Quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Ao longo da história da humanidade, poucos foram os corações que se abriram para descobrir a verdade da vida superior, porque a humildade sempre foi um atributo muito raramente encontrado no coração humano.

Foi assim que muitos preferiram acreditar que não existia nada mais além da própria existência e até mesmo Deus era um mito para esses corações, tamanhos eram sua ignorância, seu orgulho e sua arrogância. E, muitas vezes, os poucos que puderam encontrar um raio de luz deste grande Sol, que é Deus, caíram no orgulho e na ignorância de se acreditarem sabedores de todas as verdades. Tão grande foi o orgulho desses seres, que se separaram de Deus, acreditando que viviam plenamente dentro de Seu Coração.

É por este motivo que hoje os Mensageiros Divinos vêm falar para os humildes, os mansos e os simples. É por este motivo que nos aproximamos de vocês, falando-lhes como se falássemos com pequenas crianças, porque assim vocês deveriam ser para estar diante do ensinamento que traríamos no final dos tempos.

Os arrogantes acreditaram que já sabiam tudo o que lhes dizíamos e não perceberam que poderiam saber o caminho, mas – chegando às portas do Céu – não teriam as chaves para abri-las, porque a humildade é a chave-mestra que une os corações a Deus.

Compreendam que sem a humildade vocês jamais poderão seguir os Planos de Deus, porque apenas um coração humilde pode seguir indicações que ele não compreende, que ele não aceita e que, às vezes, vão contra tudo o que ele sempre acreditou.

Agora que muitos já foram fiéis às indicações celestiais, poderão começar a compreender algumas verdades e o quebra-cabeças irá se montando diante dos seus olhos, para que fortaleçam, assim, a confiança em Deus. Porque provas maiores de fé chegarão às suas vidas e os pequenos testes que vocês experimentaram até hoje os prepararão para os dias que virão.

Jamais se esqueçam de que vocês devem ser como crianças, que não podem perder jamais o espírito da humildade, pois assim poderemos lhes revelar grandes mistérios desta Criação Divina.

Eu os amo e os abençoo sempre.

São José Castíssimo