Sábado, 11 de abril de 2020

Aparição Extraordinária
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO SÉTIMO DIA DE INSTRUÇÃO, DURANTE A SEMANA SANTA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E ainda que tenha sido colocado no sepulcro, Meu serviço pela humanidade não havia terminado.

Hoje dou continuidade, para todos, ao que verdadeiramente sucedeu naqueles tempos durante a dolorosa Paixão de Seu Mestre e Senhor.

Mas para poder entendê-lo espiritualmente, nesta tarde ingressarão Comigo no Universo de Deus, em outro espaço da manifestação criadora imaterial e cósmica onde também se guardou a memória de todos os fatos sucedidos durante a dolorosa Paixão do seu Senhor. Preparemo-nos para este momento.

Coloquem suas almas a serviço do Plano para que elas participem deste momento e guardem em sua memória tudo que viverão e experimentarão, acompanhando os registros universais de seu Mestre e Senhor. 

Para ingressar nesse Universo de Deus, bastará abrir a porta desse espaço com a sua palavra e a sua canção; essa será a chave que permitirá revelar-lhes tudo o que sucederá depois. 

Agora, enquanto Eu lhes mostro o Universo de Deus detrás de Mim e os anjos que acompanham este momento, porque são os encarregados de revelar os registros universais do seu Mestre e Senhor, deverão entoar a chave musical que lhes permitirá ingressar nesse espaço da consciência.

Vamos entoar “Adonai, Espírito Santo” até que o Senhor o indique, e que Adonai ressoe em nosso interior e em nossa consciência, para que nossas almas ingressem nesse espaço. Podemos começar.  

Canção: “Adonai, Espíritu Santo”.

Uma vez mais.

Voltemos ao instrumental anterior.

Estamos em um espaço que não é material, porém espiritual. Estamos dentro de uma parte da Consciência de Deus, que se expressa como uma grande Esfera de Luz celeste, onde os anjos escrevem em nossas essências neste momento. O centro desse lugar é uma poderosa Esfera de Luz dourada que alterna, em sua manifestação, diferentes cores e formas, manifestando a beleza mais perfeita da Criação.

Nossas almas estão no Universo do espírito, lugar aonde sempre aspiraram a chegar e a participar dele.

Nossas almas participam desse lugar com a sua consciência mais sutil e elevada, e são invadidas por muitos impulsos que vêm do centro dessa Fonte, onde, em pequenos Cristais de Luz, dentro de uma Esfera dourada, guarda-se a experiência do nosso Redentor na Terra, as passagens mais importantes e emblemáticas de Sua tarefa espiritual e cósmica.

E no Universo mental, o Universo ultraterrestre, outra parte do plano da Consciência da Criação, também se guarda uma cópia fiel desse espaço e lugar, que são outros aspectos da tarefa que Cristo realizou na Terra naquele tempo. 

Sintamos, neste momento, como o centro da nossa alma se conecta e se une a essa grande Esfera dourada que rege o centro desse espaço da Criação.

E por fora dessa Esfera azul, que nos envolve e nos protege, vejamos as diferentes Hierarquias angélicas acompanhando Nosso Senhor neste momento.

Mas vejamos Cristo absolutamente transfigurado. Uma transfiguração mais profunda e completa que a que viveu no Monte Tabor. Ele nos mostra neste momento a Sua verdadeira Face, a consciência do Cristo Cósmico, chamado Jesus Glorificado.

Vamos contemplá-Lo ao lado dessa Esfera dourada de Luz e, enquanto isso, dentro dessa Esfera dourada, não percamos a atenção e a sintonia com esses pequenos Cristais de Luz, como giram de forma tão semelhante ao nosso DNA, o movimento das nossas moléculas e átomos. Estamos ante o aspecto científico de Deus.

Contemplemos a Cristo, como cada parte de Seu Ser está iluminada e glorificada e alcançou uma matéria transubstanciada e sublimada pelo poder do Amor que Ele encarnou, por esse Amor que Ele expressou a cada um de nós, do Seu Nascimento até a Sua Ascensão. 

Ali se reúnem, através de Cristo, todas as etapas da Sua vida na Terra, não apenas as etapas da Sua vida material, mas também espiritual. Estamos ante a revelação do Cristo Vivo e Glorificado. Todo Seu Ser é a própria Eucaristia viva, é a grande Relíquia de Deus que se ilumina ante nossas almas e consciências, levando nossos seres a uma comunhão espiritual e cósmica com as Leis do Universo imaterial.

Neste momento, devemos crer no que estamos vivendo e sentindo, além da distância ou da separação. A Consciência Glorificada de Cristo nos une e nos reúne neste momento para viver esta experiência.

Vejamos Nosso Senhor levitando no Universo, dentro dessa grande Esfera celeste de Luz, e nós ali dentro, participando conscientemente com todo o nosso ser e consciência, abrindo nossa alma para que todo o nosso ser receba, através de Cristo, os mistérios das Leis imateriais que ali se encontram neste momento e que são as Leis que impulsionaram as Leis materiais, as chamadas Leis universais. Estamos sob outra vibração e condição espiritual; mantenhamos a nossa conexão e o nosso coração aberto para isso.

Deixemos que a nossa alma seja invadida por todos esses impulsos lumínicos que a Consciência transubstanciada de Cristo nos oferece neste momento.

E assim, em um ato de profunda gratidão e reverência, dentro desse espaço da Consciência de Deus, em que o Seu aspecto científico está presente, sintamo-nos no absoluto vazio, no completo despojamento e na renúncia necessária para que seja Ele, Cristo, que atue através de nossas almas, e não nós.

Dentro dessa Esfera dourada de Luz que Ele nos apresenta e que acende através da palma de Sua Mão direita, Ele nos oferece viver a Vontade de Deus.

Ele nos coloca ante a visão e o momento consciente de poder reconhecer a Vontade Divina que surge da Fonte como uma emanação poderosa de Amor e de Unidade.

Por fora dessa grande Esfera celeste de Luz, vemos aproximar-se São Miguel Arcanjo, também com um aspecto transfigurado como um grande guerreiro de luz que cuida dos diferentes Projetos da Criação. Em Sua Mão direita, vemos uma lança, e em Sua Mão esquerda, vemos uma balança que mantém seu equilíbrio, sua igualdade e equidade.

Contemplemos todos esses símbolos, mas, sobretudo, compenetremo-nos dessa realidade que Nosso Senhor hoje nos oferece com toda a Sua Humildade e Amor. 

Ele coloca, no centro de cada uma das nossas almas, esses Cristais de Luz que guardam Sua Energia Crística. Nossas almas se rendem aos Seus Pés, não se sentindo dignas desse merecimento, mas, sim,  reconhecendo a Graça suprema que as trouxe até aqui.

E agora, essa grande Esfera celeste de Luz se dissolve no espaço. Centenas de almas, de diferentes partes do mundo, estão ali presentes, rendendo-se aos Pés do Redentor, dentro dessa Consciência de Deus, em que as Leis imateriais atuam e agem por meio da Lei do Silêncio.

Contemplemos a beleza que Deus nos mostra nesse lugar e nesse espaço, que é parte da Sua Consciência  Universal.

Através de nossa cabeça, do centro coronário, eleva-se um sutil fio de luz que nos conecta com esse Universo onde a nossa alma está presente.

O Cristo transfigurado não fala através de palavras, mas através das ações que hoje leva adiante com todos nós e com toda a humanidade.

Mas Ele nos pede algo:

Sejam conscientes do que estão recebendo e deem valor ao que se lhes entrega, porque esta será a única vez até que Eu retorne ao mundo, quando muitos reconhecerão Minha Presença, ainda que muitos outros a negarão.

Estou preparando-os através disto para esse tempo. Por essa razão os trouxe aqui em consciência e espírito, em alma e em essência, porque aqui é onde Deus reside, dentro de cada um dos Seus filhos.

Quem se esvazia, redime-se. Quem se rende, redime-se. Quem se entrega a Mim, redime-se. Quem Me dá sua vida, redime-se.

Enquanto isso, o Universo, através das melodias, revela diferentes impulsos da Criação, semelhantes a grandes nebulosas, estrelas ou galáxias, que se desenham nesse firmamento da Consciência de Deus, na presença dos anjos e de São Miguel Arcanjo. Cristo ainda mantém a Mão direita próxima à Esfera dourada de Luz.

Por momentos, somos ofuscados e invadidos por explosões de Luz dourada que tornam as nossas almas invisíveis. Somos banhados pelo Seu Amor-Sabedoria, esse Amor e essa Sabedoria que encarnaram no mundo, através de Jesus, para trazer a redenção ao planeta por um só propósito, o propósito do Amor.

Enquanto Jesus Se encontrava no sepulcro, vários aspectos de Seu Ser e de Sua Consciência realizaram esta tarefa que hoje Ele realiza conosco, ajudando diferentes grupos de almas e redimindo os infernos, dando oportunidade e Graça a todas as estrelas caídas.

Hoje Ele nos entrega, pelo poder divino de Sua Misericórdia, estes impulsos da Fonte Espiritual que guarda os registros de toda a Sua experiência na Terra e de todos os níveis do Seu Ser, que se revelam diante de nossas consciências para que saibamos e reconheçamos que Deus está em tudo.

Com muita suavidade e harmonia, tragamos nossas consciências a este espaço material,  ao lugar onde  agora nos encontramos, e sintamos como toda essa experiência se guarda no centro de nosso ser, no mais íntimo de nosso ser interno.

Ainda vemos aqui o Cristo Glorificado, o Cristo transubstanciado, com todo o Seu Ser como uma mesma e única Eucaristia que se oferece ao mundo para a sua redenção e perdão.

Ainda vemos, detrás de Cristo, esse Universo e espaço de Deus palpitando.

O Plano universal está centrado na redenção da humanidade. Por essa razão, o próprio Deus Se ofereceu ao mundo através de Seu Filho, para que a humanidade daquele tempo e a humanidade de hoje compreendessem que estão aqui por um Propósito divino, e não somente por uma vida material. Suas células, átomos e o centro dos seus seres devem compreender isso, devem afirmá-lo para que suas almas governem e levem adiante as Aspirações de Deus e a Vontade que Ele determinou para cada um dos Seus filhos.

Neste sétimo dia do encontro, vejo a maioria das almas vazias de si. Devem reconhecer isso todo o tempo. Devem resguardá-lo de vocês mesmos. Devem preservá-lo do mundo, do caos e da infidelidade. Devem comprometer-se com vocês mesmos pelo Plano de Deus, porque Deus está esperando atuar através de Seus filhos, como Ele tem atuado através dos tempos e das diferentes raças.

Mas, para que essa decisão que Deus tem possa se manifestar, depois de tudo que a humanidade recebeu através dos tempos, corresponde à raça de hoje dar o grande e último passo para que essa Vontade possa se realizar e se concretizar. Enquanto isso não ocorre, a humanidade continuará sofrendo.

O Reino dos Céus esteve neste planeta. O Reino dos Céus se reflete através da natureza deste planeta. Quanto mais agressão receber, maior dor o ser humano sentirá. Não haverá lugar nem consciência que possa suprir essa dor nem acalmar esse sofrimento.

Vocês são seres que provêm da Fonte. Por isso os levei a esse lugar predileto de Deus. Ele colocou todos dentro do Seu Coração, perceberam? É o Amor que surge e emana da Fonte, o Amor renovador e incansável que fará de cada ser um novo ser; por isso a sua rendição é importante.

Não tenham medo das mudanças. Abram-se às mudanças que chegarão no fim destes tempos. A alegria celestial é a promessa que Deus tem para cada um dos Seus filhos; e hoje Ele cumpre Sua promessa levando todas as almas que escutam ao recinto do Seu Sagrado Coração, além dos erros, das dúvidas ou dos traumas que cada ser humano possa estar vivendo e atravessando.

Deus é o eterno incondicional. Seu Mestre é o eterno incondicional. O Espírito Santo, que hoje está entre vocês, é o eterno incondicional.

Quando a humanidade aprender a viver no amor, e não na indiferença, a praticar a igualdade, a tolerância, o respeito e a fé, tudo se transformará. Para que isso aconteça, Eu retornarei ao mundo no momento mais difícil e culminante da raça. Aproximam-se os dias para esse acontecimento.

Hoje pedi ao Pai que Me desse a Graça de levar cada um de vocês para dentro do Seu Coração.

Agora, Cristo, colocando Suas Mãos em sinal de imposição, transfigura Suas vestimentas e toda a Sua Consciência em uma sutil cor rosa. Ele nos mostra o Seu aspecto espiritual de Amor. O Amor d'Aquele que  foi submetido e ultrajado pelos homens durante a Sua dolorosa Paixão nunca se rendeu.

Estamos diante do Amor invencível de Cristo, o Amor que Ele, neste momento, irradia ao mundo inteiro, colocando o nosso planeta, toda a humanidade e os Reinos da Natureza perto do Seu Peito.  

Hoje o Seu Amor espiritual e invencível recolhe as almas-grupo de diferentes espécies animais - como as baleias, que são aniquiladas, o gado, que é aniquilado, as espécies que perdem o seu habitat -, e do Reino vegetal, que é explorado, queimado e destruído na superfície da Terra.

E mais ainda, o Amor invencível de Cristo penetra no profundo do nosso planeta e recolhe a alma-grupo do reino mineral, cujos minerais sofrem e são destruídos e extraídos com violência e vingança.

Seu Amor também chega hoje, especialmente, aos que vivem na escravidão, na África e no mundo.

Estamos no momento e na Graça, diante do Amor invencível de Cristo, de pedir perdão pelos erros cometidos, por esta humanidade, contra os Reinos da Natureza, de pedir perdão por nós e por nossos irmãos que estão cegos e que só querem o proveito e os benefícios da Natureza.

Diante do Amor invencível de Cristo, peçamos perdão por destruir a Criação e por não valorizá-la.

Prostremo-nos diante de Cristo para pedir perdão e para que o Seu Amor triunfe no mundo pelos méritos da Sua dolorosa Paixão, pelo descenso da Sua insondável Misericórdia.

Podemos levantar-nos, respirar profundamente e agradecer.

Hoje vamos, a pedido de Cristo, oferecer esta comunhão pelos Reinos da Natureza, mas também pelos que têm sede no mundo e não têm água para beber e para hidratar seus corpos. Peçamos a Graça de que o Reino das águas, das entranhas mais profundas da Terra e por meio da Mãe Natureza, conceda a Graça de fazer brotar vertentes naqueles lugares onde abunda a sede. Amém.

Senhor, Deus do Universo e da Vida, Fonte inesgotável de Amor e de Verdade, manifestação infinita da providência, da abundância e da sabedoria universal, oferecemos-Te este Sacramento em nome de Teu amadíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, e pedimos a Graça e a oportunidade de que tudo que aqui recebemos, além de não o merecermos, possa chegar às almas que aspiram e esperam esta abundância espiritual que Tu fazes descer à Terra através do Teu glorioso Filho. Amém.

A novena de oração desta Semana Santa, a Trilogia Espiritual que Eu lhes ensinei há muitos anos, foi de vital importância para Mim, porque permitiu levar adiante toda esta tarefa, sem interrupções nem obstáculos.

Grato pelos que se esforçam de coração! Minha Paz esteja em cada um dos orantes que sustentam este Plano de Amor.

Por essa razão, neste sábado de Aleluia, para que no dia de amanhã suas almas ressuscitem em espírito, em gozo e em alegria por terem a Graça de escutar a Palavra de Deus, ofereço-lhes esta Comunhão Eucarística cumprindo a Minha promessa de estar com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.

Pai, Amor infinito, Consolador e Curador, ofereço-Te este pão para que Tu, sob o poder da Tua Glória, o convertas no Corpo de Cristo, para que hoje, consumando esta tarefa espiritual e divina, ofereça-o a cada um dos Teus filhos, e volte a dizer-lhes: “Tomem e comam, porque este é o Meu Corpo, que é entregue pelos homens para o perdão dos pecados”.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Amém.

Da mesma forma, ofereço o Cálice da Redenção a Ti, Pai Amado, para que Tu o transubstancies no Sangue de Cristo. Por esse motivo, volto a oferecer aos Teus, dizendo-lhes: “Tomem e bebam todos dele, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da Nova Aliança, que é derramado pelo Seu Senhor até os tempos de hoje, para o perdão de todas as faltas. Façam isto em Minha Memória”.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Amém.

E agora, dando-nos, todos, as mãos, e quem está só em sua casa levante as suas mãos para o céu em sinal de recepção, para que, junto ao Nosso Senhor, repitamos a poderosa oração que Ele nos ensinou:

Pai Nosso (em espanhol).

Pai Nosso (em inglês).

Que a Paz de Cristo desça à Terra e eleve ao Céu todas as estrelas caídas.

Que assim seja.

Podem levar as mãos ao coração, porque onde está a unidade não prevalece nenhuma enfermidade.

Que a Paz do Reino dos Céus esteja em vocês e em todo o mundo.

Abençoo-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agradeço-lhes por terem compartilhado esta tarde Comigo. Guardem na memória o que hoje viveram.