MENSAGEM DO PAI ETERNO PARA A 97ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, TRANSMITIDA NO ALGARVE, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Refugia-te em Mim.

Sou parte de tua respiração e de todos os teus sentidos; e, mais ainda, de todos os teus sentidos internos.

Não temas, anima-te a cruzar os oceanos da Minha Consciência.

Surgiste de um espaço tão bendito e sagrado para Mim, que deves aspirar a recordá-lo.

Sabes disso?

Tem fé, porque Eu sempre te sustentarei.

Estás como uma pequena e inofensiva ave sobre Minhas Mãos.

Eu te acaricio e te consolo com a Luz do Meu Eterno Coração.

Desperta, filho! É hora de que te abras internamente para poder conhecer Meus mais profundos mistérios. Não duvides do que te digo, sê valente e conseguirás.

Tudo o que te dei foi para que Me fizesses feliz. Cada parte da Minha Criação foi perfeitamente pensada para agradar-te e fazer-te sentir muito próximo de Mim.

No silêncio, ali estou. Em cada Reino Menor da natureza, ali estou. Nos elementos, ali estou. Peço-te: busca-Me e Me encontrarás.

Estou além do que é concreto. Estou muito perto de ti, mais perto do que podes imaginar.

Aproxima-te da Minha Criação. Tudo o que vês, neste planeta e em todo o universo, está de braços abertos para receber-te.

Sê forte, mas também sê paciente.

Como mais ninguém, teu Pai Celestial sabe sobre o momento que tu e Seus demais filhos estão atravessando.

Mas onde está o Meu Amor está a Minha Criação.

Abre tua mente e imagina-Me. Sou algo mais do que o que se escreveu sobre Mim.

Minha Ciência é Sabedoria, e dou às Minhas criaturas essa Sabedoria para que possam representar-Me.

Meu Amor é Compaixão. Dou às Minhas criaturas a Minha Misericórdia para que possam perdoar a si mesmas e aos demais.

Deves saber que não estou distante de tudo o que esta humanidade e este planeta vivem.

Eu também sofro o pesar das Minhas criaturas, mas muitos dos Meus filhos se afastaram do Meu Amor e, ao afastar-se do Meu Amor, distanciaram-se da Minha Verdade.

Ainda estou de braços abertos e, em silêncio, espero cada um dos Meus filhos para que esteja ao Meu lado, junto a um Pai que vos ama desde sempre com um Amor que não muda, com um Amor que vos leva à Verdade.

Hoje estou emitindo esta Mensagem para o universo interior de todos os Meus filhos, porque todos são Meus filhos, sem distinção.

Este é o tempo de preparar a chegada do Meu Amado Sucessor, o Cristo.

N'Ele, Eu vos dei a Vida, Eu vos ensinei o Caminho e Eu vos entreguei a suprema Verdade do Coração.

Filhos, não vos deixeis confundir pelo mundo, olhai para dentro de vós.

Eu estou ali, porque ali está a Minha Igreja.

Nesse espaço sagrado, estou para escutar-vos, estou para atender-vos; posso ver-vos, posso sentir-vos, posso saber sobre cada pensamento.

Não tenhais medo, esvaziai-vos um pouco mais para que Meu Amor e Minha Luz possam governar-vos.

Bem-aventurados os que padecem injustiça, porque serão consolados.

Bem-aventurados os que são escravizados, explorados e exilados, porque no último dia serão reconhecidos e serão chamados benditos santos do Pai.

Alegrem-se os que recebem Minha Misericórdia, porque as correntes e as prisões se romperão, e a Luz de Emmanuel vencerá.

Que tuas mãos sempre estejam em oração Comigo, para que, além de tudo, estejamos comunicados em espírito.

Venham a Mim os desesperançados, venham a Mim os oprimidos e os que estão cansados; porque Eu vos consolarei e vos abençoarei com Meu Espírito, assim como Meu bendito Filho Jesus foi abençoado no rio Jordão.

Que tua vida aspire a ser um novo sacramento. Ofereço-te Minha reconciliação para que saibas que Eu Sou a Paz.

Caminha com teus pés, seguro de que segues o caminho de retorno à Casa de teu Pai, que está nos Céus e que está dentro de ti.

Sacia a sede em Minha Fonte Divina.

Aqui está Meu Nome, louvado e exaltado, para poder erguer das ruínas a consciência dos Meus filhos.

Fica em Mim, porque escuto tuas palavras.

Teu Pai Celestial,

Adonai

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Queridos filhos,

Eis aqui a Sagrada Senhora do Portal, a que abre os espaços da consciência para que nela desça a Ciência Divina.

Eis aqui a Sagrada Senhora do Portal, a que neste tempo indica a todos os Seus filhos o caminho de retorno ao Coração de Deus.

Eis aqui a Sagrada Senhora do Portal, a que guia e conduz os corações orantes ao encontro definitivo com sua origem interior.

Eis aqui a Sagrada Senhora do Portal, a que mostra neste tempo os sinais do Retorno de Cristo a todos os servidores do Redentor.

Eis aqui a Sagrada Senhora do Portal, a que intercede, entre a Terra e o Céu, pelas causas e  situações impossíveis.

Eis aqui a Sagrada Senhora do Portal, a que traz a todos o abençoado afluente da Graça Celestial, para que sejam lavados de suas faltas e renasçam como instrumentos redimidos, colocados em oferta aos Pés do Pai Celestial.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

 

 

Domingo, 19 de julho de 2020

Aparições
APARIÇÃO DE SÃO JOSÉ NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Hoje lhes trago o Relicário de Meu Coração, Relicário espiritual e divino que guarda em si o caminho que percorri desde que surgi como essência do Coração de Deus.

Que este Sagrado Relicário seja para vocês como uma porta, uma entrada ao Reino Celestial através da humildade, da rendição, da entrega e, sobretudo, filhos, da renúncia, dom que os eleva e os aproxima de Deus, como aproximou o Meu Coração ao longo de todos os tempos.

Contemplem hoje, em seu interior, o Relicário de Meu Coração, não apenas para olhá-lo, mas para ingressar nele, para descobrir o que se guarda além desse Coração humilde, que chega ao mundo apenas para ser uma ponte.

Fechem os olhos e vejam diante de vocês um Coração que pulsa dentro de um Relicário de madeira, que significa a humildade daquele que foi moldado pelo Criador ao longo de todos os tempos.

Vejam como esse Coração se abre em uma grande luz que os abraça, envolve-os e os leva a uma nova realidade. Cruzem essa luz, encontrem além dela o infinito. 

Permitam-se, por um instante, viver como essências, e não como seres humanos; deixem que suas essências sintam e vivam essa experiência.

Permitam que seu corpo se dissolva, por um instante neste infinito deste universo celestial; aqui contemplem as estrelas, as galáxias, os sóis, os universos e permitam-se ir além.

Há uma grande Luz, há uma Fonte perfeita que os chama a retornar como um imã. Sintam-se atraídos por ela e ingressem nela; sintam essa Luz branca, brilhante, que pulsa em um silêncio profundo que envolve toda a Criação, um silêncio mais poderoso que todos os verbos e todos os sons. Desse silêncio surgem os sons, dessa Fonte surge o Verbo. Permitam-se estar no Coração de Deus.

Dentro dessa grande Luz, contemplem um altar. Percebam os anjos, os arcanjos e os coros dos bem-aventurados, que cantam com o espírito um som, que com o espírito se escuta.

Os anjos, prostrados diante do altar, adoram a Criação, encontram nela todos os tipos de vida, que se manifestam neste planeta e que se manifestam em outros mundos, além da Terra, em outros universos, em outras evoluções.

Sintam-se pequenos como nada e, ao mesmo tempo, filhos, experimentem estar vivos em tudo. Sintam o Reino de Deus. Que cada célula, cada átomo experimente esse Reino, e o descubra no próprio interior.

Agora comecem a sentir como esse Reino se expande de dentro para fora. Como se em seus corações uma grande explosão de luz acontecesse. E essa Luz, que contemplam no infinito, manifesta-se dentro de vocês. Nela existem todos os atributos, todos os dons, todas as virtudes. Nela está toda a Criação.

Sintam, filhos, como Deus se manifesta dentro e fora de vocês. Sintam dentro de suas essências toda a vida, cada criatura, cada ser, cada essência.

Isso que manifestam como corpo é como um grande infinito, no qual cada consciência está representada através das partículas de luz que vivem em seus átomos. Dessa forma compreendam a unidade.

A Igreja Celestial, filhos, não é uma construção que paira no infinito, no Universo Celestial. A Igreja Celestial é esse templo interior, onde a Criação se recria de tempos em tempos.

A Igreja Celestial é o que hoje lhes revelo: esse Reino que habita dentro de vocês e que se chama “Templo”, para que compreendam o Sagrado.

O que hoje lhes trago não deve ser compreendido com a mente, não deve ser sentido com suas emoções, mas experimentado por suas essências.

Nesse Reino se guarda toda a vida. Dentro de vocês se guarda toda a vida. Por isso compreendam que, dessa mesma forma, Meu Coração pulsa em seus corações e seus corações pulsam em Mim. 

Já chegou o tempo de a humanidade compreender a unidade que justifica sua existência, que revela seu propósito, que não é apenas a vida sobre a Terra, mas a unidade com toda a vida.

Muitas vezes já lhes disse todas essas coisas; de muitas formas, Eu lhes trouxe esse Reino. Mas hoje, filhos, coloco-os dentro d'Ele. Revelo-lhes que esse Reino vive em seu interior para que permaneçam nele, em Sua revelação, todo o tempo.

Muitos buscam realidades universais e muitos se prendem à realidade da Terra. Muitos aspiram a um conhecimento superior e querem saber, conhecer a vida que se manifesta no universo, como no interior da Terra e de todos os planetas. E outros se prendem ao que conhecem da Terra, acreditam que o Reino de Deus é apenas esta vida. 

E a ignorância se manifesta dessas duas formas, porque a vida universal vai além de tudo o que compreendem, da mesma forma que a vida sobre a Terra.

É chegado o momento de transcender a matéria, matéria que habita no universo, como esta que habita na Terra, porque de outra forma não poderão manifestar o Reino de Deus, vivê-Lo e ser isso, porque essa é a sua missão espiritual, para isso foram criados, para mais que um diálogo com Deus. Sua missão não é apenas escutar a Voz do Criador, mas vivê-Lo, recriar Sua Criação, experimentando Sua Presença dentro de vocês.

Já se aproxima o tempo em que cairá por terra toda ilusão vivida pela humanidade. E será nesse momento, filhos, que a recordação de Minhas palavras deverá emergir dentro de vocês, deverá transcender a condição humana, a mente, a compreensão, os sentimentos; deverá dissolvê-los na revelação da Presença Divina.

O que habita dentro de vocês, nem sequer os anjos e arcanjos podem viver, por isso não se prendam às coisas do mundo, não se prendam a tudo que viveram no universo antes de chegar ao mundo, porque tudo foi um aprendizado para que pudessem chegar até aqui.

Não quero diminuir a existência, com o que lhes digo hoje, mas quero levá-los a uma experiência profundamente espiritual, para que experimentem algo que vai além, algo que não viveram em nenhum momento de sua evolução, mas que chegará o momento de experimentar, e isso não está distante de vocês.

Neste tempo do planeta, estas duas realidades se confrontam. A condição humana parece ser mais real do que nunca e os seres vivem esta batalha, muitas vezes sem compreendê-la. 

O Universo de Deus, Seu Reino Celestial, empurra de dentro para fora e aspira a manifestar-se, e sua condição humana resiste e tenta não quebrar-se, mas se afirma, em todos os espaços da consciência que pode alcançar: na matéria, na mente, nos sentimentos, no corpo, no consciente e no subconsciente.

Mas por mais que isso tenha força, não tem poder. O poder provém do espírito, espírito que grita e se expande dentro de vocês. Escutem, filhos, esse clamor que provém da essência. Deixem que essa força que recria a Criação se revele, manifeste-se.

Tudo que Eu lhes falo se alcança através de três chaves, que em verdade são uma só: humildade, renúncia e rendição. 

Através da humildade, todas as portas lhes serão abertas, para que não apenas compreendam todas as ciências e sejam conhecedores de toda a vida, mas que também possam ir além disso e viver a revelação da Presença Divina, do propósito humano. 

Através da renúncia se libertarão de si mesmos, de todo conceito humano, de todas as suas vontades e aspirações e de suas metas mais espirituais; de tudo aquilo que creem saber, de tudo aquilo que creem ter como experiência estarão vazios.

Através da rendição, tudo se realizará, porque estarão como essa essência, suspensa no infinito, como no infinito do próprio interior. Amarão o nada e descobrirão tudo no Coração de seu Criador. Tudo o que hoje lhes digo, posso dizê-lo porque Eu experimentei isso, pouco a pouco, passo a passo ao longo de Minha evolução.

O seu desafio hoje é vivê-lo intensamente neste final dos tempos, de uma forma acelerada, intensa, e estão prontos para isso. 

Assim como toda a vida, Meu Coração pulsará dentro de vocês, todas as Minhas instruções ressoarão neste grande silêncio que guarda não apenas todos os sons, mas também toda a sabedoria. Por isso, filhos, busquem isso dentro de vocês, em oração, sempre que necessitarem.

Quando sentirem que a matéria batalha com o espírito, e sua condição humana parece ter mais força que suas essências, apenas silenciem e busquem no próprio interior essa fonte da vida. Coloquem sua fronte no piso e clamem a Deus para que Ele se manifeste de dentro para fora e de fora para dentro, abarcando todos os espaços, vencendo todas as batalhas, revelando Seu triunfo em suas vidas.

Não busquem entender o que lhes digo, mas experimentem isso. Contemplando o Relicário de Meu Coração, sempre encontrarão essa porta que os fará recordar tudo o que lhes disse para que possam experimentá-lo. 

O Relicário de Meu Coração não é um objeto que contemplarão sem compreender. O Relicário de Meu Coração é apenas um símbolo que faz com que sua matéria recorde, através dos sentidos, a vida espiritual.  

Através de seus olhos, abrirão uma janela para que suas essências possam reencontrar a Deus, contemplando o Relicário de Meu Coração. É uma ciência profunda, que não se explica com a mente, mas que poderão experimentar cada vez que se abrirem de coração. Por isso, quando estiverem diante do Relicário, apenas permaneçam em silêncio. Sintam que, através de seus olhos, suas essências podem contemplar um caminho e percorrê-lo.

Poderia estar todo o dia a seu lado, contando-lhes todas as coisas que aprendi, mas quero que aprendam a encontrar-Me dentro de vocês, assim como a Cristo, assim como a Virgem Maria, assim como ao próprio Deus e todas as Suas criaturas.

É chegado o tempo de um ciclo mais profundo e lhes advirto que, da mesma forma como esse ciclo é profundo, também profundas e inexplicáveis serão suas batalhas. 

Muitas vezes parecerão não ter escutado nenhuma instrução da Hierarquia, e a vida mundana se expressará em vocês com toda sua força. Observem isso, percebam e voltem ao ponto de encontro com Deus dentro de si mesmos, até que, pouco a pouco e com muito esforço, essa batalha possa ser vencida pelo Criador dentro de vocês. 

Compreendam as provas uns dos outros, compreendam suas debilidades, mas não as justifiquem pela condição humana. 

Ajudem-se, recordem-se de que essa vida espiritual habita dentro de vocês. Elevem-se ao Coração de Deus. Lembrem-se de que estão preparando o retorno de Seu Filho ao mundo. Coloquem ali sua consciência.

Com Minha presença e Minhas palavras abençoo todos estes elementos no Altar e lhes digo que, da mesma forma como os Mensageiros Divinos abençoam cada objeto sagrado, também os sacerdotes têm a potestade para fazê-lo. 

Todos os dons e promessas que se manifestam nestes objetos, como presente divino para as almas, da mesma forma se manifestam quando os sacerdotes unem o Céu e a Terra para abençoá-los de coração. Por isso confiem em que todas as medalhas e todos os objetos sagrados que se manifestarão ao longo dos tempos serão portadores da Graça e da promessa divina para todas as almas.

Tragam aqui o altar com os elementos para a Consagração da Eucaristia.

Frei Zeferias.

Consagrando esta Eucaristia em Minha Presença, orem por todos os sacerdotes do mundo, para que o Reino de Deus neles se manifeste todo o tempo.

 

Frei Zeferias: Naquela noite, em que Nosso Senhor celebrou a Última Ceia com Seus discípulos e apóstolos, Ele tomou o pão e o elevou aos Céus, dando graças a Deus pelo sacrifício que Ele viveria por todos nós, e o Eterno Pai abençoou o pão, transformando-o no Corpo de Cristo. Em seguida, Jesus partiu o pão e entregou-o a Seus discípulos, dizendo-lhes: "Tomai e comei todos dele, porque este é o Meu Corpo, que será entregue por vós".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. Amém.

Da mesma maneira, Jesus tomou nas Mãos o Cálice e o elevou aos Céus e, em seguida, passou aos Seus discípulos, dizendo-lhes: "Tomai e bebei todos dele, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da nova e eterna Aliança, que será derramado por vós, para vossa salvação, redenção e remissão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória até o fim dos tempos, quando Eu hei de regressar a este mundo."

Louvamos-Te, Senhor, e Bendizemos-Te. 
Louvamos-Te, Senhor, e Bendizemos-Te. 
Louvamos-Te ,Senhor, e Bendizemos-Te. Amém.

Vamos todos juntos fazer a oração que o Senhor nos ensinou, unindo-nos a esta santa Comunhão com Seu Corpo e Seu Sangue.

Pai Nosso (em português).

Eis aqui o Corpo e o Sangue de Cristo, o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo. 

Bem-aventurados os que fazem parte desta Ceia do Senhor, porque a morte não mais os tocará e conhecerão a vida eterna. Amém.

Que a Paz e a Misericórdia de Cristo desçam à Terra!

Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, 
mas dizei uma palavra e serei salvo. 
Amém.


 

Tocamos três badaladas anunciando a Comunhão espiritual de todas as almas com Cristo.

Que a Eucaristia seja seu sustento e que lhes recorde, todos os dias, o verdadeiro motivo de sua existência. Dessa forma, filhos, o triunfo de Deus se manifestará em suas vidas. 

Recordem Minhas Palavras e tudo aquilo que lhes disse ao longo de todos estes anos e lembrem-se de encontrar-Me em seu interior. Estarei com vocês todo o tempo. Recebam Minha benção e Minha paz, que ressoará em vocês pelos séculos dos séculos e até a eternidade.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E, para despedir-Me, cantarão uma canção que lhes recordará que devem seguir semeando o amor e o bem na humanidade. 

Não esqueçam que uma vez lhes pedi que nunca permaneçam com rancor em seus corações, mas que perdoem-se, reconciliem-se, sirvam uns aos outros e deem a conhecer ao mundo a libertação que é pedir perdão e amar-se como Deus os ama, para que reine a paz em todas as nações, para que reine o bem em todas as famílias e para que triunfe o Coração de Deus em todos os Seus filhos.

Terminarão este dia celebrando e semeando o amor em toda a humanidade, em todos os Reinos e em todo o planeta. Agradeço-lhes. 

 

Irmã Lucía de Jesús: Vamos cantar em espanhol “Semeando o amor na humanidade”.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sempre que clamarem pela paz, Eu ali estarei. Meu Coração está atento a cada súplica, a cada clamor, a cada coração sincero que acende a luz de sua essência, mesmo nos abismos mais profundos da consciência planetária.

Quando oram de coração, suas vozes são como melodias que ressoam entre as dimensões e que chegam aos altares celestiais, comovendo o Coração de Deus, que responde à súplica de Seus filhos com piedade, cura e Misericórdia, com a Verdade que os desperta do sono do mundo e os faz retornar ao Seu Coração.

Sempre que orarem, recordem de fazê-lo de verdade, com atenção em cada palavra, com vida em tudo o que pronunciarem, cantarem e ofertarem, porque o milagre da oração ainda é um mistério para o coração humano. Mas hoje Eu lhes digo, filhos, que é esse mistério, guardado em seus corações, que revela o verdadeiro potencial dos seres humanos.

É quando oram com sinceridade, vencendo toda vergonha, temor e condição humana, que podem experimentar o que são e descobrir as suas potencialidades mais puras e espirituais.

E não falo da vida universal, não falo sobre realidades materiais, mas de suas essências, daquilo que os faz semelhantes a Deus e que muitos pensam conhecer, sentir e viver sob sua guia, e não é dessa forma.

Quanto mais orarem, mais poderão ir ascendendo a esse espaço profundo da consciência. Quando deixam de lado os temores e tudo o que pensam de si mesmos, quando se colocam na Presença de Deus, e só d’Ele, para entrar em um diálogo profundo com o Criador, é então que podem começar a conhecer a si mesmos.

O autoconhecimento começa com a confissão, quando se permitem estar transparentes, sem capas, sem véus, e se permitem não apenas se expor diante de Deus, mas também que Deus seja Quem os toque com Suas Mãos e lhes mostre aquilo de vocês mesmos que ainda desconhecem.

Por que lhes digo essas coisas hoje?

Porque, dos últimos anos, esta é a síntese de tudo o que tenho para lhes dizer: orem, de verdade, em confissão, diante de Deus, desfazendo-se de tudo o que creem de si mesmos. Percam o medo e a vergonha de não serem o que construíram por tanto tempo na Terra e além dela, e deixem que a Mão de Deus os limpe e lhes mostre algo maravilhoso sobre si mesmos, que nada são, senão uma essência, pura, divina, parte do Criador, capaz de recriar e renovar toda a Sua Criação.

Cada vez que orarem, que seja de verdade, e, pouco a pouco, suas vidas serão uma constante confissão, na qual já não precisarão estar sozinhos para serem transparentes, mas se encontrarão na Presença de Deus em todo momento, e tudo quanto fizerem será verdadeiro, em tudo se expressará a sua essência.

Neste dia de renovação e de Graças, venho dizer-lhes algo que creem já saber, mas que em verdade ainda precisam arriscar-se a descobrir. Orem e sigam orando, até serem nada e encontrarem tudo, até que os mistérios deixem de ser mistérios.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Como manter a paz e a calma em tempos de caos?

Não busques, filho, sentimentos e sensações perfeitas em tempos de transição. O que deves buscar é estar em equilíbrio interior, sustentado em tua fé e na certeza de um novo tempo, na certeza de que cada prova vem para purificar os homens segundo as Leis de Deus. E a única coisa necessária a se fazer é não perder de vista o Amor e o Plano Divino. 

Que teus olhos estejam fixos no Propósito de teu Criador; que tua consciência tenha sempre presente a Cruz do Senhor, porque Ele é o teu modelo para transitar o calvário destes tempos.

A fortaleza de Cristo não esteve neste mundo, mas apenas no Coração de Deus. Enquanto Sua Mente, Seu Coração e Seu Corpo humano padeciam, sofriam e ingressavam em uma tristeza e dor profundas, Sua Alma e Seu Espírito se mantinham no Coração de Deus, com os Olhos fixos no Propósito do Criador, que era a renovação do amor e do perdão e a instituição da Misericórdia e da redenção através desse amor.

Nestes tempos de calvário, o que verás a teu redor e dentro de ti muitas vezes não te permitirá estar em paz e sentir a calma que antes sentias. Mas não te prendas aos sentimentos e sensações que podes experimentar com teu corpo, mente e coração. Fixa tua consciência, tua alma e teu espírito em Deus para que, além das circunstâncias da Terra, tua alma esteja acima do caos, acima da dor, das tristezas e dos desequilíbrios.

Não será algo fácil de alcançar, mas para isso foste chamado, para isso sentiste tão de perto o Amor de Deus, em uma união perfeita com o Filho, assim como Ele a viveu com o Pai.

Tudo te foi dado para transpor obstáculos e estar em Deus. Não busques, então, circunstâncias perfeitas na Terra. Não busques paz em teus aspectos humanos, mas coloca tua alma e teu espírito na Paz, na Graça e no Amor de Deus, e assim Ele triunfará em ti.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Queridos filhos,

Que, neste tempo de definição, seus corações estejam dirigidos todo o tempo para o Coração de Deus; assim, estarão dizendo aos Céus que aspiram a seguir recebendo as Graças de que necessitam para que suas vidas se redimam e se santifiquem.

Na união imprescindível que vocês podem ter com Meu Filho, Sua Divina Misericórdia, o Sangue e a Água de Seu Coração justificarão muitos dos erros e das adversidades que o mundo continua vivendo por afastar-se cada vez mais de Deus para satisfazer seus prazeres humanos.

Este é o último tempo em que o Pai Celestial estará atento às orações e às súplicas de Seus filhos. Será o tempo em que a humanidade, antes do que chegará, poderá colocar a cabeça no chão para pedir perdão e viver um verdadeiro arrependimento.

Eu os convido, Meus filhos, a ter isso presente. Agora, as oportunidades são únicas e não se repetirão, porque já são as últimas.

Estará sendo concedida uma última Graça ao mundo para que muitas almas abandonem o caos no qual vivem e ingressem no universo da paz.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para manter o equilíbrio em tempos de transição, filhos Meus, suas consciências devem abraçar desde já o amor ao serviço abnegado e à doação constante de si. É essa determinação em servir sem condições que os renovará em corpo e espírito e lhes permitirá manter-se sustentados pela Graça Divina.

A busca por servir e ajudar o próximo fará com que suas consciências atraiam do Coração de Deus Sua sabedoria e discernimento, Sua cura, Seu Amor e Sua Paz, mesmo diante das situações mais adversas. 

Isso será assim, filhos, porque Deus lhes concederá as ferramentas de que necessitam para cumprir a missão que suas almas assumiram viver.

Para que não se desequilibrem, enlouqueçam ou entristeçam quando não tiverem onde se sustentar, senão apenas em Deus, devem começar agora a amar o serviço, amar ajudar o próximo, amar cumprir com o Plano de Deus, amar estar disponível, amar estar no Criador, e não em si mesmos, porque é assim que poderão superar não apenas as provas que chegarão, mas também permitirão que o Amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo se renove e se supere dentro de vocês.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que se sentia agraciada por todas as bênçãos que chegavam à sua vida constantemente, em um momento de oração, questionou o Senhor, dizendo: – “Senhor amado, tudo tenho e tanto mais recebo de Ti a cada dia; diz-me o motivo de tantas bênçãos. O que devo fazer com cada Graça recebida? Como posso agradecer os Dons de Teu eterno Espírito?” 

E o Senhor respondeu-lhe: – “Vê, alma pequena, que do Universo Celestial fluem constantemente Dons e Graças para toda a vida. Meu Amor é vertido sobre a Criação, indistintamente, para todos aqueles que se abram para vivê-lo.

Se tu Me abres as portas de teu coração, de tua consciência e de tua vida, essas Graças fluirão por ti e inundarão tudo ao teu redor. Mas, quando Me fecham as portas, quando são ignorantes ou indiferentes, quando estão com sua atenção voltada apenas para o mundo, Meu Manancial passa e simplesmente passa, sem que o sintam, sem que o vejam ou o percebam.

Tudo o que envio às criaturas é por Amor, para que cresçam, renovem e recriem a Criação. Por isso, toma as Minhas bênçãos e sê uma alma agradecida; toma os Meus Dons e multiplica-os através do serviço, da oração, do exemplo vivo de cada dia em que Eu vivo em teu interior e que Minhas Graças fluem em ti, para que assim os cegos possam ver, os que têm medo possam se arriscar, os que não amam possam se abrir, os que não servem e não saem de si possam se doar e descobrir o imenso Amor que flui de Meu Coração para aqueles que se doam sem condições.

Que Minhas Graças e bênçãos não permaneçam em ti e em nenhuma alma deste mundo, mas que cresçam, multipliquem-se, renovem-se e cheguem a todos os seres.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a perceber o fluir da Graça de Deus, a recebê-la, multiplicá-la e doá-la constantemente.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que sentia-se perturbada por seu mundo interior descontrolado, seu corpo enfermo, sua mente sem equilíbrio, sentia que seus problemas já não tinham solução, e questionava a Deus, dizendo: – “Senhor, sou um poço de doenças e de misérias, um poço de imperfeições e dificuldades. Sinto que não há solução para mim, sinto que não há razão para viver. Podes Tu dizer-me qual o sentido de permanecer assim?”

E, depois de um longo tempo em silêncio, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma amada, as soluções do Céu não são as mesmas da Terra. Tudo o que pareces padecer sem fim já é, em verdade, a resposta para o equilíbrio de algo que em teu interior precisava ser equilibrado. As doenças que os seres vivem têm, em verdade, inúmeras razões e sentidos, mas todas elas buscam despertar o sentido da fragilidade humana, para que as almas não permaneçam na autossuficiência e, sim, percebam que, apenas quando houver unidade com toda a vida, haverá cura. 

Um corpo apenas estará em equilíbrio quando todos os seus sistemas funcionarem em unidade, e, se a menor das células sentir-se autossuficiente e começar a construir o seu próprio plano dentro do corpo, haverá desequilíbrio e enfermidade, e, por menor que seja essa célula, um ser pode chegar à morte apenas por sua rebeldia.

Quando uma alma está enferma, necessita compreender-se parte de um Todo. E, para voltar ao seu equilíbrio, para curar-se, deve ser amparada pelo poder da unidade; deve deixar que o amor e o auxílio do próximo supram aquilo que, por si mesma, já não está conseguindo; deve permitir que a unidade com a vida, com os universos, com Deus volte a reinar em seu coração. Que essa alma não se sinta sozinha, isolada ou separada de um corpo maior. 

Cada ser, alma pequena, é uma célula do Corpo Místico de seu Senhor e Deus. Por isso, deve perceber o fluir das leis, o sentido da vida, que não é próprio, mas é um sentido universal. Cada célula tem sua função, mas o propósito de um corpo é único. Por isso, alma amada, não busques um propósito pessoal; busca o propósito do universo, busca o teu lugar em Meu Coração. Ingressa em consciência no espaço que te corresponde, dentro desse Corpo infinito da Criação, e isso se alcança com humildade, deixando-se ajudar, com paz e com uma rendição profunda, fruto de um coração que aprendeu a orar com sinceridade.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a estar sempre em equilíbrio no Corpo Místico de seu Criador.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma sofrida, que nesta vida parecia não conhecer a alegria e o amor que outras tinham a oportunidade de experimentar, questionou a Deus, perguntando-Lhe: – "Senhor, vejo o mundo e encontro desigualdade, almas que se regozijam e almas que se desesperam, almas que são fortalecidas por Ti e almas que perdem suas forças e não encontram sentido para a própria vida. Diz-me, então, Tu que és o Deus de todos, o mesmo e o Único, qual o motivo dos desequilíbrios do mundo?”

E o Senhor, contemplando a sinceridade de seu sofrimento, respondeu-lhe: – "Eu Sou o Deus de todos os seres, Pai e Senhor de toda a vida, Deus Único e Trino, Deus de Amor e de Verdade. Mas a vida, alma pequena, é desenhada por leis que mantêm o equilíbrio da evolução de todas as consciências e as conduzem segundo as suas próprias escolhas. O Meu Amor pelas almas é o mesmo; com a mesma esperança aguardo que os corações retornem a Mim; mas o sofrimento ou as alegrias neste mundo não correspondem a uma decisão que Meu Coração toma em relação às criaturas.

O que é para ti o regozijo? Onde vês que encontram os homens a alegria em seus corações? Porque uma alma, para estar em verdadeira alegria, precisa apenas estar em Mim, e, ainda que sofra com a dor dos homens, o Meu Amor em seu coração não a deixa perecer.

O sofrimento do mundo, alma pequena, deve te fazer compreender a fragilidade da vida humana distante de Mim. A verdadeira dor que sentem as almas é por estarem distantes de Meu Coração ou por ignorarem a Minha Presença. Uma alma pode ter tudo na matéria e ser profundamente vazia e infeliz, assim como uma alma pode não ter nada e, no entanto, possuir a maior de todas as alegrias, que é estar em Meu Coração. Mas isso, alma pequena, é uma decisão diária, constante e permanente das almas que escolhem estar em Mim, e não no mundo.

Por isso, quando sentires vazio e sofrimento em teu coração, pergunta-te não onde Eu estou, mas onde estás tu. Meu Coração está em ti, mas tu estás em Mim?”

Que esse diálogo lhes recorde, filhos, que devem estar em Deus para compreender que a vida é feita de leis, que não descem aleatoriamente do universo, mas que são atraídas por cada alma que escolhe, com suas ações, pensamentos e sentimentos, o que atrairá para a sua própria vida.

Saibam escolher a Deus a cada dia, a cada instante.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que temia a Justiça de Deus, constantemente orava e clamava por Misericórdia, e, sentindo um dia que o ciclo dessa Justiça havia chegado ao mundo, questionou o Senhor, dizendo:  – “Senhor, Tu és o Deus do Amor, da Graça e da Misericórdia, capaz de entregar-Te em Cruz pela salvação do mundo, explica-me então o que é a justiça e como pode um Deus de Amor atuar com justiça sobre Seus filhos?”

E, olhando essa alma com paz, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma amada, que ignoras o verdadeiro sentido de Minha Justiça Divina, a Justiça de Meu Coração é uma lei, permeada por tão grande amor como a Divina Misericórdia. Enquanto a Misericórdia eleva os que estão cegos e concede o melhor de Meu Reino mesmo aos ignorantes, a Minha Justiça primeiro lava os seus olhos, abre-os e faz com que as almas sejam conscientes de tudo quanto Eu já lhes entreguei.

Depois de derramar Misericórdia sobre os corações e vê-los ainda mergulhados na indiferença, na ingratidão e na inconsciência, Meu Espírito verte sobre eles a Justiça. E a Justiça é um raio de Amor do Meu Coração, que estremece as almas e derruba as suas ilusões mais arraigadas, para que assim possam perceber a verdade e se arrepender.

O que causa o sofrimento nas almas não é a Minha Justiça, mas a sua própria ignorância, porque percebem que estavam firmadas em bases de areia, enquanto Eu tantas vezes lhes ofereci a rocha de Meu Coração. A Justiça, alma pequena, é parte de Meu Amor, para que nenhum de Meus filhos permaneça no mundo sem despertar e perceber o que realmente são e qual o caminho que devem trilhar.

Por isso, diante da Justiça, não sofras, mas apenas ora para que esta nova oportunidade, que chega através da lei da Justiça, também não passe em vão pelas almas ignorantes, e que elas possam fazer desta correção divina o primeiro passo para endireitar os seus caminhos.”

Que esse diálogo os ensine, filhos, a amar a Deus, Sua Misericórdia e Sua Justiça, e compreender que a atuação das leis é justa e preenchida de um celestial amor pelas almas.    

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que dizia não crer em Deus nem na vida espiritual encontrava-se em um grande vazio interior e, diante de suas angústias mais profundas, olhou para o céu e disse: − “O que há depois da morte? Nova vida? De onde e por que surgiu a vida? Tu, a quem chamam Deus, verdadeiramente existes? Onde estás? Por que não Te fazes visível a estes que se dizem Teus filhos?”

E o Senhor, contemplando essa alma com grande compaixão, respondeu-lhe: − “De Mim surgiu a vida, uma vida ampla, profunda, complexa e muito antiga, anterior à existência deste mundo, anterior à existência da mente humana e do tempo dos homens, em um espaço aonde a ciência não chega, a mente não explica e sequer os patriarcas e os profetas puderam compreender, por um motivo que se guarda em Meu Coração e que não se compreende, mas apenas se ama e se vive. 

Não criei a vida por um motivo, mas por um Amor. Por isso, não se chega a Mim por uma resposta, mas por um viver profundo do mesmo princípio e dom que Me fizeram manifestar todas as coisas. Esse mistério se encontra em teu pequeno coração.

Alma amada, quando abraçares com humildade a cura de tuas feridas mais profundas, saberás que Eu Sou Deus.

Quando te deixares amar por um Amor que não é deste mundo, mas que provém do Infinito, saberás que Eu Sou Deus.

Quando o saber de tua pequenez e fragilidade for maior que a ilusão de teu orgulho, maturidade e vaidade, saberás que Eu Sou Deus. 

Quando colocares a fronte sobre o chão e renderes tua mente mortal por um Amor eterno, saberás que Eu Sou Deus.

Quando, no vazio de tua consciência e na solidão de teu coração, tu te arriscares a olhar para dentro e descobrir que Eu estou em ti, saberás que Eu Sou Deus e estou em tudo.

Em teu interior aguardo em silêncio, e em teu silêncio poderei falar-te ao coração. Conhecerás o Meu Amor infinito e, através dele, saberás o que chamas de motivos pelos quais tudo foi criado. O que para ti é um motivo, para Mim é um Propósito. Não há um motivo para a vida, mas há um Propósito superior: o de renovar o Meu Amor e retornar a Mim.”

Que esse diálogo com Deus os inspire, filhos, a voltar-se para dentro e a experimentar a Presença Divina.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Poemas ao Imaculado Coração de Maria

Décimo quarto poema

Rainha do Universo,
Abóbada Celeste de Deus,
Aroma Sublime de Paz,
dá-nos um coração vazio e humilde,
um coração capaz de não querer mais nada para si,
um coração pobre,
unido ao humilde Coração de Deus.

Ó Mãe Santa,
dá-nos um coração pacificador, fiel, manso, 
disponível para o Teu Filho,
um coração desinteressado da vida do mundo.

Virgem Puríssima,
dá-nos um coração puro e inalterável,
um coração maduro no Amor de Teu Filho,
um coração vencido pela Verdade de Cristo.

Serva fiel,
dá-nos um coração abnegado,
capaz de não ter tempo para si,
mas eterna doação pelos outros.

Mãe do Céu,
dá-nos um coração sensível, um coração aberto,
um coração de imensa gratidão e de reconhecimento 
por tudo que Teu Filho nos dá.

Que, com um coração transformado,
ajudemos a desterrar a indiferença do mundo,
para que a fraternidade e a unidade
 possam reinar entre as almas.

Assim, Teu Filho retornará com Seu Coração de Luz
para reconstruir este mundo e toda a humanidade.

Que através de Ti, Divina Senhora, 
nossos corações representem ao menos uma parte
da Obra redentora de Cristo na Terra.

Amém.

 

Agradeço-vos por responderdes ao Meu chamado!

Abençoa-vos,

Vossa Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz 
 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que trilhava seu caminho de entrega a Deus, um dia, vivendo um profundo momento de definição interior, tentada pelas forças do mundo, pensava em abandonar tudo e lançar-se aos prazeres e ilusões da vida. Essa alma era tentada a pensar e sentir que sua entrega não tinha sentido, não fazia diferença para a evolução da vida, e que, apesar de tantos esforços, ela não saía do lugar; então, melhor seria deixar esse caminho e lançar-se no mundo.

Ao planejar interiormente o abandono de seu caminho espiritual, sentia que não podia fazê-lo e que algo a prendia a Deus. Com uma mistura de temor e indignação, começou então a questionar o Senhor, dizendo: – “Diz-me, Senhor, porque me prendes ao Teu Coração? Que diferença faço eu para Ti se sou sempre a mesma alma invisível e imperfeita, na infinidade de Tua Criação? Por que não permites, Deus, que eu abandone este caminho e que, entregue ao mundo, aprenda a encontrar-Te por outras vias que não seja esta?”

E, com um sorriso no Rosto, demonstrando Sua celestial compaixão, o Senhor respondeu-lhe: – “Acaso pode um órgão decidir por si mesmo viver fora do corpo e sair? Por mais que queira ser independente dentro desse corpo e crie enfermidades e desequilíbrios, esse órgão não pode sair por si mesmo. E se um dia, depois de tantas doenças, ele fosse retirado desse corpo, acreditas, alma pequena, que ele sobreviveria sozinho?

Assim são as almas que se comprometeram Comigo. Todas as almas que Eu criei são células de Meu Corpo Místico e infinito, mas aquelas que se comprometeram Comigo são órgãos dentro de Mim, que têm um papel fundamental na evolução da vida e, ainda que não percebam, são parte de uma Obra infinita que não começa nem termina neste mundo. Sendo assim, alma amada, não sou Eu quem te prende ao Meu Coração e não te permite seguir outros caminhos, é tua própria vida e tua condição de união Comigo que te faz sentir que, apesar de todas as tentações, não podes fazê-lo.

Mas este momento não é para ti a expressão de teu mais puro pensamento. Estás transitando um momento de cegueira e ignorância, em que nuvens encobrem teu rosto e teu coração, e não podes ver nem sentir a verdade. Para que essa verdade te seja revelada, não te afastes de Meu Amor e não deixes de clamar por Minha Misericórdia. Ainda que estejas no deserto, Eu te darei forças para persistir. E, mesmo na sequidão interior, sentirás Minha Fonte que, no profundo do profundo, volta a brotar em ti. Em um tempo de confusão, não deixes de buscar-Me e Eu te darei a paz.”

Que nesse diálogo com Deus, filhos, as almas que estão hoje cegas encontrem forças para buscar a luz e clamar por Misericórdia. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma muito esforçada por cumprir o Plano de Deus e ser melhor estava aflita por sentir que, apesar de seus esforços, não sabia amar e não conseguia ser melhor como tanto aspirava.

Em um momento de oração, questionou o Senhor e Lhe perguntou: – “Senhor, tanto esforço faço para amar mais e ser melhor, e sinto não sair do lugar e estar longe da perfeição de Teu Amor e da semelhança Contigo. Onde está isso que Tu dizes que habita em nós?” 

E, respondendo-lhe o Senhor, também com uma pergunta, disse: – “Alma pequena, acaso buscas mais a Mim, a ti ou ao mundo? Está tua atenção em edificar tua própria consciência, em contentar os demais ou em amar-Me de todo o coração e com todo o teu ser?

Compreende que Sou Eu quem deve amar através de ti e, para que alcances a revelação desta união profunda Comigo, deves buscar mais a Mim que a ti. Deves ter a tua atenção posta sobre o Meu Espírito, teu coração disposto diante de Minha Presença e, antes de mais nada, construir teu vínculo espiritual e essencial Comigo. Assim, serei Eu a amar em ti, e te sentirás melhor, porque sentirás mais a Mim e menos tuas limitações humanas. Tua vida falará sobre Mim, e, aqueles que te encontrarem, Me encontrarão.

É assim, alma pequena, que alcanças a perfeição: quando Eu posso ser perfeito em teu interior.

Esse é um caminho longo, diário, em que cada dia mais buscas Meu Coração e cedes um espaço em teu interior. Mas, se tua atenção está em que tu sejas melhor e que teu amor seja maior e mais perfeito, então sempre te frustrarás e não encontrarás a paz.”

Conto-lhes essa história para que saibam em que direção devem fazer os seus esforços, para que seu empenho esteja em amar a Deus, conhecê-Lo e expressá-Lo cada dia mais. Assim encontrarão a paz.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que vivia mergulhada em tristeza e amargura questionava o Senhor sobre qual era o sentido de sua existência. Sabendo ela que todas as criaturas foram feitas para expressar o Amor, e sentindo-se longe de conhecer esse Amor e expressá-lo, não encontrava razão para a própria existência.

O seu Senhor, com Olhos de compaixão, contemplou essa alma e lhe respondeu também com uma pergunta: – "Sentes que não podes expressar o Meu Amor e vives mergulhada em amargura e tristeza, mas buscas tu a cada dia o Meu Coração? Pedes Minha Graça e te esforças para superar tua amargura, na sequidão de teu interior, para chegar ao Meu Pensamento para ti?"

A alma, afligida e um tanto contrariada, respondeu ao Senhor que não O buscava, que não O sentia e que estava apenas mergulhada em suas fraquezas e amarguras. 

O Senhor então lhe disse: – "És uma alma amada, e Eu te amo tanto quanto tu também podes amar a Mim e a tudo, mas desde que Eu te criei, alma querida, te distanciaste de Meu caminho e te cobriste com tantas vestes e tantos véus que já não podes reconhecer nem quem és nem quem Eu Sou. Mas, para que Eu te mostre tua verdadeira face, precisas pedir-Me, ir além de tuas amarguras e fraquezas, de tua sequidão e tristeza, de teus desejos e metas, e de tudo aquilo que pensas sobre como Eu Me manifesto em tua vida, como Me revelo a ti e como Me podes sentir.

Deixa que Eu atue em teu coração e, para isso, apenas Me diz sim, todos os dias, com humildade e persistência. O propósito de tua existência é viver e renovar o Meu Amor, mas, para que isso aconteça, há um caminho de redenção e humildade, de renúncia e de entrega, de superação e de rendição, em que tu te perdes de ti e encontras a Mim, para que só então saibas o que é expressar e renovar o Meu Amor.

Meu milagre em tua vida começa quando me dizes sim, mas ele é constante e eterno, e muitas vezes não perceberás que Meu Amor atua através de teu coração, mas, acima de tudo, deves confiar em Mim."

Hoje lhes conto essa história, breve e profunda, porque as almas do mundo não encontram o sentido para a própria existência, mas também não buscam Aquele que pode lhes revelar isso. 

Não é no mundo ou nas metas humanas que encontrarão a realização e a plenitude. Para liberar-se do vazio e da amargura de uma vida sem amor, devem buscar a Deus, filhos, e n'Ele as respostas para os seus questionamentos mais profundos.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que, a cada novo dia, a Misericórdia seja para ti como uma luz que se acende em teus abismos mais escuros, ocultos e profundos. 

Que a Misericórdia seja o símbolo de que sempre recebes de Deus uma oportunidade para recomeçar, e que, mais do que isso, filho Meu, que sempre recebes do Pai a possibilidade de ir mais fundo em tua cura e transformação e sanar, em teu interior, feridas que às vezes sequer sabes que existem.

Que, a cada novo dia, clamar por Misericórdia seja a tua esperança, para que possas olhar para as misérias do mundo e também para aquelas que persistem em teu interior, e que, além disso, filho, teus olhos se voltem para o Coração de Deus, para o Seu Olhar e para o Seu Amor, e que tua confiança esteja em Sua infinita Misericórdia.

Muito além de todos os pecados e desvios humanos, o Coração de Deus, através de Seu Filho, segue derramando Sangue e Água sobre o mundo. Que esse manancial não passe por ti despercebido, mas que encontre em teu coração um vaso novo, limpo e vazio, para ser preenchido.

Por isso, a cada novo dia, tua fé esteja colocada na Divina Misericórdia. E, muito além de todos os pecados de ontem, que hoje saibas que podes recomeçar, arrepender-te e caminhar para os Braços sempre abertos de Deus. 

Teu Criador é paciente e incansável. Por isso vai, filho, ao Seu misericordioso encontro, e lembra-te de levar em teu coração o clamor por todas as almas.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando uma alma tem um compromisso com Deus, Ele pacientemente a conduz pelo caminho da entrega. 

Primeiro a inspira a transformar a vida, a direcionar o seu caminho para a senda que conduz ao Seu Coração, e não ao mundo. Aos poucos, coloca em seu trajeto oportunidades, sinais, encontros que a inspiram a dar por si só novos passos rumo ao Coração de Deus.

À medida que essa alma conhece o Amor de Deus e confia, o Criador começa a lhe pedir novas coisas, novas entregas, novas renúncias, até que chega um ponto definitivo para essa alma, em que o Senhor lhe pede uma renúncia maior, uma transformação completa da vida.

Quando a alma se lança no abismo desconhecido da entrega, descobre que estava caindo nas Mãos de Deus, em uma Fonte de Amor inesgotável, que se escondia no profundo da alma que aprende a renunciar e arriscar-se a viver a entrega.

Ainda nesse caminho, a alma inspirada pelo Amor de Deus Lhe faz muitas ofertas, coloca tudo em Suas Mãos, mas oferece aquilo que lhe é conhecido, aquilo que em verdade ela já entregou ao saltar no abismo. Então, o Senhor abre uma porta no profundo de sua consciência e aponta onde está aquilo que deve ser transformado.

Um novo abismo desconhecido se apresenta. A alma se vê diante de aspectos de sua consciência que eram como tesouros escondidos: suas destrezas, seu magnetismo, sua autoconfiança, suas vaidades mais ocultas. 

E, por mais que siga oferecendo sua vida a Deus, seu Criador sempre busca, mais profundo em seu ser, o foco da entrega, o que deve ser esvaziado em seu coração. E às vezes dói, e a alma sofre, mas ela sabe que cada espaço que se esvazia em seu coração, em sua consciência, espaço oculto de seu ser, é aquele que se doa ao Coração de Deus, ao Seu Amor, ao Seu Espírito, para que ali Ele tenha uma doce morada, limpa e pronta para habitar.

O caminho da entrega, filhos, é eterno, profundo, uma senda para o vazio e ao mesmo tempo para uma unidade com o Todo. 

Por isso, nunca pensem que já entregaram tudo, mas sempre deixem que Deus chegue mais fundo. E, por mais que às vezes cause dor, saibam que a dor é humana e será reparada pela Presença Divina no próprio interior.

Até hoje e em cada instante, ofereço ao Pai tudo o que sou, tudo o que há em Mim e tudo o que faço, vivo, experimento, penso e falo ao mundo, porque a entrega é eterna. 

Eu os convido a seguir estes passos e aprofundar cada dia em sua união com Deus.  

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Superar os erros e persistir, filhos, é uma forma de crescer humana e espiritualmente. 

Quantas vezes suas personalidades, e mesmo as resistências de suas almas, os levam a cair em abismos profundos e obscuros, de onde apenas podem sair através da humildade, da obediência e quando abraçam e acolhem o deserto.

Quando uma consciência comete um grande erro no caminho espiritual, tende a querer desistir de tudo, porque mais fácil lhe é sucumbir de vez no abismo do que erguer-se com esforço e valentia, com humilhações e obediência, indo contra tudo o que antes a engrandecia. 

Mas quando essa consciência se arrepende e abraça o caminho de retorno ao Coração de Deus, por mais doloroso que ele pareça ser, e coloca os seus pés nas pegadas da humildade, da rendição e da obediência, é então, filhos, que essa consciência conhecerá verdadeiramente o Amor, o Perdão e a Misericórdia de Deus.

É então que crescerá como homem espiritual e forjará em seu interior uma fortaleza que não é humana, mas sim divina.

É então que aprenderá que mais vale cair e levantar mil vezes do que sucumbir nas facilidades dos abismos do mundo, porque esses abismos apenas trazem sofrimento e dor, angústia e pena, enquanto levantar deles traz um crescimento forjado a fogo, que imprime na alma a união com Deus. E por mais que os seres sejam sempre provados em seu caminho, essa alma já saberá o que deve fazer ao cair e, a cada queda, crescerá mais, humana e espiritualmente.

Aprendam com os erros. Não se rendam diante das debilidades humanas, mas afirmem-se na humildade e na obediência e, assim, seguirão em ascensão ao Coração de Deus.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Amados Meus,

Hoje Minha Coroa de Estrelas está iluminada pela força e pela fé das orações oferecidas por meio da Poderosa Novena a São Rafael Arcanjo.

O Pai Criador Se retira do planeta, tendo cumprido uma etapa importantíssima na missão de resgate e de liberação das almas da cadeia do sofrimento e da enfermidade. 

Porém, queridos filhos, ainda há muito por fazer, ainda há almas por resgatar, por despertar e por colocar no caminho de retorno ao Coração do Pai Celestial.

Durante esses nove dias, os orantes puderam experimentar o trabalho silencioso de transmutação e de vibração que a Hierarquia Angélica faz, e também puderam ser conscientes da grande necessidade de ajuda e de oração que o planeta tem.

Assim, nesses nove dias nos quais os orantes esforçados realizaram a novena, puderam acompanhar São Rafael Arcanjo em sua tarefa planetária de cura e de reconciliação da humanidade 

Ainda se darão oportunidades a todos de poder seguir orando de coração pelo fim da pandemia, para que a humanidade reconsidere e reconheça o seu distanciamento espiritual de Deus.

Foi assim que o próprio Pai Eterno enviou um dos Seus Arcanjos para intervir pela humanidade.

Filhos, depois de terem sido postos em contato com a sagrada Lei da Cura nesses nove dias, que as suas orações continuem chegando ao amado Coração de Deus para que mais cura e mais redenção abracem o planeta. 

Agradeço-lhes por terem respondido, com prontidão, ao chamado pela cura da humanidade!

Abençoa-os, 

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos