Sábado, 13 de agosto de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Não temam! Não temam! A verdade se anuncia aos corações valentes, capazes de conhecer os tempos finais e, ainda assim, aceitar vivê-los com a paz do coração e em profunda entrega a Deus.

Filhos, por que lhes revelo os acontecimentos finais? Porque é parte de sua redenção e de seu caminho de transformação em Cristo que sejam conscientes destes tempos, assim como Meu Filho conhecia a cruz que carregaria – não apenas no Calvário, mas até os dias atuais.

A Paixão destes tempos será longa para muitos e forjará a fortaleza interior dos que ainda não se fortaleceram para cumprir a vontade de Deus.

Nada se assemelhará à batalha que viverão depois dos mil anos de Paz; porém a transição dos tempos e o vencimento das ataduras lhes permitirá transpassar os obstáculos que virão além desta vida e além deste mundo.

Meus soldados já estão prontos para vencer as tentações do adversário, mas o que mais lhes custará, filhos Meus, é vencer dentro de si mesmos aquilo que ainda aspira viver essas tentações. Não será a tentação em si a sua prova, mas sim a batalha com os seus núcleos mais humanos, que tendem a responder a essa tentação.

No ciclo anterior, encontravam-se nas primeiras horas do Getsêmani, aprendendo a vencer as tentações, a renunciar, a entregar a própria vida. Agora, estão nas últimas horas da agonia no horto, no momento em que o Meu adversário lhes apresenta as tentações do mundo e o Criador lhes apresenta a cruz.

A grande provação destes tempos será renunciar aos prazeres mundanos para encontrar na cruz um regozijo escondido, uma vitória que se encontra oculta na transcendência de si mesmo, do sofrimento, da dor, do aparente fracasso; a vitória que se encontra na vivência do perdão, da humildade, da compaixão, da piedade, do abandono de si mesmos; uma vitória que começa quando dizem sim à vontade superior e abraçam a cruz destes tempos, que é a própria purificação e transformação, para que, através da persistência, vençam a escuridão dos próprios corpos e da consciência humana como um todo, para que emerja a luz e triunfe em cada espaço de seus seres.

Filhos Meus, o Pão já foi repartido na Mesa do Senhor; já reconhecem a necessidade de entregar a própria vida, por amor aos seus irmãos que vivem na ignorância, e pelo triunfo do Criador em cada essência humana. As primeiras tentações já foram vencidas. Muitos já podem suportar a solidão deste Getsêmani dos tempos de hoje e outros estão aprendendo a encontrar a verdadeira fortaleza em Deus e não nos homens, tampouco na própria humanidade.

Agora, lhes chegou a hora de dizer "sim", o último "sim", o "sim" definitivo.

Logo chegarão a suas vidas, à consciência planetária, os fariseus, representados pelas correntes que descerão através batalha entre o caos e a Luz Divina, e que colocarão a consciência humana definitivamente em sua Paixão, na transição planetária, no momento de carregar a sua cruz e transcender toda aparência, para vencer, através da fé, as provas que se apresentarem.

Meus amados soldados e filhos tão queridos, fortaleçam-se sempre em Meu olhar, em Minha presença, porque Eu acompanharei o Calvário destes tempos.

Será a Minha Piedade que, unida ao Perdão de seus corações, abrirá novas portas para a evolução humana; renovará o princípio da Misericórdia em um novo atributo divino, que converterá não apenas os erros de consciências e indivíduos, mas de civilizações inteiras.

Esse atributo divino gerará méritos não apenas para a redenção da raça humana, mas também de todas as consciências que, em todo o Cosmos, se abrirem para essa suprema transformação e reconciliação com Deus.

O triunfo do Criador no coração humano, em toda uma raça, será o anúncio do maior milagre de amor de toda a Criação. Esse triunfo gerará a redenção universal.

Soarão por fim as trombetas dos mil anos de Paz, para que um novo exército se forme e, sob maiores graus de amor, se preparem para a última batalha, antes do supremo triunfo de Deus.

Sintam em Minhas palavras a importância da vida na Terra, a importância da vida de cada um de vocês, e sigam adiante proclamando a vontade e o Plano de Deus, aceitando esse Plano com amor, além das aparências e dos desafios diante dos quais ele os colocará.

Digam sempre sim e não olhem para trás. Encontrem a força para seguir adiante, na Paz de Meu Imaculado Coração.

Eu sempre os acompanharei do Calvário à Ressurreição e nos mil anos de Paz.

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz