Sábado, 20 de maio de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LISBOA, PORTUGAL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Diz-Me: temes alguma coisa?

Chegou o momento de firmar a tua entrega, como chega para todos os servidores e verdadeiros consagrados ao Plano de Deus.

Então, diz-Me: temes alguma coisa?

É hora de colocar tua imperfeição nas Mãos de Deus e não mais tentar ser tu mesmo o oleiro do barro que és. É hora, filho, de que as mais lindas canções sobre a entrega da vida se tornem agora verdade e que sejas tu uma canção viva e todos os que te vejam possam escutá-la e se deixem inspirar por ela.

Para todos chega a hora de firmar a própria entrega; geralmente, é quando menos se sentem preparados para isso, porque a entrega não se firma antes de ser consumada. É no próprio ato de entregar o coração que o espírito ancora as suas bases na matéria e a alma amadurece e expressa a sua consagração a Deus. Tudo o que vem antes disso é uma preparação.

Diz-Me: temes alguma coisa?

Venho para fazer-te sentir o Meu Amor e para que Ele, junto ao Amor de Meu Filho, dissipe o temor de teu coração de não corresponder ao Plano de Deus.

Venho com o Amor do Pai impresso em Meu humilde espírito. O mesmo Amor que Me fez entregar tudo para cumprir a Vontade de Deus desde o princípio. Este Amor que, como um ímã, Me chamou, vida após vida, a retornar a Deus.

Que este Amor hoje impregne teu ser, te fortaleça e te coloque diante da grandeza do Plano de Deus, que vai muito além desta vida e que tem nela o seu princípio e, na eternidade e na unidade, o seu fim.

Que esta grandeza te inspire a perder o temor e ter valor para caminhar com passos decididos de um espírito que é guiado por Deus. Porque se tu hoje lês estas palavras, assim o é.

Então, diz-Me agora que já não há temor em teu coração, não há receio e não há dor, pois a dor que há em ti não te pertence e deve ser transmutada pelo poder da Graça.

Diz-Me, então, com simplicidade, que seguirás a Vontade Divina e que te colocarás nas Mãos do Verdadeiro e único Oleiro capaz de moldar-te.

É, filho, com tua imperfeição que Ele cumprirá o Seu Plano – assim como o fez com a Minha – e fará de ti um vaso novo, para preenchê-lo com a nova vida que permeará a Terra.

Antes disso, durante a grandiosa Obra que o Senhor realiza nos Seus, sê simples e humilde, e tudo será como Deus pensou, ainda que descubras, um dia, que o Seu Pensamento em nada se parecia com o teu.

Diz-Me, então, que já não há temor e, com a Minha Bênção sobre o teu coração, descansa em paz, descansa no sacrifício e na doação, pois é chegado o tempo de tua entrega.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo