Terça-feira, 24 de novembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros de Meu Casto Coração,

Aqueles de vocês que buscam a plenitude da vida na maté­ria jamais encontrarão a verdadeira alegria e tampouco terão motivação para trilhar o caminho do espírito, porque nunca estarão satisfeitos com as aparências e formas exteriores de coisa alguma.

Não lhes digo que devem ser indiferentes à vida material ou negligentes com suas tarefas práticas nem com a busca da per­feição que devem expressar em tudo, mas a sua meta não pode estar no plano físico nem na perfeição na matéria.

Compreendem o que lhes digo? Digo-lhes que, por mais que tenham a missão de manifestar um Centro Mariano ou uma Comunidade-Luz, a meta mais profunda de seus corações não deve estar aí, porque, se assim for, não haverá espírito nes­sas manifestações. A alma de todas as Obras de Deus está na intenção de quem as manifesta.

Assim é com todas as coisas. Por mais que devam manifestar a vida monástica, a vida fraterna, a vida em comunhão com tudo o que foi criado, a meta de vocês não deve estar apenas no que essas formas de vida expressam externamente. Para que haja alma e Presença de Deus em suas ações, em suas obras, vocês devem aspirar sempre ao Alto, à união com o Divino, buscando primeiro a manifestação espiritual de todas as coisas.

É na unidade com o Criador que encontrarão a verdadeira alegria. Em um mundo no qual a matéria está corrompida e continua a se degenerar, as almas que colocarem todo o seu empenho apenas nela, por mais que esteja buscando trans­formá-la e consagrá-la, quase sempre estarão envolvidas pela tristeza, pela frustração e pela desmotivação.

Fixem os olhos no Alto, no Infinito, em Deus, e encontrem n’Ele a alegria para seguir adiante, para poder sorrir, ilumi­nando os corações dos que sofrem, mesmo em tempos de constante dor.

Será necessário existir corações que mantenham acesa na alma a alegria de servir a Deus, apesar de tudo, mas essa alegria só encontrarão no Pai Altíssimo.

Assim se regozija o espírito na Cruz de Cristo: os que veem a matéria contemplam dor e sofrimento; os que se fixam em Deus e na fortaleza espiritual de Jesus contemplam Vitória Divina e Misericórdia.

É tempo de reaprender a buscar a alegria.

Seu amado pai e amigo,

São José Castíssimo