MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

A Fraternidade da Luz - Parte II

No vento da próxima primavera serão lançadas as sementes do Céu que, guardando dentro de si mesmas dons, talentos e graças, semearão a Nova Terra.

Essas sementes germinarão e delas brotarão os primeiros princípios que, algum dia, as levarão a aproximar-se do Sol para sentir dele o Fogo de Amor do Pai Universal.

Chegou o momento, depois da última tempestade, de que se detivesse a chuva purificadora, que refrescou e limpou a terra para que depois voltasse a sair o grande resplendor do Sol de Deus.

Assim, a terra fértil das consciências foi preparada para receber os novos códigos.

O Filho de Deus, Jesus Cristo, anunciou o momento da grande intervenção espiritual dos Irmãos das Estrelas.

Os Jardineiros do Espaço se congregaram para que, no plano do espírito, as almas recebessem para este novo ciclo os impulsos necessários que as liberarão da indiferença e da mesquinhez.

Com o despertar da consciência para a vida universal, portas de comunicação internas foram abertas a fim de retirar a humanidade da sonolência espiritual e, assim, levá-la a reconhecer a Verdade da qual se havia afastado.

Depois de tantas crises, o planeta está a ponto de dar à luz o Novo Homem, a consciência responsável e consequente com os desígnios do Universo Espiritual.

E ainda que a Terra continue sendo purificada e exorcizada das influências que a oprimem, os servidores da luz se preparam finalmente para assumir e para levar adiante o que há eras estava previsto que acontecesse.

Nesse sentido, os primeiros vislumbres da Fraternidade da Luz começam a aparecer, e as aparências deixam de estar em primeiro plano para que a irmandade verdadeira entre os seres se estabeleça nas consciências.

Tudo isso chega junto com o tempo das revelações, tempo em que cada alma, aberta aos impulsos divinos, reconhece sua origem, sua existência e sobretudo seu dever para com a Criação.

A Fraternidade da Luz forja-se com a maturidade e a responsabilidade dos consequentes, assim muitos mais são levados a viver a mesma experiência.