Quarta-feira, 30 de março de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CASA DE COSTURA OFICINA SÃO JOSÉ, COMUNIDADE-LUZ FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

O serviço dignifica a alma e traz ao mundo o espírito da caridade, tão escasso entre todos. Quando um coração desco­bre o amor ao serviço, ele se plenifica e encontra um caminho seguro para a sua consagração.

O segundo passo depois do serviço abnegado, sob o espírito da caridade, é o sacrifício consciente em nome dos padecimentos de Cristo. Por mais simples que lhes pareça o que realizam, sempre que oferecem ações em reparação do Coração de Cristo, suas ofertas são aceitas e o Sagrado Coração é aliviado.

Consagrei esta casa ao Meu Casto Coração para que aqui vivam a simplicidade, a caridade e o amor entre todos. Quero fazer de cada coração servidor uma fonte de paz para este planeta.

Muitos pensam que é necessário realizar grandes obras e ir mui­to longe para que o serviço seja válido e verdadeiro, mas Eu lhes digo que foi dentro de uma simples carpintaria que prestei o maior serviço de Meu pequeno Espírito e ali encontrei a santi­dade e a porta à Divindade, que alcancei ao lado de Meu Filho.

A santidade na vida de cada ser não depende das circunstân­cias externas em que vive; depende apenas de cada coração, da disposição de cada um para tornar sagrada a própria existência.

Se, no serviço que prestam, oferecerem a Deus os seus atos, descobrirão muitos mistérios que lhes serão revelados como compreensões, às vezes inexplicáveis, que provêm do coração e apenas para ele serão claras.

Comprometo-Me, como pai de todos os servidores, a estar pre­sente entre vocês sempre que invocarem Minha Presença pela oração, pela caridade e pelos atos de compaixão e fraternidade.

Comprometo-Me a interceder pelas almas e pelos Reinos da Natureza neste oratório de caridade.

Apenas lhes pedirei que se lembrem de Mim e que façam deste espaço um lugar de alegria, de caridade e de unidade entre os homens e Deus.

Quisera que na entrada desta casa estivesse a imagem de Meu Casto Coração, consagrando e abençoando este lugar, que irra­diará a inspiração ao serviço para as almas que devem aproximar-se nestes tempos.

Eu os abençoo e os guardo.

Seu pai e amigo,

São José Castíssimo