jul

27

Sexta-feira, 27 de julho de 2018

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE O VOO ENTRE A CIDADE DE LISBOA, PORTUGAL, E SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando os teus olhos se abrirem a cada dia, filho Meu, contempla em teu coração a Verdade e a Presença de Deus. Recorda-te de que há uma realidade superior que te chama e que há um Plano Maior para ser manifestado.

Quando teus pés tocarem o chão a cada dia, filho Meu, recorda-te de que estás sobre um planeta sagrado que, apesar de tantas vezes não aparentar, é um grande tesouro para o Coração de Deus.

Quando respirares o ar de cada manhã, recorda-te, filho Meu, de que há um Sopro Maior que provém de Deus e habita em ti para dar-te verdadeira vida, verdadeiro despertar.

Agradece todos os dias a Deus por ainda teres uma oportunidade de estar no mundo para aprender sobre a potência do amor e como ele transforma e redime todas as coisas.

Agradece todos os dias a Deus por haver um Cosmos infinito, símbolo da infinitude de Seu Amor e porque, entre tantas estrelas que há no Céu, o Criador tem os Seus Olhos postos sobre a Terra.

Reconhece o mistério da vida e a profunda ignorância do coração humano todos os dias e mantém viva dentro de ti a aspiração de saber e viver o novo.

Agradece ao Pai pela vida, pela Criação e, sinceramente, emite ao Seu Coração Criador esse sentimento que une Universos e dimensões e chega a Deus consolando o Seu Coração de tanta indiferença sentida por Ele, causada por parte de Seus filhos.

Ama ser parte deste Projeto Divino, e que a transcendência da condição humana seja para ti um grande desafio, mas não um grande peso. 

Supera-te e faze-o com amor. Vence-te todos os dias para entregar uma vitória ao Coração de Deus, que diariamente contempla Seus filhos derrotados nos abismos do mundo pelas ilusões e pelas vaidades.

Quando caíres, oferece a tua mão ao Pai. Não há nada que alegra mais o Coração de Deus do que um filho Seu arrependido sinceramente, clamando por Suas Mãos. Com alegria, Deus te levantará, e teu ato de elevação e superação inspirará outros.

Faz, filho Meu, de tua vida uma grande oferta a Deus, através de pequenos e sinceros atos. De ti, Deus necessita apenas de um espírito de gratidão, de um coração humilde e disposto ao amor.

Que todos os dias, ao despertares, não desperte apenas o teu corpo, mas também tua consciência, porque não apenas tu, mas todo o planeta necessita disso.

Eu te abençoo e te deixo Minha Paz, para que a multipliques em cada novo dia.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

jul

20

Sexta-feira, 20 de julho de 2018

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FÁTIMA, PORTUGAL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Paz, filho, é o estado que teu coração alcança quando se une à Verdade de Deus.

Paz é o estado inalterável que nasce da certeza de uma realidade superior que transcende a existência humana.

Paz é um estado que desperta ou nasce nos corações quando eles se abrem para amar e conhecer o Plano de Deus, reconhecendo sua grandeza e perfeição e, em decorrência disso, reconhecendo a pequenez humana.

Paz é um estado que o coração encontra quando sabe que está cumprindo com sua parte todos os dias e que faz tudo quanto pode pela evolução dos seres, pelo despertar do amor, pela expansão da fraternidade.

Quando o coração não está em paz, não é porque a paz falta no mundo, não é porque Deus lhe priva da paz; é o próprio ser que se afasta dela por saber que está em falta, por saber que não faz tudo o que pode estar fazendo, por saber que não está dando tudo de si.

Descobre o caminho para a paz através da transparência, da sinceridade, da verdade, da doação. 

O coração que se confessa encontra a paz porque retorna à Verdade, porque desnuda suas mentiras e vaidades diante de Deus e se renova, torna-se digno de reconhecer a paz, de estar nela e multiplicá-la.

O mundo está no caos, na dor e no sofrimento. As almas estão em agonia, em definição, no medo, mas é possível, apesar de tudo isso, estar em paz, encontrá-la e vivê-la, porque a paz não depende do mundo, depende apenas de ti.

A paz não é o fim das guerras e de uma humanidade vivendo segundo suas tendências e necessidades superficiais, porque um coração pode ter tudo, todas as coisas que deseja, não viver em meio a conflitos e, no entanto, não conhecer, não encontrar e não viver a paz.

A paz é um estado interno, fruto da união com Deus e da transparência diante dEle. 

Por isso, filho, hoje Eu te convido a redescobrir a paz dentro de ti, confessando tuas misérias diante de Deus, desnudando os teus personagens para dar lugar a uma transparência desconhecida que é a porta para a verdadeira liberdade.

Experimenta ser livre em um mundo que se tornou o cativeiro de si mesmo. Experimenta estar em paz e ser um instrumento para que Deus dê a conhecer ao mundo a paz através de ti.

Entra em um novo ciclo de aspirações verdadeiras, de ações verdadeiras, de amor verdadeiro, de verdadeira paz. 

Dessa forma, cairão os homens à tua direita e à tua esquerda e a paz de teu coração, que não tem sua base consolidada nas coisas do mundo, mas sim em tua união interna com Deus, jamais se derrubará.

Persiste na busca pela paz, mas segue pelo caminho correto. Transparência e verdade são os teus veículos para alcançar a paz.

Tens a Minha Bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

jul

13

Sexta-feira, 13 de julho de 2018

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE COLÔNIA, ALEMANHA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Vai e busca o Coração de Deus além das misérias humanas.

Os erros são uma forma de reconhecer a própria imperfeição e buscar fora das superficialidades aquilo que é real, que é verdadeiro.

Deus, filho, te oferece aprender através do conhecimento de Sua Graça, despertando em teu coração uma profunda fé em Teu Pai e Senhor, que desde o princípio de Sua Criação até hoje encontra formas de demonstrar o Seu Amor aos Seus filhos.

Mas também é possível conhecer a Deus pelo cansaço, pelos erros constantes, pelas misérias que transbordam da condição humana sem uma aparente solução.

Ali o coração busca uma esperança, algo que seja mais real que sua condição miserável, algo que dissolva, com sua verdade, a ilusão e o engano do labirinto das vaidades.

Ali é quando o coração se detém e pensa: Deus.

Ali é onde a consciência que sabe do sentido oculto da vida encontra um espaço, entre as distrações da personalidade, para que desça sobre o ser uma gota da Graça, e essa gota começa a transformar tudo o que toca.

Uma gota de Deus sacia a sede das almas e lhes devolve a vida, mas um rio da Presença Divina torna-as Seus instrumentos, fontes vivas em um mundo que tem sede de Verdade e morre por não ver a fonte diante de seus olhos.

Aquele que teve sede e foi saciado já não pode ver a sede diante de seus olhos e não fazer nada, porque conhece o vazio e a ilusão, e isso o desespera.

Mas sabe, filho, que tudo tem seu tempo e o livre arbítrio deu ao homem a eleição de conhecer a Deus através do amor ou clamar por Ele no mais profundo de suas próprias misérias.

Sabe, porém, que o Olhar de teu Pai é sempre atento sobre os Seus filhos, não se detém e não se distrai. Basta um simples movimento para que Ele responda com um rio de Graças aos que mereciam a Justiça, porque o Criador do mundo é o Deus da Misericórdia e Seu Coração se renova e se alegra no despertar de cada coração humano.

Elege tu, hoje, render-te a conhecer o Amor de Deus e aferrar-te a ele pelo poder de Sua Graça ou seguir descendo no profundo dos abismos e clamar a Deus consumido por tuas misérias.

O Pai nunca escolherá por ti. Ele apenas esperará que teu olhar encontre o Seu, que tuas mãos busquem as Suas, que teu coração transcenda o tempo, o cansaço, a distração, a vaidade e a ignorância e, em uma oração sincera, retorne ao Pai.

Vai em direção a Deus.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo 

jul

06

Sexta-feira, 6 de julho de 2018

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BAD VÖSLAU, ÁUSTRIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Vê que o mundo agoniza e ora com o coração. 

Não é suficiente que tua mente conheça os acontecimentos do mundo e os julgue segundo princípios que, para ti, são espirituais.

Vê que a pureza se perde nos corações dos seres humanos, cada vez mais distantes de Deus e entregues ao mundo, e busca tu essa pureza em teu interior. 

Não é suficiente que constates as imperfeições alheias e as julgues segundo princípios que, para ti, são espirituais.

Vê que nas ações dos homens cada vez há menos compaixão, menos piedade, menos misericórdia, e vai buscar na fonte essas dádivas para o mundo. 

Não é suficiente ver que as almas têm sede e julgar os seus motivos com base em princípios que, para ti, são espirituais.

Filho Meu, tudo o que te digo é para que mergulhes no profundo de teu coração e encontres a Deus.

Teus olhos podem ver todas as coisas e tua mente pode julgar todas elas com um julgamento que se disfarça e se oculta em todo o conhecimento que adquiriste para sentir-te uma pessoa espiritual, mas o conhecimento não te faz espiritual. 

O conhecimento é uma porta que se abre para que saibas por onde caminhar, mas podes ser conhecedor de todas as filosofias, religiões e ciências e, no entanto, estar parado diante dessas portas, contemplando caminhos pelos quais nunca adentraste, porque é apenas a transformação o que move os teus pés. 

Substitui o julgamento pelo ímpeto de tu seres um exemplo. 

Substitui o conhecimento pela experiência que te traz sabedoria e não tenhas medo de tentar e ver que é difícil e que, em tuas quedas e dificuldades, aparecem tuas debilidades e imperfeições. 

Porque Eu te digo, filho amado, que é quando teus olhos estão prontos não apenas para conhecer o mundo, mas também e, sobretudo, a ti mesmo, que teus pés começam a caminhar, ainda que te sintas parado.

A grandeza da sabedoria é que ela se constrói longe da mente e do entendimento, no profundo do coração, e quando menos esperas, rendido aos Pés de Deus, no auge de tuas misérias, te descobres sábio, porque o amor que te rendeu ali te fez sábio.

Por isso, filho, vê o mundo e o observa, mas depois encontra-o dentro de ti e transforma-o. Assim, tudo se cumprirá.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos