Domingo, 13 de agosto de 2017

Mensagens diárias
MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Cruzando o Infinito, até descer à Terra, surge a Ave do Sol. Mais bela que uma Águia, mais brilhante que as estrelas, mais veloz que os cometas e mais silenciosa que a brisa do vento, quando toca os corações desamparados.

Essa Ave provém do Coração de Deus. Desceu da mais alta das dimensões, percorreu toda a Criação silenciosamente, até chegar à Terra.

Seu voo percorre o Oriente e o Ocidente, os lugares mais recônditos e escondidos, e também os mais populosos e conhecidos pelo homem. Seu Coração não faz distinção entre os seres.

Com Suas asas, abraça os Seus filhos, e estes estão entre os homens, mas também na natureza. Eles estão vivos na Terra, mas também são Seus filhos os que já partiram dela e os que chegarão ao longo do tempo.

Essa Ave foi enviada por Deus; o Seu voo representa a liberdade que alcançou por não estar em Si, mas por ser, eternamente, Serva e Escrava do Criador. Despojada de todas as coisas, todas as coisas Lhe pertencem, porque, sem querer nada, tudo Lhe foi dado por Deus.

O Maior Tesouro do Universo provém de Seu Ventre. Ela deu vida e liberdade Àquele que veio dar vida e liberdade ao mundo, como a toda a Criação.

Por ser mais brilhante que o Sol, essa Ave já não se oculta, e, a pedido do Senhor, o Seu silêncio deu lugar a um canto que ecoa entre as dimensões. Sua voz deve ser escutada por toda a Criação, porque Sua melodia é o anúncio de um novo tempo, é uma advertência e um caminho seguro pelo qual seguir para não se perder.

Eu Sou, filhos Meus, a Ave do Sol enviada por Deus. Meu brilho lhes expressa a unidade perfeita com o Seu Santo Espírito, desde o momento em que Ele fecundou o Meu Ventre Divino, para gestar uma nova vida, o princípio da renovação de toda a Criação.

Eu Sou sua Mãe Celestial e, assim como percorro todo o planeta, buscando as almas que devem reencontrar Deus, também chego a este lugar, para chamar os Meus filhos a viver a consagração ao Meu Imaculado Coração.

Venho ensiná-los a orar, fortalecer a sua fé e uni-los ainda mais ao Coração de Meu Filho.

Venho como um Sopro Divino, para dissipar a escuridão de suas vidas, retirar de seus corações a dor e a solidão, e entregar-lhes uma esperança que não se encontra neste mundo, mas no Coração de Deus.

Venho pelos mais jovens, que estão perdidos nas garras do inimigo de Deus, e todos os dias adentram mais no seu cativeiro, pensando que encontram a liberdade e a independência. Venho para retirá-los da ignorância que converte os valores da vida, para que já não se enganem e não se deixem enganar pelos estímulos deste mundo.

Estamos em um último tempo de Misericórdia, filhos amados, antes que a Justiça se precipite no mundo.

Por isso venho como a Ave do Sol, iluminando os abismos e os corações obscuros, para que todos tenham a oportunidade de Me encontrar.

Quero vê-los unidos, em uma vida fraterna entre religiões, culturas, raças...

Quero vê-los aprendendo uns com os outros, repartindo entre si os Dons que Deus lhes entregou para manifestarem neste tempo. Venho para ensiná-los a descobrir estes Dons: o Dom do Amor, o Dom da Piedade, o Dom da Caridade, o Dom de elevar com o canto, o Dom de elevar com a oração, o Dom da Cura, o Dom da Paz... e tantos outros, filhos Meus, que ainda devem descobrir em seus pequenos corações.

Deixem-se guiar por Sua Mãe Celestial e não tenham medo do desconhecido. Eu não venho desviar os seus caminhos, Eu venho para endireitá-los e torná-los retos e seguros para o Coração de Deus.

Confiem em Meu Imaculado Coração, como confiam n'Aquele que Me enviou.

Pela imposição de Minhas Santas Mãos, Eu os abençoo, os liberto e os protejo para que, a cada dia, encontrem o caminho para recomeçar.

Agradeço-lhes por virem ao Meu encontro.

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz