Segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Bem-aventurados os que guardarem em si o Reino de Deus e fizerem da própria consciência o tabernáculo para as novas sementes da sagrada humanidade.

Meus queridos,

Mais uma vez lhes peço que, na unidade da consciência huma­na, ofereçam seus esforços e sacrifícios, suas conquistas e trans­formações a todo o planeta.

Hoje sua Mãe, Maria, toca o solo de uma nação muito dolorida e ferida pela ânsia do poder humano. Nos planos do espírito, a Colômbia ainda padece os erros cometidos no passado e muitas almas vivem sem paz pelas consequências de todo o mal que os primeiros colonizadores causaram aos povos originários.

Esta, Meus amados, é a realidade da grande maioria das nações do mundo, que, pela falta de luz e de perdão, seguem padecendo as ações maléficas que submetem as almas durante séculos, sem que elas possam compreender o que vivem. Por isso é tão importante que os Mensageiros Divinos possam chegar ao maior número possível de nações, sobretudo da América, que necessita ser liberada do passado para que viva o novo futuro.

Hoje lhes digo isso porque, como companheiros e servos de Deus neste mundo, vocês devem conhecer essas realidades e saber que não só o Oriente Médio padece pela astúcia do adversário, mas muitas outras nações vivem situações de deplo­rável escuridão, sem que os olhos humanos percebam a gravi­dade da situação em que se encontram as almas.

Saibam que o mundo sofre muito mais do que de crises sociais. Vocês estão transitando por uma crise espiritual definitiva, na qual têm toda a ajuda de Deus para que a Luz se estabeleça no mundo e o terror do caos seja vencido. Devem apenas ser mais conscientes e saber que o mais importante, hoje, é orar e trabalhar para que o Plano de Deus se manifeste. Trabalhar para isso, Meus queridos, é transformar-se constantemente, deixando o velho homem para descobrir o verdadeiro arqué­tipo humano e, assim, ser o que Deus espera de Sua Criação neste mundo.

Eu os amo e os conscientizo da realidade planetária para que sirvam mais e melhor todos os dias de suas vidas.

Seu pai e companheiro,

São José Castíssimo