MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NA CIDADE DE MINAS, LAVALLEJA, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Companheiros,

O Universo tem e guarda uma história que a maioria desconhece, mas que é visível e real aos Olhos de Deus.

Essa história é parte de diferentes aprendizados e experiências que marcaram para sempre o processo da evolução.

História pela qual os grandes Pais Criadores têm trabalhado para poder revertê-la desde o plano espiritual onde ela foi gestada.

Por essa razão, os próprios Pais Criadores se ocuparam de buscar uma solução, dado que para este sistema de vida, no Planeta Terra, ditas histórias necessitariam ser mais trabalhadas para ser modificadas e transformadas, já que o peso que a dualidade gera faz dessa história um estado e um processo de purificação ou de resistência semelhante a um acontecimento cósmico ou estelar.

Com isso quero expressar-lhes que esse momento já chegou e que esse momento é agora, lugar e espaço em que todos os seres humanos se conhecerão de verdade e poderão tomar consciência de que será necessário viver uma mudança, mas uma mudança que se viva desde a consciência, para depois vivê-la em todo o resto do ser.

Enfrentar esse momento e essa história será estar diante de algo que pareceria incrível, mas que o ser superior de cada consciência vive, experimenta e recorda todo o tempo.

A única chave é aceitar o que está além da compreensão e da capacidade de amá-lo ou não. Assim, por meio dessa atitude, a consciência estará preparada para transpassar os umbrais dos possíveis erros cometidos que, sendo purificados, não estarão mais no inconsciente deste Universo.

Agradeço-lhes por compreenderem a ciência das Minhas Palavras!

Abençoa-os,

Seu Mestre e Senhor, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Queridos filhos,

Hoje venho ao seu encontro como a Essência Solar de Deus, como aquela Imaculada Parte nascida da Fonte da Criação, a Essência que, sob o Espírito Feminino, regenera a vida e a consciência.

Minha Essência Solar é a que ilumina os mundos internos, é a Essência que impulsiona as almas a dar seus passos no Plano de Deus. Essa essência é capaz de recuperar as essências perdidas e ajudar na transfiguração da consciência.

Minha Essência Solar provém de uma Fonte espiritual sagrada, criada e desenhada pelos grandes Pais Criadores, os chamados Arcanjos ou Elohim.

Minha Essência Solar é a que sempre ingressa nos planos terrestres para purificá-los e redimi-los.

Quem se une ao Meu Coração Imaculado, une-se à Minha Essência Solar e, dessa forma, entra em comunhão com a Criação e com todo o Universo.

Minha Essência Solar lhes traz o poder da transformação e da mudança, como também o ingresso à consagração total da vida, da mente e do espírito.

Minha Essência Solar os leva a encontrar o sentido interior durante a caminhada pela senda do espírito, até poder encontrar Cristo como o grande Mestre interior.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Os Elohim: Anjos Dourados

Na essência do Coração de Deus, surgiu uma vez o grande propósito de criar a vida e os planos de consciência.

Como lhes disse ontem, queridos filhos, os Arcanjos, os chamados resplandecentes, nasceram a partir da inspiração divina, que fez concretizar e manifestar os seres arcangélicos e angélicos.

Deus expressou, no Universo Mental, doze principais manifestações, que surgiram da Fonte Puríssima. Dali, os doze Elohim, como raios e impulsos de fogo, nasceram dentro da consciência do Universo Mental Superior.

Do momento em que o Eterno teve a Sagrada Vontade de que, de sua Essência Puríssima, nascessem os Arcanjos, o Universo Mental já era uma realidade vital dentro do Universo Espiritual.

Os Elohim foram designados pelo Altíssimo para levar adiante a organização e a manifestação de todos os universos, onde futuramente existiria a vida.

Foi assim que, desde o momento em que os Elohim se manifestaram dentro do Universo Mental, as primeiras legiões eram criadas, sutilmente, em reservatórios de luz, grandes receptáculos e canalizadores de energia divina, anteriores aos Espelhos.

Vejamos, então, queridos filhos, como a história divina da Criação, anterior à vida material, foi considerada pelo próprio Deus como um projeto de amor e de absoluta Unidade.

Foi com base no amor e na unidade que as Hierarquias Angélicas, os chamados Elohim, desenvolveram o projeto do Pai Eterno e deram continuidade à obra da Criação.

Os reservatórios de luz também foram criados pela essência da Vontade Divina, e foram os primeiros Elohim aqueles que acompanharam a manifestação desses estados de consciência que, em si, guardavam o surgimento espiritual da vida angelical.

Cada Arcanjo, como Pai Criador, depositou, nos reservatórios de luz, uma molécula dos doze raios espirituais que estiveram presentes no momento do nascimento dos seres angélicos. Uma consciência angélica nasce a partir da expressão do Amor no Universo Mental e é por intermédio de um ato de profunda união que o Arcanjo estabelece com a Fonte Única.

Nesse momento, o Arcanjo projeta sobre o reservatório um potentíssimo caudal de Amor e de Unidade, e, em consequência, o reservatório, mediante o agrupamento de todas as moléculas dos Pais Criadores, faz emanar uma consciência angélica, que está dentro de um precioso cristal magenta, azul, verde, branco ou dourado.

Quando a consciência angélica surge do reservatório, por um período determinado, o cristal fica suspenso sobre o reservatório, até que termine de ser constituído, como a gestação de uma criança no ventre de sua mãe.

É a energia criadora e divina que gesta interiormente o propósito dessa consciência angélica. O cristal pode conter algum dos doze raios para demonstrar ao Universo Mental qual foi a Vontade Maior de que o novo anjo cumpra sua tarefa e seu serviço.

Então, depois de sua manifestação como consciência mental e espiritual, o anjo vive uma formação, que o ajuda a desenvolver sua missão no universo mental ou material.

Depois que os arcanjos vão formando os Exércitos de Luz, que, desde o seu nascimento, vivem o serviço incondicional e a união perfeita com o Eterno, começa a materialização das academias dos raios, para que cada ser angélico desenvolva seu propósito perante o Pai.

Em seguida, manifesta-se a formação espiritual dos sete Céus ou dos sete Estados de Consciência Divina, onde os grandes exércitos começam a povoar as dimensões celestiais.

Nesse momento, os Arcanjos definem, sob a Vontade Máxima, a missão de cada consciência angélica, o que determina, em seguida, qual dos Céus ou dos Estados de Consciência lhe corresponderá servir eternamente.

Cada um dos Pais Criadores assume o governo de um dos sete Céus, para que, desde o princípio, se cultive entre as consciências a Lei da Hierarquia.

Conforme tenha sido o surgimento da consciência angélica dentro do cristal, assim será a missão que viverá.

Se um anjo surgiu do reservatório de luz num cristal magenta, isso significa que o Pai Criador vai lhe atribuir a missão de viver o amor, de irradiá-lo e de protegê-lo nos universos.

Se um anjo surgiu do reservatório de luz num cristal azul, isso significa que o Pai Criador vai lhe atribuir a missão de proteger e de vivificar a unidade em todos os universos, como também de ser guardião do conhecimento sagrado das leis espirituais, mentais e materiais.

Se um anjo surgiu do reservatório de luz num cristal verde, isso significa que o Pai Criador vai lhe atribuir a missão de exercer a lei da cura e de emanar continuamente a harmonia em toda a Criação e onde ele se encontre.

Se um anjo surgiu do reservatório de luz num cristal branco, isso significa que o Pai Criador vai lhe atribuir a missão de atrair para si os mais altos graus de pureza e de expandi-la como essência aos universos.

Se um anjo surgiu do reservatório de luz num cristal dourado, isso significa que o Pai Criador vai lhe atribuir a missão de eterno louvor ao Único, formando entre seus membros os chamados coros celestiais, que atraem aos universos os Princípios da Fonte de Deus.

É assim que os Pais Criadores enviam em missão todos os anjos que nasceram da Fonte por intermédio dos reservatórios de luz, para que, junto aos seus regentes arcangélicos, assumam a missão de proteger e defender a evolução dos universos, por meio dos diferentes raios para os quais foram designados.

Os Elohim são parte do Propósito Divino e eles estão representados pelas doze principais emanações de Deus, o que compreendemos como os arcanjos. A partir daí, as doze emanações formaram os doze governantes e dos governantes angélicos surgiram outras doze emanações, até se chegar aos anjos da guarda.

O Universo Mental não tem limites; é um estado infinito formado pela Vontade de Deus. Nele se vive o estado da resplandecência, que é cada consciência angélica gerar, em si, os mais altos graus de amor e de unidade com o Único.

Toda a consciência angélica existe para proteger e guardar a Essência do Projeto de Deus dentro do Universo Espiritual, Mental e Material. É assim que os Elohim podem penetrar as dimensões e os planos, ainda que sejam seres mentais, porque eles são movidos o tempo todo pelo espírito da obediência e do serviço eterno.

O Pai, desde o princípio, concebeu os Elohim como Seus principais guardiões do Propósito da Criação e de toda a vida existente nos universos.

Foi assim que, por intermédio dos resplandecentes, surgiu a primeira experiência da irmandade cósmica, que mais tarde se estabeleceu como premissa para todas as consciências presentes nos diferentes planos.

Os Elohim são considerados também os Mensageiros ou Porta-Vozes da Fonte Primordial para o Universo Material. São os que levam adiante a concretização do Propósito Divino e são os que impulsionam os anjos da guarda para que cada alma viva sua missão dentro da Criação, para assim cumprir a finalidade do Pai.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado!

Em união com cada anjo da guarda,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz e Rainha dos Anjos

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

A Rede de Comunicação dos Espelhos Celestes (continuação)

Abra seu coração e esvazie sua mente para compreender e viver os mistérios da Criação.

Nessa abertura, você poderá penetrar a essência do conhecimento, e tudo o que é sagrado no Universo não lhe chegará somente como informação, mas também como códigos de Luz que despertam em seu ser para transfigurá-lo.

Este é o poder dos espelhos, usinas celestiais de harmonia universal que concentram dentro de si todos os atributos da Criação. Dizemos e entendemos por atributos todos os raios e correntes celestiais que os Pais Criadores utilizaram para a manifestação dos planos e da vida.

São esses atributos que permitem, de tempos em tempos, renovar a vida universal e todos os ciclos, trazendo impulsos positivos que compenetram toda a Criação. É assim que os Espelhos Celestes guardam em si a lembrança de nossa origem espiritual, mental e material.

No princípio, na origem, o que compreenderíamos como a essência do Pensamento de Deus, a Fonte criou os Arcanjos, para que eles criassem os exércitos de luz no Universo Mental; e foi assim que, no princípio de tudo, o Universo Mental foi gestado pela existência dos primeiros exércitos dos Elohim.

Essas consciências resplandecentes foram impulsionadas a colaborar na criação do Universo Material, porque, no Pensamento e no Coração do Pai Eterno existia a Vontade de que houvesse grandes experiências de Amor que superassem todas as anteriores.

Os Pais Criadores desde o princípio criaram, a pedido de Deus, os Espelhos Celestes, porque dentro do Universo Material e Mental eles ajudariam na evolução espiritual de toda a vida universal.

Os Espelhos Celestes foram formados também por doze atributos, doze raios ou doze correntes de energia espiritual e divina que permitiriam manter a história da origem da Criação bem guardada e disponível, como uma informação luminosa para todas as consciências que seriam criadas à imagem e semelhança de Deus.

Os doze atributos que se expressaram durante a gestação do Universo Mental e Material emanaram diretamente do que conhecemos como Fonte da Criação, que é a essência pura e imaculada do Pai Eterno.

Desde então, durante doze ciclos ou doze tempos, o Universo Mental e Material que estava em formação recebeu esses impulsos espirituais para que se terminasse de constituir a vida evolutiva nos diferentes planos.

O primeiro atributo emanado da Fonte foi o da VIDA. Deus, naquele momento, decretou:“Que em todos os planos exista a Vida, que será visível e invisível, mas que, em essência, estará cheia de Amor”.

O segundo atributo emanado da Fonte foi o da UNIDADE. Deus decretou naquele momento: “Que toda Vida que se manifestará à semelhança da Minha conheça e viva a Unidade para alcançar a Fonte através do Amor”.

O terceiro atributo que emanou da Fonte foi o do AMOR. Deus decretou naquele momento: “Que o Amor Divino seja conhecido por toda a Vida e que a Vida expresse todos os graus de amor para que a evolução avance”.

O quarto atributo que emanou da Fonte foi o da SABEDORIA. Deus decretou naquele momento: “Que a Sabedoria torne sagrada toda a Vida; que os espíritos enobreçam suas consciências ao terem conhecimento do amor e da unidade”.

O quinto atributo que emanou da Fonte foi o da HUMILDADE. Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação seja humilde em seu espírito e em sua constituição; que o verdadeiro governo e evolução alcancem os humildes e que toda a vida imite esse sagrado caminho”.

O sexto atributo que emanou da Fonte foi o da COMPAIXÃO. Deus decretou naquele momento: “Que a Compaixão absoluta surja na vida universal para que as consciências recordem que tudo é baseado no Amor e na Misericórdia”. 

O sétimo atributo que emanou da Fonte foi o da MISERICÓRDIA. Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação viva em essência a Misericórdia e que essa lei vivifique quem a contemplar em devoção”.

O oitavo atributo que emanou da Fonte foi o da POBREZA DE ESPÍRITO. Deus decretou naquele momento: “Que a verdadeira evolução aconteça em todos os pobres de espírito para que nada nem ninguém, nenhuma tentação os desvie do sagrado caminho”.

O nono atributo que emanou da Fonte foi o do SERVIÇO, e Deus decretou naquele momento: “Que a cooperação e a ajuda mútua estabeleçam nos universos o espírito do serviço; que o amor e o serviço penetrem toda a vida para que a fraternidade surja e seja a base da evolução universal”.

O décimo atributo que emanou da Fonte foi o da PIEDADE, e Deus decretou naquele momento: “Ditosas todas as consciências que implorarem ao Meu Santo nome, porque terei Piedade absoluta por cada uma delas e, assim, conhecerão o poder da Misericórdia de Meu Coração”.

O décimo primeiro atributo que emanou da Fonte foi o da ETERNIDADE, e Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação conheça, depois de sua experiência, a Eternidade; que todos os planos que guardam a vida universal elevem os espíritos para que se fundam com o infinito e, assim, alcancem a imortalidade”.

O décimo segundo atributo que emanou da Fonte foi o da CIÊNCIA, e Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação e a vida tomem consciência das Leis e que elas conduzam, guiem e readaptem toda a vida universal, sob o espírito da harmonia”.

Estes doze atributos foram guardados essencialmente dentro dos Espelhos Celestes, que também irradiam esses princípios criadores para todo o universo material.

Os espelhos celestes são como grandes estados de consciência divina presentes em três planos: material, mental e espiritual. E, assim, se estabelece em todo o universo um poderoso equilíbrio que é sustentado pelas consciências angélicas.

É assim que a Rede de Comunicação dos Espelhos ajuda na redenção e na reabilitação de toda a vida, em ciclos e em tempos diferentes. Dessa forma os Espelhos Celestes, contando com esses impulsos divinos, tornam-se fontes de emanação de amor e de unidade para toda a vida.

A existência dos espelhos celestes recorda a toda a vida planetária que as almas sempre devem aspirar a se tornarem um dia semelhantes a um Espelho, não por sua potência, mas para poder espelhar o que o Pai espera de cada criatura, assim como Ele pensou no princípio.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Unida ao espelho de luz de cada coração,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

A Rede de Comunicação dos Espelhos Celestes

No vasto universo, onde a vida infinita se expressa, existem áreas específicas dentro do universo material como o de vocês, em que redes de espelhos atuam como retransmissores de correntes de energia divina, assim como de impulsos que são gerados através dos sete primeiros raios.

Nessa grande rede de comunicação, a vida evolutiva consegue comunicar-se entre si e, ao mesmo tempo, toda a vida universal capta espiritual e interiormente os impulsos que gera a mesma rede.

Entendemos por rede um amplo agrupamento de instrumentos espirituais da Hierarquia Celeste, que se utiliza para manter interligada toda a vida evolutiva com os princípios de Deus, o que, nesta humanidade, se conhece como Vontade Divina.

É essa Divina Vontade, proveniente da Fonte de Abba, que se retransmite universalmente através da rede de comunicação dos Espelhos Celestes.

Assim como no universo material existem espelhos de luz que cumprem funções específicas, a rede de todos os espelhos se inter-relaciona entre si, já que cada um desses instrumentos contribui para a vida universal com a possibilidade de ampliar o conhecimento, bem como de trabalhar no serviço ao Criador.

Os espelhos são formados por sutis emanações de amor dos Pais Criadores, dos Elohim. No princípio, quando os universos foram criados, a primeira forma de manter toda a vida universal comunicada era através do que denominamos Espelhos Celestes.

Foi assim que os Pais Criadores pediram aos Seus exércitos angélicos que, com seu poder mental superior, criassem, no Universo Material, grandes estanques de luz, que, mais tarde e através dos tempos, se converteram nos chamados Espelhos Celestes.

Os Espelhos Celestes foram criados a partir da fusão que tiveram com os códigos divinos do Amor e da Unidade. Foi a base essencial que permitiria que todo ser que vivesse no Amor do Pai pudesse entrar em contato com os tesouros espirituais guardados na rede de comunicação dos espelhos.

A pedido do Arcanjo Uriel, os exércitos angélicos criadores gestaram a primeira rede dos Espelhos Celestes no universo material, conhecido como o primeiro Céu. Mais tarde, quando os espelhos já estavam criados pelas correntes espirituais que os anjos tinham trazido, os mesmos espelhos foram desdobrados em seis planos ou seis Céus, para que assim estivessem presentes em todos os universos, isto é, no universo material, mental e espiritual.

A rede de comunicação dos Espelhos Celestes está presente nos sete primeiros Céus. É dessa forma que uma grande comunicação espiritual, mental e material se estabelece em toda a vida universal e cada consciência que faz parte da Divina Criação de Deus está integrada a esse potentíssimo caudal de conhecimento e de evolução.

O Arcanjo Uriel foi quem encomendou aos seus anjos que semeassem a essência do Amor e da Unidade nos Espelhos Celestes. Mais tarde, o Arcanjo Rafael enviou suas legiões para que derramassem, em todo o universo material, os princípios da cura e da redenção. Depois do Arcanjo Rafael, o Arcanjo Gabriel enviou seus anjos mensageiros para que guardassem em todos os espelhos o conhecimento sagrado da Criação, com o fim de que, algum dia, fosse revelado, como está sendo no dia de hoje.

Por ultimo, para proteger esse legado divino, o Arcanjo Miguel enviou suas hostes de Luz para que fossem, por toda a eternidade, os porteiros dos espelhos, que, incondicionalmente e por serviço a Deus, protegeriam as relíquias da Criação.

Foi assim que, quando a rede de comunicação dos Espelhos Celestes foi formada pela intervenção dos Pais Criadores e de suas hostes de Luz, Abba decidiu enviar um potente impulso de Amor divino e universal ao universo material. E através da Sagrada Energia Feminina, através da Essência Pai-Mãe, depositou sobre a rede dos espelhos os princípios da Misericórdia e da Piedade.

O Arcanjo Gabriel relata que quando este acontecimento se deu, todas as hostes universais estiveram prostradas durante três dias, no tempo divino, para agradecer a Deus por ter feito surgir de dentro de Si o aspecto feminino da Criação, hoje conhecido como o Espírito da Mãe Universal ou Mãe do Mundo.

Naquele tempo, toda a Criação estava se ordenando e se preparando para as primeiras experiências evolutivas.

Naquela conjuntura, o Pai Abba considerou universalmente que a vida criada necessitaria de uma Consciência Maternal, suficientemente amorosa e misericordiosa, a ponto do Pai enviá-la à Terra para encarnar como Mãe do Messias de Israel.

Este ato de misericórdia universal também permitiu que a rede de comunicação dos Espelhos Celestes estivesse amparada e acompanhada pela Consciência Mãe de Deus.

As primeiras revelações sobre os espelhos chegaram a partir dos anos 70 e 80, quando a Hierarquia Celestial decidiu revelar este segredo divino que está presente e vivo há milhões de anos, depois de a humanidade haver aprendido a se autodestruir várias vezes.

O Pai concedeu a Graça da consciência humana recordar-se da  sua missão no Plano e no Universo. Concedeu que a humanidade despertasse para a verdade da qual por muitos séculos se havia afastado.

A rede de comunicação dos Espelhos Celestes tem permitido que este planeta ainda exista na Criação, e sobretudo os espelhos têm gerado o equilíbrio do eixo da Terra e dos pólos.

Não fosse esta silenciosa intervenção, a raça já teria se auto-destruído. Essa ajuda incondicional dos espelhos vem desde o momento em que o aspecto do Filho Primogênito de Deus chegou ao mundo para salvá-lo em todos os planos da consciência.

É assim que o despertar está sendo concedido a todos, independentemente do grau das dívidas. O Plano de resgate de Cristo já está em marcha e todos terão a última Graça de poder corresponder.

Que a rede dos Espelhos Celestes represente para todos a oportunidade de recordar dentro de si que são consciências criadas por Deus e que podem aprender a amar e espelhar a unidade para todo o Universo, sem a necessidade imperiosa de destruir o planeta.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Unida ao espelho de cada coração orante,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Não querer a vontade própria e amar a Vontade Divina

Esta raça, no princípio, foi desenhada por Deus para obedecer e seguir um único Propósito. Mas, desde que Meu adversário, na antiguidade, despertou a tentação e o livre arbítrio no homem de superfície, o Projeto original desvirtuou-se, saindo do caminho da Vontade Divina.

Foi aí que ingressou na consciência primitiva da humanidade a dualidade, a livre escolha e a desobediência a todas as Leis superiores que regeriam, tempos depois, a humanidade, até que ela fosse uma humanidade sagrada.

Desde o momento em que Adão e Eva foram tentados no Éden a decidirem sobre sua própria vida e, assim, se separarem da Mão do Criador, ingressou na essência do ser humano o que chamamos vontade própria.

Essa vontade, carente de princípios espirituais e impregnada de códigos de corruptibilidade, foi a ação que desviou do caminho a nova humanidade. No princípio de tudo, a primeira raça era o sábio Projeto de uma nova humanidade para a superfície.

Do momento em que o primeiro Adão decidiu sobreviver no planeta transgredindo as Leis naturais e, por outro lado, Eva despertou os primeiros indícios dos pecados capitais, Meu adversário conseguiu aquilo a que tanto aspirava: fazer desta humanidade uma humanidade inerte e sem consciência de si.

Depois de passadas tantas eras, chegou o momento culminante, quando, em uma primeira etapa, se daria fim à decadência da humanidade através da aparição de Cristo no mundo, como o Filho Primogênito de Deus, encarnado para resgatar a essência deste pensado projeto humano.

Mais tarde, quando Cristo estava presente, toda a raça, que já se encontrava no abismo de sua perdição, foi desviada do seu próprio inferno através da Paixão de Jesus.

A vinda do Messias de Israel foi delicadamente preparada pelos Pais Criadores, pelos Santos Arcanjos. Cada um aportou e gestou no ventre puríssimo da Virgem Mãe as células luminosas da transubstanciação e da redenção, Leis superiores que posteriormente permitiriam liberar do mal a humanidade.

A partir do momento em que Adão e Eva ativaram em si a vontade própria, espontaneamente, a genética espiritual humana ficou afetada até o dia de hoje por essa energia de poder terrestre, de apropriação e de domínio de todas as coisas.

Só aquelas consciências que através dos tempos conseguiram se abrir para descobrir o Cristo dentro de si, se viram confrontadas a renunciar e desterrar esse velho código humano que desvia do Propósito milhões de almas até os dias de hoje.

A vontade própria é a consequência de não se aceitar, de forma verdadeira, o Amor de Deus, de estar a consciência impregnada por suas próprias ideias e conceitos, que são opostos ao Pensamento Divino.

Ainda que Cristo tenha dado a vida e morrido por todos também com o propósito de desativar o velho código corrupto da vontade própria, depois de todos os acontecimentos e fatos que o Mestre Jesus gerou na consciência daqueles que o escutaram, a outra parte da humanidade fortaleceu o vínculo precário com a vontade própria; isso foi como uma besta de dez chifres recriada por todas as ações involutivas da raça humana.

A vontade humana sempre foi honrada e apreciada pela maioria; essa é uma das razões pelas quais, neste final dos tempos, consciências comprometidas com o Plano não podem dar seus passos, ao estarem afirmando sua vontade própria: uma cadeia que as ata a um inferno sem fim.

Aquelas santas consciências que conseguiram vencer sua vontade própria, fizeram-no através de três fatores: primeiro, trabalhando todas os dias com a renúncia de si mesmas; segundo, buscando o vazio de si; e terceiro, servindo, incondicionalmente, sabendo que, mesmo vivendo todas essas experiências, existe vontade própria e está baseada na arrogância e na soberba.

Quando o discípulo de Cristo se dispõe a transcender os estados que corrompem o amor na humanidade, ele deve ter presente que enfrentará dentro de si suas próprias bestas, que tentarão fazê-lo desistir de todos os esforços.

Algumas consciências sobre a superfície do planeta, como no caso dos que optaram pela vida consagrada, têm a missão espiritual de fazer desvanecer de suas consciências todas essas energias que condenam a vida evolutiva de uma alma, e também têm a missão de fazê-lo pela humanidade, imitando Cristo.

Nestes tempos, a humanidade deverá se definir por qual caminho seguirá. Isso será antes do esperado Juízo que acontecerá neste amado planeta.

Cristo foi e é um extraordinário exemplo de vida e de verdade para todos os que aceitarem retornar ao momento do Plano anterior, em que Adão cometera o chamado pecado original, pecado a partir do qual todas as criaturas nascem com o código da vontade própria e do livre arbítrio.

Para poder mudar essa frequência, a determinação e o esforço que são estimulados pela oração permitirão ir desarmando os impulsos contrários que a vontade própria traz .

Viver na Vontade Divina significa nada querer para si e tudo para os outros. Viver na Vontade Divina significa seguir passo a passo o que se pede, evitando assim falhar muitas vezes.

Mas sabemos que a humanidade de hoje não quer seguir em obediência e adesão o que os Universos superiores estão emitindo. Isso leva a aumentar a perdição espiritual das consciências; leva a mergulhar-se em todos os enganos possíveis; leva a perder o caminho que se veio percorrer.

Por isso, Deus envia novamente Sua Mensageira para advertir a todos e ao mundo inteiro de que ainda estão vivendo sua própria vontade, e isso não deterá o sofrimento planetário, mas o aumentará gradualmente.

Convido-os, filhos, a fazerem o exercício de cortar a cadeia da própria vontade; assim, vocês terão força interior para poder cristificar suas vidas e preparar a gloriosa vinda de Cristo ao mundo.

Sejam inteligentes e não permitam que a vontade própria os aparte para sempre do caminho de sua redenção.

Os tempos anunciam grandes mudanças para todos.

Agradeço-lhes por perderem sua própria vontade e por fazerem nascer a Vontade Eterna de Deus!

Impulsiona-os à purificação interior,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Quero servir-Me do coração misericordioso de Meus filhos, para aplacar a Justiça que se precipita no mundo. Peço que orem com fervor, para que o raio de Minha Redenção penetre o mundo e transpasse o coração daqueles de Meus pequenos que, pela ignorância e pela vaidade, foram tomados pela astúcia de Meu adversário.

Quero dissipar o mal com o surgimento da Absoluta Luz de Deus. Quero dissipar a dor, pela vivência da Soberana Paz de Meu Imaculado Coração. Quero expulsar o ódio dos corações, por meio do reinado do amor naqueles que, valentes de espírito, se deixam transformar, para cumprir o Projeto Perfeito de Deus para este mundo.

Se querem ver no mundo o estabelecimento da paz, sejam pacíficos em suas vidas. Se querem que a fé não se perca do coração dos homens, não percam vocês a oportunidade de orar e fortalecer a própria fé, para levá-la em essência aos que mais necessitam.

Filhos Meus, o mundo agoniza e a humanidade fere com suas ações o Corpo Sagrado de Deus, que se expressa em toda a Criação. Para reparar este sofrimento que causam ao Pai, venho entregar-lhes conhecimentos sublimes do cosmos e do infinito, e assim enobrecer a consciência humana e retirá-la da escuridão na qual vive. Mas a maioria da humanidade se fecha na comodidade da vida neste mundo e não aceita reconhecer a vida em outros universos. Preferem desacreditar Minha presença a transformar-se para ingressar, em essência e em espírito, no bálsamo da verdade celestial.

Não se acomodem na ignorância, porque não venho entregar-lhes estes conhecimentos universais apenas para transformar sua forma de pensar e tampouco para difundir um pensamento esotérico no mundo. Não confundam as palavras celestiais com os conceitos humanos, Meus amados, porque, quando o caos se expandir pelo mundo e a Justiça Divina descer para detê-lo, será apenas a certeza da existência das realidades além desta vida e a certeza de que tudo o que vivem tem um propósito superior, o que fortalecerá seus corações e lhes permitirá transitar com fé e ajudar aqueles que estão deixando apagar a chama do coração.

Tudo no Céu como na Terra tem seu tempo. Ao longo dos séculos, dei-Me a conhecer à humanidade, para que pudessem confiar em Meu amor e em Minha guia; e agora, Meus queridos, quero revelar-lhes a verdadeira existência do universo e anunciar-lhes que há vida mais além desta, que existem civilizações inteiras no universo que aguardam o crescimento de seus espíritos e, com esperança, esperam que alcancem a semelhança com Aquele que veio para ser o exemplo de toda a humanidade e que agora reina no cosmos, como Princípio Perfeito de Deus, exemplo para toda a Criação.

Filhos Meus, quero anunciar a este planeta a existência de muitos outros mundos, criados pelos anjos e arcanjos de Deus, os chamados Pais Criadores, que têm um poder infinito de criação e criam e recriam toda a vida, dando ao Senhor a possibilidade de se expressar de muitas formas.

Foi o orgulho e a vaidade que encerraram o homem no pensamento de que a vida universal não existe e que, além desta Terra, como muito, poderia existir o Céu e o inferno. Hoje lhes digo que existem mais de sete Céus, onde os santos e os anjos seguem seu caminho de evolução, e existem mais de sete infernos, onde as consciências que não seguiram os princípios divinos e se deixaram absorver pela escuridão, aguardam que a misericórdia as permeie e resgate. Um desses infernos é uma realidade na superfície deste mundo e se distribui em muitos graus, segundo o reinado do caos e a submissão que causa nas almas.

Pela redenção dessa escuridão é que Eu venho ao mundo todos os dias. E quero que saibam que o despertar de uns poucos, que são vocês, os que Me escutam, é o que resultará na salvação desta raça que não é a única no universo e tão contaminada está que, mesmo tendo sido o berço do Rei da Criação, hoje corre o risco de desaparecer deste cosmos infinito, pela autodestruição não apenas física como também espiritual.

Meus amados, se a humanidade não responder ao Chamado de Deus, Sua Criação prosseguirá sua evolução no universo, mas um aprendizado perfeito de amor deixará de ser levado para todas as criaturas que aguardam poder encontrar o Pai.

Escutem Minha voz e, mais além de compreenderem-Me ou não, permitam que um raio de Meu Coração impresso neste verbo transpasse suas almas e as desperte do sono que vivem nas ilusões da matéria.

Redenção, salvação e misericórdia para o planeta.

Despertar e reconciliação com Deus e com Seu Plano de Amor para os que Me escutam.

Eu os abençoo, pelo poder que Deus Me concedeu.

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA EXTRAORDINÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DO ESPÍRITO SANTO, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN​

Filhos Meus,

Ontem conheceram um dos Mistérios do Céu, que poucas consciências conhecem, através de sua união interna com o Reino de Deus.

Hoje falaremos, queridos filhos, do alcance dos Espelhos do Céu que, do plano espiritual, surgem para toda a Criação, até o plano material, que é a realidade mais próxima de vocês, aquela que recebe impulsos-luz desses instrumentos de harmonia universal.

Espelhos do Céu são receptáculos de luz divina que irradiam princípios de vida superior para todo o cosmos. Não há estrela ou planeta neste sistema solar ou em outro, nem galáxia, que não receba o impulso universal dos Espelhos. Eles nos fazem recordar o propósito para a vida planetária e para todo o Universo; referimos-nos ao Propósito da constante elevação da matéria. através do princípio da pureza.

Sua Mãe Celeste, desde o princípio, conheceu esses instrumentos provenientes do Universo de Deus, guiados e acompanhados pelos anjos, os quais revelaram à sua Mãe Santíssima a existência desses instrumentos de paz.

Um Espelho é um instrumento imutável; o Espelho do Céu sempre cumpre o mesmo fim e irradia esse princípio para toda a Criação.

No caso do processo atual da humanidade, os Espelhos do Céu estão se mobilizando cada vez mais, devido ao processo de densidade dos seres humanos e principalmente pelas transgressões em massa das Leis que regem todos os Reinos criados por Deus.

Como tudo caminha para um grave desequilíbrio psíquico e emocional na humanidade, devido à quantidade inumerável de dívidas e de pecados, os Espelhos do Céu estão agora ajudando, em colaboração com os anjos, para que possa existir ao menos um pouco de equilíbrio no eixo da Terra e especialmente na consciência adormecida e ultrajada da atual humanidade.

Os arcanjos, chamados Pais da Criação, estão intervindo no projeto desta raça através da essência e da matriz dos Espelhos.

O que seria para vocês, filhos Meus, uma matriz de um Espelho Celestial?

Representa o mais puro entre o puro, diríamos o fundamental e essencial de toda a Criação, aquilo que uma vez vocês conheceram como os Raios do Universo. São as correntes universais da Criação, que, através dos Espelhos do Céu, estão trazendo para a humanidade alguns recursos espirituais que são capazes de substituir um erro por um estado de paz.

Os Espelhos do Céu não são somente atributos manifestados na Criação que ajudam na constante elevação da consciência; eles ainda são capazes de captar e de retransmitir princípios da vida espiritual superior que a consciência da humanidade desconhece completamente .

Dizíamos que os arcanjos estão acompanhando este Projeto Universal da humanidade de perto e que isso se estabeleceu pela Lei Criadora desde a última guerra mundial, que foi profetizada em Fátima; essa guerra trouxe como consequência a destruição da vida espiritual planetária.

Por isso, os Espelho do Céu desde o início da existência do homem, criado à imagem e semelhança de Deus, sempre irradiaram fontes de vida superior que colocavam o planeta dentro da harmonia universal. Através dos tempos, o compromisso da humanidade com as adversidades do inimigo foi relegando rapidamente o Propósito e a Vontade de Deus, até chegar a este momento cruel da raça. As intervenções dos Mensageiros de Deus e as advertências através dos tempos nunca deixaram de ser pronunciadas. Várias formas de mensagens celestiais foram transmitidas através de diferentes videntes, em diferentes partes do mundo e em épocas emergenciais.

A receptividade ao chamado de Deus foi escassa. A humanidade peregrinou aos Centros Marianos para encontrar alívio e assim o recebeu. A maioria das almas que desconhecem a existência da vida superior receberam a cura, mas continuaram vivendo da mesma forma, sem nada mudar.

Isto atrasou a humanidade rapidamente e a Hierarquia Celeste teve que conter os impulsos dos Planos de Redenção do Pai Eterno entre poucas consciências, entre as menos preparadas.

Até agora isto continua assim e uma verdadeira mudança, que é urgente, poderia reverter a falta da vida espiritual da humanidade. Seu Pai sabe que a humanidade não faz o suficiente para mudar, porque a consciência terrestre dos seres humanos adotou modos e formas de vida involutivos, que na maioria dos casos apagaram a consciência da alma.

O que fazer?

Os mais despertos para a vida de oração deverão fazer o dobro do trabalho espiritual e evolutivo pelo resto da humanidade que não o faz. Mas tudo cairá por terra por seu próprio peso e o tempo do Juízo Universal chegará para reconfigurar e transmutar o planeta e, assim, prepará-lo para os mil anos de paz.

Enquanto tudo está para acontecer, as almas orantes do planeta devem recordar a presença dos Espelhos do Céu e assim, através de suas preces, receber os impulsos de luz que emanam deles para todo o universo.

Se a resposta de vocês para a vida superior fosse positiva e verdadeira perante a Criação, o impacto para o Universo seria maior do que aquele que Cristo gerou quando venceu a morte na cruz.

Tudo começa no amor; por isso, ele é a primeira coisa que o adversário faz desaparecer dos corações dos homens.

Lutem por uma nova humanidade e não baixem os braços!

Sua Mãe os acompanha em união com os Espelhos do Céu. Façam restabelecer o Reino de Deus neste mundo.

Agradeço-lhes por responderem aos Meus planos de Paz!

Desperta-os à vida do espírito,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ E MÃE UNIVERSAL, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O coração que se une a Deus sabe que as Verdades Celestiais ainda estão guardadas por trás dos véus dos mistérios divinos para este mundo; sabe que a humanidade esteve, durante estes milhares de anos de existência, amadurecendo em seu crescimento espiritual, para algum dia manifestar o Propósito de Deus para o coração humano.

Por mais que a maioria dos homens ainda não esteja pronta para conhecer a Verdade de Deus, os tempos se aceleram, e essa Verdade se revelará e causará o despertar e a evolução brusca daqueles que nunca quiseram abrir os seus olhos para a existência da Luz.

Hoje, filhos Meus, revelo-lhes a grandeza de Meu Coração que, no universo, reina junto a Cristo, junto a Deus, e conduz Seus exércitos divinos para a concretização de Seus Planos nesta Terra e muito além dela.

Venho abrindo o caminho para São Miguel Arcanjo, porque Sou Aquela que conduz a Vontade de Deus para Seus Pais Criadores, os cocriadores de todas as coisas. E fui assim desde a manifestação de Minha existência, no princípio de toda a vida, antecipando toda a manifestação da Criação Divina.

Antes de tornar-Me um espírito divinizado, Minha Consciência já habitava na Consciência de Deus, como ventre materno, de onde provém a manifestação do Pensamento Divino. Meu Espírito foi gerado no universo, na Fonte da Consciência de Deus, porque, assim como em consciência Eu já manifestava o Pensamento Divino para todo o cosmos, como espírito encarnado em Seu projeto principal deveria dar vida Àquele que representaria o Pensamento Divino encarnado, o Verbo de Deus feito carne e homem.

Sei que muitos ignoram essa verdade, por isso venho para falar ao mundo e não para uns poucos, porque a soberba e o orgulho fizeram desaparecer a humildade do coração dos seres humanos e assim os impediram de contemplar e crer na grandeza da Criação, quando esta se manifesta diante de seus corações.

A falta de humildade no coração humano não lhe permite reconhecer a própria pequenez e a grandeza de Deus e, por isso, muitos comparam Seu Filho com a humanidade comum e Sua Mãe Celestial com um espírito humano comum, ignorando as possibilidades de Deus de manifestar-Se na Terra para conduzir a criação desta raça que deverá alcançar a semelhança com Ele.

Para que alcancem a semelhança com Deus e assim cheguem a Seu universo espiritual e divino foi que Ele Se fez carne no homem como na mulher, e dessa forma mostrou a todos como seguir os Seus passos; e, por meio do Coração Castíssimo de São José, o Criador demonstrou que, se a humanidade seguir e imitar os passos de Seu Filho e de Sua Mãe Divina, poderá alcançar o Seu estado de Divindade. Foi assim que São José, como homem, fez-Se semelhante a Deus. E a única chave que abriu as portas para esse grandioso passo foi a sublime humildade que expressou Seu Coração.

Por isso hoje, filhos, diante de São Miguel Arcanjo, abandonem o caminho da escuridão e do pecado, liberem-se da ignorância e abram-se para viver segundo a sagrada humildade que Deus lhes oferece. Assim poderão estar prontos para escutar o que devo dizer-lhes nos próximos dias.

Eu os amo e os conduzo à Verdade Divina.

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DA VIRGEM MARIA, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA

Quero dar a conhecer ao mundo os Mistérios do Espírito Santo, porque já se aproxima o tempo em que esse Santo Espírito cumprirá com Sua missão primordial de viver na matéria e, assim, divinizá-la.

Da Consciência de Deus nasce o Seu Espírito, Espírito Santificado que habitará em Sua Criação e trará vida divina para aquilo que é matéria física e não-física.

O Espírito Santo vive em Deus porque não apenas d’Ele provém, como também Ele o É. O Espírito Santo vive como uma parte própria de Deus, Consciência Sua, separada de Sua Grande Consciência, mas que atua como Deus, como Sua Vontade e Princípio, porque o É.

Sendo Deus, o Espírito Santo é como Seu braço ativo e vivificador, que anima tudo o que toca, preenchendo de Divindade, de Alma Divina. É como um Fogo, porque o Fogo n’Ele representa a vida ativa em Deus, a Luz que vive e incendeia a matéria e os espaços.

O Espírito Santo é como o Coração vivo de Deus, que percorre o Universo Celestial para tocar a Criação de Deus e dar vida a toda ela, vida divina.

Assim o Reinado de Deus foi expandindo-se nos Céus. O Espírito Santo vivia no que Deus criava, e Ele se tornava como Deus, Pai-Mãe de toda a Criação Celestial.

O Espírito Santo não tem nome, porque está em tudo, Ele É para viver em tudo, para ser Deus em todas as coisas.

O Espírito Santo nasce quando nasce no universo a necessidade de que exista o Amor, um Amor diferente do que já existia no Céu, um Amor que seja o próprio Amor de Deus em Suas criaturas. E, para que isso fosse possível, era necessário que o Amor de Deus encarnasse na matéria, que era o que havia de mais denso e distante do Reino dos Céus, porque tão infinito era esse Amor que, para viver em sua plena extensão, nasceria no mais baixo e alcançaria o mais Alto, o Reino de todos os Reinos, a Casa do Pai de todos os Pais do Universo.

Foi assim que Deus novamente retornou à matéria.

Muitos perguntam: “Porque o Senhor, que era todo Divino, manifestou Seu Amor na matéria?” Porque dali, quando alcançasse o Céu, a extensão desse Amor seria única.

Assim foi como Deus enviou o Seu Filho para a Terra, Espírito que provinha de Seu Espírito Santo, Verbo que encarnaria e traria à Terra o Seu Verbo Divino. Daí nasceu o Cristo, Jesus, filho de Maria e José, da estirpe de Davi.

Sua Mãe na Terra era como Sua Mãe no Céu. Da mesma forma que Seu Espírito Crístico nasceu do Espírito Santo, para que esse Amor vivesse em carne e alma sobre a Terra, foi necessário que se fizesse na Terra como foi feito no Céu, e o Espírito de Deus tomou da Criação um corpo santo, uma alma pura e imaculada, limpa de qualquer mancha, eternamente santa como o Seu Espírito. Assim nasceu a Virgem Maria, parte encarnada do Espírito de Deus, arquétipo de Sua mais pura criação.

Com estas palavras lhes deixo para que abram o coração a este novo impulso de Deus e não temam conhecer os grandes mistérios da Divindade e todas as Faces do Espírito Santo.

Maria, Mãe da Divina Concepção da Trindade

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato