Terça-feira, 14 de junho de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE SANTA FÉ, ARGENTINA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

 A grande batalha que se travará nos níveis do espírito já começou. A definição de cada ser humano está em curso, e não será apenas pela ação da Justiça que vocês definirão os seus passos; será pela entrega e pela adesão de cada espírito ao Plano de Deus.

Filhos,

O projeto humano é amado e esperado por muitos, mas tam­bém existem aqueles que, com todas as forças, lutarão para que esse projeto não se concretize.

Os vínculos com o passado emergirão dos seres, e Me refiro não apenas ao passado vivido neste mundo, mas a toda a história de cada consciência, desde a sua origem até agora. Esse passado

emergirá cobrando de todos que cortem definitivamente os laços com a escuridão e que retomem os vínculos com a Luz.

Aquelas consciências que representam as experiências negati­vas que viveram em algum momento retornarão e buscarão de todos a adesão aos seus planos de degradação.

Filhos, o inimigo está recrutando os seus soldados e chegou a hora de dizer não aos seus estímulos, porque a mínima permis­são de corresponder aos estímulos da escuridão poderá fazer com que percam completamente o caminho.

A grande batalha já está em curso, e os que perseveram em Deus podem sentir o quanto lhes custa afirmar a luz e com que facilidade se enganam e se confundem todos os dias.

Agora é momento de uma coragem ainda maior, é momento de uma real consciência do que acontece no planeta e fora dele. Não poderemos mais esconder dos corações nem das mentes humanas uma verdade que se precipita sobre o mundo.

Os soldados precisam estar preparados para o que virá e neces­sitam compreender as provas que viverão, como uma forma de se manterem firmes e fortalecidos.

Firmem fundo as raízes do espírito no interior e consolidem a união com Deus. Não se deixem levar pelas recordações de um passado que emerge para ser apagado de suas consciên­cias. Não se deixem abater pela recordação de erros que já lhes foram perdoados.

Reconheçam a renovação de suas almas e o propósito destes tempos, deixando que lhes sejam arrancados do interior os vín­culos com o mal. Abracem a redenção sem temor de retornar a Deus e acima de tudo, filhos, não temam se proclamar Seus filhos, Seus soldados e Seus companheiros.

Todos os dias afirmem a Luz, façam-no sobretudo para si mes­mos e, diante de qualquer estímulo interno de desistir e abai­xar os braços, peçam o auxílio do Pai e reconfirmem-se. Esses estímulos provêm de algo mais profundo do que a própria consciência e têm as suas origens na grande batalha do cosmos.

Peçam a Graça da fidelidade a Deus e sejam firmes de coração. Vençam a si mesmos na pacificação interior e unam-se para que os seus aspectos mais humanos encontrem o refúgio de que necessitam na unidade com o próximo. Ajudem-se uns aos outros no espírito da fraternidade, porque ainda estão na Terra e não apenas de estímulos e impulsos cósmicos viverão: necessitam sentir o apoio uns dos outros.

O que lhes digo, filhos, é mais do que uma instrução; é um clamor para o despertar, porque poucos compreendem verda­deiramente a urgência dos tempos.

Seu pai e amigo,

São José Castíssimo