Domingo, 9 de agosto de 2020

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO PRIMEIRO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

A pedido de Nosso Senhor, vamos todos cantar, neste momento, um dos Nomes de Deus, invocando a descida da Igreja Celestial sobre o planeta. Vamos fazer o cântico Eloha Shamayin. 

Todos nos coloquemos de pé para reverenciar este momento. Nosso Senhor ainda está chegando junto com a Igreja Celestial.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Enquanto as bases de Minha Igreja se afirmam na superfície da Terra, grandes forças do mal são liberadas do planeta pela elevação das estrelas caídas. Sejam bem-recebidos pela Igreja Celestial de Meu Pai e pela essência de todos os Seus mistérios de Amor.

Diante da presença de Sua Sagrada Arca, recebam os impulsos de Luz que provêm de Deus através do Coração misericordioso de Seu Filho.

Em companhia do universo angélico, preparem seus corações neste momento para oferecer suas almas a Deus e ser partícipes desta tarefa que transmitirá seu Mestre e Senhor ao mundo.

As portas da Minha Igreja já estão abertas, e as almas estão chegando ao Templo de Meu Coração.

As almas chegam assim como elas se encontram, neste estado espiritual e material em que vivem. Com suas imperfeições e erros, as almas chegam ao centro do Templo da Igreja Celestial onde, neste momento, encontra-se a Arca Sagrada, a que atua como uma fonte espiritual de Luz para todas as almas que neste momento se aproximam dela.

E a um lado do Altar Maior de Minha Igreja Celestial se encontra a Virgem Maria com as santas mulheres e alguns dos apóstolos, rezando neste momento por vocês, no silêncio contemplador da oração que se refrata através do espelho do coração.

Levem sua mão ao coração e sintam sua batida. Meu Coração bate igual ao de vocês, sentindo o pulsar da renovação e da vida.

Levem a Luz de Minha Igreja a seu coração, e esteja a outra mão em oferecimento. Vejam a chegada, neste momento, do Pai Celestial em Seu estado de Consciência Única. E, no vazio de seus seres, realizem a entrega que hoje darão a seu Redentor.

A Igreja Celestial continua expandindo-se sobre o mundo para que todas as almas, de todas as nações, povos e raças, ingressem na Minha Igreja Celestial, e todos compreendam uma só língua, um só sentir, que é o idioma do coração, inconfundível e perfeito.

Agora que estão conscientes do que suas almas estão vivendo Comigo por todos os seus irmãos da Terra, ingressem no corredor principal de Minha Igreja Celestial e aproximem-se do Altar Maior, onde está a Arca da Santa Aliança.

Hoje estamos diante do momento em que Deus pensou em criar Suas criaturas. Acima do Altar e através da Arca da Santa Aliança, sintam em seus corações o grande momento de Nosso Pai Criador, quando Ele quis ter seres semelhantes a Ele para que O amassem e O adorassem.

Estamos diante do Deus da Misericórdia. Sintam o Coração de Deus que, em Seu silêncio, implora ao mundo, dizendo-lhe:

"Reconciliem-se Comigo! Eu Sou seu Criador, Sou o Princípio e Sou o Fim. Em Minha Casa existe um lugar especial para cada um de Meus filhos.

Hoje Meu amado Filho pediu-Me para trazê-los até Mim, e  vocês estão diante de Mim  neste momento. 

Sou o Deus da Misericórdia, da profunda Sabedoria Divina, o Deus da Compaixão e do Amor.

Filhos, endireitem suas vidas, corrijam seus caminhos; o tempo final se aproxima, e só terão a Mim para poder atravessá-lo. Sou o Deus da bondade, o Deus da aceitação, o Espírito incondicional.

Hoje seu Pai Eterno não olha suas faltas, senão o dom que, com tanto amor, colocou em cada um de vocês. Quando o oferecerão a Mim? Meu Filho ensinou-lhes como fazê-lo.

Este é o tempo da reconciliação, para que a paz e a cura cheguem ao mundo.

Mobilizei todo o universo neste momento, porque seu Pai está aqui, vendo como Seus filhos se perdem e se maltratam, como se afastam da Lei e da Verdade.

Eu não os criei para que sofressem, senão para que tivessem vida eterna através da Presença de Meu Filho, seu Redentor. Mas hoje permiti que ingressem em Minha Igreja Celestial, para que recebam em seus mundos internos todos os mistérios que esta Criação concedeu desde antes que vocês existissem.

Estão diante do Legado da Sabedoria de Deus por meio da Arca da Santa Aliança. Assim, a Nova Jerusalém se aproxima, e os filhos retornam à Casa de David para retomar o caminho, que uma vez perderam, do Propósito de Meu Coração.

Só desejo a felicidade para o mundo, e não a justiça, mas Meus filhos não compreenderam. Uma vez desci, Eu mesmo, à Terra para ensinar-lhes sobre o Amor através da Palavra, de cada uma de Minhas Chagas, da entrega absoluta de Meu Coração.

Eu Sou o Deus Vivo, imutável e infinito. Minha Casa os espera algum dia, mas, enquanto estiverem aqui, aprendam tudo o que lhes doa o universo, reparem seus erros, purifiquem suas faltas, e a cura se alcançará.

Venho dar-lhes uma expiação que hoje não compreenderão, mas que em pouco tempo o saberão, porque são suas almas que necessitam desta Graça de escutar o Deus da Criação.

O Livro da Vida da Criação espera ser reescrito por cada um de vocês, por suas experiências de perdão e de redenção.

Neste primeiro dia da chegada de Minha Igreja aos corações do mundo, venho celebrar junto a Meu Filho o primeiro e fundamental legado que Seu Redentor deixou à humanidade: o Sacramento da Eucaristia.

Assim como fazem suas almas neste momento, no recolhimento do coração e no vazio, preparem-se para o oferecimento, a fim de que  tudo o que passará aqui, assim como tudo o que aqui sucedeu, continue tendo seus frutos de Misericórdia e de Amor em cada alma desta humanidade.

Coloquem seus rostos sobre Meus Pés.

Meu Deus, eu creio em Ti, 
eu Te adoro, eu Te espero e eu Te amo; 
e Te peço perdão pelos que não creem em Ti, 
não Te adoram, não Te esperam e não Te amam. 
Amém.

(3 vezes)

Recebam o símbolo da Geometria Sagrada da Arca da Santa Aliança e o levem ao coração em gratidão e reverência."

Diz Nosso Senhor que a Palavra de Deus chega ao mundo depois de dois mil anos.

Meu Pai os absolveu.

Nosso Senhor chora pelos não crentes, pelos que O abandonaram e não tiveram forças para se sustentarem n'Ele, e mostra-nos a Luz de Suas cinco Chagas, a Luz de Suas Mãos, de Seu Lado e de Seus Pés. E, através de Suas Mãos, apresenta-nos Seu Coração dourado de Luz, mais forte que cem sóis.

Ele, pelos méritos de Sua Misericórdia e de Sua dolorosa Paixão, abençoa a humanidade, os cinco continentes e todas as nações, para que a ciência da Sabedoria ilumine as mentes dos homens, a fim de que se estabeleça a cura e a reparação da humanidade.

Assim como Nosso Senhor nos entrega Seu Coração nesta tarde, entreguemos também nosso coração.

Celebremos.

Como há dois mil anos, Eu volto a entregar Minha Vida e tudo o que Sou por uma simples razão: que vivam em Meu Amor e que conheçam a Verdade.

Que o Pai Celestial receba estes elementos que servirão de Graças e de unção espiritual para toda a humanidade, rememorando a Paixão e a Morte de Nosso Senhor.

Foi assim que, quando Jesus estava reunido com Seus apóstolos, Ele tomou o pão, elevou-o e o ofereceu ao Pai, como oferecimento de Seu Sacrifício pela humanidade. O Pai o abençoou e em seguida Nosso Senhor o partiu, dizendo: "Tomem e comam, porque este é Meu Corpo que será entregue pelos homens para a remissão dos pecados".


Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

 

Em seguida Ele tomou o Cálice e, oferecendo-o ao Pai para que fosse abençoado, Ele o entregou com todo o Seu Amor a Seus companheiros, dizendo-lhes: "Tomem e bebam, porque este é o Cálice de Meu Sangue, Sangue da eterna e nova Aliança, que será derramado pelo seu Redentor para o perdão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória". 

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

 

Reconhecendo a Graça infinita que recebemos na imensidão da Misericórdia de Deus, reafirmando a Paixão e Morte de Nosso Senhor pela redenção da humanidade e de toda a Terra, unimo-nos de coração e mente a Nosso Senhor Jesus Cristo e, diante de Sua Igreja Celestial, repetimos a oração que Ele nos ensinou, para consumar esta consagração.

Pai Nosso (em português e em inglês).

Que a Paz, o Amor e a Misericórdia de Cristo desçam à Terra.

"Senhor, 
eu não sou digno de que entreis em minha morada, 
mas dizei uma Palavra, e serei salvo.
Amém."

 

O trabalho mais real destes dias acontecerá nos mundos internos. É ali que vocês encontrarão Meus Tesouros para poder servir-se deles neste tempo final.

Agradeço-lhes por haverem ingressado em Minha Igreja Celestial.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vamos encerrar esta transmissão mantendo sempre presente em nossa memória o que hoje nossas almas viveram junto ao Pai Celestial, para que no dia de amanhã, no segundo dia da Sagrada Semana, nossas almas estejam mais elevadas para serem preenchidas pelos impulsos de nosso Pai Criador e de Seu Santíssimo Filho.

Unimo-nos a cada um dos nossos irmãos do mundo, em comunhão espiritual com Nosso Senhor.

E agradecemos, sempre agradecemos.

Somo gratos, Senhor, por quanto nos dás!

Neste encontro, honramos-Te, Senhor.

Sob a bênção do Sagrado Coração de Jesus, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.