Sábado, 3 de outubro de 2020

Mensaje especial
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA A 85.ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vieram a Mim descalços, ao Templo do Meu Coração.

Eis aqui Meu Templo que os recebe, como também recebe o mundo e suas necessidades.

Eu Sou o Senhor dos refugiados e dos inocentes, dos que não têm terra, dos que não têm lar, dos que perderam tudo e seguem o caminho deste mundo buscando uma oportunidade e uma esperança.

Eu retornarei para voltar a multiplicar o pão e os peixes, para dar o maná da vida eterna aos que têm fome, aos que perderam a esperança, aos que são exilados.

Quero que saibam que, através desta Obra, o coração missionário sempre se renovará, o eterno voluntariado de servir aos demais de forma incondicional e amorosa.

Esta será uma fonte que estará aberta para impulsionar outras consciências ao serviço humanitário, a estender os braços e as mãos para ajudar os necessitados, os milhões de necessitados no mundo, que continuam sendo castigados por um sistema de adversidade e de controle.

O Templo do Meu Coração, que é a própria Eucaristia, contempla todas estas necessidades no fim dos tempos: a crise que vive o mundo, a perturbação dos homens e mulheres da Terra, o desespero dos corações inocentes que somente esperam comer e beber água para sobreviver.

Para vocês aqui e para seus irmãos que escutam esta Mensagem e têm tudo, é momento de agradecer, mas também de compartilhar. É momento de reverenciar e de glorificar a Graça que receberam ao longo dos tempos, e é seu espírito de voluntariado e de abnegação que corrigirá e curará as feridas dos corações refugiados.

Não só o alimento e a água salvarão as vidas, não só a proteção e o refúgio ampararão os inocentes e as crianças, mas também o Amor do Meu Coração, que vocês podem espelhar no mundo, redimirá a humanidade.

Ao ver o sofrimento do mundo e os campos de refugiados, a dor do Meu Coração é indescritível, e isso vai além da vida na matéria ou das organizações que os levam adiante.

O mundo ainda não conheceu o verdadeiro Governo Celestial, aquele que foi pensado no princípio para que todos vocês fossem felizes na Terra Prometida. Mas a humanidade se desviou e, como tem sido através das gerações, os mais inocentes sofrem a marginalização e a escravidão destes tempos. 

Quem deterá essa agonia perpétua?

Quem aliviará os corações sofredores?

Quem sairá de si mesmo para ver a necessidade, a grande necessidade que vive o mundo?

Neste dia, venho extraordinariamente, porque vocês não podem estar sem guia e sem instrução.

Tudo o que receberam ao longo dos tempos não deve ser considerado somente como a ampliação de sua consciência, mas também como sua resposta, sua generosidade e serviço.

As almas que não Me entendem e que não Me escutam de verdade têm que sair ao mundo para ver a realidade e enfrentar essa realidade até que lhes doa.

Eu os escolhi por um motivo que vocês desconhecem até os dias de hoje, por um motivo que está escrito nos Livros Sagrados de Deus, que faz parte da recuperação e da integridade espiritual do antigo Povo de Israel, que, espalhado pelo mundo, perdeu-se, ainda que Eu tenha morrido por vocês na Cruz.

É momento de que coloquem, frente a seus olhos, a situação planetária, a necessidade. Quando servirem e acolherem os que sofrem, suas situações internas ou seus problemas se dissolverão.

Porque a verdadeira família universal deverá constituir-se pelo surgimento de um pequeno grupo que leve adiante essa Aspiração de Deus, para que assim possa chegar a Nova Humanidade.

O Plano de Deus se escreve através de suas ações e de sua adesão ao Altíssimo; não há outro caminho que permita realizar o Plano, senão a prontidão de seus corações e vidas ao que for necessário.

Se Eu não tivesse vindo ao mundo, em que ponto estariam suas consciências e sua civilização?

Não poderiam imaginar, companheiros, porque seria algo mais grave do que o que vivem hoje como humanidade.

Poder reconhecer a Graça que os preenche e os abençoa, despojar-se e vir descalços a Mim, ao Templo do Meu Coração, é um sinal de que estão entendendo Minha Mensagem e de que aceitam viver a humildade, tão urgente e necessária neste tempo.

Não pode não haver humildade na humanidade, porque seria a vitória do caos sobre os homens.

A poucas almas do mundo Eu venho pedir o que pareceria impossível, o que espiritualmente fará triunfar Meu Plano nos planos internos e os levará a viver o caminho crístico.

Não necessito de grandes movimentos para levar Minha Obra adiante; só necessito que aceitem viver Minha Vontade, por mais que não a compreendam, porque em Minha Vontade está sua proteção e resguardo.

Sei que não é fácil seguir os comandos do Senhor e as diretrizes do Altíssimo.

Não há ser na superfície da Terra que não tenha passado por essa experiência, mas é depois de realizar Minha Vontade que compreenderão o Plano e o sentido de terem recebido o Chamado que chega para converter os corações.

Como o Senhor dos refugiados e dos inocentes, venho pedir ao mundo que abra seus olhos a essa necessidade. Não é suficiente a ajuda de uns poucos, tampouco o aproveitamento das minorias ricas, dos que se aproveitam da crise mundial.

Se abrirem seus olhos à necessidade, ainda que não sejam cristãos nem espirituais, cumprirão com o atributo da caridade, e muitas situações graves, que hoje o mundo continua gerando, serão perdoadas por Minha Misericórdia, e não corrigidas por Minha Justiça.

Mas devem crer primeiro no que lhes estou dizendo e no que lhes estou propondo, porque as oportunidades são únicas e não se repetirão.

Se abrirem seus olhos à necessidade das crises humanitárias, ao menos os que estão dentro desta Obra e seguem Meu Chamado, sairão de suas casas e de suas famílias para servir-Me e ajudar os que sofrem.

E aqueles que não puderem servir-Me em algum lugar, por deficiência ou outro motivo, que orem Comigo e adorem ao Santíssimo do Altar, para que a Graça de Minha infinita Misericórdia permeie a Terra e as almas que sofrem, para que os traumas dessas almas e corações possam curar-se, na oportunidade de uma nova esperança.

Até que as nações não se arrependam de seus feitos, não chegará a paz; e somente os que cumprem com Minha ardente aspiração serão portadores da paz e poderão levar a Paz e o Amor de Meu Coração aos grandes refúgios do mundo, onde já não existe luz nem esperança, só agonia e inferno.

Assim como Eu disse aos doze apóstolos, hoje digo a vocês: “Vão de dois em dois ou vão em grupo e sirvam, para que algum dia vivam sua redenção por meio do serviço aos que sofrem e se desesperam”.

O triunfo do Amor de Deus se dará com sua entrega e serviço, com seu sim total e incondicional. Assim estarão diante das portas de Minha Misericórdia, e o oceano infinito de Minha Compaixão os preencherá para que, no serviço e no silêncio, cheguem aos que sofrem.

Este tempo crítico é o começo de algo mais difícil, mas, pelas orações e entregas dos corações sinceros a Mim, muitas situações e acontecimentos serão desviados pelo poder da Misericórdia.

E assim, Meu doloroso Sangue deixará de ser derramado sobre o mundo para que Meus Raios de Misericórdia iluminem as almas e lhes concedam a paz.

Não sejam mais tentados nem enganados por vocês mesmos nem por Meu adversário. Têm as ferramentas para poder superá-lo.

Dei-lhes os Sacramentos para poderem vivê-los, para que sejam santificados em Meu Nome e estejam sob a proteção dos Espírito Santo, que é este Espírito Divino que hoje lhes fala, assim como fala ao mundo para que possa despertar.

Eu os santifico com Minha Luz e os convido à renovação do coração missionário nos tempos mais difíceis do mundo e da humanidade.

Tenham confiança em Minhas Palavras e as pontes da esperança se construirão para que os mais inocentes e refugiados possam cruzá-las até a Nova Terra.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

.