MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Filhos Meus,

Neste momento, como vocês compreendem a Vida? Através dos obstáculos ou através da transcendência? Compreendem a Vida através das provas ou através dos desafios?

A Vida é o primeiro Dom que Deus criou para que seus filhos, todas as suas criaturas, fossem capazes de alcançar altíssimos graus de amor.

A Vida é um Dom, mas é também um tesouro para Deus.

Como uma mostra de sua incomensurável Misericórdia, o Pai enviou Seu Filho à Terra para que, por meio de Sua Paixão, Morte e Ressurreição, todos vocês fossem testemunhas, através dos tempos, de quão grande é o Amor de Deus.

Hoje Eu os convido, filhos Meus, a reformular sua percepção e até o seu entendimento sobre o que é em verdade a Vida que o Universo Criador lhes entregou, para que em vocês desperte o poder do amor através dos desafios e até das possíveis incógnitas que possam surgir em seu caminho de consagração espiritual.

Aprendendo a perceber a essência da Vida, aprenderão a amar, aprenderão a reconhecer que, neste universo, tudo que parece dual tem o profundo sentido de fazer de cada um de vocês outra pessoa e também outra consciência, sob o sagrado emblema da unidade entre as criaturas e o universo.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Assim como o Meu Coração apenas terminou de acreditar na vinda do Messias quando O tive em Meus braços, assim como os apóstolos e discípulos de Jesus acreditaram verdadeiramente que Ele é o Cristo apenas ao vê-Lo ressuscitado, assim também, filhos, muitos de vocês apenas vão compreender do que fazem parte quando os Céus se abrirem diante de seus olhos e, em meio ao caos do mundo, a Glória do Reino se manifestar através do Filho de Deus.

A humanidade fez da vida espiritual o extraordinário e da vida material a realidade, perdendo-se do propósito de sua existência, que é a unidade perfeita com o Criador, um relacionamento tão profundo e verdadeiro com Deus que sequer os anjos podem viver.

Para isso foram criados, filhos, mas sua mente se fortaleceu mais que sua fé, e o potencial de amar permaneceu escondido nos espaços mais profundos da consciência. 

Porém, digo-lhes que quando Deus tem um Propósito e um Plano para os Seus filhos, ele se manifesta além de suas crenças, de seus enganos e de suas aparentes limitações, assim como o foi ao longo dos séculos.

O Criador não esperou pela fé nos corações dos homens para então revelar Sua grandeza. Ele Se revelou em meio a corações que pareciam estar cegos, e com Sua Luz lhes devolveu a visão. Ele Se revelou a corações ignorantes, porém que tinham o compromisso de manifestar Seu Plano.

E isso não mudou. As almas ainda necessitam ser despertas e, por mais que a Voz de Deus ressoe entre vocês, como ressoou através de Seu Filho, apenas poderão despertar, em verdade, ao vê-Lo face a face, cumprindo com Suas promessas, fazendo vivas as profecias que unirão e despertarão povos, culturas, crenças e raças, porque é o próprio coração humano que despertará, é a essência humana que pulsará, reconhecendo a Presença de Deus em Seu Filho. E essa essência, filhos, não tem raça, credo, cultura ou religião.

O que os homens e as mulheres do mundo sentirão em seu interior nada poderá calar, e nem mesmo suas convicções mais profundas poderão deter o que sentirão por dentro. Tudo se derrubará: os conceitos, as ciências, as crenças e até a fé. Tudo cobrará um novo sentido, uma nova vida, um novo valor.

Em um segundo se destruirá e se reconstruirá nos corações humanos a compreensão da vida. E para esse dia devem preparar os seus corações.

Até que isso aconteça, orem e perseverem. Recordem que esse dia chegará e estejam prontos para vivê-lo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sentado à mesa com teu Senhor, ora, filho, por toda a vida, por todos os seres, pelos que estão perdidos em sua própria ignorância, pelos que não reconhecem Aquele que reparte o Pão e entrega a Si mesmo para reparar os pecados do mundo.

Sentado à mesa com teu Senhor, contempla toda a vida, a profundidade de cada instante, a grandeza escondida em cada movimento, os Olhos atentos de Deus sobre a Terra, Seu Espírito inundando toda a Criação.

Observa que o Tempo de Deus une-se ao tempo da Terra, e, por um instante, nada está separado. O Filho e o Pai são Um com o Espírito Consolador, e tua pequena essência participa da unidade divina.

Sentado à mesa com teu Senhor, agradece cada oferta, cada palavra e cada silêncio, cada gesto e movimento, cada instante de quietude. Tudo é parte de uma cerimônia universal, celestial e humana, revelando o que verdadeiramente o ser humano é para toda a Criação.

Deixa então que teus pés sejam lavados, teu espírito purificado e tua alma redimida. Recorda, assim, a pureza de tua essência e, deixando o pó do passado ser retirado de teus pés, abre-te a um novo e eterno caminho de retorno ao Coração de Deus: caminho que se trilha no sacrifício, no amor e na unidade perfeita com a Consciência Divina.

Lavado por Cristo, teu espírito torna-se um com Ele. És pão, parte do Pão que se entrega no altar; és sangue, parte do Sangue que se derrama no Calvário. E assim como, pelos séculos dos séculos, a oferta de teu Senhor se renova, assim também deve renovar-se a tua entrega.

Por isso, senta-te, mais uma vez, à mesa da renovação com teu Senhor e Deus, teu Irmão e Amigo, teu Pai, Esposo e Companheiro, teu próprio coração, já que foste chamado a ser um com Cristo. 

Recebe o Seu Corpo e o Seu Sangue e renova tua entrega. Entrega corpo, sangue e vida Àquele que tudo te dá a cada dia. Vive a revelação da entrega no mistério da Comunhão.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Senhor, 
entra em meu coração como em Jerusalém,
multiplica o pão das virtudes 
e sacia a fome de minha alma.
Cura as feridas mais profundas de minha lepra interior, 
causada pelas misérias e pecados
que me levam a cair, uma e outra vez, no chão.

Deixa-me tocar Tua túnica, ouvir Tua Voz 
e encontrar o Teu Olhar. 
Deixa-me sentir o Teu Reino, 
vivê-lo e descobri-lo
revelado em meu interior.

Reflete a Verdade Celestial 
no espelho de meu coração 
e me chama a seguir Teus passos,
sobre os montes e até a Cruz.

Que o poder de Tua Presença 
perpetue a aliança que fizeste com meu pequeno 
e pobre espírito. 

Faz meu ser sagrado, Senhor, 
semelhante a Ti, Filho de Deus, 
para que eu possa servir-Te, amar-Te 
e renovar Contigo a vida 
em todos os Universos. 

Amém.

Que Minha oração seja a perpétua oração das almas que aspiram a seguir os passos de Cristo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Diante dos mistérios celestiais, sê tu, filho Meu, como as santas mulheres de Jerusalém, que não necessitavam ser reconhecidas para viver profundamente a Cristo. 

Era o seu próprio silêncio e humildade que as faziam cruzar os portais em seu interior, para que pudessem experimentar os mistérios de Deus, inclusive sem que fosse necessário que Cristo lhes pronunciasse palavra alguma.

A profundidade interior que as santas mulheres aprenderam de Maria lhes permitia ler nos Olhos de Cristo a Sua Sabedoria e compreender com Seu Amor todos os mistérios.

No Coração do Senhor, estavam guardadas como um tesouro a humildade e a fidelidade das santas mulheres.

Em silêncio, encontraram a Cristo no próprio coração e, ao mesmo tempo em que desvendavam os Seus mistérios e viviam uma transformação profunda, os seus passos internos e a fé com a qual caminhavam reparavam e sustentavam o Coração Divino e humano do Filho de Deus.

As santas mulheres de Jerusalém não precisavam fazer grandes coisas para experimentar o que era verdadeiramente grande para Deus. Era justamente sua simplicidade o que lhes permitia aprender da Pureza de Maria e despertar essa pureza em seu próprio coração. E dessa forma, puras, apesar de imperfeitas, pouco a pouco se tornavam uma com Cristo e, através d'Ele, uma com Deus.

Aprende hoje, filho Meu, das coisas simples, mas verdadeiras, do tesouro grandioso que se cultiva no secreto de tua entrega e na profundidade de teu coração.

E, em tempos de Paixão e de definição em Cristo, que teu espírito viva o exemplo das santas mulheres e, neste tempo, dê um passo a mais, não apenas o de sustentar a Cruz de Deus no silêncio, mas também de  saber carregar a própria cruz no oculto.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Desde o nascimento de seu Senhor até Sua ascensão aos Céus, como era o momento de manifestar Sua Obra Redentora e despertar as almas para o amor e a verdade, o Criador enviou ao mundo todas aquelas consciências que precisavam aprender com Seu Filho.

Foi assim que, ano após ano, as almas compartilharam com Cristo Sua vida na Terra.

Algumas experiências foram mais rápidas, outras mais longas; alguns O encontraram apenas uma vez, outros muitas vezes, porque o próprio Deus, profundo conhecedor das almas que Ele criou, era Quem sabia da verdadeira necessidade de cada ser.

Foi assim que, desde a infância de Cristo, houve almas que compartilharam de Sua fragilidade, do despertar e da manifestação de Sua pureza infantil, do crescimento de Sua humanidade e da expansão de Sua Divindade dentro daquele corpo frágil.

Cada ser aprendeu algo com Deus através de Seu Filho; algo que o Criador, com Suas próprias Mãos, construiu nas almas por meio de Cristo.

Houve aquelas almas que precisavam viver a glória de Cristo, a revelação do Reino de Deus em Seus milagres, em Suas Palavras, em Sua Presença. Outras precisavam despertar um amor profundo, fecundo e eterno, através da Sua Paixão, para levar ao mundo o legado do Seu Amor, não apenas naquele tempo, mas pelos séculos que viriam. Outras almas, apesar de não terem olhado nos Olhos de Cristo, viveram Sua Presença espiritual e, no silêncio, puderam encontrá-Lo no próprio interior.

Digo-lhes isso porque este é o momento de voltar-se para dentro e recordar.

Recordar a Criança plena de Deus que despertou a pureza em seus corações.

Recordar o Jovem silencioso e humilde que aprendia com Seu pai em uma carpintaria enquanto lhe ensinava sobre a transformação das almas.

Recordar o Profeta de Nazaré, o chamado Nazareno, que caminhava sobre os montes e, com a mesma simplicidade, o fazia sobre as águas, revelando os mistérios de Deus guardados em Seu Coração, assim como no coração de cada ser.

É chegado o momento de recordar o Olhar que os redimiu, as Mãos que se estenderam diante de vocês para conduzi-los a uma vida nova, a um novo homem, com um simples dizer: segue-Me.

Recordar Aquele que os chamou a deixar no mar a barca dos desejos e aspirações humanas para ir com Ele resgatar as almas.

Recordar Aquele que perdoou os seus pecados e, vendo em seu interior a verdade, chamou-os pelo nome para nunca mais se desviarem de Seu Amor.

Recordar cada gota de Sangue que foi vertida de Seu Rosto, e o Seu Olhar sempre fixo em Deus.

Recordar o Seu Coração, elevado acima do sofrimento, rogando pela humanidade e por cada ser, com o mesmo amor.

Recordar o sepulcro vazio.

Recordar Suas Palavras e Sua Face em vestes resplandecentes.

Recordar Seu Corpo elevando-se entre o brilho incandescente das nuvens, e, entre a luz, o poder de Sua Voz, prometendo-lhes trazer o Reino de Deus ao mundo.

Para ver cumprirem-se as promessas de Cristo, precisam recordar e, para recordar, precisam ingressar no próprio interior e contemplar com amor o que Ele deixou em seus corações, porque Seus impulsos são eternos.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A quaresma é um momento, filhos, para voltar a conhecer a Cristo, para reconhecê-Lo com um novo olhar, um olhar sem véus e sem temores, para que saibam quem Ele é e quem são vocês diante d'Ele, o que são chamados a viver ao estar diante do Filho de Deus.

Muitos são os que caminham ao lado de Cristo, comem de Seu Corpo, bebem de Seu Sangue, participam de Seus prodígios e escutam as Suas Palavras; mas poucos são os que olham para o Senhor sem véus diante de seus olhos, sem muros diante de seus corações, e sabem quem Ele é, e descobrem também a si mesmos, diante d'Ele. 

Mas a quaresma é esse momento, porque nela o Senhor lhes diz: “Eu Sou o que Sou, Eu Sou Aquele que É; Um com Deus, o próprio Deus feito Homem e Espírito”.

E, ao escutarem essa revelação do Filho de Deus, seus olhos abrem-se para que possam não apenas reconhecê-Lo, mas também reconhecer a si mesmos.

A quaresma é um momento de definir-se a buscar a Cristo e viver a revelação de Sua Presença; deixar-se inundar por Seus mistérios e transformar-se por Seu Amor. Ou então, filhos, vê-Lo passar e fazer prodígios, ver como se transformam os corações ao escutá-Lo e, ainda assim, permanecerem cegos e surdos diante d'Ele.

Escolham a vida, a vida em Cristo, a vida na Verdade, a vida na liberdade de si mesmos. Escolham o desvanecimento do pó. 

Não se aferrem a si mesmos, às suas virtudes e destrezas, às suas convicções e conhecimentos, às suas mentes e crenças. Aferrem-se a Cristo, à Sua Verdade Celestial, à Sua Presença, à Sua Vida. 

Este é o sentido da quaresma: preparar-se e definir-se em Cristo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DA CIDADE DE TUSAYAN À PHOENIX, ARIZONA, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O início de um novo ciclo chegou para cada ser desta Terra e, sobretudo, filhos, desta Obra de Amor que o Criador está construindo com as Suas próprias Mãos, desde a origem de suas vidas. 

Este ciclo que se inicia estará permeado não apenas pelo despertar ou pela purificação, mas também pela maturidade e pelo crescimento interior de seus seres.

Chegou o momento de consolidar o vínculo de seus corações com Deus e, depois de tudo o que receberam, em nome da humanidade, dar um novo passo na entrega de suas vidas, um novo passo em direção ao próprio interior, um novo passo em direção ao Infinito que se guarda no próprio coração.

É chegado o ciclo de conhecer o Perdão de Deus, por Seu Amor e Sua infinita Graça, para que, dessa forma, sejam verdadeiras pontes entre os corações dos homens e o seu Criador.

Este é o ciclo de começar a construir o que os caracteriza como raça e como filhos de Deus, que é a união profunda com Ele, através do conhecimento não apenas de Seus mistérios, mas, sobretudo, de Seu Amor.

Para isso, devem buscá-Lo constantemente, senti-Lo e deixar que Sua Presença, ainda que silenciosa, lhes fale ao coração, e que seja com o silêncio, com Sua Graça ou com Sua Paz.

Este é o ciclo de experimentarem Deus em seu interior, e assim, filhos, finalmente poderem começar a unir as dimensões e atrair um novo tempo para este mundo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE TUSAYAN, GRAND CANYON DO COLORADO, ARIZONA, ESTADOS UNIDOS, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

A história que nunca foi lenda

Nas distantes e vermelhas terras do norte do Arizona, expressou-se uma vez uma sagrada civilização que provinha da união e da mistura de americanos originários e de asiáticos de remotos lugares, de ilhas diversas da Ásia e da Oceania.

Essa união de família, de raça e de cultura os trouxe com o tempo até o norte do Arizona, região que há milhares de anos se comportava como um terreno fértil para o desenvolvimento de populações proveitosas do plantio e do cultivo.

O que sempre se oferecia para esse sagrado povo era o rio Colorado, que banhava com suas margens toda a vegetação presente naqueles tempos.

A causa do desaparecimento desse povo não foi uma destruição nem um acontecimento extraordinário. O tempo mostrou para esse povo que ele havia alcançado um grau altíssimo de contato com o Universo, por isso já não lhe foi necessário viver do material como sempre o fazia.

Esse sagrado povo do norte do Arizona também viveu seu caminho de transição, como o viveram todas as civilizações e culturas que passaram por este planeta.

A antiguidade desse povo era anterior à perdida civilização da Atlântida.

Esse sagrado povo, originário de raízes indígenas, a partir do momento de sua união com seus antepassados do extremo Oriente, nunca mais viveu um encontro com nenhuma outra raça.

Sua experiência se baseou no aprendizado sobre o sustento da vida grupal. Era essa união de consciências que foi fazendo do povo o exemplo de uma fraternidade e de uma solidariedade recíproca.

O cenário do Grand Canyon do Colorado foi o espaço que favoreceu o desenvolvimento do aspecto intuitivo dessa civilização sagrada que, ao permanecer naturalmente separada do mundo e amparada por condições extraordinárias da natureza, criou um ambiente propício para o processo de contato.

Essa civilização, originária dessa região do planeta, foi passando por diferentes estados, e o conhecimento que recebia sobre a ciência da Criação e sobre o Universo, através do contato, fez com que tal povo acessasse princípios que abarcaram outros planos superiores de consciência, que eram preenchidos de conhecimento e instrução para cada um deles.

O que mais se destacou nesse povo era que, desde a criança mais nova até o ancião mais idoso, viveram um grau de contato que os fazia estar dentro de uma frequência de amor muito alta.

Todo esse processo do povo do rio Colorado, de passar do material ao espiritual, levou-o um dia a ingressar em uma escola de aprendizado diferente, que se revelou espontaneamente, sem forçar nada.

Ou seja, esse povo acessou a realidade cósmica e universal, e seu desaparecimento da superfície do planeta foi devido a seu ingresso total em outros planos de consciência, em que já não era necessário servir-se do que é material.

Como a presença desse povo não tem registros históricos na humanidade e somente foi considerada uma lenda, esse próprio povo, dos planos superiores, foi o que guiou e impulsionou outros povos originários para que fizessem suas experiências e aprendizados dentro da mesma região em que eles estiveram.

Por essa mesma razão, outros povos originários de outras partes da América do Norte migraram para a região do norte do Arizona, em busca dessa mesma fonte de contato que se revelou para esse primeiro povo sagrado.

Foi assim que a civilização indígena, que como povo partiu para outras esferas de consciência, apelou para poder entregar os mesmos impulsos que seus sucessores precisavam a fim de dar continuidade à evolução da consciência.

Quando o sagrado povo do norte do Arizona já estava dentro de outra dimensão de consciência, todo o seu povo se preparou para dar um novo passo, e assim eles assumiram colaborar amplamente na sustentação espiritual do planeta. Assim, começaram, dentro da Lei da Hierarquia, a cuidar da alma-grupo de cada um dos Reinos da Natureza, para que cada alma-grupo também pudesse evoluir.

O mesmo fizeram ao cuidar e amparar os núcleos internos de outras almas que, havendo sido indígenas, não haviam acessado a totalidade de sua transfiguração, como havia vivido o sagrado povo.

Nos planos internos, a região do Grand Canyon do Colorado se tornou uma escola importantíssima de serviço e de amor interno por tudo aquilo que, essencialmente, é verdadeiro e nasce da existência de cada ser.

Apesar da mudança geológica do Grand Canyon do Colorado com o passar do tempo, isso não foi um impedimento para que essa escola interna pudesse expressar-se e realizar-se. Foi nesse nível de consciência que alcançou o sagrado povo do Grand Canyon do Colorado que o Pai Eterno encontrou uma porta segura para dar continuidade ao projeto da humanidade de superfície.

Esse legado e experiência, que continuaram ocorrendo de forma paralela à encarnação do Filho de Deus, foram fatores de acontecimentos que colaboraram amplamente na Obra Redentora de Cristo, mesmo depois de Sua Ascensão aos Céus.

Com isso quero fazê-los compreender que, desde os tempos mais remotos da Terra, já existiram a fraternidade e o amor, que foram evoluindo e que tornaram possível salvaguardar a essência primordial da experiência humana, sob um potencial de experiência grupal de serviço e de solidariedade mútua.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA EM WEED, SISKIYOU, CALIFÓRNIA, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Dispõe teu coração para Deus a cada novo dia. Contempla em silêncio Sua Presença dentro de ti e em todas as coisas.

Busca, filho, sempre aprofundar-te em tua união com o Criador. Deixa que em teu coração se sintetizem todos os impulsos e ensinamentos que o Criador enviou para a humanidade e que, em ti, esses caminhos se tornem um só: o estreito e profundo caminho de união com Deus.

Sente o Criador no ar que respiras, na natureza ao teu redor e em tua natureza humana. Sente o Criador no Universo sobre ti, no Cosmos infinito e em teu cosmos interior. 

Permite que os tempos se unam em teu próprio coração. Ali encontrarás a revelação do novo e a recordação do eterno. Ali descobrirás a história de tua origem, o caminho para cumprir esse Infinito e retornar ao ponto de partida, que é o próprio Coração de Deus.

Quando um ser retorna ao Criador, depois de cumprir com sua missão, e leva consigo uma partícula de um amor novo e infinito, como o fez o Filho de Deus, no Coração do Pai a Criação começa a se recriar, um novo infinito se desenha, um novo caminho se inicia.

Transcende, filho, o que é superficial e meramente humano, parte da confusão e da ilusão deste mundo, e cada dia põe tua consciência no que é eterno, para que, quando o Tempo de Deus chegar à Terra, possas reconhecê-lo, porque Ele está vivo dentro de ti e tu vives dentro dele. 

A verdade começa a se revelar dentro de ti quando podes enxergar o que se oculta em teu interior. Então, ao abrir teus olhos, verás o que se ocultava em toda a vida.

São José Castíssimo

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA EM POTRERILLOS, LUJÁN DE CUYO, MENDOZA, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Era uma vez, no tempo eterno, um Propósito infinito e amoroso do Único, no qual Ele queria refletir Sua experiência através de uma Criação formada e constituída por muitos tipos de vida.

Assim, foram criados primeiro os universos, suas galáxias, sóis e estrelas; depois foram criadas as nebulosas, e dentro delas já habitavam as dimensões e os planos de consciência.

Mais tarde, quando essa primeira Criação havia amadurecido, vibratória e espiritualmente, o Pai, com todo Seu Amor, fixou Seu olhar em um ponto do Universo, onde um planeta, o que mais havia brilhado, gerou uma condição espiritual maior que era capaz de abrigar e de receber um Projeto.

Para isso o Pai pediu que esse tesouro do Universo, que se estava expressando espontaneamente, recebesse um dos elementos e fluidos mais especiais da Criação: o elemento água, para que o que aconteceria depois tivesse o apoio necessário para poder desenvolver-se e evoluir.

Esse elemento traria para a consciência humana, que foi o último projeto realizado, a capacidade interior e também material de recordar sua origem não só desde o ventre materno, mas também sua origem superior.

O elemento água é a base fundamental para o equilíbrio emocional e sentimental do ser humano. Por isso, na criação do planeta Terra, o Pai quis conceder a Seus filhos a maior quantidade de oceanos e de mares, para que não sentissem a desconexão espiritual do ventre materno.

Foi assim que o Projeto humano foi acompanhado desde o princípio e tem sido o Projeto genético mais privilegiado, porque o próprio Projeto, para poder ser corrigido e redimido, recebeu a encarnação do Filho de Deus, para que a raça humana encontrasse um caminho direto por onde pudesse retornar à sua verdadeira essência.

Foi assim que outros seres humanos se ofereceram para que o Projeto pudesse perdurar e alcançar o maior grau de perfeição, o que foi possível por tudo o que ensinou Cristo, que foi o caminho do Amor e do Perdão.

Por isso todos os seres humanos, sob qualquer condição, têm a possibilidade, dentro de todo o Universo, de viver e de experimentar o Amor de uma forma direta e sem grandes esforços; um Amor que provém do espírito, um Amor que transcende os erros e que pacifica, que amplia a consciência e abre os sentidos internos para poder viver conscientemente o Plano e a Vontade de Deus.

Este pequeno planeta azul, dentro da Criação, é a escola predileta onde outras consciências universais podem aprender sobre como o Amor verdadeiro pelo Criador, pelo Pai Supremo, pode mover os acontecimentos e pode conceder milagres de vida e de redenção.

A chave está em vivê-lo e em confiar no poder do Amor Maior.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LA CUMBRE, CÓRDOBA, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Do Livro Espiritual dos Segredos de Deus - Parte I

E foi naquele tempo que seu Mestre e Senhor, depois de haver caminhado junto com os doze, chamou três de Seus apóstolos para que subissem ao monte Tabor e, sob uma conjuntura divina, solar e cósmica, conhecessem a verdadeira Face do Filho de Deus.

Hoje Eu conto a vocês que não apenas os três apóstolos conheceram quem Eu era em verdade, mas que também muitas consciências mais participaram desse acontecimento no qual, através de um cruzamento e de uma união perfeita entre o Céu e a Terra, um grande portal foi aberto, e assim chegaram Moisés e Elias que, em seus aspectos transfigurados, mostraram-se para os três apóstolos.

Nesse momento, uma forma de alquimia espiritual e uma fusão de Leis imateriais foram estabelecidas para sustentar essa importante manifestação lumínica do verdadeiro aspecto do Filho de Deus.

Foi no alto do monte Tabor e uma única vez que os Meus viram o seu Senhor no aspecto glorificado e cósmico, aspecto que seu Senhor concebeu antes de encarnar neste mundo como o Messias.

Nesse acontecimento, todos os átomos e células de seu Mestre resplandeceram e, através de Seu Corpo etérico, Ele mostrou Seu aspecto transfigurado em forma de visão para os apóstolos e para todos os que ali estavam presentes.

Por um momento, o Universo espiritual concedeu a revelação desse segredo que até então ninguém conhecia, porque a finalidade dessa revelação era que os mais próximos ao Redentor fossem fortalecidos para que, quando as provas mais complexas chegassem à vida de cada um, assim como chegarão para cada um de vocês, aprendessem a se aprofundar no amor.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os, 

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

No princípio, Deus pensou e sentiu em Seu Misericordioso Coração que deveriam existir criaturas tão semelhantes a Ele que, por amor à vida, pudessem povoar todos os espaços do Universo para poder experimentar a felicidade de estar dentro de Seu Reino.

Ali foi quando nasceu o Projeto Divino, porque Seus Filhos, seres da Terra e de todo o Universo, eram o mesmo Projeto, que surgiu e foi criado por intermédio dos Arcanjos nas Fontes de Luz.

Dessas Fontes de Luz, todos os Seus Filhos guardam, dentro de si, uma chispa divina, a chamada Essência.

Mas foi quando se manifestou a primeira desobediência por parte de um dos Anjos de Deus que surgiram o mal e a escuridão, estados opostos à luz e à iluminação da consciência. 

Nesse momento, o Projeto Divino foi interferido, e para que o Projeto não se deteriorasse, o Pai Celestial decidiu Ele mesmo manifestar-Se e encarnar em diferentes momentos do planeta.

Foi assim para demonstrar que Ele amava e ama profundamente Suas Criaturas e que os amará eternamente, porque ninguém além do Pai Eterno conhece e sabe quem são Seus Filhos em essência e porque hoje estão aqui, sobre a superfície da Terra.

Dessa primeira desobediência surgiram os primeiros erros universais. Uma ação contrária e oposta à Vontade Divina foi criada no Universo Mental e por último se plasmou no Universo Material.

Através de acontecimentos e de fatos que levaram os Filhos de Deus a sair da Lei uma inumerável quantidade de vezes, surgiu o que conhecemos como a dualidade, que é o sentimento espiritual, mental e material de encontrar-se dividido ou contrariado diante dos passos espirituais ou internos que deve dar uma consciência a serviço de Deus.

Então, Deus voltou a encarnar há pouco mais de dois mil anos; desta vez, o Pai Eterno decidiu que a Sua Segunda e Divina Pessoa, o Filho, chegasse à Terra através de uma preparação espiritual e cósmica que fosse capaz de reverter o desvio que naquele tempo estava vivendo a humanidade inteira.

Foi assim que grandes consciências servidoras do Universo ajudaram na preparação da encarnação do Filho de Deus, e, através da ação suprafísica e imaterial de Leis superiores, o Pai Eterno concedeu que a Santíssima Mãe fosse fecundada pelo Espírito Santo e que, através de um desenho perfeito e sublime, trouxesse a Segunda Pessoa de Deus à Terra.

A partir do nascimento de Cristo, todas as criaturas da Terra encontrariam a chave perfeita para dissolver e vencer, por si mesmas, a dualidade, que gerava dívidas impagáveis e que segue despertando contrariedade e oposição ao Plano Divino.

Essa chave, que abriu e sempre abrirá as portas, chama-se Amor. O Amor de Deus que é sabedoria. O Amor que é entendimento. O Amor que dá ciência a tudo o que existe. 

Por isso, este é o tempo de voltar a transcender essa dualidade dentro de cada um, colocando todo o ser e toda a consciência em Deus, onde vocês sempre encontrarão sentido e resposta para tudo o que vivem.

Porque se existirem mais consciências que trabalhem todos os dias para vencer essa dualidade ou essa desigualdade espiritual, vocês impulsionarão outros para que também o vivam e o façam, e possam romper a corrente do sofrimento e dos erros milenares, que só levam a humanidade à escuridão e à confusão.

Se sua consciência está em Cristo, nada será duvidoso nem confuso, porque em Cristo estarão em sabedoria, estarão em discernimento, para que, nestes tempos tão complexos, não sejam confundidos no caminho de fé que decidiram percorrer.

Por essa razão, os Sagrados Corações vêm ao seu encontro como fizeram em outros momentos agudos da humanidade, quando o caminho da oração e do serviço foram pontes que levaram milhões de almas a encontrar sua própria redenção.

Agora é o tempo de levar as nações, como, por exemplo, a Argentina, para que não se esqueça de Deus, para que sua aprendizagem e escola  seja benéfica para todos os que a integram neste ciclo.

A Argentina necessita manter-se protegida dos embates através de responsáveis e maduros grupos de oração que, como em uma guerra espiritual, não deixem de clamar ao Pai e de atrair Seus Dons e Atributos para poder manter a paz e a unidade interior nos tempos de crise, para que nenhum irmão se levante contra seu irmão, para que exista o espírito do entendimento e da Verdade.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, POR MOTIVO DO DIA DE CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS

E verão, companheiros, o Filho de Deus vir transfigurado no momento culminante da humanidade, assim como Ele vem hoje ao seu encontro em Divindade e em Espírito. Eu retornarei na hora culminante da Terra, quando virei buscá-los e reuni-los em Meu Nome, da mesma forma que Eu reuni os doze apóstolos no passado, mas desta vez será diferente porque, apesar de o mundo estar em convulsão, vocês poderão reconhecer-Me e Me receberão da mesma forma que o fazem neste momento. 

Reunirei todas as tribos do Meu Pai, não só aqui na Argentina, no alto de uma montanha, mas também aparecerei, como em Betânia, em outros lugares da América do Sul para que, nessa hora tão aguda e difícil, vocês, Meus amigos, não sintam medo algum, mas um profundo e jubiloso gozo por voltar a encontrar-Me.

Chamarei cada um pelo seu nome original e, assim, despertará em vocês a doce recordação de haver estado Comigo uma vez, compartilhando o mesmo pão e o mesmo vinho que hoje volto a entregar a todos.

Minha chegada à Argentina desta vez é diferente; já os encontro mais maduros e conscientes da importância de seguir o seu Redentor sem dúvida alguma.

Este é o tempo em que a sua preparação interior finalizará e começará o seu verdadeiro serviço pela redenção e pelo perdão de todo o gênero humano.

Chegou o tempo do Meu Retorno.

Agradeço-lhes por receberem-Me!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

 

Palavras de Cristo Jesus transmitidas durante a consagração dos elementos, na presença de muitos peregrinos:

Que as Minhas Palavras possam ser o sopro do Espírito em vocês, para que o verdadeiro ser se manifeste neste tempo, aquele que Me representará na Terra e que dará testemunho da Minha Presença no mundo inteiro.

Eu venho para congregá-los na Verdade, na única Verdade de Deus, que os faz participar da Sua liberdade espiritual e que lhes promete a redenção total de seus seres e de suas consciências, para que o Meu Propósito Crístico se cumpra.

Agora que os encontro com esta alegria e com esta recepção que sinto em Meu Coração, o Espírito Santo atuará através dos Seus Dons e por meio dos Sacramentos para que, renovados na fé e na confiança em Deus, saibam que seguirão caminhando Comigo para diante, buscando em seu interior a realização do Plano de Deus e a concretização do Seu Projeto nesta raça humana, por meio da ação da Minha Misericórdia, da Minha Graça e da Minha Piedade.

Abro as portas do Meu Coração e da Minha Consciência para que recebam a presença da Minha Igreja Celestial, que os congrega em igualdade e em amor, que os faz celebrar o Amor do Pai eternamente Comigo.

Ponhamo-nos de pé.

Neste momento, cada um dos Meus representantes e servidores na superfície da Terra fará sua oferta ante o Pai Celestial por intermédio do Meu Sagrado Coração, para que Ele receba suas súplicas, suas intenções e seu verdadeiro oferecimento, para que Sua Graça continue descendo à Terra e tocando todos os corações.

No silêncio de seus corações farão esta oferta Comigo, enquanto o seu Mestre e Redentor, na presença do Amor vivo de Deus, transubstanciará os elementos junto com as hostes angélicas para que a Misericórdia do Pai desça sobre os seres e o planeta, e a chama de luz em seus corações volte a fortalecer-se e reacender, para que o amor e a graça abundem no mundo e o amor e a vida sejam respeitados.

Na Presença de Cristo, Nosso Senhor, pelo Seu convite e chamado, vamos ingressar na consciência da Sua Igreja Celestial entoando todos juntos o "Kodoish melódico".

Voltemos ao instrumental de "E assim falou o Mestre".

E ante a Presença de Nosso Senhor Jesus Cristo, nosso Redentor e Salvador, a Seu pedido e chamado, neste momento vamos participar da consagração e da transubstanciação do pão e do vinho, que se converterão no Corpo e no Sangue de Nosso Senhor.

Convidamos os que puderem a ajoelhar-se ou ficar de pé.

Damos graças a Deus pela renovação deste sacrifício e pela inspiração que nosso Senhor Jesus Cristo nos dá neste momento através dos Sacramentos e, especialmente, do Sacramento da Eucaristia.

Naquele tempo, Jesus estava reunido com Seus apóstolos e muitas consciências mais nos planos internos, que estão hoje aqui presentes.

Ele tomou o pão, elevou-o, reconheceu o sacrifício que o Pai estava pedindo-Lhe para viver e, com a imensidade do Seu Amor, agradeceu, entregou-o aos Seus apóstolos e disse-lhes: "Tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo que será entregue por vocês para o perdão dos pecados". E ao soar de três badaladas se estabeleceu a transubstanciação do pão no Corpo Divino de Cristo.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te (três vezes).

E antes de o Senhor finalizar a Sua Ceia e entregar o maior presente de amor à humanidade, tomou o Cálice, elevando-o a Deus, o Pai o abençoou e Ele agradeceu profundamente por esse sacrifício que viveria por cada um de nós até o fim dos tempos. Entregou-o aos apóstolos, dizendo-lhes: "Tomem e bebam todos d'Ele, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da Nova Aliança, que será derramado pelo Seu Redentor e por muitos mártires para o perdão dos pecados. Façam isso em Minha memória". E ao soarem três badaladas estabeleceu-se a transubstanciação do vinho no Sangue precioso de Cristo.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te (três vezes).

O Corpo e o Sangue Divino de nosso Senhor. Amém.

Em unidade ao Seu Sagrado Coração e pelo triunfo e a vitória do Seu Reino na humanidade, unidos a Ele, em absoluta consciência e sintonia, repetimos a oração que Ele nos ensinou:

Pai Nosso.

Ponhamo-nos de pé.

Companheiros, nunca percam a esperança e a fé, porque são virtudes que os renovarão e sempre os impulsionarão a seguir adiante, sabendo transcender barreiras, sabendo viver desafios e, assim, alcançarão a paz, nunca a perderão porque estarão em Mim e Eu em vocês.

Que a paz, neste dia, esteja em vocês e na Argentina. Amém.

Na presença do Amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo, em fraternidade, vocês se darão a saudação da paz.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O mistério da existência humana é maior que a renovação do Amor e que a revelação de um Amor novo para a Consciência Divina. Na essência dos homens se guarda não apenas a própria história, a história da evolução da vida e da Criação; guarda-se, filhos, a história do próprio Deus.

Sei que o que lhes digo pode parecer algo distante daquilo que experimentam como criaturas, mas o que acontece, verdadeiramente, é que os seres passam pela experiência da vida sobre a Terra e não conseguem descobrir quem são e muito menos expressar isso. Até mesmo o Filho de Deus, estando na Terra, não pôde expressar para os seres toda a verdade de Sua existência, porque nem agora nem naquele momento os seres estavam prontos para sabê-lo.

As revelações chegam neste tempo como impulsos da Verdade, mas não como a Verdade desvelada. Os seres recebem aquilo que necessitam para cruzar o umbral destes tempos e começar a adentrar no tempo e na realidade divina.

Ainda que não tenha chegado o momento de viverem a expressão verdadeira de um ser humano, devem ao menos saber que ela existe e, através da simples sintonia com a Verdade, já poderão viver as provas destes tempos de uma forma diferente.

Deixem que esse legado interior se faça sentir. Deixem que Deus se faça sentir em vocês. E tão somente saber que algo oculto está vivo no próprio coração já será suficiente para começar um novo ciclo, em um novo tempo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO EXTRAORDINÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ E SENHORA DE SCHOENSTATT, TRANSMITIDA NA CIDADE DE AUGSBURGO, ALEMANHA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Meu Coração hoje ilumina de maneira especial a Alemanha e suas nações irmãs, para que as almas recebam o consolo e a cura espiritual que necessitam para levar adiante uma nova etapa, um novo tempo que estará cheio de aprendizagens e de momentos de amor.

Como Senhora de Schoenstatt, apresento-Me novamente a vocês para que, dentro de cada filho Meu, volte a confirmar-se a filiação espiritual com sua Mãe Celeste.

Com alegria, sua Mãe e Rainha de Schoenstatt retorna à Alemanha, mas desta vez sua Mãe Divina irá abrindo as portas celestiais para que o amado Filho possa trabalhar e obrar espiritualmente em uma área da Alemanha onde ainda não chegou a Misericórdia de Deus e que o Divino Filho trará Consigo para liberar os corações e curar as almas enfermas de espírito.

É assim, Meus filhos da Alemanha, que a Hierarquia Espiritual, ao poder trabalhar com três cidades da Alemanha: Munique, Frankfurt e Berlim, poderá ampliar o efeito positivo de seu propósito nos planos internos, e tudo isso é possível pela adesão de alguns de Meus filhos da Alemanha, da Suíça e da Áustria que, nos últimos tempos e depois de Minha última visita, responderam ao Meu chamado.

Por essa razão, hoje não só os convido a se renovarem na presença do Amor de sua Mãe Celeste, mas também a abrirem mais seus corações para todos que, a partir deste ciclo, deverão chegar para fazer parte dos exércitos da oração.

Este é um dia especial porque novamente o Amor do Meu materno Coraçãotriunfará na Alemanha, e até o próximo ano novos frutos se manifestarão, a fim de seguir aprofundando a Obra Redentora de Meu Filho.

Agradeço profundamente a resposta, a adesão e o acolhimento de cada filho Meu que hoje se congrega aqui para estar diante da Mãe de Deus para orar e compartilhar um momento de elevação da consciência, a fim de que a consciência da humanidade seja elevada e sustentada pela oração devota de todos.

Deixo-lhes Minha bênção de Mãe e declaro-lhes Meu Amor por seu país.

Que a Senhora de Schoenstatt continue sendo para vocês a fonte de reverência, de devoção e de admiração.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz e Senhora de Schoenstatt

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA COMUNA DE CASTEL VOLTURNO, CAMPANIA, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O Mistério da Divina Misericórdia

A Misericórdia é uma Graça ainda desconhecida pelos homens. A ciência espiritual que a humanidade conhece não adentrou ainda na compreensão plena desse mistério, porque tentam inserir a Misericórdia em sua conhecida teologia e não a veem como algo que transcende tudo o que é conhecido pelo homem.

Na Cruz, o Criador transformou todas as Leis, e o Deus da Justiça abriu um novo ciclo para toda a vida, um ciclo de piedade, de perdão e de redenção, apesar da gravidade dos pecados dos homens.

Não houve maior pecado do que aquele vivido pelos que flagelaram e crucificaram o próprio Deus; mas, ainda assim, filhos, estes, quando tocados pelo Sangue misericordioso de Cristo, foram perdoados, curados e redimidos pela potência de Seu Amor.

A Misericórdia é um mistério que está unido ao mistério da criação humana. É uma Graça advinda do vínculo entre os homens e Deus, o seu Criador. Foi a partir do momento em que o Pai se plenificou em Suas criaturas, através de Seu Filho, e demonstrou aos seres a verdadeira essência do que é a humanidade, que a Misericórdia passou a fluir para o planeta e para toda a Criação.

A Misericórdia nasce no Coração de Deus como uma nova oportunidade de que os seres alcancem a Graça do Amor, mas, para chegar aos universos materiais da manifestação da vida, o veículo da Misericórdia é a prece dos homens, e a porta para a Misericórdia é o seu coração.

A essência humana está intimamente ligada à existência da Misericórdia Divina até o ponto de sua genética poder guardar, fisicamente, a potência e a presença desse Dom que provém de Deus, assim como foi  no Sangue de Cristo.

O Redentor viveu em plenitude a Divina Misericórdia para que todos os seres reconhecessem o próprio potencial e caminhassem em direção a ele.

Digo-lhes todas estas coisas para que compreendam a importância de clamar verdadeiramente pela Misericórdia neste tempo, não apenas para este mundo, mas para toda a Criação.

Reconheçam a si mesmos como potenciais portadores dessa Graça que provém do Pai e clamem para que ela desça sobre o mundo e sobre toda a vida. Quanto mais clamam e oram, mais se aproximam de Deus e mais despertam em seu interior o que verdadeiramente são.

Infinitos são os potenciais dos seres humanos, mas, neste tempo, filhos, apenas a pureza do coração e a oração sincera poderão despertá-los. É servindo a este planeta que poderão adentrar nos mistérios sobre si mesmos e se aproximarem do Coração de Deus.

Seu Pai e Amigo,

 São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Enquanto transcorrem os dias, o momento de Minha Paixão, Morte e Ressurreição se aproxima como um legado espiritual e valioso para as almas.

É por essa razão que Me aproximo dos Meus, para que conscientemente possam recordar o significado interior dessa grande entrega de Amor que seu Mestre viveu.

Por isso, companheiros, já estamos às vésperas do retorno do Filho de Deus ao mundo durante a Sagrada Semana, não só para anunciar-lhes a Palavra de Vida, mas também para que se unam a Mim e, em reverência, estejam em sintonia espiritual com Meu Coração.

Por esse motivo, filhos, Eu os reúno ao Meu redor, para que em vocês despertem os atributos e os dons que farão repovoar a Terra de códigos diretos da Fonte.

Assim, elevando sua fé em Mim, Eu poderei conduzi-los pelo caminho da paz e da redenção.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus 

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Entrego-me, de tempos em tempos, para que as almas aprendam algum dia a amar-Me, a reverenciar-Me e a reconhecer-Me.

Se Eu não Me tivesse entregado na Paixão e na Cruz por vocês, nunca teriam tido a possibilidade de viver uma vida dedicada à união Comigo e à profissão da fé.

Por isso, ainda continuo entregando-Me ao mundo de diferentes formas e, embora a maioria não Me reconheça, Seu Mestre e Senhor continua entregando-Se, porque um dia todos despertarão e tomarão consciência de que o  Filho de Deus foi quem Se entregou por verdadeiro amor a cada um de vocês. 

Enquanto isso, na mansidão do Meu Coração, espero pelos que Me corresponderão, para que  aprendam a servir ao Divino e ao Supremo.

Espero os que, em algum momento, tomarão consciência do que significa estar em Mim e da oportunidade que representa viver por meio do mistério do Meu Amor.

Algum dia todos Me reconhecerão, sem importar a religião ou a fé, porque o Amor que Eu derramo é para todos.

Agradeço-lhes por guardarem as Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DE SÃO PAULO PARA O CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Neste tempo de caos planetário, em que dentro e fora dos homens há confusão, dúvidas e temores, tu, filho, em tudo deves buscar o auxílio divino, para que, no silêncio de teu coração, o Senhor traga as respostas de que necessitas para estar em paz diante de Seu Plano.

Medita como o Filho de Deus meditava no deserto; preza pelos momentos de silêncio e de solidão, nos quais te encontras com Deus para um diálogo com o teu Senhor. Ali, o Pai poderá guiar-te e amparar-te nas decisões de tua vida, para que não caias nos mesmos abismos uma e outra vez.

Compreende a importância do deserto interior para que encontres o vazio, o nada e saibas entregar teu ser para que se torne uma morada divina.

Compreende a importância do deserto interior, para que o teu mundo interno se fortaleça.

Compreende a importância do deserto interior, porque ali começas a adentrar na sabedoria e no discernimento divino. É no deserto de teu coração que construirás aquilo de que te valerás neste final dos tempos.

Por isso, filho, ora e adentra sem medo nas profundezas silenciosas de teu coração e aguarda ali a chegada de teu Senhor e Deus. Assim poderás ser digno de participar com Ele de Seu Plano de resgate e de salvação, primeiro de tua própria alma e depois deste mundo.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos