Decreto de Esperança para o Coração da Terra

Decreto de Esperança para o Coração da Terra

            


Escuta, ó Coração da Terra! 
O ciclo de definição para teu destino já chegou.
Caminha para o teu novo nome, para a expressão de tua nova vida.

 

Neste calvário que vives, carregando a cruz do fim dos tempos, 
vê teu Coração tornar-se o palco de uma batalha, 
traçada desde as origens da vida humana e antes dela. 
Vê que chegou a hora de que esta batalha tenha fim, 
e prepara os corações de teus filhos, 
para que sejam triunfadores no Amor e na Verdade.

 

Ó Coração da Terra, 
teu novo nome se desenha como fogo no horizonte, 
e nada poderá deter o triunfo de teu destino. 
Irradia a fé que nasce no centro de teu ser para cada um de teus filhos, 
para que, através dela, sejam conhecedores da Verdade e do Bem.

 

Dissolve aos poucos o tempo que te rodeia, 
como véus que encobrem o teu rosto, 
ocultando a Verdade que existe além de ti. 
Deixa que teus filhos ingressem aos poucos no Tempo de Deus, no Tempo Real, 
e que assim reconheçam não só a gravidade destes dias,
mas também a majestosidade de teu propósito.

 

Deixa que teus filhos contemplem não apenas a ilusão
e a sonolência que absorvem os seres, 
mas saibam sua origem e o que os fez chegar até aqui 
para se tornarem seres humanos, esperanças do Coração de Deus.

 

Ó Coração da Terra, 
que agonizas e te entristeces neste parto, que parece eterno,
de um Filho tão esperado por toda a Vida. 
Ainda que sejam dolorosas as tuas contrações e teu corpo esteja cansado, 
não percas a esperança de ver nascer de ti o novo homem, a nova vida.

 

Eis que aos poucos surge a promessa que o Criador fez para ti, 
desde o princípio de tua existência e antes dela; 
promessa essa que foi renovada ao longo da evolução humana, 
que triunfou na Cruz do Salvador e que deve culminar 
com a cruz destes tempos, a cruz planetária.

 

Deixa que as promessas de Deus se tornem vida 
e vê sair dos livros sagrados as profecias do Armagedom. 
Mas, além disso, vê também o céu abrir-se e, entre as nuvens, 
os coros de anjos preparando o Retorno do Deus Vivo ao teu seio.

 

Ele virá com os Braços abertos para receber os filhos que nasceram de ti 
e, tomando em Seus Braços esta nova vida, 
elevará as dimensões e acalmará a dor. 
Trará ao mundo o Seu Reino e já não te chamarás Terra, nem Jerusalém.
Ressoará das Alturas teu nome, este som sagrado, 
pronunciado por Deus desde o princípio. 
E, com essa vibração sobre ti, já não verás mais a dor, e sim a paz.

 

Em ti, teus filhos crescerão e, por mil anos, fortalecerão em si o Amor,
 até que estejam prontos para fazer o Amor triunfar em toda a vida.

 

Recorda Minhas palavras, ó Coração da Terra, 
e recorda aos teus filhos que tua história já está traçada, 
e que, apesar de todos os desafios, jamais percam a fé.

 

Deixo sobre ti a bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
 

São José Castíssimo

 

 

*Decreto transmitido por São José Castíssimo
em Sua mensagem diária do dia 1 de janeiro de 2019.

Oraciones Relacionadas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos