Quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, SÃO PAULO, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos:

Com toda a alegria e a maternidade do Meu Coração Imaculado, hoje volto a encontrá-los neste hospital de almas enfermas, para que, sob a glória do Pai, do Filho e do Espírito Santo, todas essas consciências, assim como as consciências enfermas deste mundo, recebam a Graça da libertação.

Quis voltar a este lugar de enfermos mentais para lhes ensinar, queridos filhos, que a humanidade sofre, ao longo dos tempos, dessa doença, a causa dessas almas não receberem amor, compaixão nem carinho de alma para alma.

Hoje em dia, a maior parte da humanidade atravessa graves problemas mentais devido a vários fatores espirituais e humanos.

O primeiro fator que influencia muito a sanidade mental das almas é a falta de amor e da oração diária.

O segundo fator que afeta a humanidade deste planeta é a destruição dos Reinos Vegetal e Animal, principalmente. Isso abre grandes portas incertas sobre a consciência humana, que dia a dia e sem parar aniquila milhões de animais no mundo, gerando nessas pequenas consciências não apenas sofrimento, mas também um horror indescritível.

O terceiro fator que afeta a mentalidade humana é a falta de consciência ou de atenção nas atitudes diárias, em gerar ódio, inimizade, fracasso material e econômico. Esses fatores abrem mais portas, que fazem da humanidade uma civilização primitiva, capaz de se autodestruir pelas suas ações.

A cura para tudo isso, filhos Meus, é a comunhão com a Criação e, em especial, com a Natureza.

Sua Mãe Celeste chega ao mundo para ajudá-lo na grande enfermidade espiritual e mental que este atravessa.

É assim que Meu Coração de Mãe tem muita compaixão pelos que sofrem essas dificuldades. Essas almas se ofereceram por muitas mais para equilibrar as faltas da humanidade, mas também as dificuldades mentais são produto da cegueira espiritual humana, da falta de paz interior e de um profundo desconsolo.

Como Mãe de todos os enfermos, desejo, queridos filhos, que as suas consciências despertem para a realidade e que todos os dias mudem um pouco mais, para fazer, de seus caminhos, caminhos vitoriosos para Cristo e para Deus Pai.

Que todos aceitem os equívocos humanos e que, em sábia penitência, o maior número de almas deste planeta possa reparar, ao menos com suas orações, o que a maioria das consciências cometem com ações sobre os Reinos Menores e com a própria humanidade.

Em nome da Luz de Deus, necessito, queridos filhos, que deem esse passo por Mim!

Como sou a Mãe Celeste, sei que nem toda a humanidade mudará e que tudo o que hoje vive o planeta e o que viverá é por descuido, negligência e terror.

Peço-lhes, Meus amados peregrinos, que seus grupos de oração se convertam em células de Minha Consciência Divina, que realizem suas orações diárias e semanais por todo o planeta, para que a maioria das almas adquira a Graça do despertar e de uma consciência maior.

Hoje, apesar de como Eu vejo o mundo, irei daqui mais tranquila, porque vejo uma resposta sincera e ardente de Meus filhos de São José do Rio Preto, algo que todos são convidados a viver.

Amo-os, amo-os muito e, com todo o Amor Infinito de Deus, dou-lhes as Graças de Meu Coração.

Tenham fé e perseverem, unam-se acima de vocês mesmos, sejam portadores de Minha Paz Celestial.

Sempre estarei com vocês até o fim dos dias.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado.

Unifica-os no Senhor,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz e Mãe dos Enfermos