Quinta-feira, 7 de julho de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filho,

Cumpre com alegria a missão que Deus te encomendou: missão de viver, na Terra, princípios que provêm dos Céus e manifestar no mundo uma nova humanidade.

Muitos se perguntam, todos os dias, se estão fazendo o que devem fazer como almas e como espíritos; se perguntam onde deveriam estar, com quem e fazendo o quê. Mas poucos, muito poucos, estão se esforçando para verdadeiramente abrir o coração e atrair um arquétipo da vida que ainda não existe na superfície do planeta.

Se queres viver o que Deus pensou para ti, então começa por dispor o teu coração para algo novo. Busca dentro de ti o que deve ser perdoado e aquilo que deves perdoar. Busca dentro de ti a força para vencer a ti mesmo e ser mais manso, mais humilde, mais serviçal e mais pacificador.

Busca romper as barreiras dentro de ti que te separam do próximo e trabalha, em ti, tudo aquilo que julgas nos demais. Fica todos os dias com o espelho do coração voltado para ti mesmo e, antes de te irritares ou de criticares algo que vês no outro, observa o espelho do coração e vê a ti mesmo refletido naquele defeito que tu não podes suportar.

Busca compreender o outro como compreendes a ti mesmo: assim como sabes que tens infinitas dificuldades e misérias, os outros também as têm. Assim como tentas dar os passos e de bom coração te esforças, o outro também o faz.

É apenas a compreensão mútua o que abre o coração para a vivência do amor.

Se não consegues controlar as reações de tua mente e de tuas emoções, não te preocupes tanto, mas que elas durem pouco e que energias como a ira, a inveja, a cobiça ou mesmo o sentimento de superioridade não tenham a tua permissão para permanecer dentro de ti.

Se amas o Plano de Deus, filho, ou, pelo menos, queres amá-lo, então reflete sempre que o Criador necessita de uma raça de Cristos e não de um só, e que não será suficiente que tu te cristifiques. Recorda de que não necessitas ser melhor nem pior que ninguém, mas que tanto tu como aquele que tens ao lado devem chegar à meta da união com Deus.

Esse é o grande mistério da existência humana e, por isso, vem como espírito, até aqui, para curar os erros do passado no universo.

Para que o Plano de Deus se cumpra, os seres humanos devem se ajudar mutuamente. Recorda disso, filho, todos os dias e, antes de colocares armadilhas no teu caminho, desejando que este e aquele desapareçam da Terra, lembra-te de que, sem eles, a tua vida tampouco tem sentido.

Lembra-te de que não importa quão imperfeito sejas tu ou o outro, pois existe algo dentro de cada ser que o assemelha a Deus e que abre os portais entre as dimensões para que toda a Criação se una ao Pai.

Se queres que teu espírito se aproxime e que tua alma te conduza pelo caminho da Vontade do Criador, abre-te primeiro para a transformação, para a vivência do amor e da fraternidade e, depois, o próprio universo conduzirá os teus passos e não terás de andar tão preocupado contigo mesmo.

Escuta com atenção as Minhas palavras e volta a escutá-las uma e outra vez, porque muito mais fácil é esquecê-las do que ser verdadeiramente transformado por elas, já que a tua humanidade não está acostumada a buscar o Divino, senão somente aquilo que a engrandece e a afirma como matéria.

Ilusão das ilusões é não buscar ser nada como homem, acreditando que a vida começa e termina em ti. Não conheces o que é verdadeiramente ser um ser humano semelhante ao Pai, pois para isso, filho, tu deves viver a unidade com Ele: morrer para ti e nascer novamente dentro do Criador.

Deixo-te Minha Paz e Minha Bênção, para que descubras a verdade sobre ti mesmo, esquecendo o que pensas ser.

Abre-te para ser nada e ali encontrarás tudo.

São José Castíssimo