Sábado, 28 de setembro de 2013

Mensagem especial
MENSAGEM PARA A APARIÇÃO EXTRAORDINÁRIA DE MARIA, A SANTÍSSIMA MÃE DE JESUS, TRANSMITIDA NA COMUNIDADE-LUZ NOVA TERRA, RIO DE JANEIRO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA

Que não se aflija mais seu pequeno coração por tudo aquilo que ainda está por ser construído em seu interior. O Senhor do Universo, o Grande Arquiteto do Infinito, já desenhou para a Terra a construção perfeita que deve ser edificada no interior de cada ser e, se vocês dizem sim, os Construtores Universais, que são os anjos e os arcanjos, chegarão em suas vidas para transformar o velho e reconstruir aquilo que deve ser renovado.

Hoje, com alegria, chego a esta Minha casa, a Nova Terra, para que nela possa fazer crescer o arquétipo da nova vida.

Filhos Meus, hoje quero dizer-lhes que a nova vida não se constrói com base no desenvolvimento da mente, tampouco das riquezas materiais. A nova vida não se encontra na quantidade de conhecimento que apresentam as consciências, porque isso não tem nada de novo.

Não busquem desvendar os mistérios celestiais antes de construir, no interior, a base primordial e única que os levará ao Infinito, porque os mistérios de Deus não se assentam na mente, mas sim no coração.

A nova vida que nasce na Nova Terra nada mais é do que a possibilidade de amar o próximo tal qual ele é. A nova vida é o poder de conviver uns com os outros, cada um em seu grau de evolução, sem que isso seja motivo de separatividade, mas sim de união e de crescimento da alma e do espírito.

O Amor que vieram aprender na Terra, não o encontrarão nos livros, mas sim na vida, no dia a dia, no amadurecimento da convivência.

É por isso, filhos queridos, que Deus lhes pede as Comunidades, para que todos aqueles que aspiram a crescer tenham a possibilidade de fazê-lo e contem com o apoio uns dos outros para alcançar esse crescimento, esse desvendar do Amor.

Quero que aprendam da Nova Terra como aprenderam de Meu Filho Jesus; e por isso retorno a este lugar. Cristo esteve entre aqueles que mais necessitaram. Os Seus apóstolos foram os simples e pobres de coração, de conhecimento, de vida e de espírito; e, naquelas almas simples, o Senhor fez crescer a fidelidade e o amor absoluto daqueles que O seguiram até o final, vivendo o sacrifício e a entrega sob quaisquer circunstâncias.

Com isso lhes digo que o caminho dos que se amam entre si, independentemente das diferenças, e que juntos vivem o constante serviço é a fidelidade absoluta a Deus. E, nesses, Deus deposita o Seu Espírito, para que sejam exemplo de Misericórdia e fonte de despertar; nesses, o Senhor deposita a Sua confiança.

Acreditem no que hoje lhes digo, porque, quando ouviram as primeiras Palavras de Cristo, os apóstolos eram homens repletos de impurezas e imperfeições, mas responderam ao chamado do Senhor, e hoje são os guardiões das Portas do Céu.

Sigam este caminho com valentia, pois, assim como acompanhei os que Meu Filho escolheu naquele tempo, aqui estou para guiar aqueles que Meu Filho escolheu no último tempo, e esses são todos vocês.

Os doze de ontem devem ser os 144 mil de hoje.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado e por aceitarem seguir este caminho de eterna transformação.

Maria, Mãe e Rainha da Paz