Imperfeições

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Não temas a verdade, a transparência ou o que te é desconhecido.

Não temas estar diante do mundo sem capas, máscaras ou véus que encobrem tua condição humana.

Não temas ver tuas misérias com transparência e tuas imperfeições com claridade.

Não temas sentir-se pior que os demais, quando, ao longo de toda a história humana, os seres buscam sentir-se superiores aos seus irmãos.

Não temas ingressar em outras Leis, em outro tempo, em outro arquétipo de vida. Deixa-te desnudar diante da verdade e, com valentia, vê cair as capas de teus orgulhos e vaidades. A humildade que nasce no coração dos que se deixam humilhar com sinceridade é o maior tesouro de sua evolução.

Experimentar a verdade e a transformação é a verdadeira realização humana.

Não estás na Terra para criar um personagem que se adeque aos gostos e admirações humanas e que por todos seja louvável. Estás na Terra, filho, para seguir o exemplo d'Aquele que foi humilhado, coroado de espinhos e crucificado e que, assim, rompeu com todos os arquétipos de honra e glória humanos e mostrou aos seres qual é o verdadeiro legado que um homem deve deixar na Terra: o Amor sem condições.

Deixa cair por terra todos os teus orgulhos, tuas vestes de vaidades e egoísmos. Deixa que este ciclo chegue com intensidade e te transforme, quebrando dentro e fora de ti as tuas mais profundas resistências.

Sente-te pequeno, pobre e miserável, sem temor. Esvazia o cálice de teu coração e a morada de teu interior, porque chegou o momento de que eles sejam ocupados verdadeiramente por Deus e não por ti.

Não temas sofrer, não temas perder o que crês ter construído, porque, finalmente, filho, deixarás de construir para permitir que Deus construa em ti a Sua fortaleza.

Isso não será fácil. Superará todos os teus limites e romperá todas as tuas barreiras, mas no final te revelará o verdadeiro motivo de tua existência. E mais do que saber que o Amor Crístico existe, poderás vivê-lo.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para que possas chegar ao Coração do Pai e não apenas ser conhecedor de uma parte da Sabedoria Divina, mas que também possas experimentá-la, deves começar a tornar realidade e vida dentro de ti os princípios mais básicos de uma conduta humana evolutiva.

Foste chamado a transcender as tendências comuns e naturais dos seres humanos deste tempo, para que uma nova vida se instale na Terra, através de teu coração e de todos aqueles que buscam a vida espiritual para encontrar um sentido para a própria existência.

Começa então por ser fiel a Deus, verdadeiro e transparente diante d'Ele como de teus irmãos, sem medo ou vergonha de tornar visível o teu esforço e transformação. Sê fiel ao que já sabes que é para ti uma conduta evolutiva, substituindo em tua consciência a decadência pela evolução.

Aprofunda em tuas orações diárias e torna-as cada vez mais sinceras, levando-te a um diálogo transparente com Deus, confessando-te com Ele, para render, assim, o que para ti parece impossível de transformar.

Esforça-te sinceramente por amar e compreender o próximo, e vence-te todos os dias, não deixando para depois o teu pedido de perdão e um ato sincero de reconciliação, quando ofendes alguém ou quando és ofendido.

Se não te esforçares nestas pequenas coisas, pouco valerá que Deus pronuncie diante de ti e ao teu coração as Revelações mais sublimes dos mistérios celestiais e te dê a conhecer as mais puras Verdades sobre a vida e o infinito, porque a Sabedoria se perderá na imperfeição de tua mente e, apesar de crer que sabes muitas coisas, não serás um instrumento para a manifestação desta Verdade na Terra.

Não serás digno de ser participante das coisas sublimes do Céu, não porque não tiveste as ferramentas e oportunidades para isso, mas porque não abriste um espaço em teu coração para experimentar a Verdade, ser transformado por ela e anunciá-la ao mundo, através de tua própria vida.

Por isso, vai e aprofunda nas coisas simples. Que a vivência da Verdade acompanhe a sua Revelação. Ao menos tenta-o todos os dias.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BAD VÖSLAU, ÁUSTRIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Vê que o mundo agoniza e ora com o coração. 

Não é suficiente que tua mente conheça os acontecimentos do mundo e os julgue segundo princípios que, para ti, são espirituais.

Vê que a pureza se perde nos corações dos seres humanos, cada vez mais distantes de Deus e entregues ao mundo, e busca tu essa pureza em teu interior. 

Não é suficiente que constates as imperfeições alheias e as julgues segundo princípios que, para ti, são espirituais.

Vê que nas ações dos homens cada vez há menos compaixão, menos piedade, menos misericórdia, e vai buscar na fonte essas dádivas para o mundo. 

Não é suficiente ver que as almas têm sede e julgar os seus motivos com base em princípios que, para ti, são espirituais.

Filho Meu, tudo o que te digo é para que mergulhes no profundo de teu coração e encontres a Deus.

Teus olhos podem ver todas as coisas e tua mente pode julgar todas elas com um julgamento que se disfarça e se oculta em todo o conhecimento que adquiriste para sentir-te uma pessoa espiritual, mas o conhecimento não te faz espiritual. 

O conhecimento é uma porta que se abre para que saibas por onde caminhar, mas podes ser conhecedor de todas as filosofias, religiões e ciências e, no entanto, estar parado diante dessas portas, contemplando caminhos pelos quais nunca adentraste, porque é apenas a transformação o que move os teus pés. 

Substitui o julgamento pelo ímpeto de tu seres um exemplo. 

Substitui o conhecimento pela experiência que te traz sabedoria e não tenhas medo de tentar e ver que é difícil e que, em tuas quedas e dificuldades, aparecem tuas debilidades e imperfeições. 

Porque Eu te digo, filho amado, que é quando teus olhos estão prontos não apenas para conhecer o mundo, mas também e, sobretudo, a ti mesmo, que teus pés começam a caminhar, ainda que te sintas parado.

A grandeza da sabedoria é que ela se constrói longe da mente e do entendimento, no profundo do coração, e quando menos esperas, rendido aos Pés de Deus, no auge de tuas misérias, te descobres sábio, porque o amor que te rendeu ali te fez sábio.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Meu Coração chega ao mundo, não é apenas para trazer para as almas o Dom da Paz. Eu venho para ensiná-los a viver esse Dom, que Deus já lhes entregou por intermédio da Presença de Seus Mensageiros Divinos.

Venho em humildade e em silêncio para que as almas compreendam que as grandes coisas só se alcançam quando o coração souber ser pequeno. Os mistérios mais infinitos e ocultos se revelam como uma compreensão superior ao coração que sabe ser humilde, mesmo sem reconhecer isso em si mesmo. Porque Deus busca os menores para revelar-lhes a Sua Face, busca os mais imperfeitos, mas que se dispuserem a ser outros, todos os dias, deixando que seu duro barro seja moldado nas Mãos do Oleiro Celestial.

Aqueles que amam a aparência do próprio barro e dela cuidam como um tesouro jamais poderão se tornar receptáculos de um tesouro verdadeiro, de um Legado Universal. Por isso, filhos, Eu continuo vindo ao seu encontro, porque ainda lhes falta muito por se render a Deus, muito por entregar. Esta Obra ainda não está completa, mas ela pode ser constante se vocês se dispuserem todos os dias a recomeçar e ser diferentes. Ofereçam ao Pai, todos os dias, uma pequena parte de seu barro para que seja transformado e que, assim, Ele consiga, pouco a pouco, desenhar a Sua Obra por meio de vocês.

Encontrem, filhos, o verdadeiro sentido da vida na transformação, para que, finalmente, possam um dia descobrir a verdade sobre si mesmos.

Há um sentido para a existência humana, há uma verdade que transcende as aparências e há uma experiência a ser vivida que transcende todo ensinamento e toda sabedoria escrita nos Livros Sagrados deste mundo.

Ao contrário do que muitos pensam, para saber, vocês devem ser, e para ser, vocês devem se deixar transformar. Eu estou aqui para ajudá-los.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando os corações se unem para cumprir o Propósito Divino, as imperfeições, as dificuldades e os obstáculos se dissolvem. Porque é no mistério da verdadeira unidade que as almas equilibram umas às outras, para que todas alcancem a meta do Encontro com Deus.

Filhos, cada coração, cada consciência tem algo único para aportar ao Plano, algo que não está vinculado a nenhuma destreza material. Falo de virtudes espirituais, energias tão desconhecidas para a humanidade que sequer se encontram entre os conceitos de seu dicionário. Não existe expresso em palavras isso do que lhes falo. Mas aqueles que vivem no espírito da unidade poderão sentir como as almas se elevam mais simplesmente a Deus e, de uma forma desconhecida, trilham o caminho que as leva ao Criador.

Cada prova que é colocada em suas vidas tem um motivo espiritual de existir e, ainda que para todos os níveis abaixo de Deus tudo pareça muito imprevisível, o Criador, sim, observa em silêncio o cumprimento do que Ele escreveu para a consciência humana. O Pensamento Divino é vivo e assim também o é o Seu Plano. Por isso, não há nada que para Deus seja um mistério.

Digo-lhes isso para que compreendam que estes são tempos de construir a unidade, para que reconheçam que as instâncias de aproximação com Deus não são construídas por ninguém individualmente, mas sim pelo amor que cada um tem por Ele.

A concretização do Plano Divino se encontra no desvendar da unidade. Por isso, é importante que sintam que as suas misérias desaparecem quando aquele que vocês têm ao lado as equilibra com as suas virtudes e, assim, uma alma faz com a outra, até construir uma unidade perfeita e imaculada, capaz de receber códigos novos.

Para reconstruírem o mundo – quando chegar a hora de fazê-lo –, vocês não precisarão de outra coisa senão da unidade e do amor. Experimentem essas instâncias em que vocês os vivem não apenas como algo inusitado, que vivem sem premeditar. Reflitam sobre os acontecimentos e percebam como o Criador os prepara sempre e com quaisquer circunstâncias aparentemente muito negativas, mas quando há disposição e unidade, o Criador faz emergir dali um aprendizado único, que lhes servirá para cada instante de suas vidas e muito mais para os dias que virão.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filho, multiplica os impulsos que recebes com a alegria do coração e a disposição permanente à transcendência do velho, para viveres o novo.

Rememora cada instrução recebida nos últimos dias, nos últimos tempos. Volta a sentir em teu interior aquela alegria que emanou tua alma quando esteve diante da possibilidade de viver em plenitude os Planos do Altíssimo.

Que não te consuma a rotina diária e que não te consumam as tuas dificuldades. A consciência humana está muito mais disposta a abraçar as limitações do que o seu verdadeiro potencial, porque assim foi educada, para jamais descobrir a realidade sobre si mesma e encerrar sempre a grandeza da semelhança com Deus na pequenez de um passageiro corpo humano.

Transforma, então, esses velhos padrões de consciência e aferra-te ao que de mais perfeito e maravilhoso há dentro de ti. Reconhece, sim, as dificuldades, mas sabe que além delas está a tua possibilidade de transcendê-las, não por ti mesmo, mas porque escondido dentro de ti se encontra Aquele que pode todas as coisas, as impossíveis e impensáveis. Ele é a tua possibilidade de transcendência. Estar nEle é descobri-Lo dentro de ti e reconhecer que tu és parte viva do Criador, assim como toda a vida manifestada.

Concentra-te, filho, em não perder a alegria e a esperança, para que esses dois dons divinos te impulsionem sempre ao novo e para que encontres neles a fonte eterna da vida em sacrifício, em entrega, renúncia e em transcendência, esses atributos tão temidos por aqueles que ainda não descobriram que a plenitude se encontra em servir a Deus com alegria e perder-se de si mesmo para encontrar, em seu lugar, o Criador dos universos.

Pensa no que te digo, filho, e –mais do que isso– toma-o como uma possibilidade para ti. Tuas dificuldades não desaparecerão e tampouco as imperfeições deixarão de ferir a tua alma: o que acontecerá é que esse peso te será mais leve, porque o mais importante para ti não estará nos defeitos, mas sim na grandeza de Deus, em Sua possibilidade de transformar todo lodo, toda impureza, e tornar sagrado e perfeito aquilo que antes era um mero barro em Suas Mãos.

Confia-te ao Senhor e tem a Sua perfeição como tua maior esperança. Esforça-te por estar em Suas Mãos todos os dias e encontra tua eterna alegria nos dons que afastam o mal e te aproximam de Deus: sacrifício, renúncia, entrega e transcendência.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Oh, alma humana, que estás no último tempo de tua imperfeição, renuncia ao que te prende ao velho mundo e lança-te no infinito de uma nova vida. Luta com firmeza a tua última batalha deste ciclo de escuridão, batalha que te fará ascender a realidades sublimes e que, apesar de ser longa e dolorosa, os seus méritos nunca terão fim.

Oh, alma, que és tão desconhecida para ti mesma, mergulha no teu mundo interior e retira os véus que cobrem teus olhos humanos, para que descubras o infinito de tua própria consciência.

Alma de Deus, já tão cansada pelos ciclos de ilusão vividos nesta Terra, já terminam a cegueira e a indiferença, para que repouses, contemplando o despontar do Sol de um novo dia, de uma nova era.

Alma de Deus, que és tão pequena e infinita ao mesmo tempo; tua grandeza foi escondida pela ignorância da mente humana e tua pequenez se encontra na humildade, que hás de desvendar. Em ti, humildade e grandeza devem se encontrar, porque é apenas reconhecendo-te um pequeno nada que descobrirás a semelhança com o Deus que contém em Si todas as coisas.

Abre-te de coração ao Verbo Criador e fala por meio da oração e não mais com conceitos e limitadas ideias humanas.

Contempla, diante de ti, o exemplo grandioso da Sagrada Família e vence o preconceito milenar de ser puro e simples como esses três Sagrados Corações. O maior dos mistérios se desvenda na simplicidade.

Já não andes buscando tanto as grandes ciências, se a maior de todas as ciências é descobrir-se semelhante a Deus: nEle se encontra a Onisciência.

Enquanto o mundo ancora a matéria nos velhos padrões da Terra, eleva-te, alma pequena. Faze-te leve como o vento e retorna ao Pai. Carrega contigo, no silêncio de teu exemplo, toda a humanidade e, chegando aos Céus, abre as portas para o novo tempo, para o tempo que sempre foi, que é, mas que teu mundo nunca o conheceu.

Vai em busca do novo, do eterno, do infinito.

Aquele que te mostra o caminho para a nova era,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filho,

Cumpre com alegria a missão que Deus te encomendou: missão de viver, na Terra, princípios que provêm dos Céus e manifestar no mundo uma nova humanidade.

Muitos se perguntam, todos os dias, se estão fazendo o que devem fazer como almas e como espíritos; se perguntam onde deveriam estar, com quem e fazendo o quê. Mas poucos, muito poucos, estão se esforçando para verdadeiramente abrir o coração e atrair um arquétipo da vida que ainda não existe na superfície do planeta.

Se queres viver o que Deus pensou para ti, então começa por dispor o teu coração para algo novo. Busca dentro de ti o que deve ser perdoado e aquilo que deves perdoar. Busca dentro de ti a força para vencer a ti mesmo e ser mais manso, mais humilde, mais serviçal e mais pacificador.

Busca romper as barreiras dentro de ti que te separam do próximo e trabalha, em ti, tudo aquilo que julgas nos demais. Fica todos os dias com o espelho do coração voltado para ti mesmo e, antes de te irritares ou de criticares algo que vês no outro, observa o espelho do coração e vê a ti mesmo refletido naquele defeito que tu não podes suportar.

Busca compreender o outro como compreendes a ti mesmo: assim como sabes que tens infinitas dificuldades e misérias, os outros também as têm. Assim como tentas dar os passos e de bom coração te esforças, o outro também o faz.

É apenas a compreensão mútua o que abre o coração para a vivência do amor.

Se não consegues controlar as reações de tua mente e de tuas emoções, não te preocupes tanto, mas que elas durem pouco e que energias como a ira, a inveja, a cobiça ou mesmo o sentimento de superioridade não tenham a tua permissão para permanecer dentro de ti.

Se amas o Plano de Deus, filho, ou, pelo menos, queres amá-lo, então reflete sempre que o Criador necessita de uma raça de Cristos e não de um só, e que não será suficiente que tu te cristifiques. Recorda de que não necessitas ser melhor nem pior que ninguém, mas que tanto tu como aquele que tens ao lado devem chegar à meta da união com Deus.

Esse é o grande mistério da existência humana e, por isso, vem como espírito, até aqui, para curar os erros do passado no universo.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Sei que muitos creem que repetimos as mesmas palavras muitas vezes e se perguntam por que fazemos isso.

Não será porque vocês ainda não se abriram para a essência do ensinamento e seguem na superficialidade do entender, mas não na profundidade do viver? Será porque vocês seguem com a informação dentro da mente, crendo que saber é o mesmo que ser?

Eu venho lhes falar sobre o silêncio, este que é tão pouco compreendido e vivido pela humanidade, sobretudo no ocidente do planeta.

Venho falar-lhes do silêncio como uma busca pelo vazio e pelo caminho para a humildade. Quero que compreendam o silêncio como algo que os tira de vocês mesmos e não algo que os encerra nos seus próprios umbigos.

O silêncio mal vivido os torna egoístas, cheios de juízos sobre os demais e com um sentimento sutil de superioridade. Esse é um falso silêncio, que cala a boca, mas descontrola a mente e os aspectos mais baixos do ser. Esse é um silêncio que se força, um silêncio que oprime, um silêncio que – partindo da falta de paz e sendo gerado por meios forçosos e conflituosos – jamais trará paz para o espírito e menos ainda para o planeta.

O silêncio de que lhes falo é aquele que a alma começa a buscar quando já não encontra saída para as suas imperfeições e já não suporta estar consigo mesma. Por isso, caminha ávida para a elevação, para o Deus que é o Verbo e, ao mesmo tempo, é o próprio Silêncio, que ampara tudo o que foi criado no Seu misterioso som sem ruído.

Nestes tempos de purificação, o silêncio será uma chave-mestra que – ao ser combinada com o serviço e a caridade fraterna – jamais permitirá que vocês se percam do caminho.

Em meio a tantas imperfeições, que são ao mesmo tempo tão palpáveis e tão ilusórias, a alma apenas poderá sair da confusão que a envolve buscando o silêncio, silenciando o tumulto da expurgação interior, para viver a própria evolução de uma forma mais harmoniosa e pacífica, mais consciente e efetiva.

Vocês não devem buscar o silêncio como mutismo e pensar que já está tudo resolvido. O silêncio é o meio. A elevação é o que os motiva. Já o encontro com Deus é a verdadeira meta.

Se vocês vivem o silêncio na intenção de se elevar para trazer um pouco mais de paz ao mundo, vocês ajudarão a humanidade a dar os seus passos. E se, além do silêncio, vocês vivem a caridade fraterna, saberão quando as suas palavras serão necessárias.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Consolida tuas aspirações mais puras e mantém-te nessa pureza o máximo que possas.

Recorda a grandeza do Plano de Deus; recorda também o sofrimento do mundo e oferece tua transformação, pensando no que deveria ser o mundo e observando o que ele se tornou. Tanto na grandeza do Plano do Senhor quanto na abissal situação planetária, deves encontrar os impulsos para não ser o que és e caminhar para o que deves ser.

Busca um maior contato com Deus na solidão do coração e fortalece ali a pureza de teu interior. Quanto mais momentos de união com Deus tiveres em teu dia, mais facilmente te manterás no propósito e resistirás às tentações que se apresentam diante de ti.

Todavia, se eleges estar diante de todas as situações que já sabes que não podes superar, antes de escolheres estar em solidão com Deus e seres verdadeiro frente a Ele, jamais poderás sair da permanente batalha contra ti mesmo. E não será necessário que o inimigo se aproxime de ti, porque tu corres sozinho para os abismos de tua própria consciência.

Filho, já sabes que estás purificando o lodo em teu interior; já sabes que, muito intensamente, as tentações e os desejos mundanos que ainda tens dentro de ti te chamam à queda. Por isso, não coloques tua consciência em provações desnecessárias, quando o caminho da paz se mostra aos teus olhos.

Antes de correres para as situações que te comprometem, dá um passo para trás e encaminha-te à solidão com Deus. Ainda que seja por um instante, confessa-te com Ele e renova tua aspiração de estar na pureza de tuas intenções.

Fortalece o puro que há dentro de ti e deixa que o impuro perca sua força e pereça pelo desinteresse de tua consciência em relação às impurezas. Porque aquilo que hoje estás purificando se alimenta de ti mesmo e apenas permanece em teu interior quando é segurado por tuas próprias mãos.

Então, escuta o que te digo e não segura as imperfeições e vaidades, contemplando-as diante de ti: solta-as e volta teus olhos para a pureza. Deixa que teu interior se purifique pela intensidade da luz da verdade de tua essência, que deve se expandir a cada dia.

Se compreendeste o que Eu te disse, vive-o prontamente.

Teu Pai, Guia e Companheiro de sempre,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Quero trazer-lhes, a cada dia, mais do que palavras, porque tenho a possibilidade de levá-los a viver o que vocês verdadeiramente são não apenas como indivíduos, mas também como humanidade.

Por isso insisto, uma e outra vez, para que, em cada momento de suas vidas, vocês ofereçam tudo o que fazem pela consciência humana, sobretudo por todos aqueles que não conhecem a Deus e que, independentemente de sua classe social e de sua situação física, vivem na ignorância e na plena ilusão.

Meus amados, quando estive neste mundo como José de Nazaré, em tudo o que Eu fazia em Meu trabalho, no descanso ou nas liturgias diárias, a oração era sempre o que movia Meu Casto Coração e, assim orando, oferecia tudo pelos demais irmãos do mundo.

Eu trabalhava pelos que não o faziam; repousava pelos que não podiam repousar; era verdadeiro e simples pelos que não podiam sê-lo. E assim era com tudo. Então, fui descobrindo como amar as imperfeições dos homens. Dessa forma, enquanto trabalhava por alguém que não o fazia, comecei a compreender por que aqueles que não trabalhavam estavam nessa situação e, em Minhas intenções, oferecia sempre a Deus as dificuldades de Meus irmãos.

Vendo a pureza de Seu servo, que não orava para si, mas sim para que o Reinado de Deus se expandisse pelo mundo, o Senhor começou a mostrar, aos olhos do Meu Coração, diferentes situações do planeta em lugares que, em vida, Eu não havia conhecido, mas sabia da realidade de tudo o que via.

Deus Me deu a graça de servir mais profundamente e de ter a certeza de que, a cada instante de Minha vida, Ele poderia interceder por alguma alma. Foi dessa forma que fui aprendendo a arte de interceder, perante Deus, pelas almas e pelos seres da natureza, estes que nunca eram esquecidos por Meu Coração Castíssimo.

Hoje lhes digo que o segredo para ser um intercessor diante de Deus é jamais perder a pureza de intenção e não se crer em coisa alguma, mas somente em ser apenas um servo de Deus. Onde houver orgulho por alguma obra ofertada a Deus, essa obra já não alcançará o Céu.

Muitos creem que intercedem pelas almas quando, na verdade, estão perdendo um precioso tempo de orar com o coração para, em vez disso, alimentar o próprio orgulho e a vaidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A essência do silêncio é, na verdade, o ato de silenciar as próprias aspirações. Aqui se encontra a chave para a ascensão do espírito, assim como da matéria.

Enquanto cada um dos diferentes aspectos do ser buscar a própria satisfação e conquista, vocês jamais conseguirão cumprir com perfeição a meta espiritual de suas almas e espíritos.

Nestes tempos de purificação, disponham-se internamente e conscientemente a purificar as intenções mais profundas de todos os aspectos que conformam o seu ser.

Construam com a oração uma fortaleza que suporte, com amor, serenidade e paciência, encontrar as mil resistências que emergirão do inconsciente. Disponham-se a conhecer a raiz de todos os movimentos que não conseguem transformar e, com muita calma, iluminem, com o poder do verbo que se eleva a Deus, esses espaços da consciência.

A oração é a chave de muitas portas, não somente para a salvação das almas, mas também para prepará-los para tudo o que deverão viver dentro e fora de si, em um futuro próximo.

Se orarem de coração e se dispuserem à transformação, tudo lhes será possível. Não lhes digo que seja algo fácil de ser vivido, porque a pior batalha é a que se vive consigo mesmo; mas não será impossível e, com um pouco de valentia e persistência, estarão aptos para viverem batalhas maiores e auxiliarem a outros que ainda não começaram a trilhar o caminho do espírito.

Enquanto não purificarem as intenções, todas as virtudes que vivem são passageiras, como o silêncio, a humildade, a caridade e mesmo a fraternidade, porque, no fundo de tudo isso, sempre haverá uma intenção própria a ser purificada.

Quando descobrirem as raízes das próprias imperfeições, poderão atuar, sentir e respirar sempre para Deus e em função de Seu Plano, e é a partir daí que tudo o que fazem passa a ser verdadeiro e as sementes de uma nova raça, que obedece plenamente a Deus, começam a germinar no mundo.

Por isso, Eu os animo a não se alarmarem com o que encontram de si mesmos. Ao contrário, deem graças ao descobrir um aspecto imperfeito, porque estarão um passo adiante na manifestação da nova raça.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos