Terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Buscar a Verdade deve ser a única aspiração existente no coração dos que caminham para Deus.

Olha, por um instante, dentro de teu interior e sente a presença do Criador em ti, chamando-te a reconhecer a verdadeira razão da vida manifestada no mundo.

Respira fundo e sente o princípio da unidade no ar que preen­che teu corpo. Sê para o planeta assim como o ar que te dá a vida e que, em perfeita unidade contigo, nutre cada espaço de teu ser, equilibra-o e leva-o à perfeição.

Sê para o planeta como o ar que respiras no campo. Deixa que, em tua presença, a consciência desta Terra respire fundo, ali­viada por encontrar algo puro e limpo.

És uma ponte entre o Céu e a Terra; para isso, existes como ser humano, para gerar equilíbrio e atrair a unidade com Deus.

Sê como o vento fresco, em um dia de muito sol e calor. Com tuas orações e com tua unidade com Deus, traz não somente vida à Terra, mas também alento, alívio e paz.

Dirige-te a um campo e, em silêncio, fecha teus olhos e sente a natureza; respira fundo o ar que te rodeia; deixa que tua alma se alegre ao ouvir o louvor de um pássaro. Sente-te aliviado da pressão da vida na Terra: vê como, diante da natureza, tua alma encontra sentido para existir no mundo.

Assim deves ser para o planeta. Que em tuas orações ele encon­tre alívio; em tua unidade com o próximo, encontre esperança; em tua comunhão com os Reinos, encontre paz. Que em tua consciência da existência de um espírito maior que te ampara, dando vida ao teu planeta, esse espírito encontre a razão de sua existência e a fé da concretização de sua missão.

Percebe com o coração que este mundo tem um espírito, um espírito que sofre com as guerras e que se alenta na fraterni­dade; um espírito que é chagado pela depredação e restaurado pela irmandade entre os Reinos.

Sente a ti mesmo como parte desta consciência. Podes ser uma célula enferma que gere um câncer no mundo, ou podes ser uma célula milagrosa que converta outras mais e traga, assim, a cura para o corpo planetário.

Toma consciência da Vida. Sê parte de um Todo e dissolve a tão amada individualidade da consciência humana. Sê uno com o próximo, com os Reinos, com Deus. Traz o Reino Celestial, como princípio vivo, em teu interior.

Lança fora o velho homem e sê tu o princípio fecundo do novo mundo, da nova Terra redimida.

Que a paz e a esperança sejam uma realidade no coração huma­no e que impulsionem a humanidade à renovação da vida e do espírito.

São José Castíssimo