fev

24

Sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando a Lei de Deus desce sobre os espíritos, essa Lei é movida por Seu Amor e Sua Vontade. A Justiça Divina também é Amor.

Se um coração não se abre por si só e não se deixa tocar e moldar pela Divina Misericórdia, para que a Lei da Evolução não se estanque na Criação do Pai, desce sobre os seres a Sua Justiça. Mas a Justiça Divina também é Amor.

A Justiça Divina não é um castigo que desce sobre os homens, a Justiça é o que move a Lei da Evolução e que dissolve os obstáculos que impedem que as criaturas sigam crescendo. A Justiça é movida pelo Amor, mas não o amor humano, não o amor a uma única criatura, mas sim a toda a Criação.

A Misericórdia é a Lei que, pela salvação de uma só alma, coloca em risco muitas outras. Por isso, todas as causas impossíveis encontram solução na Divina Misericórdia, mas para que ela atue em uma consciência, essa consciência precisa se abrir, pedir, clamar e render-se, entregando todo o orgulho, a soberba e a vaidade que cegam os seus olhos e não lhe permitem ver a Deus diante de si.

Quando o ser se rende e se humilha perante Aquele que é a própria Vida, a Misericórdia atua, e não importa o peso de suas faltas ou a gravidade de seus erros: se sincero for o coração, tudo pode ser curado.

A Justiça apenas chega quando os corações fecham suas portas para a Divina Misericórdia e preferem seguir cegos diante do Pai, do que se render a Ele verdadeiramente. E a rendição da qual lhes falo não é uma palavra que sai da boca do homem, nem mesmo um movimento que possa fazer o seu corpo diante de um altar. Para se renderem, vocês devem se cansar do que são e buscar assiduamente ser outros.

Não basta entregar algo a Deus: vocês devem fazer que sua entrega chegue às Suas Mãos e se esforçar para que a própria condição de erro dê espaço ao que, em verdade, devem ser.

A Justiça vem para colocá-los no lugar que lhes corresponde, lugar este no qual vocês poderão observar a si mesmos e perceber quantas vezes a Mão de Deus esteve estendida diante de vocês e lhe disseram “não” com suas ações, sua pouca fé e sua ausência de esforço e perseverança verdadeira.

A Justiça, filhos, não é um castigo. A Justiça é Amor; Amor que preza e cuida de toda a Vida e coloca cada ser onde deve estar, para que a evolução flua em todos os níveis.

Se algum dia lhes tocar a atuação da Justiça, não temam, mas agradeçam, porque a Justiça é Amor. Permitam que essa Justiça lave os seus olhos e lhes traga novas oportunidades de crescer. Porque o que Deus oferece às Suas criaturas é o Seu Infinito Amor, e umas o recebem pelo veículo da Justiça, outros o recebem pelo veículo da Misericórdia, segundo como abrirem os seus corações e dispuserem suas consciências.

Seja pela Justiça ou pela Misericórdia, sintam o Amor de Deus, que os chama a que vocês sejam outros e peçam a Graça de cumprir Sua Vontade. Talvez, um dia, nem pela Justiça, nem pela Misericórdia, Ele tenha que enviar o Seu Amor, porque esse Amor poderá emergir dos corações daqueles que se unem essencialmente a Deus, e esses encontrão, em si, a semelhança com Ele.

Com essas palavras, preparo-os para os tempos de Justiça e Misericórdia.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

17

Sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho, enquanto o mundo agoniza, o espírito da Terra clama pela Divina Misericórdia e as almas estão distraídas, buscando nas coisas do mundo o sentido de sua existência, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

Enquanto os Reinos da Natureza clamam pelo despertar da humanidade, para que já não haja sofrimentos nem guerras, pela falta de amor no coração humano, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

Enquanto tantos jovens se perdem na busca pelo prazer e na distração, para não perceberem o vazio de suas vidas, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

As mentes estão se desequilibrando e os corações escurecendo, porque os seres resistem em buscar a Deus. O orgulho cegou os seus olhos e eles não reconhecem a liberdade de retornar ao Pai. Para equilibrar a mente humana, filho, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

A ânsia pelo poder cegou a muitos homens, que já não medem as consequências de suas ações e, com a injustiça que geram, apenas atraem, todos os dias, a Justiça Divina. Para que a Misericórdia ampare as almas inocentes, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

Enquanto a ânsia pela conquista já não tem fronteiras nos corações e nas mentes humanas e muito poucos reconhecem a Graça de não ter e ser nada, filho, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

Todos percebem que o caos está crescendo dentro e fora de si, mas muitos estão buscando esconder-se nas ilusões que cada dia mais o inimigo lhes oferece. Mas tu, filho, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

Se os estímulos do mundo tocam a tua porta e te chamam a uma vida vazia de sentido, põe teu coração no Coração de Deus.

Não há sentido para a vida humana fora da Verdade e não há Verdade distante de Deus.

Filho, põe teu coração no Coração de Deus e faz verdadeira a tua entrega.

Enquanto o mundo busca tudo, sê tu nada.

Enquanto se expande a ânsia pelo poder e pela conquista, sê tu nada.

Enquanto as almas se distraem e não medem suas ações e seus pensamentos, sê tu nada.

A única forma de tornar o mundo diferente e preparar, para os dias vindouros, uma Terra que conheça a Paz é colocando o coração no Coração de Deus e fazendo verdadeira a própria entrega.

Serve, filho, com o maior serviço que podes prestar neste mundo: não querer nada, não ansiar nada, ser nada e, além de todas as coisas, amar com o teu coração no Coração de Deus, fazendo verdadeira a tua entrega.

Eu te acompanharei.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

10

Sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos, vocês devem descobrir hoje a arte de viver no final dos tempos e de se transformar sem deixar de colocar a atenção além de si mesmos.

Coloquem suas consciências no amor universal, pensando no Coração de Deus, sentindo esse santo e grandioso Coração. A partir dali, imaginem toda a Vida, o vasto Cosmos, os universos, o planeta Terra, suas nações, seus Reinos da Natureza, cada ser, cada essência. Reconheçam-se pequenos diante da Criação e, ao mesmo tempo, reconheçam que trazem em sua pequenez uma grande responsabilidade: fazer, da própria conversão e transformação, a conversão e transformação de toda a Vida universal, porque o Criador ainda espera que vocês sigam os passos de Seu Filho, pois para isso Ele O enviou ao mundo.

Reflitam sobre as nações, sobre o padecimento humano pela falta de amor e unidade, pela incapacidade dos seres de ver além das próprias necessidades. Deixem que os olhos do coração encontrem os tristes olhos de uma criança na África ou uma criança que padece pelas guerras, pelo abandono, pela fome. Encontrem os olhos de crianças nas grandes cidades, com muita riqueza e que, já tão pequenas, estão vazias de sentido espiritual, sem a pureza que Deus lhes entregou, ansiando poder corresponder a todas as influências das energias capitais que as rodeiam.

Encontrem, filhos, a dor dos Reinos, quando virem a fauna e a flora em tantas queimadas, quando virem as matanças sem limites dos animais para alimentar a gula e a vaidade humana. E, depois de tudo isso, olhem para vocês, corações que estão se abrindo na Presença de Deus, chamados a entregar a vida para equilibrar o erro e a arrogância deste mundo; chamados a deixar os próprios interesses e vontades para se renderem a uma Vontade Maior.

Existe um Amor que transcende a condição humana. Existe um Amor que é silencioso e paciente e que aguarda que ao menos alguns homens olhem para cima.

Existe um Amor que os chama a imitá-Lo, que já lhes mostrou o caminho que os leva a contemplar o próximo com compaixão.

Existe um Amor que é humilde, porque sabe que além dEle mesmo está a Verdade, além do que se vê, do que se sente, do que se pensa saber.

Esse Amor resguarda a Essência de tudo o que foi criado e é por intermédio dEle que vocês poderão transcender a condição humana.

Amem com o Amor de Deus pela vida. Amem a possibilidade do próximo de evoluir. Amem servir para que outro cresça. Amem doar-se até não poder mais para que outros, que hoje não têm força, possam se levantar. Amem o poder da oração que se une a Deus. Amem o Seu Plano, que é o próprio Amor. Amem e esqueçam de si mesmos. Deixem que as próprias necessidades se nutram pelo próprio amor.

Amem em silêncio, sem que ninguém os veja, e amem da mesma forma publicamente. Apenas amem, filhos. E, se vocês não sabem amar, pensem nos olhos, já sem brilho, das crianças na guerra; sirvam os corações enfermos que estão perdendo a vida e não conhecem o amor; contemplem a Cruz dAquele que soube amar e que, com o próprio exemplo, os chamou a segui-Lo.

Busquem o Amor, o verdadeiro Amor, que não possui, não quer para si, que não se gratifica, que não busca ser correspondido, que não busca ser conhecido, que existe pelo simples fato de ser verdadeiramente Amor de Deus.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

03

Sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ainda estamos em tempos de Misericórdia. Ainda estamos em tempos de definição.

A purificação planetária, que começa a se expandir, é um sinal enviado pelo Universo para que os filhos de Deus abram os olhos e escutem o Seu Chamado, enquanto ainda há tempo.

Que os tíbios de coração renunciem às suas comodidades e debilidades para fazer, da oração, do serviço e da entrega absoluta, o sentido de sua existência.

Ainda há tempo, filhos, para que aqueles que apertam os seus olhos para não ver a verdade – e que não querem crescer, como estes tempos cobram de toda a humanidade – possam definir-se e dizer “sim” aos Planos de Deus.

A purificação do planeta lhes mostra que vocês já não são aprendizes e que já não estão estudando para uma prova que algum dia chegará. A prova já está diante de vocês e os ponteiros do relógio deste mundo já estão contando os últimos segundos do tempo da Terra.

Não se confundam: afirmem-se na própria entrega e definição. Afirmem-se como soldados da paz e do perdão. Já não esperem pela resposta de outros para poder crescer. Não esperem que sobre as suas casas e em suas vidas se precipite o caos do mundo, porque a humanidade é uma só e tudo o que vivem os seus irmãos, nos quatro cantos do planeta, é responsabilidade de todos.

Por isso, tomem os seus orândios, rosários e as contas de todas as religiões! Que todo coração verdadeiro se una a Deus, assim como O conhece, porque caberá ao Pai unir seus filhos em Seu Sacratíssimo Coração.

Filhos, já não há silêncio que possa ocultar o clamor das almas e dos Reinos da Natureza. Sejam conscientes de que algo maior e mais importante que suas vidas e seus problemas acontece hoje no mundo.

Clamem pela paz, atuem pela paz, difundam e vivam a paz.

Clamem pelos Reinos, amem os Reinos, sirvam e resgatem, em todos os níveis, o espírito da Natureza, porque a Vida provém dos Reinos, que são os verdadeiros servidores incansáveis e eternos do Criador e de Suas Leis.

Semeiem a paz e atuem pela paz. Difundam a Divina Misericórdia com suas vidas.

Pelo despertar das almas para este tempo de transição,

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos