Terça-feira, 29 de setembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para serem aqueles que abrem as portas do mundo para a existência de uma Nova Humanidade por meio da difusão dos princípios divinos expressos nas palavras dos Mensageiros de Deus, vocês devem ser, primeiro, difusores da transforma­ção, por meio da conversão dos velhos costumes humanos em princípios celestiais e universais.

Como fazê-lo?

Sendo aquilo que aspiram a encontrar no próximo, porque a aspiração verdadeira da manifestação de uma Nova Humanidade já existe no coração de todos os que estão despertos nestes tempos, despertos para cumprir a Vontade de Deus.

É dessa forma que vocês podem buscar no próprio interior as aspirações mais puras sobre como deveria ser o mundo e como deveriam ser os seres, e transformar essa aspiração em vida, por meio da vivência de tudo isso.

Não se apeguem ao que foram ou ao que são. Deixem-se desco­nhecer e, por mais que às vezes sintam que não são vocês que agem, pensam e sentem, que o que são não é algo verdadeiro, não importa. Parecerá difícil a princípio. Encontrarão muitos personagens e perderão outros, mas, na busca permanente da transformação, a alma se encarregará de conduzi-los ao que são em verdade e que, às vezes, está tão distante daquilo que a mente possa imaginar.

Meu Coração vem até aqui para ajudá-los, para guiá-los neste caminho, que é longo, porém simples e poderá ser mais lon­go ou menos, a depender da coragem e da determinação de cada um.

Quero que saibam que tudo o que fizerem, não importa o que seja, deve ser feito em prol da humanidade. Nem mesmo as transformações pessoais devem ser buscadas apenas para si, porque correrão o risco de pensar que se perdem de si, mas estarão se perdendo de Deus, na ilusão de que estão atentos ao próprio processo evolutivo.

Saibam, companheiros, que a essência da humanidade está em poder ser fraterna e simples em tudo e, assim, encontrar o verdadeiro amor. Por isso, nunca caminhem por si mesmos, nunca tenham projetos próprios, nunca tenham uma aspiração pessoal que não seja a de não aspirar a nada, para que se faça como Deus desejou para todas as Suas criaturas.

Eu os amo e os abençoo na missão que o Senhor lhes encomendou.

Confiem no Poder de Deus em suas vidas, porque Ele triun­fará diante de todas as impossibilidades dos seres humanos, sempre e quando vocês se permitirem amar e se transformarem por Ele.

Paz e compaixão a todos os que aspiram a chegar à meta.

São José Castíssimo