Segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

A paz pode ser uma realidade no mundo, assim como ela é no Reino de Deus, onde Sua Consciência Suprema se expressa plenamente. Porém, para que isso seja possível, é necessário que os seres humanos queiram estar com Deus, assim como querem aqueles que vivem em Seu Reino.

Quando um ser aspira a estar permanentemente com Deus, busca-O em todas as coisas e espera encontrá-Lo em tudo, na certeza de que o Criador depositou uma parte de Sua Consciência em tudo o que criou.

Por isso, para que a paz se estabeleça, vocês devem buscar e encontrar Deus em tudo e em todos, transcendendo as influências do mundo e tudo quanto aparentam ser as pessoas que transitam por ele.

Lembrem-se permanentemente da existência do espírito de cada ser e de que, para cada um, o Criador tem um plano perfeito, uma ideia e um pensamento divino. Lembrem-se de que, dentro de cada consciência, no mais profundo, estão os códigos de que ela necessita para cumprir com a sua missão.

Quero hoje revelar-lhes um mistério do Reino de Deus, de Seu Plano para a humanidade. Ao criar os seres humanos, Deus depositou em cada essência um atributo divino, chamado Raio Universal, que é uma forma de expressão de Seu Divino Espírito, Este que cria todas as coisas.

Os Raios do Criador são os responsáveis por conduzir a Sua Criação à perfeição, mas, no caso dos seres humanos, existe um segredo, uma particularidade: a vivência da perfeição na humanidade depende da expressão do amor, e essa perfeição se ativa não apenas quando um ser ama, mas também quando ele é amado.

O amor de que lhes falo não é o amor que vocês conhecem, porque os seres humanos costumam amar o que lhes convém, o que lhes agrada e o que lhes causa alguma gratificação, mas esse não é o Amor de Deus.

O Amor de Deus é aquele que olha um ser e transcende suas imperfeições, encontrando assim a verdade da essência de cada um, e é isso o que ama: ama a Vontade de Deus para as Suas criaturas; ama a perfeição de Deus escondida nos seres; ama ao Próprio Deus, por intermédio de Suas criaturas.

Esse amor não é impossível de ser vivido, mas para encontrarem algo que está perdido no outro, vocês devem encontrar o que está perdido em vocês mesmos, que é a possibilidade de amar verdadeiramente.

Para isso estou aqui. Para isso desço todos os dias ao mundo, para tornar simples a vida espiritual, para tornar simples o que, para os homens, sempre foi tão complicado. Porque qual dificuldade deveria haver em amar de verdade, se vocês foram criados exclusivamente para isso?

Busquem dentro de vocês a verdade sobre o que vocês são. Quando vocês derem os primeiros passos, Eu os ajudarei.

São José Castíssimo, pelo despertar do amor na consciência humana