Sábado, 22 de fevereiro de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA EN TAHLEQUAH, OKLAHOMA, ESTADOS UNIDOS, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Bases ardentes de uma vida comunitária e grupal – Parte I

Existem princípios éticos e, sobretudo, espirituais para que as bases de uma vida comunitária e grupal possam sustentar-se, interna e materialmente e, assim, evitar-se correr riscos de desafios ou decadências que dificultem a sustentação do princípio fundamental de uma comunidade.

Para que o fio de luz espiritual e interno, que alimenta essencialmente as almas que formam uma comunidade, possa manter-se estável e sem oscilações, é necessário cumprir e viver alguns requisitos para que a vida grupal esteja, o tempo todo, impulsionada para o serviço de renovação da sua consciência, que une todos os seus membros em comum unidade.

Para isso:

•           o critério,

•           o senso comum,

•           a ausência de ideias pessoais

•           o equilíbrio,

•           a harmonia,

•           a ética interna e externa,

•           a solidariedade,

•           o serviço incondicional,

•           o dinamismo,

•           a neutralidade,

•           a compaixão,

•           o sentido de referência,

•           a Lei da Hierarquia,

•           o entendimento,

•           o ecumenismo universal e

•           o desapego,

 

são vertentes e caminhos que farão refletir em que ponto e estado interior se encontra uma vida grupal, para poder manter e cumprir as aspirações do Alto.

Manter e levar adiante uma comunidade não é algo apenas material, e todo o esforço diário que isso significa é, principalmente, para não perder o sentido do propósito e da perspectiva pela qual se formou, sobretudo quando a comunidade ou as comunidades foram impulsionadas pela própria Hierarquia.

A referência da comunidade é a ponte que une o âmbito interno com o espiritual, o âmbito material com o imaterial. Se essa sustentação se perdesse ou se desvanecesse com o tempo, a proposta da vida grupal ou comunitária cairia desorientada ou sem guia.

Por isso, tudo tem que estar focado na prática do que se adota para viver e cumprir, não somente com formalidade e ritmo, mas com o impulso de renovar e renovar-se sempre, para que os ciclos grupais mostrem a necessidade e o próximo passo.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os, 

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus