MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA EM FÁTIMA, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Filho Meu, alma Minha,

Quando tens que dar um passo no caminho de tua purificação, deves saber que estás dando um passo para o desconhecido que há dentro de ti. Mas primeiro, para poder purificar o que é desconhecido, deves decidir-te, e essa decisão nasce de teu interior.

Deves saber, filho Meu, que este é o tempo de que essa esperada purificação aconteça. Cristo, sendo o Filho de Deus, purificou-se no templo para cumprir humildemente a Lei.

Cristo foi tentado durante os 40 dias no deserto, da mesma forma que hoje muitos filhos Meus são tentados, sendo colocados no permanente desafio de persistir até o final.

O tempo de purificação deve ser vivido em uma constante resignação do que se crê de si mesmo e também do que se crê dos demais. Sem uma atitude de resignação diante da desconhecida purificação, não haverá humildade suficiente que ajude a aplacar a soberba ou a arrogância revestidas de nobres pessoas.

Anima-te a viver este ciclo da purificação em um constante exercício de despojamento interior, de um desprendimento de tudo aquilo que consideres bom ou não. Assim, abrirás a porta correta para que o Céu te ajude a atravessar este deserto que, cedo ou tarde, terá seu fim e, depois de percorrê-lo, encontrarás o oásis predileto do Coração do Redentor.

Recorda que primeiro deves aceitar o momento, para depois atravessá-lo. 

Sê consequente com Minhas Palavras, e tudo irá bem.

Agradeço-vos por responderdes ao Meu chamado!

Abençoa-vos, 

Vossa Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEN MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Queridos filhos,

Que a profunda e imutável paz de Jesus esteja em seus corações.

Sei que este tempo é o mais difícil para todos os Meus filhos; é o tempo da dor e do sofrimento.

Eu os chamo a penetrar o mistério do Amor de Meu Filho nesta Semana Santa.

Peço-lhes que na próxima semana ofereçam tudo como algo sagrado: seus atos, seus pensamentos e seus sentimentos, assim como pequenas obras de Misericórdia, para que Meu Filho tenha a autoridade de interceder por todos diante do caos mundial.

Cada gesto que se torna sagrado, por mais concreto que pareça, santifica a vida e a torna mais próxima do Reino de Deus.

Imploro pelos Meus filhos, para que nesta Semana Santa, pelo poder do Sangue de Cristo, muito mais situações que parecem irreversíveis sejam aliviadas e contempladas pela Graça Divina.

Meus filhos, desejo ardentemente que cada um de vocês recolha os códigos da vitória de Jesus, códigos de fortaleza e de fé que farão de suas vidas espelhos que refletirão a Vontade do Pai.

Neste duro deserto que a humanidade atravessa, Eu os chamo a buscar a paz dentro de si mesmos e não esperar resultados externos.

Saibam que, dia e noite, estou em oração com vocês e  por vocês.

Cristo me confiou suas vidas aos pés da Cruz, e hoje estou novamente aqui.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua  Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA A 86ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Volto a um mundo onde ainda se vive a violência, a escravidão e a aniquilação.

Hoje transmito esta Mensagem de um lugar onde o pensamento pode ser elevado através da devoção, da mais profunda e verdadeira oração.

Hoje transmito esta Mensagem a partir dos Pireneus franceses, onde seu Senhor agora encontra-Se  tentando ajudar a França em seu processo de purificação e de caos.

Assim também, internamente, ajudo as demais nações europeias que, somente nestes tempos, estão vivendo e padecendo o que uma vez fizeram em outros tempos. Isso não é um castigo. A violência, a escravidão e a aniquilação são um ato do próprio ser humano.

Deus pensou em obras muito boas para o homem da superfície da Terra, porém poucos conseguiram segui-las e cumpri-las.

A aspiração dos Céus é que vivam na paz, é que pratiquem o bem, é que difundam a Misericórdia e a fraternidade.

Estamos em um tempo em que coisas inimagináveis estão acontecendo no mundo, e, à medida que a pandemia avança, a humanidade é colocada, dia a dia, diante do portal da definição, não apenas de uma definição interior, mas também de uma definição externa, de estar ou não aderida ao Plano de Deus e, sobretudo, ao momento do Retorno de seu Mestre e Senhor, porque esse momento está aproximando-se.

À medida que o fim dos tempos se desencadeia, também se aproxima a Consciência de Seu Mestre e Senhor, Sua Consciência Solar.

Muitos abrirão os olhos quando tudo já estiver concluído. Muitos se darão conta da essência desta Mensagem e das demais Mensagens quando tudo já estiver concluído. E da noite para o dia verão vir o Filho de Deus com Sua verdadeira Face, com Sua Face Glorificada, Divina e Cósmica.

Por isso, tudo o que vivem nestes tempos não é apenas uma definição, mas também um fortalecimento de sua fé e de sua confiança no Pai Eterno.

Porque agora posso dizer-lhes, companheiros, que não existe outro lugar para onde possam olhar. Só podem olhar para Deus e suplicar-Lhe. Suplicar-Lhe por esta humanidade, suplicar-Lhe por este planeta, suplicar-Lhe pelos que estão se perdendo, pelos que não creem, pelos que sofrem, pelos que vivem a violência, a escravidão e a aniquilação no mundo inteiro.

No mês passado, Eu lhes falei sobre os refugiados; é algo que não podem esquecer.

A humanidade deve ser consciente de que tem que  ajudar-se mutuamente, porque enquanto isso não acontecer, não existir movimento interior da parte de cada um de vocês de servir ao outro, ao semelhante, muitas situações não poderão ser evitadas, porque a balança da humanidade está muito descompensada. Seu desequilíbrio é cada vez maior, porque maiores são os erros, as faltas e as omissões, e menores são as Graças e as Misericórdias que possam receber neste momento.

Meu Coração é o Portal para que vocês possam chegar à Fonte de Deus.

A França deve resignar-se e pedir perdão por tudo o que fez em outros tempos, assim como as demais nações europeias. Porque ainda, depois de 500 anos, continuam vivendo as mesmas consequências, mas com outros rostos, com outros movimentos que não são justos nem evolutivos.

Para que o sangue não corra mais pelas cidades do mundo, vocês devem redimir-se, devem buscar o arrependimento verdadeiro para poder encontrar a paz e o restabelecimento do equilíbrio da humanidade.

Cada nação do mundo sabe o que deve melhorar e, novamente, são os povos que pagam as consequências daqueles que decidem seu futuro. Isso não é governo espiritual, tampouco governo material. Não falamos de justiça, tampouco de Misericórdia.

Mas vocês, companheiros, não podem entrar nessa dimensão de conflito, de ira, nem de insatisfação. Porque o destino da humanidade está marcando muitos mais acontecimentos. A humanidade quer forçar ser normal, viver uma vida comum sem responsabilidades nem compromissos.

A espiritualidade nunca estará longe da verdade, porque a verdade é espiritualidade. E quando os seres humanos compreenderem que devem voltar-se para a vida do espírito, ajudarão a sua vida superior e entrarão no grande circuito da vida cósmica, onde as Leis, os Atributos e as correntes do universo esperam poder auxiliá-los.

Mas se essa resignação de coração e de alma não existe, como chegará a ajuda? Como se deixará de derramar sangue, de escravizar pessoas, de traficar crianças, de viver a injustiça social entre os povos e as nações?

Seus corações só devem estar unidos ao Meu neste momento para sobreviver. Não podem ficar angustiados, perturbados nem desesperados pelo que acontecerá. É tempo, companheiros, de que Minhas Palavras se façam carne em vocês e que possam vivê-las, porque é ali, é na Minha Palavra que encontrarão a força da superação destes tempos críticos.

Embora o panorama da humanidade seja hostil, as portas da transmutação do universo estão abertas para ajudá-los.

As almas temem neste momento transitar por seus desertos, viver o vazio de si, e mais temem não ser nada.

Mas o que Eu lhes prometi, há mais de 2 mil anos, é Meu Amor, e para estar em Meu Amor e viver em Meu Amor têm que estar vazios.

Vocês têm que alcançar não ser nada nem querer nada, porque será a única forma, companheiros, que os Arcanjos, nos maiores tempos de tribulação, os reconhecerão como instrumentos, e não como vontades próprias.

E, se são instrumentos vazios, serão depositários da Fonte Suprema, e Eu, como seu Comandante e Senhor, poderei servir-Me de suas consciências para levar alívio ao mundo, para propagar a paz, mesmo que se purifiquem e se transformem.

Vocês não têm que temer cruzar os desertos que Eu lhes ofereço. Certos grupos de almas estão destinados a viver e transitar esse caminho por toda a humanidade.

É a única forma, companheiros, que Eu encontro de justificar os erros e as omissões que muitos companheiros de vocês Me fizeram nestes últimos meses, dando as costas ao Meu Plano, sem sequer conhecê-lo em profundidade.

Sou o grande Intercessor entre as almas e Deus, mas também ainda sou um ser em evolução, e vocês devem superar-Me, devem representar-Me, devem ser definitivamente uma parte de Mim, da Minha Consciência Mística.

Seguir Meus Passos nestes tempos significa determinação, disciplina, transparência, obediência e solidariedade. Será a única forma que encontrarei, através dos instrumentos de Deus, de Meus companheiros, de poder ajudar o mundo neste momento crucial. Porque Meu Sangue derramado não pode perder o preço que ele tem, ao ter sido depositado sobre o solo deste planeta.

O sangue dos inocentes e dos mártires não pode continuar sendo derramado, porque a humanidade ingressará cada dia mais no que é incerto e hostil; a diversidade de portas incertas que a humanidade abre neste tempo é muitíssima. Se por um momento pensam quantos seres humanos vivem neste mundo, poderão perceber quantas portas se abrem em questão de segundos, dia a dia.

Quem transmuta essa situação? Já se perguntaram?

O planeta deve ser sua verdadeira casa sagrada, não somente sua casa comum, mas sua casa sagrada.

O ser humano perde a sensibilidade pelos Reinos da Natureza, pelo amanhecer, até pelo ruído do mar, porque é hipnotizado pelas tecnologias, pelo que é artificial.

A ciência robótica destes tempos está levando o homem de superfície a ser manejado pelas máquinas, e não ele manejar as máquinas.

Vocês têm que saber discernir, têm que saber pensar para poder ter sabedoria nestes tempos e não ser confundidos nem enganados.

Devem ser propagadores da paz, da Misericórdia e sobretudo da simplicidade, porque na simplicidade não perderão a Deus nem a conexão com a Fonte Divina, que é o que a humanidade perde, dia a dia, por mergulhar na conquista tecnológica e em uma conquista do universo que é irreal.

E ainda querem chegar a outros planetas? Para fazer o quê? O mesmo que fizeram com este mundo e esta Criação que Deus lhes deu?

Mas o verdadeiro tempo já está descendo; o Tempo Real está unindo-se ao seu tempo cronológico e, à medida que passem os próximos meses, os próximos anos, os que ainda não creram em nada verão. E o que farão quando virem e sentirem?

O Amor é o que lhes dará a força para compreender tudo o que verão do que vier do universo e ingressar no planeta. As portas do mistério se abrirão para que todos possam reconhecer o conhecimento e o que, apesar de tudo, estará chegando como dádiva nestes tempos críticos para toda a humanidade.

Estou em oração nos Pireneus franceses para ajudar a consciência desta nação que ainda não compreendeu o seu caminho de redenção e de penitência.

Eu venho dar-lhes força interior para que possam sustentar estes tempos, para que Meus discípulos, apóstolos e servidores possam sustentar estes tempos.

Não impedirei a partida de quem não queira estar a Meu lado. O Amor Crístico não retém nem controla. O Amor Crístico transcende, eleva, transmuta e libera os que são justos e verdadeiros diante do Meu Coração.

Por isso, não tomem decisões precipitadas. Não deixem que seus impulsos humanos os enganem. Sejam inteligentes e não se deixem arrastar pelos que não querem Me seguir e julgam Minhas Obras, porque Eu também voltarei por eles para separar o joio do trigo. E isso não será simbólico; será no momento em que grandes Consciências do universo aparecerão para reconstruir a humanidade.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

MENSAGEM DIÁRIA DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Filho,

Para aprender a sair do deserto é muito importante orar e saber escutar, porque é no momento mais árido que uma palavra poderia salvar-te de uma situação. 

Meu Filho viveu quarenta dias no deserto e, como homem, conheceu o que a vida terrestre representa e quão exigente é transcender a condição humana, mas não impossível.

Quando se está em um deserto, falta água, que é o essencial para sobreviver nessa experiência. Essa água é a vida em Cristo, que traz a possibilidade de atravessar o deserto com valentia e determinação.

E quando chegas ao momento da escuridão no deserto, é que tens a possibilidade de conhecer a realidade e defini-la. Nesse momento culminante, Meu Filho está atento com Seu Olhar, porque Ele espera que possas superá-lo e, assim, animar-te a dar um novo passo.

A escuridão do deserto é o momento mais doloroso, mas o mais importante, porque é quando todo o Universo está à espera de que das ruínas surja a luz de um novo Cristo.

Isso não é nada poético, é uma verdade sentida em cada uma das células, uma experiência que deve levar-te além de ti mesmo, para que vejas como é possível chegar além de tuas possibilidades por uma só causa, por amor.

Nunca deixes de pedir a chegada da luz no deserto. O momento é agora.

Agradeço-vos por responderdes ao Meu chamado!

Abençoa-vos, 

Vossa Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

 

 

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Em todos os Centros Marianos, através do Relicário de Meu Coração, serei o porteiro e o protetor, o guardião das relíquias espirituais e dos dons divinos que se guardam nos lugares sagrados, erguidos em honra a Deus e pela manifestação de Seu Plano.

O Relicário de Meu Coração será a proteção para todas as virtudes alcançadas pelas almas. Será o guardião da evolução daqueles que disseram sim a Deus, e, cada vez que o contemplarem com amor, não apenas estarão recebendo em seu interior o que um dia Eu alcancei através da humildade e do vazio espiritual, mas também, filhos, estarão sendo resguardados por Mim, que, diante de Deus, recebi a potestade de ser seu pai e guardião nestes tempos de transição.

É por isso que, frente às dificuldades que lhes parecem impossíveis de transformar, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração. Quando o deserto for maior que a sua fé, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração. Quando as energias do mundo parecerem batalhar, em seu próprio interior, com seus princípios mais puros, orem Comigo, contemplando o Relicário de Meu Coração.

E, para que todas as almas do mundo tenham a oportunidade de estar diante do Relicário de Meu Coração, peço-lhes que todos os dias 19, de uma forma simples, o Relicário de Meu Coração seja transmitido ao vivo, por uma hora, para que todos aqueles que quiserem estar diante dele, em silêncio, possam fazê-lo. Esse exercício lhes permitirá encontrar a paz e fortalecer no próprio interior todas as virtudes já alcançadas.

Neste tempo de transição, serei o guardião de suas almas, pai e companheiro que, no silêncio, seguirá os seus passos para que não se percam, mas que sempre se encontrem em Cristo.

É dessa forma, filhos, que lhes peço que, todos os dias 19 de cada mês, às 17 horas, seus corações se unam em oração, e sobretudo aqueles que hoje não podem estar nos Centros Marianos também recebam as Graças e os Dons que surgem do Relicário de Meu Coração para o mundo.

Se fizerem esse simples exercício no dia da Festa do Coração de São José, não apenas por vocês mesmos, mas também por todas as almas do mundo, poderão interceder Comigo pelos mais pecadores e pelos que se autocondenaram, para que essas almas abram os seus olhos e encontrem a luz e a salvação em Cristo.

Eu os aguardo em oração e os abençoo.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Filho Meu e filha Minha,

Neste tempo final, constrói tua fortaleza e tua fé no Meu Imaculado Coração.

Eu serei teu refúgio, serei quem te levará a Deus. E, ainda que a Mãe de Deus esteja recolhendo-se, a oração perpétua será a ponte que nos unirá entre o Céu e a Terra.

A vida te mostrará tudo o que ainda tens que transformar. As misérias e os desertos estão dentro de ti para que, etapa após etapa, tu vás transcendendo e redimindo tua consciência.

Este é um tempo final anormal, porque tudo que sempre esteve oculto e fora da Lei se mostrará.

Segue orando pela Paz no mundo, para que a humanidade possa estar interiormente preparada para tudo o que já está chegando.

Confia. A Mãe de Deus nunca abandonará uma alma orante.

Oferece-te em sacrifício e reparação do Coração ofendido de Deus; assim, os pecados do mundo, que são muitos, serão aplacados.

Lembra-te de teu Anjo da Guarda.

Meu Amor pode estar em ti. Adiante.


Agradeço-vos por responderdes ao Meu chamado!

Abençoa-vos,

Vossa Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Contemplando o mundo e também os espaços mais internos de sua consciência, uma alma buscava paz e não conseguia encontrar. A confusão da humanidade, os desequilíbrios dos homens, enfermidades, sofrimento, falta de um verdadeiro sentido para a vida, isso era o que essa alma via ao buscar paz no mundo e até mesmo dentro de si.

Pedindo então o auxílio de Deus, essa alma orava ao Senhor, dizendo-Lhe: − "Senhor, se é possível sentir paz em tempos de angústias, dá-me a paz. Se é possível sentir-Te, mesmo no deserto, faz-me sentir. Se é possível manter a fé e acreditar que depois desta noite profunda virá a luz de um novo dia e de uma nova vida, concede-me então essa fé, porque me sinto perdida, sozinha e vazia, e não encontro senão angústias e incertezas ao meu redor."

E, depois de observar essa alma com um longo silêncio, o Senhor respondeu-lhe: − “Vê, alma pequena, teus pés estão, espiritualmente, sobre um monte; este é o Calvário do mundo. Para passar por ele, sem perder a fé e a esperança, ou a paz dentro de ti, deves colocar tua consciência no verdadeiro propósito de tua existência. 

Contempla então a Cruz e revive a cada dia o Calvário do Senhor. Medita em que momento Ele encontrava paz em Seu Coração e imita os Seus passos. Percebe que era no olhar de Maria Santíssima e na certeza de Sua presença silenciosa, durante todo o trajeto com a Cruz, que teu Senhor, Meu Filho, encontrava paz e Se renovava para seguir adiante. Era nos olhos de Maria, Virgem Mãe da vida, que teu Senhor encontrava esperança e retomava o propósito de cada gota de Seu Sangue derramado.

O Calvário destes tempos é desenhado pelas escolhas das almas do mundo inteiro. Como uma única humanidade, deverão passar por essa prova. Mas tu, alma pequena, podes viver o Calvário na inconsciência dos dois ladrões ou podes viver o Calvário renovando a Criação, as leis e a vida, como Cristo te ensinou a fazer.

Se perdes então a paz, busca essa paz nos olhos da Virgem Maria. Ora ao Seu Imaculado Coração, e Ela, que é a própria Fonte da Paz para toda a vida, te responderá com silêncio, mas com Seu profundo Amor, com Sua Paz e Sua renovação. Essa é a forma de encontrar a paz nestes tempos de transição.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a não permanecer nas angústias do mundo, mas a aprender a renovar-se em Maria Santíssima e encontrar a Sua Paz, apesar de qualquer tribulação no mundo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que trilhava seu caminho de entrega a Deus, um dia, vivendo um profundo momento de definição interior, tentada pelas forças do mundo, pensava em abandonar tudo e lançar-se aos prazeres e ilusões da vida. Essa alma era tentada a pensar e sentir que sua entrega não tinha sentido, não fazia diferença para a evolução da vida, e que, apesar de tantos esforços, ela não saía do lugar; então, melhor seria deixar esse caminho e lançar-se no mundo.

Ao planejar interiormente o abandono de seu caminho espiritual, sentia que não podia fazê-lo e que algo a prendia a Deus. Com uma mistura de temor e indignação, começou então a questionar o Senhor, dizendo: – “Diz-me, Senhor, porque me prendes ao Teu Coração? Que diferença faço eu para Ti se sou sempre a mesma alma invisível e imperfeita, na infinidade de Tua Criação? Por que não permites, Deus, que eu abandone este caminho e que, entregue ao mundo, aprenda a encontrar-Te por outras vias que não seja esta?”

E, com um sorriso no Rosto, demonstrando Sua celestial compaixão, o Senhor respondeu-lhe: – “Acaso pode um órgão decidir por si mesmo viver fora do corpo e sair? Por mais que queira ser independente dentro desse corpo e crie enfermidades e desequilíbrios, esse órgão não pode sair por si mesmo. E se um dia, depois de tantas doenças, ele fosse retirado desse corpo, acreditas, alma pequena, que ele sobreviveria sozinho?

Assim são as almas que se comprometeram Comigo. Todas as almas que Eu criei são células de Meu Corpo Místico e infinito, mas aquelas que se comprometeram Comigo são órgãos dentro de Mim, que têm um papel fundamental na evolução da vida e, ainda que não percebam, são parte de uma Obra infinita que não começa nem termina neste mundo. Sendo assim, alma amada, não sou Eu quem te prende ao Meu Coração e não te permite seguir outros caminhos, é tua própria vida e tua condição de união Comigo que te faz sentir que, apesar de todas as tentações, não podes fazê-lo.

Mas este momento não é para ti a expressão de teu mais puro pensamento. Estás transitando um momento de cegueira e ignorância, em que nuvens encobrem teu rosto e teu coração, e não podes ver nem sentir a verdade. Para que essa verdade te seja revelada, não te afastes de Meu Amor e não deixes de clamar por Minha Misericórdia. Ainda que estejas no deserto, Eu te darei forças para persistir. E, mesmo na sequidão interior, sentirás Minha Fonte que, no profundo do profundo, volta a brotar em ti. Em um tempo de confusão, não deixes de buscar-Me e Eu te darei a paz.”

Que nesse diálogo com Deus, filhos, as almas que estão hoje cegas encontrem forças para buscar a luz e clamar por Misericórdia. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando o Senhor estava no deserto, preparando o Seu Coração para a entrega que viveria através da Cruz, Sua Mãe, Maria, já reunia as discípulas e santas mulheres e as advertia sobre o Reino de Deus, sobre as verdades superiores e sobre o caminho que se trilha para chegar a elas, que é através da humildade, do serviço, da entrega e, sobretudo, do amor a Deus e à vida.

Ao mesmo tempo que Cristo vencia as tentações no deserto, era provado em sua parte mais humana e, assim, refugiava-se no Divino Coração de Seu Pai; as almas que haviam se comprometido com Ele, desde o princípio de sua existência, também eram conduzidas internamente ao deserto interior. Nesse momento, reconheciam suas fraquezas e se preparavam para algo maior, ainda que fosse desconhecido.

O triunfo do Messias não foi compreendido pela maioria da humanidade, porque a Vontade de Deus não se assemelhou às ideias dos homens; mas aqueles que se comprometeram com Cristo, espiritualmente, estavam prontos e, cedo ou tarde, poderiam unir-se à essência da entrega do Senhor, para imitar os Seus passos.

Digo-lhes isso, filhos, porque, à medida que transcorre o tempo espiritual da quaresma, seus corações devem aprofundar-se no sentido da cruz, devem observar as tentações e vencê-las com o silêncio e a oração, com o despertar da fé.

Que sua atenção não esteja no riso do inimigo, mas sim no Verbo de Deus. Escutem Sua Voz e caminhem mais para Ele, no próprio interior.

A quaresma termina com uma definição profunda das almas que se dispuseram a acompanhar a Cristo, e, a cada ciclo, a cada nova quaresma, aproxima-se uma definição maior, mais ampla, mais completa, até que chegará o dia de ingressar em Jerusalém, não para ser aclamado, mas para viver a entrega absoluta. 

Por isso, não se esqueçam da profundidade do que são chamados a viver; não se esqueçam da grandiosidade interna e divina da qual se comprometeram a participar. 

O dia da cruz é conhecido apenas por Deus. Até que chegue esse momento, é o ciclo de caminhar mais e mais para o Pai, fundir-se n'Ele e ser Um com Ele, para que a entrega de suas vidas seja fecunda, no Céu como na Terra. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, PARA A CIDADE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Chegou o tempo de responder ao chamado de Deus; chamado que os convida a ir ao encontro das necessidades espirituais e físicas deste planeta em redenção.

Chegou o tempo de escutar a Voz de Deus, que ressoa forte nos corações que já despertaram. 

De Seu Verbo virá a força para seguir adiante. De Seu Amor virá o auxílio para renovar-se a cada dia no cumprimento de Seu Plano. De Seu deserto, mas também de Seu Reino, virão as experiências que forjarão, nos que caminham, uma fortaleza inquebrantável.

Por isso, escutem a Voz de Deus em seu interior e sigam Seu chamado. Não haverá outro ciclo, não haverá outra hora.

Apenas há, filhos, uma grande necessidade de estar no lugar correto e cumprir com os compromissos que seu Pai Celestial lhes entregou desde o princípio da humanidade. 

As provas se acentuam, mas também as Graças se multiplicam. Saibam tomar os Dons de Deus para que sejam a base sob os seus pés e sigam adiante, em oração, em comunhão e em entrega.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO NÚCLEO-LUZ SAGRADA CASA DE MARIA, MÃE PAULISTA, SÃO PAULO, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Reconheço teus esforços, apesar dos desertos; mas os desertos internos existem para que todos os dias possas esforçar-te por Mim e, assim, vivas plenamente o Dom do Temor de Deus.

Nesse exercício de constante superação e transcendência, encontra-se a grande oportunidade de dar passos e de elevar a própria consciência.

Toma cada etapa como um momento de superar os limites e as resistências de teu próprio ser. Faze de cada etapa o triunfo espiritual de que Eu necessito porque, além das circunstâncias, teu Mestre e Senhor te guiará pelo caminho da humildade e da doação de ti mesmo.

Anima-te a romper com os conceitos da tua mente e deixa que a alma possa governar nestes tempos para que não te desanimes, para que sejas Meu instrumento onde Eu necessitar de ti.

Este é o tempo de reconstruir a consciência humana. Este é o ciclo de dizer sim ao grande Mestre.

Um Plano perfeito espera por ti.

Agradeço-vos por guardardes Minhas Palavras no coração!

Abençoa-vos,

Vosso Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Companheiros,

Um verdadeiro apóstolo e missionário do amor é aquele que persiste todos os dias através de Mim e demonstra que o amor não o deixa estancar nem deter-se; que o amor o impulsiona todos os dias à realização do seu propósito interno e grupal.

Um verdadeiro apóstolo não se surpreende com os acontecimentos da vida e busca levar a Luz do Meu Coração aonde é urgente e necessário. Esse apóstolo é capaz de dar-se por inteiro, sem horários, sem condições, sem preferências.

Esse é o apóstolo de que Eu necessito para este tempo, e venho buscá-lo neste lugar sagrado que abriu a porta do Coração para receber-Me, assim como Me receberam em outros tempos.

O apóstolo de que Eu necessito morre para si mesmo todos os dias e traz para todos a oportunidade de amar, de servir e de renovar-se.

O Meu apóstolo não teme os desertos, as tempestades nem o frio, porque, se de verdade está Comigo, nada lhe faltará, porque Eu cuido amorosamente dos Meus amigos e os faço experimentar coisas semelhantes às que uma vez Eu experimentei.

O Meu apóstolo bebe, sem demora, da Fonte da Minha Misericórdia.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando um ser ingressa no deserto, ainda que simplesmente tenha tocado as suas areias e sentido o seu calor, já não pode caminhar para trás.

O deserto pode parecer perigoso, cheio de sofrimentos e padecimentos. Mas hoje lhes digo que não há maior padecimento para uma alma do que ingressar no deserto e não aprofundar sua experiência nele, não render-se a Deus e descobrir seus mistérios.

A alma que pisa o deserto, mas nele não caminha, senão que fica presa em seus temores, não solta as muletas que apoiavam os seus passos nem descobre nelas verdadeiro apoio e tampouco sabe o que é caminhar com os próprios pés.

Essa alma, vencida por seus temores, sem querer soltar os afetos, as sensações, o passado em si, acaba buscando, em mais muletas e mais correntes, as sensações que não encontra com as que tem em suas mãos e as que estão presas em seus pés.

Prisioneira de si mesma se torna essa alma, cada vez mais vazia, mais escrava e mais temerosa, simplesmente por não conseguir se render ao infinito do deserto que se apresentou em sua frente.

Deus os chama a amadurecer no deserto, a deixar as emoções humanas para descobrir e consolidar o coração no Amor Crístico. Mas para isso, filhos, precisam soltar as muletas, quebrar as correntes, experimentar o vazio e caminhar nele, ainda que não sintam base sob os próprios pés.

Isso se chama experimentar a fé.

Não sejam escravos de si mesmos. Reconheçam que não há outro verdugo senão o orgulho, a vaidade e a ignorância dos corações que creem que estão mais seguros quando estão cheios de si, mas não percebem que sequer conhecem a si mesmos.

Deixo-lhes Minha bênção para que clamem por libertação e a vivam.

Se sentirem que seus pés estão nas areias do deserto, caminhem e não detenham os seus passos. Consolidem a união com Deus e fortaleçam a própria fé. Isso os fará verdadeiramente livres.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Caminhar pelo deserto e ser vencido pelo Poder de Deus não é ser indiferente com a vida ou com o próximo. O deserto os leva a conhecer a Deus para que sejam capazes de encontrar toda criatura e toda vida dentro do Criador.

O deserto é um Encontro.

Depois de cruzar o vazio, a aridez e a solidão, transcendidas as primeiras etapas do deserto, purificado o coração e rendido a Deus, que é sua única e última Fonte de água pura, os corações vivem um Encontro. Em Deus descobrem a verdade, a pureza e a Vida mesma, contendo em si todas as criaturas.

O deserto é um caminho para encontrar o próximo de verdade. Ao conhecerem a si mesmos, despojando-se das aparências, das muletas, das correntes, também vão começar a ver com olhos transparentes. Cruzando o deserto e encontrando a Deus, poderão enxergá-Lo em tudo e em todos, descobrir Seu Amor revelado nas essências dos homens.

Quando um coração vive árido, não é porque está simplesmente cruzando o deserto, é porque pisou o deserto. Mas precisa caminhar nele, deixar-se transformar nele, viver o vazio e também o Encontro.

O deserto é feito de etapas, descobertas, experiências profundas e internas que devem hoje ser compreendidas. Se os seus corações sentem aridez, vazio, tentação, solidão, aprofundem-se no que vivem e cheguem à rendição, à revelação da fé. 

Deixem quebrar suas muletas, suas correntes. Deixem pelo caminho os apoios humanos e, inclusive, os espirituais, que se manifestam como virtudes e destrezas, e permitam-se ser nada.

Sigam deserto adentro em um longo caminho que é esvaziar-se.

Sintam-se suspensos no nada e, ao mesmo tempo, muito próximos de tocar a Deus.

É o Encontro do deserto que os fortalece para renovarem o Amor de Deus. Se não há deserto, não há Amor Crístico. Mas não lhes falo apenas de tocar os pés nas areias quentes e sentir sua aridez; falo de saber-se no deserto, aceitá-lo, adentrá-lo, vivê-lo plenamente.

Por isso lhes falo sobre o deserto, não para trazer alento, mas para trazer valentia. Valentia de ser nada.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Retira-te no deserto com Deus, confiando em Seu silêncio e em Sua Presença.

Deixa que todas as sensações espirituais e humanas, que antes eram para ti confirmações e impulsos internos, sejam agora substituídas pela fortaleza da fé que te une pura e simplesmente a Deus.

Aceita com amor o milagre do deserto, porque Deus chama ao deserto aqueles nos quais espera colocar Sua confiança, Sua Cruz, Sua Graça e, acima de tudo, filho, aqueles que se dispuseram, desde o princípio, a redimir a própria vida, superando o Amor de Deus.

Minha voz é alento para as almas que caminham no vazio, porque simplesmente digo: “Vai por este vazio e este deserto; caminha longe e adentra profundo, porque ali, onde não podes reconhecer-te a ti mesmo, é que Deus Se revelará e te mostrará finalmente quem és.”

Teu Senhor Se recolhia para orar no deserto, porque era ali onde deixava para trás Sua condição humana e abraçava Sua Condição Divina. Por isso, o deserto deve ser para ti uma esperança.

Deixa que as dores da renúncia se transformem em liberdade daquilo que te prende ao mundo.

No deserto, podes sofrer com passos pesados devido às correntes de escravo do mundo que estão presas em teus pés, ou podes abaixar-te diante de Deus, tocar teu rosto no chão e saber que, com o clamor elevado ao vazio, essas correntes se rompem e tu podes caminhar livre.

O deserto não deixará de ser árido e solitário, mas teus passos serão livres e teu coração leve para chegar ao próprio destino.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Os desertos, filho, são vividos em diferentes etapas da entrega e da transformação dos homens.

Ao longo de seu crescimento interior, o Criador traz os Seus filhos para o deserto muitas vezes. Às vezes de forma rápida e simples e, às vezes, de forma profunda e prolongada, e que parece não ter fim.

O deserto é um estado interno de vazio onde o Criador retira de Seus filhos e amigos todas as consolações da Terra, todo sentir, todo afeto, tudo aquilo que o ser espiritual cria como apoio e, às vezes, como trampolim em seu caminho para a vida interna.

Tudo isso lhe é retirado para que, assim, a consciência aprenda a sustentar-se em bases puramente espirituais, no conhecimento e na experiência de Deus, que nasce da fé e da vivência do vazio.

Consolida tua união com Deus pela simples certeza de que Ele está presente, ainda que não Se faça sentir, ouvir ou ver.

O deserto pode ser visto como áspero e doloroso, mas em verdade, filho, o deserto é o convite de Deus para que as almas alcancem uma união profunda e direta com Ele, distante das ilusões e dos sentidos, distante das dimensões da matéria e de tudo o que as compõe.

O deserto é o convite para o que é real; mas para cruzar esse deserto não basta o conhecimento. Necessitas descobrir a ciência da humildade, da rendição e da entrega, a ciência de lançar-se nas Mãos Divinas e saber que Sua Vontade é perfeita, no oásis como no deserto, nos templos cheios de almas que despertam como no calvário cheio de almas que desprezam.

Por isso falo sobre o deserto, para que aprendas a amá-lo e aspirar a ele. Não para aspirar ao sofrimento, mas sim para aspirar a uma união direta, profunda e verdadeira com Aquele que te criou e que te convida a expressar a semelhança com Seu Coração.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Minha Obra de Misericórdia nos planos internos será realizada através de poucas almas.

Essas almas boas serão o cortejo que estará diante das portas do Céu. Ali posicionadas e colocadas com determinação e amor, cumprirão tudo que o Salvador e Redentor disser e pedir.

Através dessas almas, saciarei muitas outras que, por si mesmas e neste tempo, não conseguem cumprir com determinação o que necessito.

Por isso Minha Obra de Misericórdia será ainda um mistério divino, uma realidade que se mostrará aos corações puros de intenção. Neles, voltarei a erguer a Minha Igreja Celestial e por eles darei todo o Meu Ser, assim como o dei no alto da Cruz, sem exceções nem limites.

Da mesma forma, esse cortejo de almas agradará o Meu Coração, por todas as ofensas, ingratidões, indiferenças que o mundo Me causa e, especialmente, as almas que estão dentro da Minha Obra redentora.

Aplacarei a angústia do Pai Eterno com a bondade e a Misericórdia que as almas decididas oferecerem ao seu Redentor.

Eu entregarei dons inexplicáveis e poderes internos para que essas almas, apesar dos desertos destes tempos e de tudo que elas verão ao seu redor, não percam a fé e a convicção de cumprir o Meu Plano, porque a Obra se cumprirá com os que serão consequentes Comigo até o fim dos tempos.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no Coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

No deserto, filho, onde não há alimento, não há água, não há fontes, apenas vazio, teu sustento será o Sopro do Espírito de Deus.

É a união com o Espírito Santo que te revelará tua fortaleza em Cristo, apesar de toda miséria, debilidade e pequenez.

É o Espírito de Deus, que habita no mais profundo de teu ser, que falará mais alto que todas as palavras confusas de tua mente perdida e das tentações do mundo. De dentro para fora, o Espírito Santo Se revelará em teu interior, e no deserto árido e escuro, em teu próprio coração, encontrarás uma Luz.

Por isso busca o Espírito Santo, ainda que te seja incompreensível. Pede a Graça de descobri-Lo e conhecê-Lo em ti e em tudo.

Quando foste pensado por Deus, em teu interior, no mais profundo de tua condição humana, se escondeu uma partícula de Seu Santo Espírito. Esse Espírito que anima a matéria, e que é a ponte entre a ilusão e a Verdade, pode tomar conta de tudo o que és, através da rendição de teu coração, da entrega e da união verdadeira com Deus, mesmo no vazio.

Clama pela revelação do misterioso e silencioso Espírito de Deus.

Seu Sol dourado se revelará na noite de teu coração, e  tu já não caminharás perdido no deserto, mas terás uma direção, que é o aprofundamento do mistério da entrega, que te mostrará um dia quem verdadeiramente és.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ora, filho, e adora a Deus ainda no deserto de teu coração. Recorda que retirar-se no deserto é preparar-se para encontrar o Criador.

O deserto é cheio de desolações, tentações e desafios; o deserto é seco, vazio e solitário. Mas isso é assim para que cruzes todos os limites de tuas debilidades humanas, purifiques as ilusões e quebres as correntes que, desde o princípio da humanidade, foram sendo criadas para aprisionar a consciência em uma mentira sobre si mesma.

Caminha com passos firmes pelo deserto de teu coração e sabe que teu destino é apenas um: o encontro com o teu Criador.

No deserto, o Senhor te leva a vencer as tentações que enfraquecem tua parte mais humana: tuas células, teus ossos, tua mente, tuas emoções. Mas é da fortaleza desse deserto que teu Criador te revelará o potencial que há em ti para transformar as condições mais impuras de toda uma raça.

Os seres humanos, filho, vão descobrindo a si mesmos através da superação, da rendição e da entrega. E cada deserto cruzado os aproxima mais de Deus e assim os aproxima mais de si mesmos, do que são em verdade.

Cruza teus desertos internos para que tua alma se prepare para desertos planetários, e um dia, filho, também teu espírito será levado a um deserto universal, deserto esse que revelará o verdadeiro sentido da existência humana e que aproximará não apenas os homens, mas toda a criação do Coração de Deus.

Deixo-te Minha benção e Minha paz, para que com elas dês os passos necessários neste tempo.

São José Castíssimo

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Desde o princípio da vida, quando a Criação ainda era um sentir no profundo do Coração de Deus, seu Pai Celestial já manifestava os princípios da Cura e da Redenção, Dons que provêm do Seu Amor por tudo o que em Seu interior estava sendo gestado.

O Criador sabia, filhos Meus, que, enviando Seus filhos para aprender, experimentar e crescer entre as dimensões, precisaria criar também as formas com que eles pudessem retornar ao Seu Coração.

Por isso, ao manifestar a vida, as dimensões e todas as formas para que os seres pudessem evoluir, o seu Senhor também desenhou em seu caminho o retorno ao Seu Sagrado e Infinito Coração. Por isso, preencheu os corações dos homens com dons ocultos, e preencheu o planeta no qual habitam com espaços sagrados, também ocultos; espaços estes que guardam em si os Dons de Deus, os frutos do Seu Amor, que permitem às criaturas retornar ao Coração do Pai Celestial.

Aurora, filhos amados, não é apenas um lugar de paz. Aurora é uma Consciência de Cura e de Redenção, na qual os seus corações podem viver para retornar a Deus. Aurora surgiu do Coração de seu Criador, antes mesmo que suas vidas fossem manifestadas.

Contemplando os desafios do planeta e os véus que estariam cobrindo os olhos dos Seus filhos, impedindo que pudessem ver e saber quem verdadeiramente são, o Criador manifestou a Consciência de Aurora; Consciência que os ampara em Si, como o ventre de uma mãe ampara os seus filhos. Tudo quanto necessitam, Aurora lhes dá; dentro do seu Coração, os véus se rasgam para que possam contemplar a verdade sobre si mesmos.

Aurora, filhos Meus, revela-lhes sua condição humana mais impura, para que primeiro conheçam as feridas que devem curar, saibam onde está o que deve ser transformado. Mas, então, do Coração de Aurora, surge o bálsamo que os auxilia, que cicatriza o que estava aberto, que cura até o que há de mais profundo em seus seres, libera o que estava impuro e os prepara para que, através de sua entrega e serviço, a Consciência de Aurora se expanda e chegue aos quatro cantos deste mundo.

Contemplem, filhos amados, a Consciência de Aurora em seu interior, mas também sintam-se inseridos nela. Em seu Coração, toda a vida encontra Cura e Redenção, para descobrir a verdade sobre si e, assim, retornar a Deus.

Abram seus corações, para que não apenas este lugar expresse Aurora, mas suas vidas e este planeta também sejam frutos dos Dons que o seu Criador depositou no interior de Aurora.

Assim como este lugar é sagrado, todo o planeta é sagrado, queridos filhos, mas para reconhecer os mistérios de Deus no planeta que os acolhe, primeiro devem vivê-los em si mesmos. Para que se rasguem os véus que encobrem o sagrado que há no mundo, primeiro devem rasgar-se os véus que encobrem os seus próprios olhos.

Deixem que as mãos de Aurora se estendam diante de seus rostos e puxem os véus que os tornavam cegos, para que possam ver, sentir, experimentar e viver quem são e, mais do que isso, qual o propósito desta vida.

Tudo o que lhes digo está impregnado de uma verdade profunda e interior, verdade essa que podem conhecer através da entrega e da rendição de suas vidas.

Para viver Aurora, devem render-se diante de Deus e clamar por Seus Dons, pelos Dons que Ele lhes entregou através dos lugares sagrados que se ocultam neste mundo e em toda a Criação.

É chegado o Tempo de Deus, filhos amados. Tempo no qual não apenas o caos se cumprirá como estava previsto, mas a Redenção também se cumprirá.

Com Minhas palavras, levo-os a viver as Escrituras, levo-os a ser profecias vivas, porque é através de vocês que tudo se cumprirá.

Eu os carrego em Meus braços para o deserto, porque ainda não sabem quem são. Chegará o momento em que, tendo cruzado esse deserto, mostrar-lhes-ei no horizonte a Verdade de Deus, e descobrirão, filhos Meus, que podem não apenas estar em Meus braços, mas podem caminhar Comigo, rumo à Terra Prometida.

Depois do deserto lhes mostrarei a Nova e Eterna Jerusalém que está no Céu como na Terra, e como duas realidades que se unem em uma só, a Terra Prometida emergirá e tudo se cumprirá. Todos saberão quem são, tudo se tornará mais claro e o que antes pesava em seus corações, como dúvidas e temores, se dissipará.

De Aurora surgirão luzes, luzes de uma nova vida, e do Céu também descerão à Terra os princípios da Nova Humanidade. Esse será o Reino de Deus, filhos amados; um Reino sempre presente, porém, então, revelado aos filhos do Supremo, os que se sabem Seus companheiros e frutos do Seu Amor.

Que Minhas palavras ressoem em seu interior, não apenas como uma promessa, mas como uma verdade que os leva a clamar a Aurora para que a Cura aconteça e a Redenção se realize, para que seus olhos sejam dignos de ver e seus corações sejam dignos de sentir tudo o que hoje Eu lhes disse.

Eu os abençoo com o poder de Aurora e a Graça do Espírito de Deus.

Eu os amo e lhes agradeço por virem ao Meu encontro com o coração.

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato