridas deste planeta, e, para curar as feridas deste planeta, primeiro há que se curar a humanidade.

Por que a situação desta pandemia não parece ter solução?

Onde está a chave que ninguém está vendo? Chave poderosa e mestra que está diante de vocês para que a possam tomar e abrir as portas do universo para o descenso da Cura Cósmica.

E Eu, seu Mestre, seu Amor, sua Vida, seu Caminho, mas também sua Verdade, estou como intermediário, no Governo deste universo, entre o Céu e a Terra, para poder interceder pela humanidade.

Então, companheiros, curem a alma deste planeta, primeiro curando vocês mesmos do ódio, da mentira, do falso poder, da apropriação, da vaidade, da falta de humildade, da falta de fraternidade e até mesmo da falta de adesão. 

Curem seus seres de todas essas energias. Não conseguirão de um dia para o outro, mas, se tentarem todos os dias, saberão como superar.

Por isso, hoje trago entre Meus Braços este Santo Sudário, o sudário que envolveu o Flagelado Corpo de Jesus, sudário que tem gravada a imagem do Corpo Ferido de Cristo, para que esta humanidade e as futuras gerações recordem para sempre o que um ser humano, assim como vocês, viveu e padeceu há mais de dois mil anos, tão somente por Amor, para que isso nunca mais se repetisse em nenhuma outra pessoa.

Mas, mesmo que exista o Santo Sudário, a humanidade ainda não acessou a Ciência Divina que ele guarda.

Pensaram em algum momento o que significaria para cada um de vocês poder tocar o Precioso Sangue de Jesus?

Recordem, companheiros e companheiras, o que vocês viveram Comigo há mais de dois mil anos.

Todos vocês estiveram naquele tempo presentes, alguns com mais consciência e outros com menos consciência. Mas vejam quão grande é a Misericórdia de Deus que, mesmo que o Filho de Deus tenha-Se entregado na Cruz, todos estiveram presentes e, através dos tempos, souberam da Presença de Cristo, assim como foi nas primeiras comunidades cristãs. 

Vocês hoje são uma prolongação, uma extensão, até mesmo uma projeção e uma continuação desse espírito das comunidades cristãs. 

Quem se abrirá internamente para fazer parte delas?

Porque Minha Comunidade Espiritual é Universal, e, através destas comunidades, que estão presentes em todo o planeta, fortaleço em todos os Meus filhos a consciência do Meu Corpo Místico, porque também o Corpo Místico de Cristo será um grande espelho, uma grande ferramenta a ser utilizada para o Retorno de Cristo.

Hoje desejo que, diante deste sepulcro da consciência do planeta, não somente contemplem suas próprias misérias, que não se coloquem primeiro diante da necessidade, senão que coloquem seus irmãos em primeiro lugar, os mais indigentes, os mais sofredores, os mais descartados, os mais repudiados, os mais famintos, os mais desconsolados, os mais enfermos, os assassinos. 

Todos necessitam ser envolvidos pelo poder do Santo Sudário de Jesus, para que pelo menos uma mínima parte desta humanidade possa curar-se, e a corrente interminável de sofrimento seja quebrada, para que surja a Luz do espírito em todas as almas, impulsionada pelo Espírito Consolador do Redentor. 

E, assim, curando a alma deste planeta, poderão curar as almas desta humanidade, as que necessitam de muita oração para poder salvar-se. 

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Vamos fazer a seguinte oração, a pedido de Jesus, frase a frase, fazendo nossa oferta diante do Sagrado Coração de Jesus, para que o poder do Seu Santo Sudário envolva, cure e redima todas as almas possíveis:

Ó Santo Sudário de Jesus,
Luz Insondável de Ressurreição,
repara cada célula da nossa consciência.
Amém.
(três vezes)

 

Vão em paz e recordem que estou muito atento à voz de suas súplicas, porque a porta da anistia espiritual da Minha Misericórdia ainda está aberta para o mundo. Não se esqueçam disso.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO EM FÁTIMA, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA O SAGRADO CHAMADO

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Do Meu Coração, emito o Silêncio de Deus para o mundo, o Silêncio que fala sobre muitas coisas, o Silêncio de Deus que traz muitas reflexões para os Seus filhos. 

Eis aqui o Silêncio de Deus, que vem chamar a humanidade à sua quietude interior, para abandonar os ruídos deste mundo, para escutar no silêncio do coração a Palavra de Deus que emite o poder de Sua energia superior que tudo transforma.

Eis aqui o Silêncio de Deus através do Filho Primogênito, que hoje chega a este mundo, uma vez mais, para resgatar as almas perdidas, para retirar as correntes da opressão de muitos companheiros Meus que espiritualmente são prisioneiros do mal. Mas Eu lhes abro a porta para o Silêncio de Deus, porque é ali que se liberarão.

O mal não conhece o silêncio, porque o silêncio os levará à unidade interna, e na unidade interna se fortalecerão para enfrentar a batalha destes tempos, para que tenham coragem suficiente e valentia suficiente a fim de enfrentar esta realidade planetária.

O Silêncio de Deus é imutável. Através do Coração de Seu amadíssimo Filho, Ele traz para o mundo uma Mensagem de Paz, mas também uma Mensagem de reflexão, para que a maioria de Suas criaturas não perca o sentido do Divino Propósito e percebam que este planeta está agonizando pela humanidade, por tudo que a humanidade lhe faz dia a dia.

O Silêncio de Deus, através do Meu Coração Misericordioso, vem anunciar-lhes, pela última vez, que se arrependam de coração, que façam penitência, que já não transgridam as leis da natureza, porque nenhum ser na superfície deste planeta as conhece.

O Silêncio de Deus, através do Meu Coração Glorificado, vem dizer-lhes que não desafiem as Leis, e tampouco desafiem os tempos, porque ninguém sabe o que chegará amanhã.

Através do Meu Coração, o Silêncio de Deus fala a cada mundo interno, porque o tempo mais culminante está chegando. A pandemia e a situação climática deste planeta são o preâmbulo do fim dos tempos, a última parte do Armagedom.

A porta do Apocalipse já está muito aberta e, como vocês não sabem o que é o Apocalipse, Eu os convido a não desafiar o Apocalipse, a não degenerar o Apocalipse com as más ações dos homens e das mulheres da Terra; porque o sofrimento neste mundo se multiplicou através dos tempos, e ainda existem consciências na superfície deste planeta que desfrutam do sofrimento do outro.

Eu lhes pergunto, através do Silêncio de Deus:

Onde está a sensibilidade e a dignidade humana? Não lhes falo de nada espiritual, senão de algo profundamente próximo de vocês.

Onde está a fraternidade humana?

Onde está o amor humano, que, apesar de ser imperfeito, nunca seria capaz de fazer o mal?

Tudo que o mundo enfrenta hoje, o universo também enfrenta com vocês. O Sol Central da galáxia cada vez mais emite raios poderosos e transformadores nos três planos de consciência.

Como vocês não conhecem as correntes poderosas do universo, o Silêncio  de Deus também lhes fala e lhes diz que não desafiem essas correntes, que não se oponham a essas correntes. Mas infelizmente sei que muitos ainda a desafiarão.

Eu venho neste momento como a grande anistia espiritual para as suas vidas e amplio ainda mais a Minha oferta, neste universo e nesta Criação, para que não só os méritos da Minha Paixão os ajudem, mas que os méritos da Minha Ascensão e do Meu Governo Espiritual justifiquem, diante do universo e da Lei, todos os seus erros, porque o ser humano não é somente um ser de erros. Isso é uma ilusão. O ser humano não conhece seu universo interior porque o desmente completamente.

O universo interior é algo que Deus lhes entregou com muito Amor. Esse universo interior é o Templo de Deus, é Seu sagrado Tabernáculo, onde a Santíssima Trindade pode estar presente em suas vidas. Mas parece que tudo o que lhes damos não é suficiente, e sei que isso não corresponde à maioria, mas sim corresponde a toda a humanidade. Por essa razão, através dos tempos e de todas as gerações, houve grandes santos e consciências entregues a Mim que não só justificaram seus próprios pecados, mas os pecados do mundo.

Quem mais se oferecerá ao Meu Coração e ao Coração de Deus para ser vítima do Amor do universo? Isso não é nada poético nem místico. Isso é um passo da consciência de quem se arrisca a viver em Cristo e por Cristo; de quem, apesar de suas misérias, erros ou pecados, volta a levantar-se todos os dias para começar de novo, como se nada tivesse acontecido. 

Esse é o Cristo que se consagra a Mim, essa é a consciência que se cristifica por Mim, não só doando-se pelo outro, mas também vivendo pelo outro, servindo pelo outro, assim como entregando-se pelos Reinos da Natureza. Porque não só o ser humano necessita de amor, os Reinos da Natureza também necessitam de amor e de redenção.

Com este panorama mundial que hoje se apresenta para o Silêncio de Deus, Eu os convido a refletir sobre todos estes ensinamentos. Do princípio ao fim, convido-os a meditar sobre esta Mensagem, porque Minhas Palavras estão acabando, e o universo se prepara para o Meu Retorno, um Retorno desconhecido pelo homem de superfície, porque só Deus sabe como Eu retornarei, e Minha Mãe Celestial, que é sua Mãe desde o momento da Cruz, é a Guardiã do Meu Retorno à humanidade, Ela é a zeladora dos segredos do Meu Coração.

Por isso, Minha Mãe, que é sua Mãe, sempre lhes pede que orem para que os Meus segredos, que são as Minhas Profecias, não se cumpram, senão que se cumpram somente as grandes promessas do Meu Coração para cada um de vocês, para cada um de seus irmãos.

Como a luz do sol que hoje os ilumina, assim venho do universo, assim trago Meu Governo Espiritual do coração deste universo, chamado Andrômeda, morada predileta da Divindade Suprema, para guiar, acompanhar e reger todo o seu universo  material.

Eu venho de Andrômeda. Esse é o lugar que Deus Me deu depois de Minha Ascensão, porque estar à direita de Deus, sentado em Seu Trono, perto de Seu Coração, é estar cumprindo com Sua Vontade, como Seu Filho a cumpriu desde o princípio de Seu Nascimento na Terra.

Por isso venho dizer para todos os Meus companheiros e companheiras, para todas as almas que se postulam a ser vítimas do Meu Amor em algum momento da vida, que sigam adiante, que sejam valentes, perseverantes e determinados. Que seus corações nunca se esfriem; tampouco seus corações se tornem tíbios. Que seus corações sintam o fogo do Meu Amor para poder renovar esta Terra ferida e ultrajada, para poder curar esta humanidade enferma e perdida por falta de direção espiritual.

Mas Eu reapareço neste tempo para trazer ao mundo a Mensagem de preparação do Meu Retorno; mas também venho trazer, através do Silêncio de Deus, a Mensagem de advertência para a humanidade, porque ainda estão abertas as portas da Minha Misericórdia, e as almas ainda continuam submergindo-se através das portas dos abismos.

Filhos, não se deixem arrastar nem empurrar pelo mal, mas não o desafiem. Que cada golpe que recebem seja um ato de resignação e de uma profunda renúncia por aqueles que ainda flagelam Meu Coração, especialmente pelos sacerdotes da Igreja Católica, que são a vergonha do mundo inteiro, porque lhes confiei Meus rebanhos, os mais inocentes e pequenos rebanhos que, pelos acontecimentos vividos neste tempo dentro da Igreja, fizeram perder a possibilidade da cristificação dos pequeninos através dos tempos.

Quem fará algo para que isso se reverta? Quem será capaz de superar a indignação e a injustiça para compreender os pecadores, assim como Eu os compreendo e os amo? Devem saber, companheiros, que estão no tempo de viver grandes ousadias para que o Meu Amor triunfe neste planeta.

Mas Eu não os convido a ser inconscientes, e tampouco que lhes falte o discernimento, porque Minha vara mede cada pecado, mas Meu Coração, e sobretudo Minha Misericórdia, tudo transforma e cura no coração que se arrepende diante de Mim. Assim poderão compreender como o pecado se dissolve diante do Amor e como o Amor leva a consciência a reconsiderar e a refazer sua vida apesar do que tenha acontecido.

Quisera falar por muito mais tempo, mas sei que seus mundos internos e consciências necessitam de tempo para poder compreender Minhas Palavras, e sobretudo poder captar a vibração da Minha Mensagem, porque Eu não venho para ser um juiz; Eu venho aqui para ser seu Salvador e Redentor; porque recordem que dei Minha Vida por vocês até a Cruz, até o último momento de Minha expiração.

Cada segundo de Minha Paixão foi oferecido por vocês, pela humanidade. Por isso, aos fiéis devotos do Meu Sagrado Coração, convido-os a invocar o poder do Meu Sangue.

Convido-os a rezar todas as orações que atraiam ao mundo o poderoso Sangue de Jesus para que os códigos crísticos de Minha Consciência Universal ingressem nas células enfermas da humanidade, e tudo possa ser revertido. Coloquem sua esperança e sua fé no poder do Meu Sangue, mas não esperem por resultados.

Ofereçam de forma resignada cada momento de oração e permitam que Eu coloque os frutos da oração do coração onde for mais necessário e para quem mais necessitar.

Mas como sei que vocês reconhecem a situação planetária e todas as agressões que o mundo está vivendo, Eu os convido a renovar a fé e sobretudo sua confiança em Mim.

Peço-lhes que não façam o mesmo que os apóstolos fizeram, que, por falta de fé e de confiança, Meu inimigo os cercou, o medo os abraçou e duvidaram de Cristo, deixando-O sozinho e pendurado na Cruz.

Sejam como as santas mulheres, que transcenderam todas as situações e dificuldades. Sejam como as primeiras auxiliadoras de Cristo na Terra, que nunca duvidaram, que não tiveram medo de enfrentar qualquer adversidade para poder estar perto do Senhor e curá-Lo com seus beijos de amor; porque foram seus beijos de amor, o amor das santas mulheres, que, no segundo dia em que  estava no Sepulcro, fecharam as Chagas do Senhor. Este é um mistério que hoje lhes revelo, o simples mas verdadeiro mistério de amor que se entrega em fé aos Pés do Senhor.

Hoje volto a receber em Meu Coração todas as preces e intenções.

Sei que cada um de vocês, mas também suas famílias, seres queridos, amigos, companheiros e nações enfrentam o fim destes tempos, um tempo muito desconhecido para todos, um tempo que muitos não sabem como atravessar. Mas não temam, porque a vitória do Meu Reino se aproxima, e a Nova Terra nascerá nos corações que creram em Mim.

A todos os que Me escutam, que saibam que conheço suas intenções, seus pedidos e até suas súplicas. Sejam pacientes e perseverem. Meu sacerdócio espiritual os abençoa e ilumina seus passos para que possam atravessar as trevas destes tempos com a confiança absoluta de que Eu estou retornando.

Por isso, necessito viver em seus corações, necessito estar presente em muitos corações mais, assim como estive no coração dos Meus apóstolos e das santas mulheres. 

Hoje volto a dar-lhes o Mandamento que dei aos Meus apóstolos e às santas mulheres: "Perdoem-se e reconciliem-se, amem-se uns aos outros como Eu os amei e hoje os amo, porque no Amor do Todo-Poderoso tudo superarão, mas quando saírem desse Amor demorarão muito para poder resolvê-lo. Sejam pacientes no Amor, e tudo se curará."

Para continuar lhes deixarei a maior experiência do Meu Amor por vocês, por meio da Comunhão Espiritual. E recordem que no Sacramento do Altar está sua redenção e sua renovação para toda a vida.

O Filho do Pai agora Se recolhe no Silêncio de Deus para que muitos mais possam entrar no Silêncio do Pai.

Eu os absolvo, mas também os abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.   

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO SÉTIMO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te, 
que por Tua Santa Cruz redimiste o mundo.

Amém.
(repete-se 3 vezes)


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Eis aqui Aquele sobre Quem foi escrito e anunciado nos Livros Sagrados.

Eis aqui Aquele que reapareceu para os apóstolos do passado, para as santas mulheres e para todos os que tiveram fé em Mim, além da aparente derrota do Senhor.

Eis aqui Quem reaparece novamente para vocês,  e que inclusive foi escrito e anunciado nos livros dos últimos tempos.

Eis aqui o reaparecimento de Cristo.

Vocês devem saber que este é o tempo, que esta é a hora e que este é o momento em que o reaparecimento do Senhor não surge apenas dentro de vocês, mas em toda a humanidade, em todos os que foram chamados a preparar o Meu Retorno.

Ingressamos agora na frequência da Adoração, da solenidade e da sagrada reverência pelo grande momento da Ressureição de seu Senhor na vida dos que creem n'Ele e que nunca desistiram de viver Sua Palavra.

Todos os que estão em suas casas, escutando Minha Mensagem, tomem consigo uma vela e acendam-na, para que não só estejam em vigília Comigo, mas estejamos em vigília e restauração pelo mundo inteiro, pelos que ainda não vivem a paz, pelos que perderam a esperança, pelos que abandonaram e emigraram de suas nações buscando uma oportunidade e uma vida digna.

Hoje, neste dia de vigília, de solenidade e de reverência sagrada, honro os que são desprezados, aos que são explorados, a todos os refugiados que foram severamente castigados por seus próprios irmãos, por suas próprias culturas, por seus próprios países, porque se esqueceram do que é o amor e a fraternidade.  

Por isso, os esforços de todos os que trabalham pela paz, pelo bem comum e pelo serviço reparam principalmente as dolorosas Chagas de Meu Coração, que muitos governos do mundo ainda Me causam por estarem desconectados da verdade e sobretudo de Deus, por estarem unidos à escuridão reinante, à ambição, à ilusão e ao falso poder, que submete os povos e todos os Meus irmãos.

Sob o espírito da Irmandade Divina, neste dia de vigília, solenidade e reverência sagrada pela Ressureição de seu Mestre e Senhor, Eu venho a seu encontro para ressuscitá-los em espírito, alma e consciência, para que tudo seja renovado, não só em vocês, mas também em seus irmãos, nos que mais necessitam, nos que clamam pela paz e pelo alívio do sofrimento.

Por isso, Meu Espírito Restaurador e Consolador, neste Sábado de Aleluia, visita em onipresença todos os refugiados do mundo e seus campos de refúgio, para que tenham fé que Eu retornarei e farei novas todas as coisas e situações, reunindo a Meu redor os inocentes, os pobres, as crianças, as mulheres e os homens, os idosos e os enfermos, para que Eu volte a curá-los com Minha Presença e Meu silêncio. 

Eu Sou Aquele que ressuscitou, de tempos em tempos, através de Seus apóstolos e seguidores, através de todos os que fazem dos Sacramentos parte de si, através de todos os que creem no perdão e na reconciliação.

Por isso, que esta chama que hoje vocês têm entre suas mãos seja a vinda do Espírito, Santo e Sublime, que uma vez chegou em Pentecostes e entrou no sagrado Cenáculo dos que esperavam, como vocês, a Ressureição do Senhor.

Que a Chama sublime do Espírito Santo os inunde e os preencha, e que o símbolo dessa luz que hoje vocês têm em suas mãos chegue ao mundo inteiro, especialmente àqueles que estão nos refúgios e em todos os abrigos do mundo, esperando por uma oportunidade, aguardando pela esperança do retorno do amor e da alegria em cada uma de suas vidas.

Este dia, Sábado de vigília, de solenidade e de reverência sagrada, fica instituído como o Dia dos inocentes e de todos os refugiados do mundo, para que as autoridades deste planeta recebam a Ciência do Espírito Santo e, sobretudo, a suficiente sensibilidade para sentir piedade, compaixão e amor pelos que sofrem injustamente, pelos que são regidos por um sistema de adversidade e de caos.

Eu venho reerguer todas as essências sofridas, nos quatro cantos da Terra, que vivem nos campos de refugiados e que hoje são imigrantes, que perderam sua identidade, sua dignidade e, sobretudo, a fé na esperança. 

Esta também é a razão de Eu ter morrido na Cruz, de Eu ter dado a vida por todos, para que a fraternidade humana nunca se dissolvesse no mundo e, assim, a caridade crística, espírito incessante do serviço e da doação constante de si, sempre estivesse presente nos corações que despertam ao Plano de Deus e à vida de doação e serviço por esta humanidade, ainda que não tenham religião; eles também podem fazer parte do Meu Espírito Crístico de caridade e de doação.

Assim, neste dia de vigília, de solenidade e de reverência sagrada, contemplo um mundo ferido, ultrajado, indiferente, submetido, escravizado, explorado e obscurecido pelas forças do mal. Mas recordem que a verdadeira vitória do Reino de Deus está dentro de cada um de vocês. Aí é onde se vence o mal pela fé, o amor e a constância dos corações nobres no Cristo ressuscitado. 

Que esta luz que hoje vocês têm em suas mãos os acompanhe para o fim dos tempos, e que esta luz que provêm do Sopro do Espírito Santo os renove e sempre os impulsione à transformação de suas próprias vidas e da vida de todo o planeta.

Enquanto estou aqui e vocês Me acompanham neste sagrado momento de vigília, solenidade e reverência sagrada, Meu Espírito está neste momento chegando ao coração de todos os refugiados do mundo e, através deles, chegando às autoridades desta humanidade, para que retomem o caminho à Casa do Pai, ao cumprimento da Vontade para este planeta e esta humanidade.

Agora, façam sua oferta pelos que são inocentes, para que essas almas, movidas pelo sopro do Espírito Santo, alcancem sua ressureição interior neste dia de vigília, solenidade e reverência sagrada.

Vamos entoar os Nomes de Deus para que a Presença do Pai, do Filho e do Espírito Santo preencha todos os corações refugiados, todas as almas da Terra, que devem despertar ao Meu Amor consolador. 

Escuto-os.


Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Coloquemo-nos todos de pé, e também os que estão em suas casas e lares, para receber através do Sagrado Coração de Jesus a Presença da Santíssima Trindade, neste dia de vigília, solenidade e reverência sagrada.

 

Canção: Os Nomes de Deus

Oremos juntos.

Vem, Espírito Santo,
ilumina os corações, 
para que eles alcancem a Transfiguração de Jesus. 

Amém.
(sete vezes) 

 

Agora sintam como seus espíritos, no mais profundo de seus seres, ressuscitam através da Presença de Minha Luz e de Meu Espírito Consolador em cada um de seus corações, como o Espírito Santo traz para todas as consciências o despertar da ciência e da sabedoria nestes momentos críticos, para que sejam mais os que servem, para que sejam mais os que se doam, para que sejam mais os que se dispõem a dar suas vidas pelos demais e para os demais, a fim de que se cumpra o bem comum e a fraternidade humana, além da religião, da classe social, das culturas, das etnias ou de qualquer condição. Que todos sejam transfigurados pela Luz de Meu Sagrado Coração, a fim de que alcancem a paz e a solidariedade mútua, e assim todos se sintam irmãos em Cristo e por Cristo, para que o mundo e seus Reinos da Natureza também sejam reparados através da conscientização e das obras de amor que todos os seres da Terra necessitam para algum dia serem redimidos.

E, agora, como segundo impulso de Luz do Meu Coração, unido aos Anjos da Guarda e aos Anjos do Céu que Me acompanham e estão presentes em todas as direções do planeta, entoaremos, com espírito de solenidade, “Pater Noster”.

Canção: Pater Noster

As santas mulheres cantavam reunidas, no Sábado Santo, aguardando a Ressureição do Senhor.

Quando lhes peço que cantem é para que seja espontâneo, e não pensado com a mente, mas sentido com o coração, porque é a alma que emite o o sagrado som do universo para que, sob a conexão divina, abram-se as portas dos Céus e os anjos possam obrar.

A perfeição está no amor expresso em cada nota, em cada melodia como em cada palavra. É  nisso que Meu Amor se renova, através das vozes que se oferecem, ao longo dos tempos, para cantar para o Senhor.

Antes de partir de Aurora, neste dia de vigília, solenidade e sagrada reverência, e de fazê-los  ingressar novamente em Minha Igreja Celestial, para que possam viver a Comunhão Espiritual deste dia de vigília, pedirei uma última canção, que desta vez virá de Figueira; uma canção que expressa o esforço de vocês por viver Minha Vontade, Meus Desígnios e, sobretudo, o ânimo de concretizar o apostolado ao longo dos tempos, através do coração.

Essa canção se chama “Eso que soy, eso te doy”.

Nessa mensagem e nessa música se expressa a ardente aspiração de uma alma de sustentar-se em Cristo e de não perecer. Por isso, todos deveriam ter afinidade por essa canção neste momento planetário, em que o serviço e a doação humanitária por seus irmãos do mundo serão o que forjará em vocês não só o guerreiro de Cristo, mas também o servidor, o apóstolo do amor.  

Hoje lhes agradeço com doçura por terem vindo a Meu encontro mais uma vez.

Abençoo-os e lhes dou Minha Paz.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Aparições extraordinárias
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO SEXTO DIA DE INSTRUÇÃO, DURANTE A SEMANA SANTA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Para a tarefa planetária que Nosso Senhor está realizando neste momento, a seu pedido, vamos entoar "Adon Olam".

Convidamos os que escutam a se colocarem de pé para acompanhar Nosso Senhor nesta tarefa planetária.

Canção: "Adon Olam".

Vocês conheceram um homem frágil como Jesus, que carregou o pesado madeiro da Cruz e que, sendo um ser humano, apesar de Seus poderes divinos e cósmicos, entregou-Se por cada um de vocês para que não tivessem que padecer e sofrer. Se há mais de dois mil anos a humanidade continua sofrendo e padecendo, é consequência de suas ações e cometimentos.

O Todo-Poderoso encarnou na Terra através do Seu Filho, para que a humanidade nunca mais tivesse que padecer.

O Todo-Poderoso encarnou como homem e como consciência como vocês, e reduziu Suas grandiosas vibrações de Luz para poder estar entre os seres humanos desta Terra.

A encarnação do Filho de Deus e a dolorosa Paixão de Cristo significaram momentos importantes para a humanidade. Através da encarnação do Filho, a humanidade pôde recuperar o caminho para sua pureza original, aquela pureza original que foi pensada na gênese do Projeto Genético Humano. Mas também essa encarnação do Filho de Deus pôs fim a uma cadeia interminável de erros.

O próprio Pai Eterno sabia que, por mais que Ele encarnasse na Terra e trouxesse a consciência do Amor-Sabedoria, essa vitória não se completaria, porque haveria seres humanos que duvidariam de Sua Presença e Poder e, mesmo depois da Paixão de Cristo, isso ocorreu em muitos seres humanos.

A encarnação do Filho de Deus, através da Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, pôs fim a muitos erros do passado que, até aquele momento da história da humanidade, fariam sucumbir para sempre o Projeto Genético Humano, ainda que houvessem passado os Patriarcas e os Profetas.

Mas nem todas as civilizações e raças se equivocaram; o adversário encarregou-se de desvirtuar algumas dessas raças que estiveram presentes na humanidade.

Desde os Adões e Evas até a Atlântida, a humanidade teve que aprender, como até os dias de hoje, a corrigir os erros cometidos, a fim de voltar a alcançar o poder da Graça e da Misericórdia.

Essa foi a principal razão da encarnação do Filho de Deus, que deu lugar e espaço para Sua segunda e importante tarefa, a Paixão de Cristo, que ocorreu em muitos níveis e planos de consciência, do espiritual cósmico até o plano mais material e concreto.

Toda a consciência de Deus participou de todos esses mistérios e feitos, assim como diferentes grupos de almas e consciências que, embora não estivessem encarnadas naquele tempo, participaram desses acontecimentos porque necessitavam, para poderem estar presentes nos tempos futuros como este.

Por essa razão, Cristo não apenas padeceu no plano físico, mas também no plano anímico e no espiritual. A poderosa Paixão de Cristo, que para muitos foi uma derrota, converteu-se em uma vitória nos planos internos, já que, através do poder da oração da Mãe de Deus, assim como da oração das santas mulheres e de alguns dos apóstolos, permitiu reunir a maior quantidade possível de consciências que, nos diferentes planos de consciência, precisavam da energia da redenção.

Cada padecimento vivido por seu Mestre e Senhor, desde a noite da Quinta-Feira Santa no Horto Getsêmani até a morte na Sexta-Feira, no alto do Monte Calvário, foram oferecimentos únicos e inapagáveis para toda a humanidade e o planeta.

Através dessa dolorosa e profunda Paixão do seu Mestre e Senhor, muitas situações planetárias do futuro foram contidas, muitas gerações futuras foram protegidas para não viver o desvio do Projeto Original.

E, embora nos dias de hoje isso se tenha desvirtuado completamente pela indiferença e omissão, muitos mais se fizeram presentes ao longo dos tempos e regressaram muitas vezes a este mundo como servidores, servos, discípulos e apóstolos, para estar presentes em colaboração e em serviço pela humanidade.

Certos grupos de almas, que alcançaram a experiência do Amor Crístico, ofereceram-se de forma semelhante a seu Mestre para estar imersos nesta humanidade e em diferentes povos e nações do mundo, a fim de dar continuidade ao Projeto Genético de Deus, que, neste tempo e nesta hora, está vivendo sua grande oportunidade de correção.

Para que toda a história dos erros que ocorreram, desde a morte do Filho de Deus até o presente, possa ser corrigida pela força da devoção de todos os Meus companheiros, pelo poder dos que adoram o Corpo Eucarístico de Cristo, pelos que sustentam a vida de serviço e de caridade, estamos no tempo e na hora de cumprir as promessas e as aspirações do Único, que se apresentaram através dos arcanjos e anjos, no Gênesis.

Por isso, a dolorosa Paixão de Cristo não foi apenas um fato ou uma história que a humanidade pôde conhecer. Muitos planos de consciência participaram desse acontecimento; por essa razão tive que Me retirar por quarenta dias no deserto, já que Meu aspecto mais material devia preparar-se para esse momento, mesmo durante os três anos de pregação, em que a humanidade deveria aprender a reconhecer a verdade e identificá-la, para não perder o caminho da Luz e do Bem. 

Por isso, a Paixão de Cristo é um feito que nunca se apagará da consciência do planeta, é um feito que sempre poderão reviver e recordar todas as vezes que necessitarem, para avançar em seu processo de purificação e redenção. Porque nesses feitos estão os códigos de Luz de que necessitam para alcançar sua liberação espiritual, cósmica e interior.

Com tudo isso, quero dizer-lhes, companheiros, que coloquem sua consciência na amplitude do que a dolorosa Paixão de Cristo significou, e em como muitas consciências, nos planos internos, participaram da redenção de mais consciências que estavam condenadas à perdição total.

Por isso a Paixão foi tão dolorosa, porque deveria superar todos os planos de consciência. E essa Paixão, vivida por seu Senhor e Mestre, deveria chegar com sua experiência ao plano físico e ao plano espiritual cósmico, onde deveria ficar registrado tudo o que ocorreu, para que a humanidade aprendesse a não cometer os mesmos erros, pela entrega que ela fez do Filho do Homem na Cruz.

O tempo da dolorosa Paixão de Cristo hoje se une a este tempo material e a este presente, em que toda a raça humana está diante da oportunidade de servir-se deste acontecimento, que ficou gravado nas entranhas da Terra pelo Sangue que derramou seu Mestre e Senhor.

Agora que o Armagedom já está presente no mundo, é quando as consciências devem estar mais despertas para sua preparação, a fim de estar à altura dos acontecimentos e participar dos preparativos do Retorno de Cristo.

A Cruz do Redentor sempre os protegerá, os salvará e lhes trará a força interior para renovar tudo.

Por isso, a Santa Cruz não se apagou da memória do planeta, porque era a árvore de Deus que entregava seus frutos à humanidade, através do sacrifício do Filho do Homem.

Este é o tempo de afirmarem-se nesse legado que lhes entreguei, porque tempos mais intensos chegarão, e suas consciências não poderão vacilar. Deverão estar firmes e decididos para poder seguir-Me até o cumprimento do que Eu espero de cada um de vocês. Essa é também a razão pela qual estou aqui.

Hoje vivem a comunhão com o Meu Espírito através do reconhecimento da dolorosa Paixão de Jesus, da qual suas almas podem colher os frutos e os méritos que o precioso Sangue de Jesus, que foi derramado, alcançou pela humanidade.

Agora, a humanidade não deve mais se autodestruir, mas deve reconstruir-se de forma espiritual, mental e material, para recuperar sua filiação com a Criação por meio destes méritos divinos que Eu entrego ao mundo, méritos que sempre lhes darão a liberdade para estar em comunhão com o Pai.

Hoje os ungirei para poder ungir a humanidade, assim como as santas mulheres ungiram todo o Meu Corpo, preparando Meu sepulcro que, depois de três dias, demonstraria ao mundo o poder da Ressurreição.

Através desta unção que hoje lhes oferecerei, também ungirei o mundo inteiro. Entregarei a vocês o poder da Ressurreição espiritual para os tempos definitivos que chegarão e, através desta unção, que hoje Minhas santas mulheres farão em vocês, recordarão que sempre poderão sentir-se ungidos pela gloriosa Presença do seu Mestre e Senhor.

Esta unção vem cicatrizar feridas espirituais da humanidade, feridas mentais e materiais, para que tudo possa ser regenerado, e a esperada preparação comece, para o surgimento de uma nova humanidade, livre da indiferença e afirmada no Amor, no Amor de Deus.

Traremos aqui quatro potes de unção para que o Senhor possa consagrá-los, assim como Ele também consagrará todas as cruzes que  trouxemos hoje para afirmar nosso compromisso com Ele e Sua união eterna com cada uma das almas.

Portanto, de onde estamos, ofereceremos nossa cruz, para que nossa cruz seja aliviada, e a cruz da humanidade seja aliviada da enfermidade, das guerras, da perseguição, das crises políticas e humanitárias, da indiferença, da falta de amor, da impunidade e da maldade que muitas almas praticam por serem ignorantes do Amor de Deus.

Por essa causa e motivo, ofereceremos nossas cruzes, para que o mundo alcance a cura e a paz. Amém.

"Santifica, Senhor, a cruz que deste a cada um dos Teus filhos, para que ela não seja um peso nem uma agonia, mas uma perseverança constante do triunfo do Teu Amor através da transformação e da redenção.

Deposita sobre estas cruzes, através da Tua Graça e Misericórdia, os méritos que Teu Filho alcançou desde o Horto Getsêmani até o alto do Monte Calvário, para que as almas possam sentir fortaleza nestes tempos, para que qualquer medo seja dissolvido, e Tuas criaturas sejam preenchidas pela confiança abundante do Teu misericordioso Coração. E dessa forma, assim como hoje abençoas e unges estas cruzes com Teu Espírito, abençoa e unge, Pai amado, cada uma de suas famílias e entes queridos, para que a grande rede da Tua Misericórdia e da Tua Paz esteja unida e viva nos corações dos que creem em Meu Retorno à humanidade. Amém."

Elevemos nossas cruzes para que o Senhor as abençoe, através da  Luz poderosa de Suas Chagas. Podemos levar nossas cruzes até o coração.

Agora passaremos à bênção do óleo, dos quatro óleos que Nosso Senhor nos pediu e que representam as quatro principais raças do planeta: as raças da América, as raças da África, as raças da Europa e as raças da Ásia e Oceania.

Abrimo-nos para esta unção espiritual e para esta unção material, que receberemos através das Mães de Cristo, em nome da humanidade e deste Projeto Genético, que deverá cumprir-se através de todos os autoconvocados.

Através da unção que cada um de nós receberá neste momento, estaremos permitindo também que todos os que estão atrás de nós no caminho espiritual e esperam ingressar nesta corrente e Obra de Amor de Cristo possam ter a oportunidade de serem partícipes da presença da Hierarquia Divina.

Assim, quando formos ungidos neste momento, tenhamos presentes todos os que estão atrás de cada um de nós e esperam por seu despertar e redenção, assim como através dos tempos somos redimidos e ungidos pelo Amor espiritual de Cristo.

Madre María Shimani e Frei Joaquín.

Madre María del Salvador e Frei Luciano.

Madre María Getsemaní e Frei Ariel.

Madre Zorobabel e Frei Gabriel Pío.

E, antes de começar esta unção, que tentará trazer a cura espiritual para a humanidade através das quatro raças representadas em nosso planeta, cada um de nós, mesmo não estando presente aqui, neste lugar ou neste Centro Mariano, realizará sua oferta interna através de um minuto de silêncio, para que se alcancem a paz e a cura na humanidade.

Fazemos nossa oferta em silêncio; e fazemos esta oferta, a pedido de Cristo, por todos os que morreram pela pandemia atual. Pedimos por cura, Misericórdia e perdão. Realizamos nossa oferta por essa almas.

Elevo suas intenções ao Céu para que o Pai Celestial as contemple em Sua Fonte. Que esta unção espiritual e interna traga todos os frutos que a humanidade necessita neste tempo.

Pelos que padeceram injustamente, que o Pai tenha Misericórdia.

Pelos que sofrem injustamente, que o Pai tenha Misericórdia.

Pelos que padecem a enfermidade, a desolação ou a morte solitária, que o Pai tenha Misericórdia.

Pelos menores e inocentes, pelos que são traficados, explorados e vendidos, que o Pai tenha Misericórdia.

Por todas as crianças não nascidas, que são milhões no mundo, que o Pai tenha Misericórdia.

Que a paz, a renovação e a fé despertem em todos os corações.

Que assim seja.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E assim nos despedimos de Nosso Senhor. E a Seu pedido para este Sacramento da Unção, repetiremos a canção que escutamos no início deste trabalho: "O poder do Sangue de Jesus".

Aparições extraordinárias
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO TERCEIRO DIA DE INSTRUÇÃO, DURANTE A SEMANA SANTA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Não Me falta muito tempo para regressar ao mundo; por essa razão, estou chegando nestes dias, porque Meu Pai envia-Me ao mundo para estar entre os Meus e prepará-los para esse momento, que não está tão longe.

No Evangelho de hoje, vocês puderam ver representado o que Eu disse há mais de dois mil anos, que é uma realidade para os tempos de hoje.

Por essa razão, no dia de ontem, Eu os fiz ingressar conscientemente no Reino de Meu Pai, para que suas almas vivessem uma experiência e para que, dessa experiência, pudessem recolher um tesouro, que é um fruto dos Dons de Deus de que vocês necessitarão neste tempo para poder viver o que chegará.

É assim que o Universo tece pacientemente o Plano de Deus na Terra, integrado por cada uma de suas almas, que se autoconvocaram para estar aqui, como muitas almas estiveram ao longo dos tempos, em diferentes momentos da história da humanidade, por meio das Aparições da Santíssima Mãe de Deus e do Sagrado Coração de Jesus.

Porém, neste tempo e nesta hora, Eu venho por todos, e aqui não prevalece nenhuma religião nem crença, porque hoje volto a recordar que vocês são parte da Fonte e todos vêm dessa Fonte imaterial que originou a vida no Universo, depois que os planetas, as estrelas e os sóis foram criados.

Assim, poderão compreender, companheiros, quão extensa é a história de cada um de vocês dentro desta Criação Universal e que, como no dia de ontem, cada um pôde reconhecer que é algo mais do que um ser humano ou do que uma consciência que pensa e reflete.

É através do valor que as essências possam dar que Eu me servirei para levar adiante Meu retorno ao mundo.

Por essa razão, venho por todos, cristãos e não cristãos, crentes e não crentes, venho por todos. Todos os que estiveram atentos às Minhas Palavras no dia de ontem, receberam muitas Graças, que começarão a descer em suas vidas conforme o Pai pensou.

Essas Graças que vocês receberão também beneficiarão os seus seres queridos e, em consequência, o resto da humanidade. Quando a humanidade reconhecer que é uma só família, todos estarão preparados para receber-Me novamente.

Quando não existirem mais diferenças, prestígios ou protagonismos em nenhum de vocês, porque todos são iguais diante dos Olhos de Deus e Deus espera que cada um de Seus filhos possa também reconhecer o que Ele vê e o que Ele sente.

Nesta preparação, que hoje realizo por meio destas palavras, elevem suas consciências até Meu Pensamento, e de Meu Pensamento divino e universal recebam os novos impulsos e decretos que formarão suas vidas segundo o modelo que Deus espera para estes tempos. Que cada um cumpra com a sua parte, assim como o Universo cumpre com sua parte maior.

Reconhecendo estas instruções, rendidos ao Amor de Deus, abramos ainda mais as portas do Universo, para que, por um momento, vocês tenham a visão e a consciência da razão pela qual estão aqui e são chamados por seu nome para receber, neste tempo, os impulsos espirituais do Redentor.

Neste momento, Nosso Senhor Jesus Cristo, com Suas Mãos elevadas ao Céu, abre as portas para outros Universos, aonde a humanidade nunca chegou, mas que hoje, pela primeira vez, chega a esses Universos por intermédio do Redentor.

Acompanhemos este movimento espiritual de Nosso Senhor por meio de nossa conexão e contato com Ele, colocando toda a nossa atenção no que Ele está fazendo, para que possamos continuar sendo preenchidos por tudo o que Ele nos quer revelar e mostrar.

Nosso Senhor diz neste momento:

Por meio de Minhas Palavras, Eu os santifico, para que suas consciências estejam na vibração necessária e ingressem na sabedoria universal, que guarda a resposta para cada uma de suas vidas, assim como o conhecimento de cada uma de suas vidas.

Vejam, acima de vocês, o Universo e a grande abóbada da Via Láctea. Reconheçam as diferentes nebulosas e sistemas solares e sintam-se dentro do vasto Universo de Deus. E, assim, despertem em seus corações a lembrança de suas origens, assim como recordaram no dia de ontem.

Percebam, então, que não é impossível poder fazê-lo se de verdade vocês estão unidos a Mim e de coração confiam no que estou revelando-lhes.

Dentro de todo o Universo que os rege e os acompanha, concentrem sua atenção na nebulosa azul que estou mostrando-lhes e vejam como dentro dela existe vida e como diferentes estrelas brilham dentro dessa nebulosa, emanando sabedoria para o Universo.

Seguindo o som desta melodia, elevem suas consciências um pouco mais, esvaziando-se por completo, para que possam ser preenchidos pelo que verdadeiramente existe no Universo.

Seguindo Meus passos, ingressemos neste espaço de luz dentro desta nebulosa azul. Vejam seus seres iluminados por esta luz azul e como, desde o centro de seus peitos, iluminam-se pequenas luzes que brotam de seus corações, que são o coração de sua origem.

Frente a vocês, dentro desta nebulosa azul, identifiquem quatorze estrelas que, em perfeito alinhamento, contemplam cada um de vocês.

Vocês estão diante de seus Pais de Origem, os Pais que o Universo concedeu-lhes para que vocês pudessem ter vida, e nesse vazio que vocês devem exercitar neste momento, sintam-se preenchidos e plenos pela presença dessas estrelas de luz e perguntem-se, internamente: “quem somos?”. “Por que estamos aqui, diante de nossa origem?”.

E Cristo nos disse que recordemos, não com dor, mas com alegria, porque os erros do Universo material estão sendo corrigidos pela consagração de suas vidas e por sua filiação com Deus.

Cristo disse:

Detrás destas quatorze Estrelas de Luz, vejam uma poderosa Luz dourada. É a emanação de Adonai, sem forma alguma, mas em um sublime estado de consciência, e repitam internamente: Adonai, Adonai, Adonai.

E o Pai Celestial, abrindo Seus Braços com Sua emanação dourada de Luz, abraça com Sua onipotência todos os presentes, e nesse vazio, onde não há vontade pessoal, parecer ou querer, somos preenchidos por Sua Presença.

Cristo diz:

Ali estão os Pais de suas Origens diante da Presença de Adonai; estes são os Pais de Órion. Recordem e sintam Seu Amor silencioso e profundo. E vejam como de seus peitos ainda emerge essa luz que os une a cada um de seus Pais, que conhecem sua origem e seu surgimento desde a Fonte.

E, agora, nós nos vemos rodeados por estas quatorze Estrelas de Luz, com Cristo no centro; acima de nós, a Consciência de Adonai, e, ao redor de nós, sentimos como vibra o Universo, como uma melodia elevada, que nos traz correntes de Luz e os Impulsos de Luz às nossas consciências.

Estamos diante do que fomos uma vez, estamos diante da verdade que hoje nos revela o Coração do Redentor.

Acima destas quatorze Estrelas, que nos rodeiam, que são as essências de nossos Pais, vemos línguas de fogo. E se revelam, diante de nós, os quatorze Dons Imateriais do Espírito Santo:

        1) a Ciência do Entendimento;

        2) o Espírito da Verdade;

        3) a Fortaleza da Luz;

        4) o Amor Incomensurável;

        5) a Abnegação Eterna;

        6) a Sabedoria Divina;

        7) a Cura Espiritual;

        8) a Vida Interior;

        9) o Conhecimento Cósmico;

        10) a Transmutação;

        11) a Solidez da Alma;

        12) a Graça Incondicional;

        13) a Inteligência Divina e

        14) a Reconciliação Interior.

E Cristo nos diz:

Agora que vocês sabem que nunca estiveram sós e que Deus sempre os preencheu com Suas Graças, regressem ao que verdadeiramente são, para que este Universo material e, inclusive, este planeta cumpram com o propósito que têm diante da Criação, e assim as consciências sejam elevadas para a sua verdadeira condição espiritual, tomando consciência de sua missão e de seu propósito.

Órion foi um lugar de muitas histórias. Por isso, vem até vocês na presença de quatorze Pais das Origens, os mesmos Pais que Abraão e muitos outros patriarcas conheceram.

Que tudo isso os ajude a interiorizar suas vidas, para que estejam alinhadas ao Propósito. E que, depois deste momento, que todo o planeta está vivendo, muitos mais corações aspirem a chegar à verdade, além da religiosidade da vida, ingressando no abundante  Conhecimento de Deus, que se expressa em todas as Suas Moradas.

Hoje vocês estão diante de uma dessas moradas, que foi testemunha de muitos acontecimentos, mas, hoje, Órion expressa uma das mais importantes sabedorias para este Universo material. Esse impulso chega a vocês diretamente, por meio da Minha Presença, para que possam seguir afirmando o que verdadeiramente são e a razão pela qual estão aqui, neste momento planetário, não para viverem as coisas do mundo, mas para viverem o que está no Céu, no Universo, e que desde há muito tempo continua vibrando e palpitando em sua abóbada.

Reconheçam a chegada dos que vêm em seu auxílio e estarão no caminho da Paz.

Trazendo nossa consciência para este lugar, agora estamos com Cristo frente a este altar, para que possamos perceber a diferença de como alcançar um contato mais profundo com tudo o que está nas Esferas Sublimes.

Meu Pai pede-Me para fazer tudo isso por uma razão principal: para que despertem os talentos em cada um de vocês. Na Fonte, isso é chamado “linhagens”. Agora, depois deste momento, cada um está preparado para conhecer sua linhagem, que, em Meu Nome, deverá aportar e servir à humanidade na construção da Nova Humanidade, para que a cura se estabeleça, o perdão redima-os e o Amor eleve-os à Verdade.

Em honra aos Pais das Origens, hoje celebraremos, porque Deus concedeu-lhes a Graça de tomar consciência da Verdade, para que a cada dia vocês estejam mais conscientes, abertos e disponíveis para encontrar o sentido e a resposta de estarem aqui hoje.

Por isso, Eu rezo todo o tempo para que Meus amigos alcancem essa Verdade, porque a Verdade os fará livres.

Nosso Senhor está pedindo um véu e uma aliança de auxiliadora.

Para que compreendam, companheiros, quão importante é sua missão na Terra, antes de voltar a Me entregar em Corpo e Sangue para vocês, entrego-lhes Meu Amor por intermédio da consagração.

Tragam-me também, aqui, óleo para ungir e água para consagrar.

Os apóstolos e as santas mulheres conheciam esta verdade que hoje vocês sabem e, durante os três anos da Minha Vida pública, os apóstolos e as santas mulheres foram zeladores, nos planos internos, desse conhecimento do Universo. É por essa razão que Meus apóstolos e Minhas santas mulheres alcançaram a liberdade através da Verdade.

Hoje abençoo estes elementos, que pedi para chegarem ao Meu Altar, para demonstrar Minha gratidão e confiança nos que perseveram e rendem-se diante do Meu Corpo Eucarístico, como também nos Sacramentos e na oração diária.

Estes elementos são meios de conversão, assim como cada um dos elementos sagrados que vocês levam consigo, para que Eu possa consagrar neste momento.

Em humildade, coloquem seus elementos entre as mãos, sejam rosários, medalhas, cruzes ou o que levam consigo. Mas, especialmente, coloquem seus corações para que Eu possa aceitá-los.

Esperei dez anos por este momento, para consagrar esta alma para um serviço mais profundo ao Meu Coração, a fim de que se cumpra no mundo a Obra de Minha Misericórdia. Também esperei até este momento para que cada um de vocês, segundo seus aprendizados e escolas, conhecessem a Revelação desta Verdade que hoje trouxe-lhes, a qual, ao final deste encontro, Minha amada Madre María Shimani lhes explicará, pelo dom que Eu lhe darei para poder pronunciá-lo.

Mediante esta consagração do Corpo e do Sangue de Cristo, o Senhor abençoará os elementos que estão ofertados, para que sejam meios de Graça, de conversão e de luz para todos.

Neste momento, em que a Divina Misericórdia desce à Terra, por meio do Amor e da Compaixão de seu Senhor, ofereçam-Me pelo menos uma alma, uma pessoa que venha às suas consciências e que necessitem, neste momento, de Minha ajuda, seja uma pessoa sã ou enferma.

"Diante deste conhecimento sagrado, que os preenche e que beneficia a humanidade no ato de perdão e de reconciliação, Adonai, como faz mais de dois mil anos, mas hoje reunido com muitíssimos seguidores Meus, peço-Te, em nome de Teus filhos e do Amor infinito e cósmico que Tu tens por cada um deles, que abençoe estes elementos que são oferecidos, para que Tu, Pai, estejas mais presente na vida de cada um de Teus filhos, para que eles possam sentir Tua bênção e Teu Amor além do que suceda."

"Por essa razão, hoje Te ofereço este pão, para que seja consagrado por Ti e converta-se no Corpo Glorioso de Cristo."

Por essa razão, volto a lhes dizer: "Tomem e comam, porque este é Meu Corpo, que até os dias de hoje é entregue para o perdão dos pecados".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Amém.

"Elevo este Cálice, Senhor, para que também seja abençoado por Ti e para que se converta no Sangue de Cristo e, assim, o sopro de Teu Espírito esteja em todos os corações da Terra".

É assim que hoje volto a lhes dizer: "Tomem e bebam, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da Nova Aliança, que é derramado por seu Redentor para a remissão das faltas. Façam isto em Minha memória".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Amém.

Unidos ao Nosso Redentor, rezemos a oração que Ele, amorosamente, nos ensinou.

Pai Nosso (em espanhol).

Pai Nosso (em inglês).

Que a Paz de Cristo desça à Terra.

Somos gratos, Senhor, por quanto nos dás. Neste encontro, honramos-Te, Senhor.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
 

 

Comentários de Madre María Shimani de Montserrat:

Vamos tentar trazer para todos uma história muito antiga do Universo; e vamos contar essa história de forma simples, como se estivéssemos em uma reunião com muitas crianças que necessitassem compreender uma realidade muito ampla, e por isso a simplicidade será a chave para sua compreensão.

Há muito, muito tempo, quando Deus pensou o que queria para a Sua Criação, Ele se multiplicou em todos os Seus Atributos e sentiu a necessidade de que criaturas materiais, que pudessem viver a experiência do Amor e da Unidade, guardassem, no coração de suas raças, cada um de Seus Atributos.

Então, encarregou Seus arcanjos de construir formosas raças, belas criaturas que pudessem representar Seus Atributos no Universo material.

Uma dessas raças era Órion, uma raça de Coração Azul, na qual se guardava o profundo Amor do Universo.

Mas, por essas coisas que sucederam entre os anjos, há muito tempo, um deles, que não soube valorizar o Amor de Deus e compreender o que Deus queria realizar, caiu preso em sua própria ignorância e quis destruir a Criação de Nosso Senhor, o Pai Eterno. E foi buscar no Universo uma das maiores Criações de Deus, a raça Órion. E ele quis conquistar, através de seus enganos, o Coração Azul dessa raça que guardava o mais profundo Amor de Deus. 

Mas o Coração Azul de Órion, depois de viver muitas provas, através desse Amor que guardava em seu coração, pôde sobreviver e aprender o que nunca mais deve suceder no Universo. 

Órion tinha 14 Pais, os sábios mais sábios da raça Órion, que zelaram pela Criação durante muito tempo. E nessa história, conta-se que esses 14 Pais pereceram nas mãos do enganador, ofereceram suas vidas para salvar a raça Órion, e hoje brilham como 14 estrelas azuis, como o Coração de Órion, para que no Universo sempre se lembre de que o Amor do Coração de Deus triunfará sempre, porque essa é Sua Vontade. 

Todos nós, neste planeta Terra, tivemos, algum dia, algo a ver com esse Coração Azul de Deus. É uma história que cada um terá que descobrir, porque, à medida que ingresse mais no Coração de Deus, irá encontrar essa cor azul, que guia seu caminho de retorno à Casa. 

Somos gratos, Senhor, por quanto nos dás!

E unidos a Ti, Rei do Universo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Fiquem todos com Deus.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando o Senhor estava no deserto, preparando o Seu Coração para a entrega que viveria através da Cruz, Sua Mãe, Maria, já reunia as discípulas e santas mulheres e as advertia sobre o Reino de Deus, sobre as verdades superiores e sobre o caminho que se trilha para chegar a elas, que é através da humildade, do serviço, da entrega e, sobretudo, do amor a Deus e à vida.

Ao mesmo tempo que Cristo vencia as tentações no deserto, era provado em sua parte mais humana e, assim, refugiava-se no Divino Coração de Seu Pai; as almas que haviam se comprometido com Ele, desde o princípio de sua existência, também eram conduzidas internamente ao deserto interior. Nesse momento, reconheciam suas fraquezas e se preparavam para algo maior, ainda que fosse desconhecido.

O triunfo do Messias não foi compreendido pela maioria da humanidade, porque a Vontade de Deus não se assemelhou às ideias dos homens; mas aqueles que se comprometeram com Cristo, espiritualmente, estavam prontos e, cedo ou tarde, poderiam unir-se à essência da entrega do Senhor, para imitar os Seus passos.

Digo-lhes isso, filhos, porque, à medida que transcorre o tempo espiritual da quaresma, seus corações devem aprofundar-se no sentido da cruz, devem observar as tentações e vencê-las com o silêncio e a oração, com o despertar da fé.

Que sua atenção não esteja no riso do inimigo, mas sim no Verbo de Deus. Escutem Sua Voz e caminhem mais para Ele, no próprio interior.

A quaresma termina com uma definição profunda das almas que se dispuseram a acompanhar a Cristo, e, a cada ciclo, a cada nova quaresma, aproxima-se uma definição maior, mais ampla, mais completa, até que chegará o dia de ingressar em Jerusalém, não para ser aclamado, mas para viver a entrega absoluta. 

Por isso, não se esqueçam da profundidade do que são chamados a viver; não se esqueçam da grandiosidade interna e divina da qual se comprometeram a participar. 

O dia da cruz é conhecido apenas por Deus. Até que chegue esse momento, é o ciclo de caminhar mais e mais para o Pai, fundir-se n'Ele e ser Um com Ele, para que a entrega de suas vidas seja fecunda, no Céu como na Terra. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, DURANTE O SAGRADO CHAMADO, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Minha Graça nunca se acaba para os corações que são esforçados. Por isso, hoje lhes trago Minha Graça através desta chuva que banha esta Comunidade, para que possam testemunhar fisicamente que, nestes tempos, Eu estou presente com vocês e com o mundo.

Hoje reúno-os todos ao redor do Cenáculo do Meu Sagrado Coração e trago a vocês uma oferta sincera e profunda para suas vidas.

Hoje trago entre Minhas Mãos a dolorosa Coroa de Espinhos de seu Mestre e Senhor, Coroa que seu Redentor oferece a cada um de vocês, para que vivam esta Coroa junto Comigo, em sacrifício e em rendição, por tudo que ocorre no mundo, por todas as almas que Me negaram, por aqueles que ferem Meu Coração.

Mas nunca lhes entregarei um sacrifício maior do que o que Eu vivi, naquele tempo, por cada um de vocês.

Esta é a Coroa que Eu lhes ofereço, a Coroa que os transformará, que os redimirá e que os fará compreender, espiritualmente, o significado de estar Comigo neste tempo, sob a Luz da Minha Graça e da Minha Misericórdia.

É por isso, companheiros, que enquanto ofereço esta Coroa a cada uma de suas almas, o precioso Sangue do seu Mestre e Senhor se derrama sobre o mundo, através dos Sagrados Cálices que os anjos recolheram durante o tempo da Cruz.

É dessa forma que uno um tempo a outro tempo e que, sob a onipresença de Deus, sob a onipotência do Seu Espírito, sob a Glória de Sua Presença, derramo os códigos de que necessitam hoje para terminar de purificar suas vidas e consciências, para que, finalmente, sejam o modelo espiritual e serviçal que Deus espera.

Mas isso não será logo. O mundo ainda deverá viver muitas provas, como a que vive no tempo atual em que a frustração e o medo abarcam a consciência humana, em que a consciência não encontra saída; porque chegou a hora de que, pelos méritos do poderoso Sangue do seu Mestre e Senhor, as almas se rendam para que possam redimir-se e consagrar-se definitivamente ao Plano de Deus.

Chegou a hora de que o mundo aprenda a olhar para Deus, a buscá-lo dentro do coração e da vida, a perceber e dar-se conta de que muitos não escutaram a mensagem do Céu.

Através do sacrifício desta Coroa que ofereço hoje aos Meus companheiros, a todos os que escutam, a todos os que foram fiéis ao Meu Sagrado Coração, é que Eu poderei entregar uma anistia para toda a humanidade, neste momento que a raça humana vive, diante das provas que enfrentará e transitará.

Necessito, companheiros, fazer valer os méritos da Minha dolorosa Paixão no tempo atual. Por isso, para as próximas semanas, poderão reviver a Paixão do seu Senhor com outro grau de consciência e de discernimento, para que essa dolorosa Paixão continue sendo a chave e a porta que se abre para a redenção de todo o Universo, até que seu Mestre retorne à humanidade, no momento culminante e difícil da raça humana.

Por meio do sacrifício e da rendição que poderão viver através da Coroa Espiritual que seu Mestre e Senhor lhes oferece hoje é que suas almas e seus Anjos da Guarda justificarão diante de Deus, por todos os erros cometidos, pelos que estiveram próximos de vocês e por todos os que estão no mundo, persistindo na infidelidade, na falta de transparência e de consagração a Deus.

Ofereço esta Coroa Espiritual para que suas vidas sejam a justificação perfeita diante da Justiça do Pai Eterno, para que Ele conceda ao mundo um tempo maior de Misericórdia, de Paz e de Redenção, de forma urgente e imediata, para todos os seres que necessitam. 

Através da Minha dolorosa Paixão, poderão levar sobre suas cabeças a dolorosa Coroa Espiritual do seu Mestre e oferecerão suas vidas nos Altares de Deus, como um meio e um caminho perfeito para conceder ao mundo a grande Graça de que necessita neste tempo final.

Hoje a Chuva da Minha Graça lava suas consciências, purifica seus corações, neutraliza suas mentes e harmoniza seus mundos internos, enquanto Eu trabalho com o mundo inteiro, nesta hora e neste momento em que as forças do caos, do medo, do pânico e da frustração estão soltas sobre a Terra, e a grande guerra final entre o Céu e os infernos se estabelece.

Sejam conscientes disso. Vivam a tensão ardente, na vibração da neutralidade e no amor profundo que pode nascer e emergir de cada um de seus corações; porque, enquanto esta batalha recém começa, tudo está permitido, e ninguém ficará para trás, sem saber a verdade e sem ter a oportunidade de estar consciente e treinado para também enfrentar sua própria batalha interior.

Mas se hoje Eu lhes ofereço a Coroa dolorosa do seu Senhor é porque vocês já transitaram por outras provas mais difíceis que, com esforço e determinação, aprenderam a superar em Meu Nome.

Mas não tenham medo. No momento mais agudo dessa batalha interior e planetária é que a Luz do Espírito Santo e dos Santos Arcanjos emergirá do fundo do abismo para salvar as consciências que foram arrastadas pela ilusão, mentira e  engano do Meu inimigo.

Por isso, através desta Coroa que lhes ofereço hoje, estarão Comigo em rendição e, conscientemente, viverão sua rendição até os limites do seu ser, sem deixar de receber a Misericórdia do Meu Coração.

Esta mesma Coroa Eu ofereci aos apóstolos, e hoje a ofereço aos apóstolos do Novo Tempo, que são todos vocês, assim como Minha Mãe, espiritualmente, ofereceu esta mesma Coroa às santas mulheres, para que fossem esposas fiéis do seu Redentor na consagração e no matrimônio espiritual que cada alma pode viver Comigo.

Construam, companheiros e almas Minhas, esse matrimônio espiritual Comigo, porque ali estará Meu Amor em vocês e vocês estarão em Meu Amor, e ali estará a Unidade de Deus; estarão na segurança e na proteção necessária e viverão essa aliança que tanto esperam e aspiram, e que Meu inimigo, por todos os meios, quer impedir e interferir.

Mas é nessa batalha interior que cada um está vivendo, assim como o mundo vive hoje a batalha planetária, que suas almas, corações e vidas se confirmarão e vencerão em nome do Amor, do Amor do seu Senhor, em nome de Jesus Cristo.

Não desistam, não se deixem cair, fortaleçam-se em Minha Presença e na Adoração Eucarística que Eu lhes ofereço; porque poderão cair, assim como Eu caí por vocês, para salvá-los e redimi-los. Mas Minha Mão está aqui, estendida para vocês, para cada coração deste planeta, para que possam levantar-se e escutar que Eu estou aqui, e Eu escutar de vocês: "Jesus, confio em Ti".

Eu não permitirei que nada de mal lhes aconteça, mas dependerá de vocês, de cada um de vocês, que isso possa cumprir-se, porque Eu posso interceder até um nível da Lei;  e devo cumprir a Lei por toda a eternidade.

Nesta chuva de Graça que hoje lhes trago e, através desta mensagem que hoje lhes entrego, convido-os à persistência, à fé e à renovação, porque por meio deste encontro, venho renovar suas almas, fortalecer seus compromissos para que simplesmente vivam a Vontade do Criador.

De uma forma muito íntima e espiritual, ofereceremos esta Comunhão, e reviverão Comigo, nesta Quaresma, a dolorosa Paixão do seu Senhor, da mesma forma que hoje suas almas são oferecidas aos poderosos Altares de Deus, por aqueles que não se oferecem, que não se entregam e que não se deixam amar.

A finalidade de tudo isso é que se curem interiormente e que sintam a alegria de encontrar-se sempre Comigo, depois de tantas provas e quedas, mas fortalecidos pela fé, pela Comunhão com Meu Corpo e com Meu Sangue, pela Adoração, pela confissão interior e pela Graça que hoje se derrama sobre o mundo inteiro.

É assim que estamos preparados para realizar este oferecimento nos Altares de Deus, porque escutei atentamente cada uma de suas almas e consciências, em confissão espiritual e interior.

Que a dolorosa Paixão do seu Senhor, neste momento de oferecimento, justifique os erros do mundo e das almas que envergonharam o Meu Espírito.

Eu lhes confio Minha Vida, assim como vocês confiam suas vidas a Mim, para que estejamos em matrimônio espiritual, perpétuo e eterno, até que se cumpra a Vontade Divina. E hoje coloco suas almas, corações e vidas diante do cenário da Última Ceia.

E rodeado pelos anjos, em eterna súplica, recordamos aquele sagrado momento em que, depois de ungir os apóstolos, de purificá-los com a Água de Vida, reuni-os, como hoje reúno vocês e todos os que escutam em qualquer parte do planeta, para dizer-lhes que continuem confiando em Mim e para fazer-lhes recordar, neste momento, o maior mistério de Amor, de toda a Criação, pela humanidade.

Como há mais de dois mil anos, hoje volto a tomar o pão entre Minhas Mãos e o ofereço ao Pai em reparação e justificação por todos os erros cometidos, para que seja transubstanciado no Divino Corpo de Cristo. E, assim, ofereço-o a vocês, dizendo-lhes: "Tomem e comam, porque este é o Meu Corpo, que foi e é entregue pelos infiéis para a remissão dos pecados".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. (3 vezes)

Amém.

Da mesma forma, elevo o Cálice da redenção e o ofereço ao Pai por cada um de vocês e pelo mundo inteiro. E este vinho é transubstanciado para o perdão dos pecados. Assim, ofereço-o a vocês, dizendo-lhes: "Tomem e bebam. Este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da Nova Aliança, que é derramado até os tempos de hoje por seu Senhor, para o perdão dos pecados. Façam isto em minha memória".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. (3 vezes)

Amém.

Unidos neste momento ao mistério do Amor de Jesus, e por todos os méritos que Ele alcançou até depois da Sua Ascensão, unidos à Sua Presença eterna e sublime, com a força de todo nosso coração e alma, pela humanidade, o planeta e todos os Reinos da Natureza que padecem e sofrem neste tempo, rezemos juntos o Pai Nosso, em oferecimento, para consumar esta consagração do Corpo e do Sangue de Cristo.

Pai Nosso. (em português)

E agora Nosso Senhor pediu para orarmos um Pai Nosso em inglês.

Pai Nosso. (em inglês)

Anunciamos a Paz de Cristo na Terra.

A oferta que foi realizada por cada um de vocês foi aceita pelo Criador. Quero que saibam e que recordem para que, quando necessitarem, realizem o mesmo exercício, como o fizeram hoje na Minha Presença, em simplicidade e amor.

É assim que a Terra se redimirá e se transformará.

E antes de deixar este mundo, quero terminar este encontro com vocês dizendo-lhes que senti em Meu Coração o desejo ardente das almas boas e caridosas, devotas e adoradoras, de que Eu esteja presente durante a Sagrada Semana.

É por essa razão que, com a autoridade que Meu Pai Me concedeu, estarei com vocês duas vezes, em abril e em agosto, sendo que agora, em abril, estaremos juntos por este meio, como neste momento. E em agosto, sob a Graça de Deus e de todas as suas orações, todos estaremos reunidos aqui para celebrar a última Sagrada Semana.

É assim, companheiros, que de 5 a 12 de abril nos encontraremos aqui, em oração, e vocês, de suas casas, também orando pelo mundo e por esta situação planetária. E Eu prometo entregar-lhes Minhas Palavras para que aprendam, nesse momento, apesar da distância, a comungar Comigo espiritualmente, porque esse momento chegará e, a Comunhão espiritual é tão válida quanto o Sacramento da Eucaristia.

Mas, se vocês, das suas casas, durante esses dias de abril, estiverem unidos a Mim como neste momento, Eu também estarei ali com cada um de vocês, com suas famílias, com seus grupos de oração, em cada uma de suas nações, compartilhando a Paixão do seu Senhor e renovando novamente cada um dos seus votos para que, dessa forma, durante o mês de agosto, voltemos a encontrar-nos e a celebrar a consagração de suas vidas ao Meu Sagrado Coração.

Aceitam este chamado?

Sim!

Eu escutei do outro lado do mundo.

Mas desta vez, Eu não necessito de grandes cenários. Necessito dealgo simples, como hoje, para que suas almas possam submergir no oceano da Minha Misericórdia durante os dias de abril.

De 5 a 12 de abril nos encontraremos, e Me encontrarei com cada alma e com cada orante através deste meio de comunicação e, desta mesma forma, para que oremos juntos pela importantíssima Misericórdia de que a humanidade necessita para aprender a superar suas provas e dificuldades, as provas que se aproximam.

Antes de ir-Me, quero agradecer, neste momento, o trabalho de Adoração que está sendo oferecido por todos os adoradores e pelos adoradores ainda não consagrados, que terei a alegria de consagrar no mês de agosto, quando estarão mais fortalecidos para viver essa tarefa silenciosa Comigo, na busca incessante de trazer a paz e a harmonia à humanidade.

Agradeço todas as adorações que são oferecidas e convido os que não se aprofundaram na Adoração Eucarística que o façam. Bebam da Minha Presença silenciosa, e o inimigo não os encontrará.

Abençoo-os todos, todos os presentes, todos os que escutam, porque esta noite senti a verdadeira presença interna das almas que ainda lutam pela sua transformação e redenção.

Que a Luz da Graça os preencha e os abençoe.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Peço, para terminar, uma música que deleita Meu Coração, que traz sossego à Minha Alma e que Me motiva, apesar de tudo que vejo, a retornar aqui, de onde posso dar ao mundo a Minha mensagem.

A canção se chama "Isso que sou, isso Te dou".

Agradeço-lhes.

 

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO NÚCLEO-LUZ SAGRADO CÉU, BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

De Meu Coração brota o Sangue de redenção e de vida, porque em Meu Coração ainda existe a Chaga que uma vez foi aberta na Cruz. Uma Chaga que naquele momento ninguém conheceu. Somente Minha Mãe e as Santas Mulheres, como também João, o Apóstolo, conheceram o surgimento dessa Chaga material e espiritual.

Essa Chaga foi a última e grande entrega espiritual, mental e moral de Seu Senhor.

Em verdade, mais que as Chagas das mãos e dos pés, é a Chaga de Meu Coração que, até os dias de hoje, justifica os erros da humanidade e é a Chaga que permite que Eu ainda esteja aqui, entre vocês, para anunciar e proclamar o Reino de Deus dentro de cada ser e em toda a Criação Universal.

Esta é a Chaga que testemunhou o Amor de Deus pelos homens, apesar de que estivessem equivocados ou estivessem na maior e mais absoluta escuridão.

Esta é a Chaga que ainda deverá ser aliviada, que é causada pela ignorância dos que não vivem Deus e pela indiferença dos que Lhe dão as costas e se vão, abandonando o Amor do Redentor.

Esta é a Chaga de Seu Mestre que ainda deverá ser curada por muito tempo mais. E o que a cicatrizará algum dia será o amor dos que são bem-aventurados e não têm preconceitos da Obra Universal e Divina de Seu Senhor.

Esta Chaga será curada através daqueles que ajudarem e se entregarem à transmutação silenciosa.

Esta Chaga será curada através de todos os que confiarem cegamente em Mim, além do que lhes aconteça, além do que atravessarem ou purificarem, porque se ainda levo em Meu Coração a Chaga da dor e da ignorância do mundo, será possível, através dos Meus, que essa dolorosa Chaga seja aliviada como o é em cada momento de adoração, de oração e de comunhão Comigo.

Porque quando tudo acontecer e quando Minha Chaga for curada, vocês somente terão refúgio em Meu Coração, em Minha Vida Divina e em Minha Presença.

Nunca deixem de ser generosos com os demais, amorosos com os que estão mal e sofrem.

Nunca deixem de servir e de entregar-se por Mim, porque chegará o dia em que, na Glória do Pai, se sentarão à Minha mesa e Eu coroarei cada um por seus esforços e méritos internos.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração.

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO DURANTE A SAGRADA SEMANA, 7º DIA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Por meio da água purifico as consciências do mundo e batizo-as com o Espírito Santo.

Hoje trago entre Minhas Mãos e perto do Meu Coração o Sagrado Relicário do Sangue do seu Senhor, guardado em pequenos cristais de césio e mostrando ao mundo a Luz do Sangue de Jesus, preciosamente guardado e registrado no Grande Banco Espiritual do Universo.

Contemplem, companheiros, este Sagrado Relicário, na sagrada geometria de um losango que guarda as gotas de Sangue do seu Redentor.

É com este código que Eu venho renová-los e transfigurá-los, não apenas no Sacramento do Batismo, por meio da água, mas também através do Sacramento da Fé, por meio do Meu Sangue.

A preciosa Paixão do Seu Senhor, como lhes disse ontem, e dando continuidade ao sagrado Conhecimento Divino, foi preciosamente guardada, não apenas cada um dos fatos, mas também cada um dos padecimentos do seu Redentor, especialmente os de haver derramado o Sangue e a Água do Cordeiro de Deus na superfície deste planeta e na consciência da humanidade.

Eis aqui o Código Crístico da renovação, que nenhuma ciência nem teoria pode explicar, que nenhum homem da Terra pôde descobrir porque o valor do Meu Sangue espiritual é divino, supera toda ciência e entendimento.

Através do Sangue do seu Senhor, posso não somente curá-los e redimi-los, também posso convertê-los, porque o Sangue derramado de Cristo, recolhido nestes pequenos cristais de césio, guardados nesta Sagrada Geometria de Deus, não só representa a redenção da humanidade, mas o testemunho físico e espiritual do Amor de Deus para com os homens. 

Assim, também, cada um dos elementos que foram utilizados na Paixão do seu Mestre e Senhor o representam. Cada um desses elementos é um símbolo espiritual, tem um profundo significado que vai além da mente humana.

Apesar dos padecimentos vividos, é com este Sangue Espiritual e Divino que Eu venho transformar os aspectos humanos, transubstanciar suas consciências no modelo espiritual que Deus necessita para estes tempos.

Por isso, não ponho Meus Olhos nas resistências humanas, mas no potencial que vocês têm em seu interior de poder amar assim como Eu amei o mundo e assim como hoje amo a humanidade.

Sua experiência de redenção poderia ser um grande testemunho de conversão para a humanidade, e muito mais almas se sentiriam atraídas para viver a mesma experiência.

É por isso que hoje lhes trago o Relicário do Meu Precioso Sangue, adorado pelos anjos, venerado pelos santos, contemplado pelos bem-aventurados.

E hoje, apresento-lhes esta Geometria Sagrada para que as suas consciências possam despertar e ir além do material, do intelectual ou do mental; alcançar a esfera sublime de consciência onde o único Deus habita e, também, contempla os méritos do sacrifício do Seu amado Filho.

Hoje trago este Relicário entre Minhas Mãos para espargir a sua Luz ao mundo. Recebam este potentíssimo caudal, doando e entregando suas mãos a Mim, em reverência, para que o código celular do Meu Sangue continue modificando a consciência humana, até que ela alcance a forma perfeita do arquétipo de Deus, baseado nas Esferas Sublimes onde se originaram os princípios da Criação, onde surgiram as primeiras formas conduzidas pelo Pensamento Divino e materializadas pelo Amor de Deus, antes da existência deste Universo material.

O Sangue Espiritual do Filho de Deus provém dessa Fonte.

A Consciência do seu Pastor teve que encarnar na Terra para modificar a história dos homens e desviar o destino de quantos estavam imersos na perdição.

O Sangue de Jesus, preciosamente elevado e transfigurado pelos méritos do Seu sofrimento e dor, é o princípio genético que a humanidade deverá resgatar para estes tempos, não apenas na filiação, com os Sacramentos, mas na vivência do Amor Crístico em cada ser, testemunhando ao mundo o serviço, a perseverança e a fé.

Adonai, hoje volto a entregar-Me aos Teus filhos por meio do Meu Sangue. Mas este é o Sangue da vitória, do amor e da luz, que provêm do Teu Coração; atributos que estiveram presentes no momento culminante da Minha Vida. 

Senhor, hoje não ofereço as angústias que sinto pelo mundo. Ofereço o triunfo do Sangue do Teu Amadíssimo Filho para que o código celular, proveniente da Fonte Espiritual da Tua Criação, desça ao mundo, una-se às almas e transforme os corpos que estão em redenção.

Enquanto os universos se abrem, os anjos contemplam o precioso Sangue do Senhor, que desce na Geometria Sagrada do Pai e manifesta o poder da glória da origem desta Criação.

Recebam, então, os Meus Códigos de Luz para que as suas vidas sejam transformadas conforme a Vontade do Pai, do Filho e do Espírito Santo, e tenham fé em que tudo se converterá no seu devido tempo.

Este é o terafim que hoje trago para a humanidade, abrindo as portas à redenção planetária, fazendo as almas mais imperfeitas partícipes dos méritos do Sangue de Jesus.

Quem puder, por um momento, ponha a sua cabeça no chão para receber de Jesus a Luz do Seu poderoso Sangue, presente no Sacrário do Seu Espírito e manifestado na forma perfeita da Geometria de Deus.

Contemplem os méritos do Salvador na união profunda com Seu Espírito, e tudo será transformado.

Podem levantar-se e levar as mãos ao coração.

É o Sangue Espiritual de Deus que hoje as suas vidas recebem, para que a Sua Vontade, algum dia, possa cumprir-se em vocês, assim como a Vontade de Deus se cumpriu em Mim.

Elevemos ao Céu este momento. Ofereçamos nossas vidas aos Pés do Criador e, em absoluta confiança, sigamos Seus passos, para que nossas vidas sejam guiadas pelo Propósito Superior e pela Divina Existência, a Fonte imaterial da Criação, de onde surgimos e para onde retornaremos, com tudo o que foi aprendido e vivido na Terra.

Ao redor de Jesus, neste momento, apareceram as santas mulheres.

Trouxe-as aqui, companheiros, como testemunhas do Meu Amor por elas, de um Amor eterno, inextinguível, de um Amor que as leva à paz.

Elas ungiram o ferido Corpo de Seu Esposo. Porém, hoje, elas são ungidas pelo Espírito de Deus, assim como vocês são ungidos pelo Espírito Santo, em sua máxima expressão de amor e de bondade.

Que o Ministério do Precioso Sangue do seu Mestre e Senhor sempre seja recordado pelo mundo para que as nações se cristifiquem, para  que os povos se convertam, para que as almas se redimam pela poderosa Fonte de Amor que provém do Meu Coração para o mundo inteiro.

"Pai Celestial, não olhes os erros do mundo, a indiferença das almas. Contempla, agora, a fé dos Teus filhos, a confiança dos Teus servos, a entrega dos Teus servidores, para que se cumpra na Terra o Teu Projeto Celestial. Amém."

Os sacerdotes podem aproximar-se, por favor.

É com imensa alegria que ofereço este momento a todos. E espero que esta alegria que nasce do Meu Coração possa ser sentida e compreendida por todos com o mesmo afeto e carinho que Eu dei aos Meus apóstolos.

Hoje lhes entrego Meu afeto espiritual e paternal.

Ajoelhemo-nos e agradeçamos a imensa caridade do Nosso Senhor.

Assim como confortei os apóstolos na última Ceia, hoje conforto cada um de vocês com o Meu Espírito, para que sintam o Amor de Deus vivo em cada uma das suas células, para que seus corpos acompanhem o fim destes tempos, para que não temam o que chegará em breve ao mundo e os acontecimentos que se precipitarão na Terra. Porque, se vocês estão em Mim, Eu estarei em vocês, e juntos estaremos no Pai Celestial, sob a Sua Glória, Graça e Misericórdia.

Por isso, companheiros, ofereço a consagração destes elementos com o mais caloroso afeto do Meu Coração.

Sinto que podem viver Comigo este momento de verdade. E que podem sentir em vocês, através das Minhas Palavras, a Luz de Deus que se entrega ao mundo nesta hora para resgatar a humanidade e o planeta, que agoniza e sofre em seu mais profundo silêncio.

Quero que se sintam partícipes e parte de Mim, do Meu Corpo Espiritual, da Minha Consciência e da Minha Alma, e que as suas almas, nesta hora de tantos erros e injustiças humanas, glorifiquem por meio do Filho ao Todo-Poderoso, Nosso amadíssimo e eterno Senhor Deus, a Fonte única, perpétua e eterna da Criação.

É pelos méritos do Meu Sangue que lhes ofereço o Meu caloroso Amor de Mestre e Senhor, porque sei que a sua hora culminante se aproxima, para cada uma das suas vidas, quando, na mesma solidão que Eu atravessei, deverão confiar absolutamente em Deus e em Sua Misericórdia para aprender a atravessar as provas difíceis que o mundo viverá.

Mas recordem, companheiros, que Eu voltarei para encontrá-los e reuni-los em Minha Graça, para voltarem a comungar do Corpo e do Sangue do seu Senhor, para a remissão das faltas e de todas as maldades do mundo.

Recebam o Meu afeto de Pastor. Sintam a consolação do Meu Espírito, do mesmo Espírito que se entregou aos apóstolos e à humanidade, o Espírito do Deus vivo que renova todas as coisas de tempos em tempos, como uma sublime e doce vibração.

Recebam o consolo que os anjos Me deram no Horto Getsêmani, porque sei que a sua carne é débil, mas o seu espírito é forte para poder seguir-Me e aceitar-Me, para poder responder-Me e, assim, cumprir a Minha Vontade.

Hoje venho fora da Minha Igreja por todos os que não Me encontraram e pelos que algum dia Me encontrarão por meio desta Obra, que humildemente e em imperfeição imita os sagrados exemplos do seu Senhor. Porque aqui Eu venho dar-lhes o Amor de Deus para que vivam a Verdade, para que aprendam a ser justos, bons e mansos, para que se arrependam e perdoem o que ainda não perdoaram.

Meu pedido ao mundo e aos presentes é que se perdoem, assim como Eu os perdoei em cada passo da Cruz, incondicionalmente.

"Eli Eli, Pai do Amor, da Unidade e da Sabedoria. Olam, Emmanuel, Mahadbi Abba, Shalom Adonai, Eloheinu, Tu que és Santo, Tu que és tudo para nós, Tu que entregaste Teu Filho por amor, para que Tuas criaturas vivam o perdão e a redenção, consagra esta água através do Teu amadíssimo Filho, para que as almas repousem nos Teus braços e curem suas feridas.

Iod He Vaud He, que estas velas sejam a luz do Teu Espírito nas almas sofridas que hoje serão batizadas pela força invencível do Teu Amor e da Tua Paz, e que os Teus filhos, neste batismo, neste dia de Glória, pelos méritos e as Graças do Teu Servo Jesus Cristo, encontrem o caminho para a Tua Vontade. Amém."

Ponhamo-nos de pé.

"Pai, Tu que renovas todas as coisas, hoje o Teu Amor renova todos os seres por meio da recordação da vivência deste amoroso sacrifício, que o Teu Filho entregou, em confiança, à humanidade."

Neste dia de Aleluia, quando os anjos cantam a redenção da humanidade, Eu volto a dizer-lhes: "Tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo que foi entregue por vocês para o perdão dos pecados".

Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. (Repetir três vezes.)

Do mesmo modo, hoje volto a dizer-lhes: "Tomem e bebam todos d"Ele, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da Nova Aliança, que foi derramado pelo seu Mestre e Senhor e por todos os mártires, para o perdão dos pecados".

Em nome do amor, da luz e da verdade, façam isso em Minha Memória.

Oração: Pai Nosso.

O Corpo e o Sangue Divino de Cristo.

Reverenciemos.

Alegrem-se os convidados ao servir-se deste Sacramento de redenção.

Hoje lhes dou a Luz do Meu Amor para que a reconheçam e a vivam. E hoje lhes dou o Meu abraço paternal para que saibam que a Luz do Amor sempre será verdadeira, infinita e eterna.

Em alegria, irmandade e silêncio, vocês se darão a saudação da paz, para que a paz esteja na humanidade.

Que a Paz do Meu Coração esteja em vocês e em todos os que a suplicam.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agradeço-lhes.

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, DURANTE A SAGRADA SEMANA, 5º DIA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Pai Nosso (em Aramaico).

Hoje venho com alegria celebrar a imolação do Cordeiro, mas desta vez por meio da Minha Misericórdia e não do Meu sofrimento.

Porque Eu já padeci por vocês, sofri por vocês, como foi dito na anunciação do Evangelho de hoje.

Mas muito mais coisas aconteceram naquele tempo e hoje, especialmente, a pedido de Meu Pai Celestial, venho para dar-lhes a conhecer muito mais dos mistérios de Amor que Seu Mestre e Senhor viveu por vocês e pelo mundo.

Que hoje seus corações voltem a alegrar-se, que seus espíritos entrem em júbilo, porque o início de sua redenção está próximo e o fim do cativeiro chegará para muitas almas que têm buscado desesperadamente a presença do seu Senhor.

Hoje serão ungidos pelo Espírito Santo.

Eu os convido a viver neste ministério sacerdotal, para que possam representar-Me na Terra como Meus apóstolos, não apenas dentro desta Igreja que Eu construo com vocês, mas dentro de toda a Igreja que está na Terra, que apesar de viver seu tempo de tribulação, como foi profetizado por Seu Senhor, o amor de Minha Igreja nunca perecerá, porque esse amor é sustentado pela fé dos crentes e dos devotos, pela vida religiosa e, especialmente, pela vivência do Sacramento da Eucaristia.

Isso faz, companheiros, com que os cimentos da Minha Igreja Celestial ainda estejam firmes sobre a superfície da Terra, apesar dos tempos de caos e de crise planetária, apesar do sangue que ainda é derramado injustamente no mundo.

Mas é pela devoção e pela fé dos Meus crentes e devotos que Eu instituo a Minha Igreja Celestial nas almas, para poder fazê-los dignos no Senhor e partícipes de Sua Santa Paz. Amém.

Mas antes de revelar-lhes o mistério do Meu Amor presente na Última Ceia, esta Ceia que hoje celebraremos juntos será o momento em que cada um de vocês terá a oportunidade, ante o Pai Celestial, de que, não apenas por suas almas, mas também pela humanidade, este planeta receba a última oportunidade que necessita para poder arrepender-se e fazer penitência, afirmando na vida de cada ser a Presença do Senhor, do Todo-Poderoso.

Começaremos esta cerimônia

Que soem os sinos pela Igreja Celestial que, nesta hora culminante do Planeta, diante do grande sofrimento da humanidade, desce à Terra para trazer o Princípio da Luz e da Redenção.

Espero pelas badaladas.

É parte da Cerimônia de Deus construir este momento juntos, até o plano físico e, assim, o Espírito de Deus aproxima-se nesta hora da humanidade.

Daremos início a esta Cerimônia.

Instrumental de Pater Noster.

Ponhamo-nos de pé.

Senhor Deus Todo-Poderoso, infinito Mistério de Amor e Verdade, que Teus anjos desçam à Terra neste momento para que as portas do mal sejam fechadas. Que assim seja. Amém.

Abençoa com esta água, Senhor, os que necessitam do Teu Perdão e da Tua Graça, e que esta água derrame a Tua Misericórdia no mundo.

Hoje o Sacerdote Maior reúne todos os sacerdotes da Terra para que vivam Seu Princípio Crístico e para que, através de seu exercício e de seu ministério, tragam Cristo à Terra por meio dos Sacramentos, da oração, do canto e da fé.

Cantemos Pater Noster.

Inspiramos.

A pedido de Nosso Senhor Jesus Cristo, vamos proceder à consagração de um sacerdote, neste dia especial em que o Sacerdote Maior se faz presente para renovar nossas vidas.

E assim como formei os primeiros apóstolos, hoje os formo para que vivam os Princípios da Minha Igreja Primitiva, as sagradas raízes da Igreja, os sagrados Dons que Eu entreguei a Pedro uma vez e que hoje lhes entrego para que levem Meu amor a toda a Terra. Amém.

Madres, podem acender as velas.

Que Deus, através destas Mãos, faça descer o Céu à Terra.

Que exorcizes, com este instrumento, os espíritos impuros, para que os corações sejam liberados de toda perturbação e alcancem a paz.

Consagra, Pai Eterno, esta alma ao Teu eterno serviço; que represente na Terra os Meus Desígnios e que leve adiante a Minha Santa Vontade para que todas as almas que o encontrarem possam receber, através dele, a Minha Santa Comunhão, o Meu Santo Perdão para sempre. Amém.

Como naquele tempo, purifico suas mãos, cabeças e pés para que, neste exercício de entrega à Vida Maior, concretize-se na Terra a Vontade de Meu Pai. Amém.

Mais água, por favor.

Neste momento, realizaremos a representação da Última Ceia.  Depois que Nosso Mestre e Senhor lavou-nos as mãos e liberou-nos de nossas impurezas, entramos no Templo de Seu Coração para celebrar com Ele este mistério de Amor.

As Madres podem aproximar-se, porque nesta Sagrada Eucaristia seu Mestre e Senhor não somente esteve com os apóstolos, mas também com as santas mulheres, em espírito e em onipresença, celebrando a Comunhão espiritual com cada uma delas.

Apesar de tudo o que vivi e sofri por vocês, entreguei-Me incondicionalmente para a remissão dos pecados.

Por isso, tomei o pão, dando graças a Deus, e Ele o abençoou. Disse aos Meus amigos: "Tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo, que será entregue por vocês para o perdão dos pecados".

E assim, tomei o Cálice, dando graças a Deus, e Ele o abençoou. Disse aos Meus amigos: "Tomem e bebam todos d'Ele, porque este é o Cálice do Meu Sangue, que será derramado por vocês para a remissão dos pecados. Façam isto em Minha Memória".

Adoramos-Te Senhor e bendizemos-Te. Amém.

E em unidade perfeita com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, companheiros, repitam a oração que Eu amorosamente lhes ensinei:

Oração: Pai Nosso (em Português).

O Corpo e o Sangue Divinos de Cristo. Bem-aventurados serão os que se servirem deste Sacramento, porque terão vida eterna. Amém.

Escutamos sete badaladas.

Comam do Meu Corpo. Bebam do Meu Sangue.

Por favor, os panos para os Cálices.

Mantenhamos a união com nosso Senhor, que ainda presente nesta Eucaristia, em contemplação e adoração.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Os presentes podem sentar-se.

E assim os apóstolos, naquele tempo, receberam muitos mistérios do Meu Coração, porque desde o primeiro momento em que comungaram do Meu Corpo e do Meu Sangue eles receberam a grande ajuda do Espírito Santo, que os prepararia para o grande momento das suas vidas, após Minha Ascensão, que era poder representar-Me e viver-Me por meio do Meu Ministério Sacerdotal.

Da mesma forma, as santas mulheres, com a Minha Santa Mãe, receberam a inspiração de entregar suas vidas completamente, para consagrá-las a Deus, viver em retiro e vigília para poder contemplar e rememorar a Paixão de Seu Mestre e Senhor.

E assim também todos os que uma vez participaram do Sacramento da Comunhão, mesmo depois da Minha Ressurreição, quando apareci em vários povoados de Israel, essas almas levaram consigo, interiormente, os méritos da Minha Paixão e os triunfos do Meu Coração, sendo ainda um homem.

A Eucaristia é o maior testemunho da revelação do Amor de Deus para os homens, porque nela se concentra a própria manifestação da Santíssima Trindade, quando o Corpo e o Sangue de Cristo são consagrados e transubstanciados na celebração eucarística, ante a Consagração do Corpo e do Sangue de Cristo, da transformação do pão e do vinho em Luz, porque todas as almas têm novamente a oportunidade de viver a Paixão de Cristo, de reconhecer Seus padecimentos e Sua dor, Seu sacrifício e Sua entrega até o último momento de Sua expiração.

Viver a Eucaristia é renovar os votos com o Pai Celestial, é assumir uma vida Crística de serviço e de amor pelos demais, é fortalecer-se ante as tempestades e as provas, para tudo o que sucederá no fim destes tempos.

Receber a Comunhão totalmente transubstanciada e iluminada pelos méritos da Paixão de Seu Senhor é entrar na Igreja Celestial de Cristo e passar a fazer parte de Seu Corpo Místico, vivendo todos os dias a comunhão com Seu Corpo Espiritual.

As santas mulheres não puderam estar presentes na última Ceia, porque o legado que Eu deixaria para os Meus significaria e representaria a transformação e a redenção de todos os seres da Terra, quando tão somente recordassem, através da Eucaristia, a Paixão do seu Senhor.

Cada vez que celebram a Comunhão Comigo, não só reafirmam os méritos da Paixão do seu Senhor, senão que suas vidas se transformam pouco a pouco, até que algum dia encontrem completamente a unidade com Deus. Sejam Um com o Pai, assim como o Filho é Um com Seu Pai, e assim Eu poderei ser Um com vocês e vocês serão Um em Mim.

Naquele tempo, entreguei tudo sem nenhuma condição nem regra. Aceitei o sacrifício por vocês até o fim dos tempos porque sabia, desde o princípio, no mais profundo do Meu Coração que, através dos tempos e das gerações, muitos mais Me representariam.

Por isso devem fazer valer seu sacerdócio, para que o sacerdócio prevaleça na superfície da Terra, espaço no qual o Céu encontrará um lugar por onde descer e atuar, por onde obrar e entregar as Graças do Pai a todas as almas.

O Cordeiro foi entregue ao pior matadouro, mas isso aconteceu por Amor e Misericórdia, para que os homens da Terra, através de todos os tempos, alcançassem o Perdão de Deus.

Hoje o mundo não revive verdadeiramente a Minha Paixão. 

O sacerdócio tornou-se um escândalo na humanidade. Por isso, decidi vir aqui buscá-los, os imperfeitos, os não formados, os menos instruídos para que, por meio da intervenção de Deus, respondendo à Sua Vontade e ao Seu pedido, Seu Próprio e Divino Filho instrua-os na Igreja Celestial, Igreja Celestial que muitas almas perderam por seus erros.

Esse foi o verdadeiro legado que Eu deixei a Pedro e aos apóstolos. E por meio dos Sacramentos, especialmente pelo Sacramento da Eucaristia, não somente os sacerdotes, mas também o povo de Deus alcançará a Graça Espiritual e Divina: ingressar na Igreja Celestial. Porque é na Igreja Celestial, que levita nos Universos Maiores, onde alcançarão e encontrarão a Verdade, além dos homens e de todas as formas.

É nessa Igreja que Eu os convido a entrar todos os dias. E em seus corações, em suas essências, em seu mundo interior está uma chispa de Deus que os une e conecta com essa Igreja Celestial.

Por isso não permitam, companheiros, que as aparências os confundam, que as provas do fim dos tempos os atormentem.

Reafirmem sua fé na Minha Igreja Celestial e visitem frequentemente Seu Mestre e Senhor, presente em todos os Sacrários da Terra. Assim, seus corações se acenderão e o fogo vivo do Meu Amor estará com vocês.

Atravessarão tempestades e desertos, momentos duríssimos e difíceis, vocês com suas famílias, com seus conhecidos, como também em suas nações. Porém, há algo que nunca os fará perder a fé: é o Meu coração que se entrega ao mundo em sacrifício novamente, para que seja reconhecido, respeitado e adorado no Sacramento do Altar, sacrifício amorosamente entregue aos homens e mulheres da Terra, para que vivam no Caminho da Redenção.

As portas dos infernos tremerão diante da presença da Minha Igreja Celestial na Terra e, ainda mais, a Minha Igreja alcançará seu poder e esplendor no coração de todos os que a invocarem, a respeitarem e a viverem, assim como os Mandamentos.

Nunca deixem de se amar, porque será esse amor, por mais que seja pequeno, imperfeito e insignificante, que os manterá em unidade e não perecerão diante dos embates do Meu inimigo.

Antes, Eu enviarei o Arcanjo Miguel para que feche as portas e exorcize o mal e para que as almas renasçam na divina Esperança de Deus para estes tempos.

Hoje não digo isso somente por vocês, senão por toda a humanidade, que está cega e surda diante do sacrifício de seu Mestre e Redentor.

Mas hoje, com sua presença, adesão e amor diante deste grande sacrifício oferecido pelo Cordeiro de Deus, vocês tornam dignos os altares do Pai e os anjos cantam glória e louvores para fazer reviver a paz nos corações.

Quisera poder dizer-lhes muito mais coisas, porém, sei que seus corpos têm um tempo para poder suportá-lo.

A verdadeira Ceia do Seu Mestre e Senhor não durou somente um momento, mas três horas, nas quais os Meus apóstolos contemplaram as três fases do Mistério de Deus presentes no Corpo e no Sangue de Cristo.

Hoje vocês recebam este Sacramento com essa consciência e amor de que o próprio Deus volta a Se entregar ao mundo para que a Sua Misericórdia os salve e os redima neste tempo final.

Elevo ao Céu, Pai, as Minhas preces, para que acendas em Tuas criaturas a Verdade, Verdade que as fará encontrar o Caminho do Amor e da paz, da Esperança e da renovação. Não deixes que ninguém fique sem esse impulso de Luz que hoje o Meu Coração Misericordioso traz. E que, pelos méritos infinitos da Minha Paixão, as almas vivam no Universo da Tua fé e do Teu Amor para sempre. Amém.

Nesta Ceia de Renovação, Eu os consagro e os renovo e entrego-lhes a Minha Paz. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Em solenidade e em absoluto silêncio se darão a saudação da paz para que este impulso de Luz que hoje lhes trago se irradie ao mundo.

Que possam dar-se a saudação da paz da mesma forma que Eu entreguei a paz aos Meus apóstolos, em silêncio e em contemplação.

Agradeço-lhes.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aprende a deixar-te sustentar e renovar pelo amor de teus irmãos, assim como Cristo se renovava no caminho do Calvário ao observar a presença de Sua Mãe Divina, das santas mulheres e de alguns de Seus companheiros.

Neste tempo, apesar de que cada um carregará a sua própria cruz, só se chegará ao Calvário e à cristificaçao com o auxílio uns dos outros, com o amor e o sustento do próximo. Porque o Plano de Deus se manifesta através da unidade; ela é o veículo para o despertar do amor.

Por isso, caminhando com tua cruz, deixa-te ser ajudado, além de ajudar. Permite que sejas amado, além de amar. Recebe o serviço e a entrega de teus irmãos, além de servir. Compreende que é junto com teus irmãos que haverás de viver a renovação no amor.

Essas são as chaves para que trilhes este caminho e aprendas também da essência da humildade que provém do Coração de Deus.

Teu Pai e Amigo,

 São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Segue os passos das santas mulheres e também leva contigo os óleos que ungirão o Divino Corpo do Senhor. Caminha ao lado delas, decidido a encontrar, dentro de ti, o Amado Senhor.

Segue os passos das santas mulheres; sente nelas o amor redentor que as arrebata, a constante renúncia para viver em Deus e a confiança absoluta no Primogênito.

Segue os passos das santas mulheres que vão ao encontro do Sepulcro. Aproxima-te, junto a elas, do Sagrado Corpo do Senhor, que repousa entre lençóis e flores que honram Seu Sacrifício de Amor.

Prostra-te no chão como as santas mulheres; revive esse encontro com Cristo como se fosse a primeira vez.

Sente o fervor decidido das santas mulheres, a valentia inalterável de seus corações adoradores do Senhor e fica ajoelhado ante o Altíssimo Filho.

Olha-O com devoção e gozo. Ele logo ressuscitará dos mortos e cantos de "Aleluia" serão ouvidos.

Unge com tuas mãos o Divino Corpo do Senhor e limpa Suas feridas.

Lava com água o Corpo do Senhor e envolve-O no sagrado sudário da Restauração.

Fica ao Seu lado em vigília e afirma a vitória do Senhor acima de tudo.

Sai do Sepulcro com as santas mulheres e, no jardim, entra em oração para esperar a Ressurreição do Salvador.

Essa hora se aproxima, na qual o Cristo interior terá um lugar para sempre na vida de Seus discípulos.

Agradeço-vos por responderdes ao Meu chamado!

Abençoa-vos,

Vossa Mãe, Maria, Rosa da Paz

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA O SAGRADO CHAMADO

Vocês foram criados por um propósito e não é por casualidade que hoje estão aqui, aos Pés do Criador.

Vamos agora ao universo de sua essência descobrir o que existe ali, o que é eterno, perpétuo e infinito, o que nada nem ninguém podem dissipar, de onde vocês surgiram para vir aqui, à Terra, cumprir o Projeto da Redenção e do Amor.

Coloquem sua atenção, neste momento, no centro de seus seres e ingressem junto Comigo no universo de sua essência para encontrar-se com Deus, para renovar seu propósito, para seguir caminhando até que cumpram, companheiros, a meta que Deus colocou para vocês. 

Olhem para dentro de sua essência, contemplem-na com um grandioso amor.

Sintam a Fonte Original que existe dentro de vocês e como a Luz espiritual do Meu Amor penetra as capas mais profundas da consciência para elevá-los, para transcendê-los, para colocá-los nas Mãos de Deus.

Nesta noite, quando a luz interior se acende pela intercessão do Meu Sagrado Coração, observem até suas essências.

Descubram em seu interior a única Verdade, a que os fará livres deste cativeiro, desta prisão planetária, de todo erro.

Eu venho buscar, nesta noite, a essência de seus corações, o que existiu uma vez no princípio como consciência e energia.

Retornemos a essas origens.

Eu vim aqui nesta noite para levá-los a esse lugar, onde vocês começaram a ter vida espiritual, anímica e física.

Suas essências vieram viajando através dos tempos, realizando esta trajetória, a caminho da redenção.

Vejam dentro de suas essências, no mais íntimo de seus corações, a Fonte Criadora de Deus, que os renova, que os cura e que lhes concede a redenção. 

Voltemos à origem, ao princípio de tudo, quando o nosso Pai Eterno, em Suas mais altas dimensões, em Seus maiores graus de Amor, pensou em criar criaturas tão semelhantes a Ele, assim como vocês são neste tempo.

Recordem, filhos, que vocês são filhos de Deus, que são filhos da Vida, filhos do Amor, que vêm de uma existência que nunca morreu, que é perpétua, eterna e muito sublime. 

Retornem às suas essências e perguntem ao seu interior: Que Tu queres de mim, Pai? 

Quietude. Quietude. Quietude. Não interrompam o que estou fazendo.

Vim aqui para elevá-los a Deus, para que sejam parte do que existe e é infinito.

Retornem sua atenção à essência de Seu Amor, aquela que surgiu da Fonte e viveu muitas experiências para poder chegar aqui e dizer sim à redenção.

Hoje venho dissipar as forças da contrariedade, porque onde o amor está presente, está Deus; e seus corações estão em Deus, assim como Deus pode estar em vocês.

Vamos agora à origem do que em verdade são, para que conheçam como foram criados no princípio, antes de serem almas, antes de serem espíritos, para que conheçam como eram quando foram essências na Fonte do Amor de Deus, junto aos Pais Criadores, os Arcanjos, no lugar de onde surgiram milhões de vidas para este Universo.

É assim, companheiros, que hoje não estão sós aqui; está todo o Universo, toda a existência e toda a vida, através do Meu Sagrado Coração.

Sejam valentes. Penetrem este mistério que hoje o Meu Coração concede para que possam conhecer-se conscientemente. 

Vejam-se como seres no amor e sigam adiante, atravessando estes tempos, superando todos os obstáculos, elevando sua consciência ao Criador.

Ajoelhem-se diante de Mim. E, em um ato de reconciliação por meio do Meu Sagrado Coração, retornemos à Vida, ao que sempre foram. 

Venham Comigo à Fonte da Criação e encontrem ali suas essências, o que é puro, o que não tem sofrimento, o que é eterno e invencível perante os Olhos de seu Criador.

Olhem para dentro de si e busquem a esfera de sua essência, a luz mais profunda de suas consciências, o que nasceu da Fonte e vem, através dos tempos, aprendendo sobre o amor e o perdão.

Eu venho nestes tempos buscar a verdade que existe em vocês, verdade que Me traz até aqui, de forma contínua e paciente, até que, por si sós, vocês possam entrar em comunhão com essa verdade.

Assim, livrarão seu Mestre para que possa seguir atuando no mundo com outros milhões de essências que estão perdidas e longe do amor, do Amor da Fonte.

Coloquem em suas mãos essa essência de luz como se fosse um recém-nascido.

Sintam essa esfera de luz entre suas mãos e, ao mesmo tempo, em sinal de súplica, reconciliemo-nos com Deus.

Essa é a essência que está em vocês e que busca o caminho de retorno ao Coração do Criador.

Vejam como Deus criou as suas essências com imenso amor, com eterna doçura, com uma incomensurável compaixão.

Essa é a essência que deve retornar à Fonte com o sinal marcado da Redenção, dizendo sim ao Perdão e à Misericórdia Divina.

Com esses milhões de essências, seu Mestre e Senhor, Jesus Cristo, vem trabalhando através dos tempos. 

Vocês não são só matéria, também são energia que provém da Fonte e que uma vez desviou os seus caminhos, para que neste tempo voltassem a encontrar o caminho da redenção e do amor.

Eu venho  conceber em suas essências a Graça da renovação, do serviço mútuo, de uma extrema caridade e de uma infinita consideração pelo próximo.

Com essa essência que Deus lhes deu, que é frágil e singela, que é simples e pura, retornem, companheiros, à escola do amor, porque o amor os curará, o Amor de Deus os salvará e logo serão dignos filhos de Deus, merecedores de Sua Misericórdia infinita, servidores incansáveis que nunca abaixam os braços, que sempre dizem sim à Hierarquia Divina.

Sintam entre suas mãos a sua divina essência, sintam como os Anjos e Arcanjos contemplam suas moradas internas.

Creiam que é possível superar tudo por meio do Amor que hoje o Meu Espírito semeia em suas essências para dar-lhes, novamente, a vida espiritual e a união eterna com o Criador.

Assim como suas essências se prostram ante o Altíssimo, colocando-se aos Seus Pés, assim hoje quero, companheiros, que cada parte de seus seres se prostre ante Deus como um ato de reconciliação, de perdão e de cura.

E agora, Pai, que vês o que Eu venho buscar de tempos em tempos, o que Tu criaste à imagem e semelhança de Tua Existência, Adonai, Teu Filho implora por estas essências e por todas as essências que estão longe de Ti.

Assim como estás no Céu, Pai, que Tu possas estar na Terra, e, quando Eu voltar, rodeado pela Tua Glória e pelo Teu Poder, todas as essências do mundo vivam o seu último passo para o perdão.

Emmanuel, escuta a Voz de Teu Filho, que uma vez esteve na Cruz por todas as essências do mundo, por todos os que caíram nos abismos.

Escuta a Voz de Teu Filho, Adonai, Emmanuel e Abba.

Prostrando-Me aos Teus Pés, Pai Eterno, ofereço Meu Corpo, Meu Sangue, Minha Alma e Minha Divindade pelas essências que hoje devem estar Contigo para servir-Te e honrar-Te.

 Ofereço-Te, Pai, Meu Sagrado Coração, pelos corações ingratos e injustos.

Ofereço-Te Meu Espírito para que Tu estejas presente em tudo que existe e vive, em tudo que respira, para que se apague a célula do mal, para que renasça a Luz de Tua Divina Consciência, Adonai.

Eli, Eli, escuta a Voz de Teu Filho, que com grande expiação e Misericórdia dissolve o erro, a desunião e o desamor, para que triunfe, Pai, Teu Plano sobre este planeta.

Prostramo-nos todos diante de Ti, amado Criador, porque respiraste e criaste a vida, porque sentiste e surgiram as criaturas, porque pensaste e doaste sem restrições Teu Universo para que pelos séculos dos séculos Te louvemos, honremos-Te, supliquemos a Ti e, assim, estejamos em comunhão com Teu Espírito imaterial.

Derrama Tua Graça sobre estas essências.

Derrama Teu Amor sobre estas vidas para que se cumpra, Adonai, Teu Projeto, e as almas se redimam e vivam até o fim de suas vidas na Tua Paz.

Hoje rego esta árvore que estava secando, e vejam como o Amor transforma tudo, faz tudo rebrotar; tudo volta a florescer porque não deixei que sua essência morresse e, no bálsamo do Meu Amor, nutri-a com Meu Espírito.

Que se alegrem os que estavam mortos.

Que sejam felizes os que esperavam uma Graça, porque não Me cansarei, não Me cansarei até alcançar o que espero de suas essências.

Amem-se uns aos outros como Eu os amei até o último momento na Cruz. E, quando não se amarem, quando não se unirem, recordem de Mim na Cruz, tudo o que Eu padeci por vocês até o fim de suas vidas, que assim recobrarão a força, recobrarão a valentia e a coragem para poder amar além de si mesmos.

Que se cumpra o advento das novas figueiras.

Que rebrotem da terra as sementes da irmandade, porque o Todo-Poderoso escutou Seu Filho, e os anjos derramaram sua Graça no mais profundo de seus seres.

Hoje se cumpre a Escritura.

Verão o Filho de Deus vir entre as nuvens, e o sopro de Seu Espírito vivificará suas consciências, e o mal se dissolverá, porque o Amor do Sacrificado Coração de Jesus triunfará até a Nova Terra.

Que se dissolvam os nós da separação humana.

Que se estabeleçam os laços do amor e da fidelidade, porque o Pai da Misericórdia escutou a Voz do Redentor.

Coloquem suas mãos sobre o coração.

E que possam sentir todos os dias este mistério, que já não é mistério, mas o simples Amor de seu Redentor que vem refazer todas as coisas.

Porque, quando caí três vezes com a Cruz, prometi ao Pai que Eu renovaria todas as coisas.

E bem-aventurados serão os que se deixarem renovar por Mim sem temer as mudanças, porque o que Deus quer entregar-lhes é o Seu Coração, para que viva em vocês, em essência e eternamente.

Celebremos, então, este ato de reconciliação, porque seus pecados foram purificados e suas faltas foram perdoadas.

O Sacerdote Maior veio celebrar a Comunhão Reparadora, para que se lembrem todos os dias de cumprir a promessa de ser parte do Meu Amor e de expressá-lo a cada momento.

Escutemos as trombetas dos anjos, que soam para anunciar a Palavra Divina e voltar a instituir, neste lugar, a Santa Eucaristia, o triunfo perpétuo do Amor e da Vida do seu Mestre e Senhor Jesus Cristo.

E hoje, aos Meus Pés, não tenho somente as santas mulheres que ungiram, no sepulcro, junto a Maria, Minha Mãe, e Maria Madalena, Meu Corpo flagelado. Mas também tenho aos Meus Pés os que uma vez não Me reconheceram, os que viveram milagres e os que se converteram aos pés da Cruz, quando Meu Sangue brotou do Meu Lado e Minha Água penetrou as entranhas da Terra para renovar o Projeto do Criador.

Que suas essências hoje se fundam na Minha Essência original, na Minha Divindade, na Segunda Pessoa de Deus, o Filho Primogênito, o Unigênito, o Redentor, e que essas essências que vivem e brilham em vocês os ajudem a viver as mudanças no fim destes tempos.

Só o Amor os fará livres, e quando não estiverem no Amor e na Verdade, chamem-Me. Eu lhes darei a força para amar assim como amei até o último momento da Cruz.

E como ato de reparação e de cura, para a transubstanciação do pão e do vinho de suas essências, hoje pedirei uma canção que reflita o amor que Eu tive por vocês no Calvário: "Cristo del Calvario".

Que o símbolo dessa canção os ajude a ter a mesma força, a mesma coragem e a mesma valentia que seu Mestre e Senhor teve até o último momento, ao expirar na Cruz por todos vocês.

Quando não conseguirem humilhar-se, ajoelhem-se; quando não conseguirem apaziguar-se, coloquem seus rostos no solo; quando não forem humildes, coloquem-se em cruz no solo, que Eu os ajudarei a transformar o  intransformável, a liberar o que resiste, e sentirão o Fogo do Meu Amor em seus corações, assim como fizeram as santas mulheres até o último momento, superando todas as provas, todos os obstáculos, para estar perto do Sacrificado Filho, do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

E antes de escutar essa canção que faz o Meu Coração humilde, porque em verdade é Deus que é em Mim para que Eu possa ser em vocês, recordo-lhes a Ceia e o momento culminante da Comunhão com os apóstolos e todas as almas presentes, há dois mil anos, em Jerusalém, quando tomei o pão e dei graças a Deus pelo sacrifício, dizendo:

Tomem e comam todos dele, porque este é o Meu Corpo, o Corpo Essencial de seu Senhor, que se entregará a vocês para o perdão dos pecados.

Do mesmo modo, tomei o Cálice, dando graças ao Criador pelo sacrifício, e lhes disse:

Tomem, tomem em confiança e bebam deste Cálice, o Cálice da Nova Aliança, Sangue que será derramado por vocês para o perdão de todas as faltas.

E nesse momento, a Santíssima Trindade, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, desceram e instituíram a Eucaristia.

Hoje Te peço, Adonai, que não deixes a Tua Sagrada Árvore morrer, Árvore tão semelhante à sarça ardente de Moisés, onde uma vez Te mostraste, tão pequeno e humilde, às Tuas criaturas. 

Que o mesmo Espírito e o mesmo Fogo que penetrou na consciência de Moisés hoje penetre na consciência dos que instruem, dos que guiam Teus rebanhos, para que Teu poderoso e invencível Amor sempre triunfe. Amém.

Escuto a canção.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Enquanto Meu amado Filho se preparava para enfrentar o momento mais cruel de Seu sacrifício pela humanidade, as santas mulheres entraram, espiritualmente, em clausura e oração para acompanhar, de coração, seu Santo Senhor.

Os padecimentos e tristezas que Meu amado Filho enfrentaria pela humanidade ingrata ajudariam a elevá-la a um nível de consciência que nunca tinha alcançado até esse tempo.

Jesus veio ao mundo para renovar tudo e fazer desta raça um projeto resgatável, a fim de que Novos Cristos despertassem, ao longo dos tempos, para dar continuidade à Obra de conversão e redenção da humanidade.

Meu Filho veio para entregar-Se por inteiro, para que a humanidade aprendesse a amar de verdade e estivesse livre de expectativas e de resultados.

Jesus abriu para o mundo a porta da humilhação por meio de Sua Sagrada Paixão. O que Ele viveu, naquele tempo, permitiu que outras realidades espirituais se manifestassem nesta época.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Ama-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Depois que Jesus entrou em Jerusalém, o Pai enviou centenas de anjos a serviço de Seu Primogênito para que o acompanhassem durante Seu ingresso no Templo, lugar onde Nosso Senhor demonstraria à humanidade o nível de consciência e precariedade na qual se encontrava.

Foi o Propósito de nosso Pai Eterno que Jesus contasse com a força e o poder de centenas de anjos para derrubar as velhas estruturas espirituais das consciências humanas que se manifestavam através dos comércios e dos negócios.

Quando Jesus entrou no Templo e viu que a Casa de Seu Pai Celestial estava rodeada por energias baixas e mundanas, Seu Coração deu a ordem de expulsar todos os ídolos materialistas que eram venerados.

O Filho do Pai quis declarar a todos a existência de um Único Deus, o Deus do Amor.

Com a entrada de Jesus no Templo de Jerusalém, Meu amado Filho sabia que, desde esse momento, Ele seria repudiado por haver retirado a vida materialista e ambiciosa da Casa de Seu Pai e por haver expulsado todos os que, através do Templo, tiravam seus proveitos e eram infiéis.

Aquele dia, o Senhor já sabia que Sua hora se aproximava; enquanto isso, as santas mulheres estavam em Jerusalém à espera do grande acontecimento depois da Última Ceia do Senhor.

Os anjos anunciavam, em sonhos, aos simples de coração, que a derrota do reino das trevas estava próxima, porque o Primogênito entregaria Sua Santa Vida pela libertação absoluta da humanidade.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

 

Mensagens diárias
MENSAJE DIARIO DE MARÍA, ROSA DE LA PAZ, TRANSMITIDO EN EL CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AL VIDENTE FRAY ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Enquanto as santas mulheres estavam próximas de Jerusalém, pelo outro lado, o Divino Filho também já se aproximava da cidade na qual Ele seria repudiado e morreria por todos.

Por um ato de Amor infinito e incompreensível para a mente humana, Meu Amado Filho entregaria toda a Sua Vida e Divindade pela salvação da humanidade e do planeta.

Durante a viagem para Jerusalém, que Meu Amado Filho realizava com seus apóstolos, Pedro perguntou-Lhe porque Ele, sendo o Messias e o Salvador de Israel, devia passar por essa experiência.

Jesus, atento ao movimento de Seu adversário, declarou de viva voz que a Vontade de Deus se cumpriria neste Universo e neste planeta e que nada nem ninguém poderia tentar ou alterar essa Vontade Divina.

Dessa forma, Jesus despertou em Seus apóstolos a fortaleza e a fé para que nos momentos difíceis da Paixão de Cristo suas consciências se mantivessem serenas, e não cheias de temor por acreditar que tudo havia sido um fracasso.

A entrega de Jesus possibilitou provar a confiança dos Seus seguidores em algo que é Maior e Divino. A Paixão de Jesus permitiu revelar ao mundo a condição inferior em que, naquele tempo, encontrava-se toda a consciência humana.

Jesus, antes de ingressar em Jerusalém, verteu sobre os Seus os códigos lumínicos mais elevados, para que, no momento crucial, os apóstolos se resguardassem espiritualmente diante das forças e das energias que se moveriam.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Depois que Jesus curou a cegueira de uma pobre e simples mulher, acordou com as doze santas mulheres que acompanhavam Minha Divina Consciência que se encontrariam domingo à noite na casa de uma delas para terminar de preparar a grande tarefa que Ele realizaria pela humanidade: Sua Divina Paixão.

As doze santas mulheres, depois de terem-se desposado com Jesus em Bethânia, saíram em peregrinação por outro caminho que as conduziria até Jerusalém. Com orações, jejuns, e sacrifícios, as santas mulheres, junto a Maria e durante o caminho para Jerusalém, começaram a viver êxtases inexplicáveis, o que as fazia mais conscientes da Paixão que viveria seu Santo Esposo Espiritual.

Minha Divina Consciência foi relatando ao longo da peregrinação as visões que o Pai Eterno, através do Arcanjo Gabriel, Me enviava sobre o duro momento e sobre a agonia que Cristo viveria.

Sem saber, as doze santas mulheres, que caminhavam rezando e jejuando para Jerusalém, começaram a viver de uma forma antecipada a Paixão de Jesus.

No domingo à noite, elas receberam do próprio Jesus e através do legado que deixaria Minha Divina Consciência todos os detalhes sobre a preparação da Última Ceia; perceberam as indicações para esta cerimônia por meio de sonhos e por orientação direta de seus anjos da guarda.

Isso permitiu que estivessem em comunhão perpétua com o Sagrado Coração de Jesus, acontecimento que, no final dos tempos, repercutiria em todo o gênero feminino.

Antes de chegar a Jerusalém, as santas mulheres declararam a Maria a união interna com o Seu Coração de Mãe e confirmaram que compartilhariam com Ela e por Ela todos os martírios e dores que a Santa Mãe viveria para aliviar o Seu Amadíssimo Filho.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado.

Unifica-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Depois de que Jesus esteve em Bethânia reunido com as doze santas mulheres, Nosso Senhor partiu rumo a Jerusalém acompanhado por alguns dos Seus apóstolos. Esse era o momento em que Ele, como homem, enfrentaria Sua grande tarefa espiritual pela humanidade.

O Mestre, nesta viagem, visitou outros lugares que estavam no caminho, onde depositou mais códigos de Luz, com a finalidade de que a humanidade se servisse deles no futuro e através das gerações seguintes que viriam após Ele.

Pela última vez e na presença interior do Pai, Meu Filho passou por algumas cidades e povoados acompanhado de Seus apóstolos, para ensinar-lhes como curar, sarar, liberar possuídos e sobretudo, instruir e proclamar a Boa Nova.

O Santo Senhor tentou deixar gravada na consciência da humanidade a importância de Sua passagem pela Terra e o momento esperado de Seu segundo Retorno ao mundo.

Neste sentido, Jesus, que depois seria reconhecido como o Cristo, revelou às almas os mais altos graus de Amor para que elas, apesar de qualquer circunstância ou situação, nunca esquecessem que o Amor de Deus está presente em tudo o que foi criado.

Assim, Meu Amado Filho percorreu vários lugares da Terra Santa antes de ingressar em Jerusalém no dia de domingo, quando começaria a Páscoa; momento em que o Cordeiro seria imolado e sacrificado pelas próprias mãos daqueles que o entregaram por engano e erro.

Durante Sua visita aos povoados da região de Israel, Meu Amado Filho deixou presentes as chaves espirituais para que, assim que fosse condenado à cruz do mundo, as almas recordassem quem, na verdade, Ele havia sido.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Uma semana antes de começar a Páscoa, com a entrada de Meu Filho em Jerusalém, lugar escolhido por Deus para viver Seu sacrifício, Jesus, Meu Amado Senhor, encontrava-Se em Betânia reunido com as doze santas mulheres, e com elas Minha Divina Consciência; ali, naquele momento, elas se uniram espiritualmente ao Mestre com o bendito fim de acompanhá-Lo em silêncio durante Sua Sagrada Paixão. Naquele tempo e nessa ocasião, essas doze mulheres receberam do Divino Mestre a iniciação interior para que, independentemente de onde se encontrassem, recebessem em espírito o aviso contundente de que o Mestre estava sendo entregue.

Nessa reunião também esteve presente José de Arimateia, que se comprometeu, a pedido de Jesus, a ser quem recuperaria seu Sagrado Corpo depois de ser crucificado, das mãos de Pôncio Pilatos.

Nesse dia, as santas mulheres, que estavam sentadas aos pés de seu doce Mestre, receberam do próprio Jesus a bênção do Espírito Santo, e José de Arimateia, com uma simples aliança de madeira, desposou-as com Jesus para que elas fossem, no futuro, as testemunhas da história do Nazareno.

Por isso, uma semana antes de Jesus entrar em Jerusalém para ser reconhecido momentaneamente como o Messias e depois ser repudiado e crucificado, as santas mulheres se uniram em espírito a Ele e foram as primeiras almas em toda a história da humanidade a se casarem com Cristo através de uma simples aliança.

Essa história continuará.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato