Quinta-feira, 21 de julho de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Entrem no Coração de Deus e encontrem ali a possibilidade de transpor obstáculos e limites e viver aquilo que hoje lhes parece impossível e impensável.

Filhos, este é o tempo não só dos milagres, mas também das verdades. É o tempo em que a consciência humana deve se aproximar do que ela verdadeiramente é e já não estar presa às limitações que são impostas pela ignorância e pela cegueira deste mundo.

Em muitos ciclos e em muitas eras, a humanidade se aproximou da Verdade, mas demonstrou ao universo que ainda não havia alcançado um grau de amor suficiente para poder recordar o passado, a origem, e com isso, recordar tudo aquilo que deve ser curado e redimido no profundo de cada ser.

Depois do exemplo dado por Meu Filho Jesus e, depois que Seu Espírito de Amor seguiu despertando e ensinando, cada coração que se abriu, a amar e a perdoar, ao menos uma parte da consciência humana já está minimamente pronta para encontrar a Verdade.

Para que não se confundam e não cometam os mesmos erros do passado -quando o Criador tentou revelar-lhes a vida universal-, vocês devem ser humildes na mente, nas emoções, nas intenções, no coração, na alma e no espírito. E essa humildade não provém de um descuido consigo mesmos ou de um automartírio.

A humildade da qual lhes falo é o simples ato de reconhecer que vocês sempre estiveram adormecidos neste mundo e, ainda que o que são -em verdade, em espírito- pareça ser grande e cheio de poder, saibam que não há poder maior que o Poder de Deus e que todo poder que tenta se sobrepor ao Poder Divino é mera força humana, que -com um sopro do Altíssimo- se transforma em pó, em nada.

Para ingressarem na vida universal, devem primeiro senti-la, deixar-se permear por ela como crianças que estão diante de um novo mundo. Não queiram saber e não pensem que já sabem. Não queiram ser e não pensem que são coisa alguma. Apenas estejam diante dos Portais para o Cosmos, sabendo que a única coisa necessária neste momento é a humildade do coração e a certeza de que, para cruzarem esses portais, devem ter dentro de si mesmos a experiência do amor, do verdadeiro amor, que transcende as próprias necessidades e que, inclusive, transcende a própria vida.

Coloquem o espírito diante do Cosmos, do Universo, da Origem e peçam ao Pai a graça de que sejam humildes e de que aprendam e vivenciem o verdadeiro amor. Porque está chegando a hora de retornar e de consagrar este mundo à Verdade, derrubando com o Poder da Luz Divina os falsos reinos construídos sobre a Terra.

Filhos, esta é a última hora de construir, no interior, aquela fortaleza que cruzará os portais e as dimensões; que reconhecerá o passado, a origem, os erros cometidos; que aceitará a redenção; que pedirá perdão e que entregará ao Cosmos -no cristal do coração- a experiência do amor como símbolo da adesão absoluta à Vontade Divina e, como sinal visível para o universo, de que os mil anos de paz começaram.

Guardem hoje Minhas Palavras no coração e deixem que elas os aproximem um pouco da Verdade, porque, ainda que seja aos poucos, é hora de recordar.

Seu Pai e Amigo de todas as eras e todos os ciclos,

São José Castíssimo