MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ainda que haja agonia no mundo, mantém tua fé em Deus e não te deixes esmorecer na oração e na esperança.

Ainda que pareça não haver solução, mantém a tua fé em Deus e não te deixes confundir pelas influências deste mundo.

Ainda que grandes pareçam o caos e a confusão interior, no profundo de teu ser, mantém tua fé em Deus e não desistas, não abaixes os braços.

Filho, muito maior do que o caos em teu interior é o que vive o mundo, o planeta sobre o qual tens os teus pés todos os dias.

Foste chamado a trazer uma nova vida, uma oportunidade de renovação para esta Terra, que desde o princípio decidiu se afastar de Deus e de Seu Plano.

Podes perguntar: e por que o Pai perseverou neste projeto? Por que não o deteve no princípio de todas as coisas, quando o pecado se fez carne na consciência humana?

Porque o mal não pertence à Verdade; ele é parte de uma ilusão milenar, na qual a consciência humana se colocou desde o princípio. Mas a Verdade ainda habita no interior dos seres e pode emergir naqueles que se disponham a deixar que um Deus Vivo se expresse em seus corações.

Se tu escutas estas palavras, é porque te corresponde responder a este chamado.

Sei que, às vezes, por teu próprio peso não consegues caminhar e que, por ti mesmo, calças sapatos de ferro, que te fazem afundar no ponto em que te encontras. Mas hoje, filho – como todos os dias nos quais virei à Terra –, digo-te que retires de teus pés os pesados sapatos de ferro de teu passado, de tuas vontades, de tuas aspirações para o futuro, e caminhes com Aquele que, descalço, percorreu a Terra e agora cruza os Universos, convocando novos companheiros que renovem constantemente o Amor alcançado por Ele, ao carregar com a cruz os pecados do mundo.

Sei que o que te digo parece repetitivo e que as palavras apenas se renovam para os que as veem novas, porque estão em um novo degrau desta escalada evolutiva.

Deixa que Deus te renove e te mostre o quanto ainda tens para servir e como este mundo e este Plano de Amor necessitam de tua entrega. Ainda não chegaste ao ponto de tua doação, e isso se vê pelo Amor que ainda não deixaste nascer dentro de ti. Deixa-te amar e aprende, sendo amado, a doar amor a este mundo de tantas enfermidades espirituais.

Na porta de um novo ciclo planetário, renova-te e deixa-te ser novo, como o Cristo, que já renascerá em Espírito, em todos os presépios feitos com fé, nas casas desta Terra.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quanto mais os ponteiros do relógio se perdem do tempo e as horas que antes mediam os dias já não passam com o mesmo ritmo, aproximam-se deste mundo a Verdade e o Tempo de Deus.

As horas da Terra se revelam como uma ilusão. As estações e os dias já não são os mesmos de tempos atrás, porque a Terra não está no mesmo ponto, está em constante movimento de aproximação das dimensões do Universo.

Os corações dos homens temem o caos e a perdição, porque suas almas podem vislumbrar os abismos que se abrem diante das vidas vazias de sentido.

E aqueles que podem sentir a angústia de seus interiores e escutar a voz de suas almas estão buscando um caminho pelo qual caminhar seguros.

Oh, corações do mundo! É chegado o momento do Tempo Eterno, da dissolução da ilusão, da absolvição dos pecados, da reparação do Coração de Deus, tantas vezes ferido pelos homens.

As últimas portas para o despertar estão se abrindo. Enviem o seu “sim” ao Universo e deixem que o preconceito, o temor ou a incapacidade de buscar a Deus dê lugar a um novo ciclo em suas vidas.

Animem-se pelo exemplo dos que dizem “sim” e deixem-se quebrar por dentro, para que sejam reconstruídos pelas Mãos de Deus.

Aos que estão com os pés no caminho de uma Vida Superior, digo-lhes: não se permitam titubear.

Sejam retos, firmes consigo mesmos e verdadeiros. Sejam mansos e simples e deem a conhecer a alegria que nasce em seus corações ao encontrar a Deus, além das misérias humanas, porque esta alegria e este exemplo animarão as almas que estão indecisas entre a Luz e o caos neste tempo.

Sejam instrumentos de auxílio para a definição humana, e isso não se faz de outra forma senão servindo, amando e deixando-se corrigir, transformar, purificar, redimir e elevar a Deus.

Coloquem-se, filhos do Novo Homem, nos Braços de Deus, em Sua nova e última Barca. E mesmo em águas agitadas e cheias da fúria própria desta batalha espiritual, segurem-se firmes na fé, não se deixem atirar no mar das ilusões do mundo.

Recolham de Minhas Palavras a Fortaleza. Escutem o eco da Voz de Deus em Seus Mensageiros e sigam adiante!

Remem! E nunca deixem de remar! Alcem as velas brancas do triunfo da Paz e salvem os que se perderam nestas águas de ilusão. Têm a Minha Bênção para isso.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE SANTA FÉ, ARGENTINA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

No mais profundo da noite, o dia se anuncia. Ainda quando tudo está escuro, o canto dos pássaros anuncia a chegada do sol, da brisa matinal e os chama a despertar. A noite traz consigo solidão, nostalgia, às vezes silêncio, às vezes ruídos…

Assim será, filhos, na noite escura do planeta. Ela trará consigo o sentimento de solidão, muitas vezes o desassossego – fruto do coração que não aprendeu a silenciar. Trará consigo a nostalgia de uma vida de ilusões, que já não encontrarão no mundo, e os convidará a caminhar no escuro para um tempo que lhes é completamente desconhecido.

No ápice dessa noite, quando aqueles que estiverem despertos sentirem que ela não terá fim, quando os que estiverem adormecidos ingressarem profundamente em sua ilusão, escutarão os sons que vêm do Céu. Como pássaros nos últimos instantes da madrugada, cantarão os anjos e soarão suas trombetas. O Sol retornará ao mundo.

Sua Luz trará alento aos que esperavam em vigília; porém, cegará os que dormiam em ilusão. Muitos não compreenderão imediatamente o que acontecerá no mundo, porque, para esses, a noite será comum e o extraordinário jamais acontecerá; eles não perceberão que o tempo parará e já não se contará com os relógios do mundo; seus corações, vazios de Deus, pulsarão em um velho tempo.

Os que esperarem a chegada do Sol despertos, com as contas passando entre os seus dedos, para recordar-lhes a paz, enfim respirarão o alento de um novo dia e reconhecerão o fim do velho tempo.

Muitos esperarão estrondos, catástrofes mundiais e um brusco fim para a humanidade, e estes se acostumarão a viver no caos e não perceberão que os tempos se unem e o velho deixa o seu lugar para o novo tempo.

A noite escura já está sobre o planeta. Ela é longa, lenta e seu tempo não se mede com o relógio que passeia nos pulsos dos homens. Por isso, filhos, é hora de vigiar e orar incansavelmente.

O Sol chegará e não será o mesmo sol que ilumina os dias da Terra, será um novo e resplandecente Sol, renovado por Sua Majestade Celestial.

A noite espiritual se sentirá escura e profunda, à medida que avançar. Sintam o seu silêncio e mantenham a paz; escutem o seu ruído e mantenham a paz; vivam a nostalgia humana que sentirão os seus corações e mantenham a paz. Deixem-se purificar pelas provas de uma noite espiritual que está sobre todos, mas mantenham a paz e a certeza de que, em vigília, esperam a chegada do Sol.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E FOZ DO IGUAÇU, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aprende a estar em Minha Paz, apesar do caos e dos conflitos do mundo. Aprende a olhar os acontecimentos com olhos de misericórdia e com um coração pleno de piedade.

Aprende a estar diante de um planeta em transição, mantendo a harmonia e a paz de teu pequeno coração, porque – ainda que se arme na Terra o “palco dos horrores e do temor humano” – teu coração deve estar em paz.

Aprende, filho, que estás no mundo neste tempo para ser instrumento de uma Vontade Superior, de uma Vida Maior, que se instituirá na Terra quando ela tiver se purificado. Essa Vida surgirá de dentro dos seres e se estenderá ao seu redor. Ela será o resultado da fortaleza do coração humano que souber expressar o que ele verdadeiramente é: uma pequena parte viva da Consciência Divina.

Cada dia forjará, no interior dos seres, uma maior fortaleza. Tudo acontecerá, para uns, pouco a pouco e, para outros, bruscamente, mas as mudanças e as provas ditarão o crescimento dos corações e o fortalecimento de seu compromisso com o Plano de Deus.

Cada dia será mais necessário servir e doar de si aquilo que parece não existir na própria consciência, porque haverá aqueles que necessitarão com urgência da doação dos servidores de Deus. Por isso, filho, prepara as tuas mãos e deixa que teu coração cresça sem medo.

Nem sempre te será simples, fácil ou agradável servir. O sacrifício retira a consciência humana de seu ponto de comodidade e infantilidade espiritual, a chamada “ilusão mundial”; porém, esse mesmo sacrifício eleva a consciência humana e a conduz à Vontade e ao Pensamento Divino, ao que ela é em essência e em espírito.

Deixa-te, então, elevar e conduzir pela mudança dos tempos, porque as próprias consequências da transformação da Terra te farão dar passos, se não resistires e se não fechares o teu coração.

Eu estarei contigo.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo                                       

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos, quanto maior for o compromisso de uma alma, maior será o desafio de sua consagração, porque mais almas estão vinculadas com o seu passo e, sendo assim, a sua definição resultará no despertar e na redenção de muitos seres.

Quanto maior for o compromisso de uma obra, maiores serão os desafios para manifestá-la, porque o adversário de Deus não silenciará diante do eco da Voz do Criador.

Peço-lhes que sejam firmes, valentes e unidos de coração; que mantenham sua fortaleza em Cristo, no universo e em todas as revelações que já conhecem, para que, assim, compreendam que o triunfo de Deus vai além desta vida.

A humanidade vive extremos opostos de despertar e de profunda ignorância, de amor e de muita maldade, e a batalha entre o estabelecimento da paz e das trevas se verá em todos os níveis de consciência.

O que nunca deve existir em seus corações é a ira, porque toda ira que provenha do coração humano apenas alimenta o que o adversário está tentando construir.

Vocês não serão indiferentes frente ao que acontece no mundo e, diante dos ataques do adversário, aumentarão em si o poder da paz, da unidade e do amor. Vocês se valerão de cada prova para crescer e fortalecer a própria fé e, assim, não permitirão que o adversário de Deus encontre combustíveis para seguir acendendo a fogueira das ilusões, das perdições e do engano.

Cada ser será conhecido por seus próprios frutos. Esta obra será reconhecida por seus frutos porque semeará a paz e a fará florescer e multiplicar-se nos corações.

Enquanto as falsidades emergem dos seres e todas as mentiras ficam visíveis para todos, também as virtudes devem emergir. Unam-se apenas à luz e não vejam as mentiras alheias como forma de se defender e se justificar, porque esta batalha não deve ser competitiva de sua parte, sequer com a mente.

Para dissolver a escuridão e deixar que o mal se envenene consigo mesmo, é preciso não beber desse veneno e sim beber da Fonte de Cristo, que vence em silêncio e na cruz a luta das falsidades, os ataques e as difamações.

Filhos, pacifiquem o seu interior e orem pelos seus irmãos. Hoje, o Coração de Deus está mais ferido e Cristo ora diante de Seu Pai pela ignorância daqueles que novamente se permitem ser instrumentos do mal.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Para transformar a condição humana, é necessário conhecê-la profundamente.

Desde a sua criação, filhos, desde que chegaram à Terra, com os véus cobrindo os seus olhos, as suas consciências, a humanidade se acostumou a viver uma ilusão seguida da outra e não apenas ignorava o seu passado e o seu futuro, como também acreditava ser algo que não era.

Pela atual situação planetária, de caos e perdição, ao não encontrarem um sentido para as próprias vidas, muitos vão em busca da verdade, e a sede desenfreada os faz beber da água de qualquer fonte que apareça, como se ela fosse a mais pura e cristalina de todas.

Vocês devem cuidar, filhos, das águas que bebem, dos conhecimentos que buscam, porque todas as águas podem saciar a sede daquele que estava seco em espírito, mas se seguirem bebendo de uma água contaminada pelo poder e pela vaidade humanos, vocês poderão acabar morrendo em espírito, diagnosticados pela ignorância, quando acreditavam ter encontrado a verdade.

Bebam da água que Deus lhes envia por intermédio de Seus Mensageiros e confiem que nela está tudo do que necessitam. Aquele que bebe de duas fontes – pecando pela ânsia do poder e da posse de novos conhecimentos – poderá afogar-se em sua ansiedade.

Bebam da água que os lava, os transforma e os purifica e não da água que os engrandece e envaidece suas almas, confundindo-as.

O verdadeiro conhecimento nutre a consciência e amadurece o espírito e não a personalidade. Inclusive lhes digo que, muitas vezes, lhes chegará de Deus uma instrução que vocês compreenderão com a alma, mas não com a mente. Ainda assim, mesmo lhes sendo incompreensível neste momento, ela os transformará e os levará a novos degraus, nos quais um dia poderão compreender o que lhes fez chegar até ali.

Bebam da fonte do amor, do sacrifício, do serviço, da oração. Nela se encontram todas as ciências.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

O caminho para a nova humanidade não deveria ser longo, apesar de ser muito trabalhoso para a atual consciência humana.

Olhando os seres humanos de hoje, muitos se perguntam: “De onde surgirá a nova raça? Onde está o novo mundo? Será que ele emergirá de um momento para o outro, inesperadamente?”.

Filhos, a nova humanidade é chamada de “nova” porque falamos a uma consciência humana que desconhece completamente a verdade sobre si mesma.

Desde o momento em que a humanidade foi criada por Deus e este projeto divino e arcangélico entrou em ato, tudo já estava cumprido e a perfeição já estava manifestada na matéria.

A perfeição está escondida, coberta por capas e mais capas de profunda ilusão, que fazem com que a consciência sofra por não poder encontrar a si mesma em essência, em verdade.

O sofrimento mais ilusório de todos é aquele que vocês vivem quando estão perdidos de si mesmos, porque esta é a hora da graça, a graça de descobrir a verdade.

Por que vocês sofrem por suas imperfeições, em vez de buscar a essência, a verdade?

Por que vocês temem perder algo que jamais lhes correspondeu, para conhecer finalmente o que são, como filhos de Deus?

Muitos se perguntam como viverão neste mundo, em suas vidas tão comuns e humanas, os princípios de um Plano que, em verdade, é cósmico e universal. Estes princípios, filhos, são internos. São a expressão e a manifestação deles o que transforma a vida sobre a Terra.

Não esperem que o planeta mude para que, então, encontrem as condições propícias para a própria transformação, porque são vocês que devem mudar o mundo. E não lhes falo de um projeto ideológico, político ou social: falo das pequenas coisas, falo dos atos de fraternidade e de verdadeiro amor, falo de um olhar e um gesto sincero para com os que estão esquecidos, falo de um ato de paz para com aqueles que estão alterados pelo caos do mundo, falo de ações que cortem a cadeia crescente do mal no planeta. Porque os projetos sociais são tão humanos quanto tudo o que vocês construíram até agora como humanidade.

Para chegarem a algo verdadeiramente grande, espiritualmente grande, transformem o pequeno, o simples, o profundo. E é ali, com o próprio exemplo, que vocês moverão as estruturas dos incrédulos e farão meditar os que estão buscando a verdade e não a encontram.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Ser nada é descobrir a verdade sobre si mesmo. Perder a própria identidade ou individualidade é chegar à Origem de tudo, onde não existe outra coisa senão a unidade com o Todo.

Chegar a ser nada é um grande desafio, porque a identidade individual de cada consciência foi construída além deste mundo e desta vida, em outras experiências da alma e do espírito que transcendem o que vocês conhecem hoje sobre si mesmos.

Grande, filhos, é o mistério da Vontade Divina, pois o Criador, que era Único, se dividiu em Três e, assim, em muitas outras partículas de vida, cuja verdadeira missão é descobrir-se novamente em unidade com Ele.

O Criador se multiplicou nos universos, nas galáxias, nas constelações, nas estrelas, nos planetas, nos seres, nos reinos da Natureza; criou a escala evolutiva, que nada mais é do que o caminho de retorno à Origem. O Criador abriu as dimensões, desde a matéria até os suprauniversos, e fechou – de cima para baixo – as portas que levavam a Ele. E a única chave que abre essas portas é o amor.

Ser nada, filhos, é descobrir a verdade sobre si mesmos. Ser nada como indivíduos, como personalidades, como partículas separadas de Deus, é saber que o Criador é quem vive dentro de cada ser; Ele é quem anima a vida. Aquele que se descobre em Deus e Deus nele vive a plenitude.

Percam o medo de se perder, pois perdidos de si mesmos é que irão se encontrar. Ser nada é descobrir a verdade sobre si mesmos.

Ilusão das ilusões é crer-se alguma coisa, festejar méritos e chorar derrotas. Deus é quem vive em cada criatura; dEle é a vitória de Suas vidas, a Ele pertence a sua evolução, para Ele é o caminho de retorno; nEle se encerram todas as ciências, todos os raios, todos os mundos, toda a vida.

O Criador emana a vida, que para Ele deve retornar: é o eterno ciclo de se construir e crer-se algo para, então, se desconstruir, saber-se nada e, no nada, descobrir o Todo, Deus, Único e Imutável em Sua Infinitude, estático em Seu movimento permanente.

A busca do nada não é triste. Perder-se não é morrer, é se encontrar. Morrer não é terminar, é começar de novo.

Saber não é ser. Por isso lhes digo essas coisas.

Filhos, mais do que saberem a ciência do nada, vocês devem vivê-la. Por isso digo-lhes coisas que, muitas vezes, já sabem, porque ontem foi a era do saber e hoje é hora de ser.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Oh, alma humana, que estás no último tempo de tua imperfeição, renuncia ao que te prende ao velho mundo e lança-te no infinito de uma nova vida. Luta com firmeza a tua última batalha deste ciclo de escuridão, batalha que te fará ascender a realidades sublimes e que, apesar de ser longa e dolorosa, os seus méritos nunca terão fim.

Oh, alma, que és tão desconhecida para ti mesma, mergulha no teu mundo interior e retira os véus que cobrem teus olhos humanos, para que descubras o infinito de tua própria consciência.

Alma de Deus, já tão cansada pelos ciclos de ilusão vividos nesta Terra, já terminam a cegueira e a indiferença, para que repouses, contemplando o despontar do Sol de um novo dia, de uma nova era.

Alma de Deus, que és tão pequena e infinita ao mesmo tempo; tua grandeza foi escondida pela ignorância da mente humana e tua pequenez se encontra na humildade, que hás de desvendar. Em ti, humildade e grandeza devem se encontrar, porque é apenas reconhecendo-te um pequeno nada que descobrirás a semelhança com o Deus que contém em Si todas as coisas.

Abre-te de coração ao Verbo Criador e fala por meio da oração e não mais com conceitos e limitadas ideias humanas.

Contempla, diante de ti, o exemplo grandioso da Sagrada Família e vence o preconceito milenar de ser puro e simples como esses três Sagrados Corações. O maior dos mistérios se desvenda na simplicidade.

Já não andes buscando tanto as grandes ciências, se a maior de todas as ciências é descobrir-se semelhante a Deus: nEle se encontra a Onisciência.

Enquanto o mundo ancora a matéria nos velhos padrões da Terra, eleva-te, alma pequena. Faze-te leve como o vento e retorna ao Pai. Carrega contigo, no silêncio de teu exemplo, toda a humanidade e, chegando aos Céus, abre as portas para o novo tempo, para o tempo que sempre foi, que é, mas que teu mundo nunca o conheceu.

Vai em busca do novo, do eterno, do infinito.

Aquele que te mostra o caminho para a nova era,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho Meu, sê verdadeiro e transparente primeiro contigo e depois com tudo. Permite que tua consciência esteja diante da verdade sem medo e sem necessidade de esconder o que vê ou aparentar ser algo diferente do que encontraste em ti.

Olha-te mais do que em um espelho: olha o profundo do teu mundo interior, reconhecendo ali os medos, as dificuldades, o que deve ser transformado, curado, perdoado, liberto. Vê também as virtudes, os dons, o que deve ser estimulado, alimentado, o que deve crescer espiritualmente, ainda que em silêncio e no anonimato.

Fica diante da verdade sobre ti para extirpar a mentira de tua consciência e, assim, ajudar a humanidade como um todo. Vence a necessidade de aparentar algo, de agradar, de conquistar, de convencer, de manipular, pois tudo isso, filho, é parte de uma mentira milenar que impede a humanidade de encontrar a verdade.

Quando os seres humanos não se conhecem e cada vez mais se distanciam da verdade em relação a si mesmos, também se distanciam de Deus, do Universo, da Realidade. Por isso, filho, neste tempo, ser verdadeiro consigo e com o mundo é um grande serviço.

Sê um exemplo para os que estão perdidos de si mesmos, de um coração que se encontrou e que não temeu ver-se tal como é, tanto em miséria como em virtude, para assim transcender as misérias e simplificar as virtudes, sabendo que tudo o que se é faz parte de um aprendizado, de uma experiência que o leva a algo maior: à Consciência de Deus.

Quando o ser está diante de si mesmo com simplicidade, nem lhe assombram as misérias, nem lhe envaidecem as virtudes, porque sabe que o caminho é ser nada, para encontrar uma Verdade ainda mais profunda do que a que encontrou quando venceu a mentira milenar que o envolvia.

Filho, caminha para a verdade sem temor e, transcendendo uma ilusão depois da outra, descobre que a verdade se encontra no vazio de si, onde o nada se converte em tudo.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filhos, quando lhes falo da vida universal, muitos olham ao seu redor e veem a abismal distância que existe entre o que lhes digo e o que vivem como humanidade.

A aproximação da vida universal deve se dar primeiro na consciência, porque lhes digo que, para muitos, será de um dia para o outro que as barreiras da ilusão cairão por terra e a Verdade se fará visível aos olhos humanos. Aqueles que sempre a ignoraram temerão e acreditarão que estão loucos; aqueles que tinham uma mera ideia sobre ela temerão e não ingressão nos portais que se abrirão frente aos seus olhos; e aqueles que a conhecem e que a vivem a esperarão e, ansiosos por encontrá-la, a reconhecerão diante de seus olhos e cruzarão sem medo os portais que os levam a uma nova vida.

Acreditem que o que lhes digo, filhos, não é um conto ou uma fantasia. Bem-aventurados os que se lançam de coração no desvendar dos mistérios celestiais e que, em humildade, esvaziam o próprio interior para que sejam receptáculos da Verdade Universal.

Estejam atentos à guia celestial e busquem, com esmero e esperança, viver o que lhes dizemos.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Este é o último tempo da ilusão planetária, e é por isso, filhos, que as forças do caos e do mal tentam desenfreadamente crescer e se multiplicar no mundo. Elas sabem que este é o seu último tempo. Assim como o Criador conhece a Sua Eternidade, essas forças conhecem o seu fim.

Filhos Meus, este é o tempo de fechar os olhos para as influências do planeta, porque quanto mais se aproxima o fim, mais cresce a ilusão e mais confundidas estão as almas, as mentes e os corações.

Se não se aferrarem à vida superior e vencerem as tendências do mundo para manter a própria fé, muito lhes custará seguir um caminho espiritual verdadeiro. Vocês confundirão a Mensagem com o mensageiro e, por não verem concretizadas as profecias no tempo e na forma que esperam, desacreditarão de tudo o que aprenderam até agora.

Permanecer no amor é uma missão para os valentes de espírito, aqueles que confiam mais em Deus que em si mesmos, que estão atentos às Suas Mensagens e não tanto à forma como elas chegam até o próprio coração.

O Apocalipse já está em ato, dentro e fora de muitos seres. A América está sendo cuidada pelos Mensageiros Divinos, mas também chegará o tempo, filhos, em que ela deverá viver a sua purificação. O nascimento de uma nova raça e de um novo princípio de vida dependerá de cada coração que ali esteja e de sua disposição em perseverar, além das provações, para reconstruir o mundo, quando chegar a hora.

Filhos, compreenderão plenamente o que vivem e a Instrução que lhes entregamos quando estiverem despertos em todos os níveis de consciência e os véus já não estiverem sobre os seus olhos. Mas hoje quisera fazer-lhes compreender que os acontecimentos planetários não se darão como vocês esperam. Tanto é assim que eles já estão acontecendo e muito poucos perceberam.

Para que o caos da Terra não os confunda, afirmem a cada dia mais a fé e a unidade uns com os outros. A oração que sustenta o coração é a mesma que manterá a mente sã.

Fiquem com o que lhes disse e não se esqueçam. Quando chegar a hora, estas palavras serão como chaves que abrem as portas do novo tempo.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Ser Humano sem ser humano

A ciência destes tempos, filhos, é a transcendência do velho homem e o nascimento do novo. Nascer sem morrer no corpo. Fazer renascer a matéria, transcendendo o que estava corrompido.

O novo homem nasce dentro da consciência. Ele é fruto da purificação interior, do ato de expurgar o velho, para que o verdadeiro possa surgir.

O novo homem, filhos, em verdade não é novo: ele sempre esteve dentro de cada ser humano; ele é o princípio, é a realidade, é o início de tudo e também o final, a meta para a qual vocês caminham.

O velho homem se apoderou da verdade e construiu, sobre a essência, uma vida de ilusões: criou, por cima do que vocês são, algo que não existia e ocultou o Pensamento Divino com o pensamento humano.

A humanidade, filhos, é uma raça de semelhança com o Pai sob muitos aspectos que desconhecem. Um deles é a capacidade de criar pelo pensamento, pelo sentimento e pelo coração, capacidade até então concedida apenas aos anjos. Mas, como um grande paradoxo universal, essa semelhança com Deus os afastou do Criador, porque – em vez de aprenderem com o amor – criaram, com o pensamento, um falso homem e uma falsa evolução, que mais os levava ao abismo do que aos Céus.

Influenciados pela ilusão do tempo em que viviam, os seres humanos foram se distanciando cada vez mais do Todo e ingressando em si mesmos. Foram perdendo a capacidade de estar em tudo – que a semelhança com Deus lhes oferecia – e perderam a consciência da unidade, fortalecendo, como uma lei humana, a individualidade.

Filhos, como pode um ser criado para viver a unidade competir com os seus semelhantes? Criar armadilhas para a evolução do próximo? Querer ser melhor ou pior que os demais?

A resposta para essas perguntas está não somente na dualidade própria deste mundo, mas também em toda a ilusão na qual a humanidade se colocou como consciência.

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para que a Vida divina encontre em teu coração uma porta para ingressar na humanidade, deves ter como prioridade a manifestação dessa vida.

Quando és consciente de que o mais importante é a união com Deus, o fazes a cada instante e não precisas estar encerrado em uma capela para isso, porque existem muitas formas de se unir ao Pai e uma delas é sendo Seu operário e construindo no mundo a Sua Obra, para que não apenas tu, filho, mas muitos outros se unam a Ele.

Não precisarias perder a oportunidade de contemplar o Coração de Deus e de estar perfeitamente unido a Ele, mas enquanto as tuas obras ainda forem para ti, elas te separarão de Deus e, ainda que acredites que o fazes para Ele, não conseguirás encontrar em teu labor essa união.

O profundo da consciência de cada um é conhecido apenas por si mesmo e, se buscares dentro de ti, saberás se tua intenção é construir algo para Deus ou se estás buscando engrandecer a ti mesmo e receber os méritos pela concretização de ditas obras que ajudas a manifestar.

Por que Santa Teresa de Jesus alcançava a contemplação, se tantos dias e tantas horas se ocupava de fundações, de construções, de formar consagrados, de contatos com a sociedade?

Porque ela sabia que o que estava fazendo não tinha outra finalidade senão manifestar uma obra que permitisse a união do coração humano com Deus.

Como poderia Padre Pio contemplar, se estava tão ocupado com confissões, com administrar a construção de um hospital, com a dor que lhe causavam as chagas de seu corpo e também as chagas de seu coração, causadas pela incompreensão dos homens?

Porque ele sabia que tudo o que fazia não tinha outra finalidade senão expandir um reinado divino cujo rei não era ele, era Cristo.

Filho, se quiseres crescer como alma, como consciência e como servo de Deus e se quiseres ser um verdadeiro instrumento de Deus e construtor de Sua Obra no mundo, esquece desde já os méritos que quiseres para ti.

Se estás fazendo alguma coisa e no fundo te gratificas por manifestá-la, medita e pede misericórdia por tua ignorância e por quereres ser reconhecido por uma obra que não é tua. Em cada instante, medita nas tuas intenções e tudo o que fizeres faze-o para Deus e não para ti.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Muitos se perguntam de onde partirá a unidade entre as diferentes culturas, religiões, raças e nações. Como unir tanta diversidade?

Poucos descobriram a potência do Amor de Deus e quase nin­guém vive a verdade que é saber que, se um Deus tão Infinito foi capaz de criar tanta diversidade, Ele Se encontra em todas as coisas e também nas diferentes religiões por Ele inspiradas.

As criaturas estão dentro da Consciência de Deus, e Deus nelas, mas a ignorância que fechou os seus olhos não lhes per­mite ver que o Criador está ali, no profundo. E, assim, vivem uma ilusão, uma vida separada d’Ele, apenas pelo fato de não saberem que Ele É em tudo o que foi criado. Não O veem e não O sentem porque não se abriram para saber que Ele está no interior dos seres.

O Criador, em Sua possibilidade incomensurável de amar, ao longo da existência da humanidade, concebeu muitas religiões. Cada uma conduziria uma parte de Sua Criação, mas, ao man­ter viva a sua essência, todas levariam a um único fim.

Quando Maria diz que unirá em Seu Imaculado Coração as diferentes religiões, povos e raças, não significa que todos reco­nhecerão a pessoa de Maria como Mãe de Deus. Maria é a pró­pria Unidade, pois o Seu Manto ampara em si toda a Criação. Como Unidade, Ela conduz as diferentes religiões ao Amor, que é o Princípio que expressa Seu Filho.

Muitos podem não reconhecer a pessoa de Cristo como o Caminho, a Verdade e a Vida, mas aqueles que creem no Amor e vivem no Amor estão em Cristo, sem sabê-lo.

O Amor que Cristo expressa transcende a existência da pes­soa de Jesus. A Unidade que expressa Maria transcende a pessoa mesma de Maria. Eles já não são parte material de uma Criação. Aqueles que provieram de um Espírito Único se manifestaram na Terra para construir um caminho, para expressar um arquétipo, para dar um exemplo vivo e, agora, nas diferentes escalas de evolução, seguem dando exemplos e deixando Suas pegadas em todas as dimensões, para que inclusive os anjos sigam Seus passos.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Querido filho,

Fortalece em teu interior, todos os dias, a certeza da existên­cia de uma vida superior e de um propósito que transcende a matéria e as superficialidades nela impregnadas.

Nestes tempos, muitos fortalecerão as ilusões, os prazeres des­medidos e o usufruto absoluto. As grandes empresas que domi­nam a mente comum da humanidade com suas influências, inspiradas nas forças do caos – da mesma forma como os falsos governos deste mundo – incentivarão a humanidade a buscar o prazer acima da própria vida.

Quando a mudança do ciclo planetário for visível até para os cegos de coração, a Luz chamará para Si os Seus filhos, e as trevas também quererão fortalecer o seu reinado. Tu, como filho da Luz, deverás ser um farol a iluminar o caminho dos perdidos e a lhes indicar a meta.

Não te deixes levar pelo desespero da humanidade ou mesmo pela ânsia de “gratificar-te enquanto há tempo”, porque esse será o lema dos trevosos no final de tudo.

Busca estar lúcido no meio de todos e, por mais que aqueles que amas sigam outros caminhos, mantém-te firme no propó­sito de chegar a Deus.

Nunca penses, filho, que não vale mais a pena seguir princípios espirituais e tentar encontrar a Deus em um mundo que tanto se afastou d’Ele. Por mais que ao teu redor o mundo aparente acabar, o Princípio de tudo, a semente que fecundará a Nova Terra, estará dentro de ti e, enquanto te mantiveres firme, ape­sar de ti mesmo, ela nunca morrerá.

Deus está vivo no interior de todas as Suas criaturas, mas ape­nas atua por intermédio daqueles que creem nessa verdade e que permanecem nela, mesmo que pareçam ser os únicos com essa certeza.

As coisas sobre as quais te falo, filho, poderás encontrar hoje no mundo ao teu redor ou amanhã ao teu lado. Por isso, assi­mila o que te digo e consolida dentro de ti a absoluta convicção do triunfo de Deus na Terra.

Por menos visível que seja esta guerra aos teus olhos, neste momento por causa de tua imaturidade espiritual, apenas confia e cresce; amadurece teu espírito com bases santificadas pelos impulsos dos Mensageiros Divinos e serás, tu mesmo, o Princípio vivo de uma criação perfeita neste mundo.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Quando uma nação vive as consequências de ações humanas milenares tão intensas que se plasmaram em sua cultura polí­tica e social, como é o caso da Venezuela e de muitas outras, a única saída para tamanha ilusão e ignorância humana é a vida de oração verdadeira.

Se ao menos um pequeno grupo em cada nação orasse verdadei­ramente todos os dias e se, ainda mais, pudesse transformar a própria vida em um ato permanente de oração, poderia mudar por completo a consciência da nação e, em consequência, o seu destino físico e espiritual.

Isso ocorre porque um ser que ora permanentemente vai ingres­sando com o coração na Consciência de Deus e ali reconhece o verdadeiro propósito de sua vida sobre a Terra ou, ao menos, pode reconhecer o que está fora desse propósito e, desta forma, as ilusões da matéria lhe soam destoantes e não as pode supor­tar. É nesse momento que a alma é impulsionada à constante busca da Verdade e vive sua elevação. Essa experiência fica mar­cada na consciência da nação, que pouco a pouco é conduzida a uma busca superior por meio de seus habitantes, de seus guar­diões, já que aqueles que vivem em cada nação são, para Deus, os guardiões do propósito para ela.

É por isso que os Mensageiros Divinos chegaram à Venezuela no início de sua crise e agora retornam para renovar o impulso dos corações venezuelanos, como também os do mundo inteiro.

Os Sagrados Corações chegam à Venezuela não para terminar com a crise social, política, econômica e espiritual que hoje esse país vive, mas sim para que, como nação, ela aprenda a trans­por os acontecimentos materiais por meio da vida de oração e mantenha vivo o propósito da nação, aquele atributo que Deus depositou em todos os seres que vivem sob a sua aura, para que o desenvolvam e, assim, auxiliem no cumprimento do Plano Divino para toda a humanidade.

Se a Venezuela, como consciência, puder viver esta experiência de encontrar a verdade e sair da ilusão material por meio da vida orante, esse aprendizado servirá para muitas outras nações e para toda a humanidade nos tempos que virão, tempos nos quais a crise espiritual, com consequências físicas, será o viver diário da humanidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Quero trazer-lhes, a cada dia, mais do que palavras, porque tenho a possibilidade de levá-los a viver o que verdadeira­mente são, não apenas como indivíduos, mas também como humanidade.

Por isso insisto, repetidas vezes, que em cada momento de suas vidas ofereçam tudo o que fazem pela consciência humana, sobretudo por todos aqueles que não conhecem a Deus e que, independentemente da classe social e da situação física, vivem na ignorância e na plena ilusão.

Meus amados, quando estive neste mundo como José de Nazaré, em tudo o que Eu fazia em Meu trabalho, no descanso ou nas liturgias diárias, a oração era sempre o que movia Meu Casto Coração e, assim orando, oferecia tudo pelos demais irmãos do mundo.

Eu trabalhava pelos que não o faziam; repousava pelos que não podiam repousar; era verdadeiro e simples pelos que não podiam sê-lo. E assim era com tudo. Então, fui descobrindo como amar as imperfeições dos homens. Dessa forma, enquan­to trabalhava por alguém que não o fazia, comecei a compreen­der porque aqueles que não trabalhavam estavam nessa situação e, em Minhas intenções, oferecia sempre a Deus as dificuldades de Meus irmãos.

Vendo a pureza de Seu servo, que não orava para si, mas para que o reinado de Deus se expandisse pelo mundo, o Senhor começou a mostrar, aos olhos do Meu Coração, diferentes situações do planeta em lugares que, em vida, Eu não havia conhecido, mas sabia da realidade de tudo o que via.

Deus Me deu a Graça de servir mais profundamente e de ter a certeza de que, a cada instante de Minha vida, Ele poderia interceder por alguma alma. Dessa forma, fui aprendendo a arte de interceder perante Deus pelas almas e pelos seres da natureza, que nunca eram esquecidos por Meu Coração Castíssimo.

Hoje lhes digo que o segredo para ser um intercessor diante de Deus é jamais perder a pureza de intenção e não crer que se é coisa alguma, mas apenas um servo de Deus. Onde houver orgulho por alguma obra ofertada a Deus, essa obra já não alcançará o Céu.

Muitos creem que intercedem pelas almas quando, na verdade, estão perdendo um precioso tempo de orar com o coração para alimentar o próprio orgulho e a vaidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Se vocês não compreendem algo que digo, entrem no recinto do próprio coração e busquem ali transcender as imperfeições, as ideias sobre si mesmos, os conceitos já construídos acerca da própria personalidade ou mesmo o que acreditam ser, em alma e espírito, porque o coração desconhece completamente o Plano de Deus. Mesmo aqueles que são considerados sábios vivem, no mesmo tempo e espaço de ilusão, separados da Verdade Suprema. Assim, por mais que possam vislumbrar algo sobre a vida superior, jamais poderão sabê-la completamente, a não ser quando o tempo de Deus começar a ser um com o tempo deste mundo, e a ilusão de estar só em um cosmos infinito desaparecer da consciência humana.

Por não saberem nada sobre o Plano de Deus, tampouco sabem sobre si mesmos, porque vocês são parte de uma Criação Suprema, que, como um todo, é um grande mistério para a humanidade. Mas chegará o momento em que os mistérios deverão ser desvelados, porque o Plano de Deus deverá ser vivido por Suas criaturas.

Ao contrário do que muitos pensam, os Mensageiros Divinos são enviados ao mundo mais para que vocês possam viver o Plano de Deus, e não tanto para que possam conhecê-lo. É por isso que, ao longo dos séculos, apenas entregamos à humanidade palavras que a conduzissem ao encontro de um novo princípio de vida por meio do amor, da fé e da caridade. Estes princípios, por si sós, levariam a humanidade a viver segundo o que Deus pensou para os homens. E depois de terem vivido e experimentado o Plano de Deus, então vocês começa­riam a poder conhecê-lo e a compreender melhor o motivo de viverem todas essas coisas e porque não poderiam continuar vivendo a comum vida humana de superfície.

Como os tempos se aceleram e o Reino de Deus se aproxi­ma do mundo, para torná-lo sagrado e retirá-lo da ilusão, os Mensageiros Divinos dão Seu último grande impulso à cons­ciência humana, tentando fazê-la viver os princípios divinos e, ao mesmo tempo, compreender o que lhe é possível, dentro de sua limitação, sobre a vida universal, o Plano do Criador e para onde Ele os está conduzindo a partir deste novo ciclo.

MENSAGEM DIÁRIA EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ CASTÍSSIMO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Queridos companheiros de Meu Casto Coração,

Não caberá repetir mais que são tempos de emergência no mundo.

Nossas palavras necessitam chegar a todo o planeta. Não poderá haver uma só alma que não conheça a presença dos Mensageiros de Deus neste lugar. Por isso, hoje lhes peço que difundam Nosso chamado sem medo, sem terem vergonha de proclamar a própria fé, sem temor de não serem aceitos ou reconhecidos por aqueles a quem respeitam e amam.

Apenas coloquem em suas consciências que todos necessitam despertar, que não haverá mais tempo para as ilusões da vida, porque a oração será a única saída para a situação planetária.

Não pensem no que sentirão os seres, não se preocupem com o que manifestarão as mentes das pessoas no mundo; apenas vislumbrem a necessidade das almas de se reconciliarem com Deus, de orarem e de se unirem ao Plano do Criador.

Não importa a resposta imediata das consciências ao entra­rem em contato com Nossas palavras. O que verdadeiramente importa é que a semente de luz estará plantada dentro dos seres e, quando para eles chegar o momento da real necessida­de, terão a que recorrer: lembrarão daqueles vales no Brasil e também daquele refúgio de paz entre os laranjais; lembra­rão das montanhas que guardam o Espírito Santo de Deus e também daquelas que amparam o futuro da humanidade com os códigos do Menino Jesus, para que sejam depositados nos pequenos deste mundo.

Anunciem a suas famílias que suas vidas não são mais as mes­mas; anunciem aos seus conhecidos, anunciem aos desconhe­cidos que necessitam de paz. Anunciem aos ricos, anunciem aos pobres. Anunciem aos sãos e aos enfermos, aos jovens e aos anciões.

Que o futuro do planeta encontre a essência da paz nos cora­ções dos mais jovens e que aqueles que partirem deste mundo, os mais idosos, possam levar a descoberta do amor onde forem depois desta vida.

Faço-lhes este pedido porque as almas não podem perder a oportunidade de vivenciar o amor, já que para isso vieram ao mundo.

Que se fechem as portas dos infernos diante da resposta orante de todos os corações que despertam a tempo.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos