Domingo, 3 de janeiro de 2021

Mensagem especial
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA A 88ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Neste tempo de Armagedom, companheiros, Eu os chamo a cruzar com seus pés os oceanos desconhecidos, para que os limites da ignorância sejam superados, para que a voz de Meu Coração ressoe em cada um de vocês.

Como o apóstolo Pedro, pisem com seus pés os oceanos desconhecidos que hoje lhes apresento; assim descobrirão dentro de si o que verdadeiramente são e o que vieram cumprir em nome do Meu Pai.

Eu Sou o Pescador que chama seus companheiros ao alto-mar, aos profundos oceanos do infinito, para que mergulhem na essência da vida, para que, dentro da Fonte de Luz, encontrem a Verdade, aquela Verdade que falta ao mundo por sua indiferença e ignorância, pela falta de busca da Verdade superior.

Eu Sou o Senhor dos Oceanos. Convido-os a caminhar sobre as águas, e, neste tempo de Armagedom, será sua fé que lhes permitirá cruzar os oceanos tão extensos que hoje lhes apresento.

Assim vocês também, com sua oferta, elevarão a consciência da humanidade e ajudarão a retirá-la dos grandes abismos destes tempos, em que o sofrimento e a desolação reinam nos corações.
Eu os chamo a cruzar os oceanos desconhecidos do infinito, em confiança, acendendo a chama da fé neste momento planetário, porque a fé e a confiança lhes permitirão compreender tudo, aceitar tudo, e não sofrer mais.

Eu os convido a cruzar os oceanos desconhecidos com coragem, com a valentia de um servidor de Cristo, com uma alma em desapego e em abnegação, a serviço dos demais, ao encontro da grande necessidade planetária.

Quando pisarem sobre os oceanos com seus próprios pés, não duvidem, porque, se duvidarem, se afundarão, e então sua fé estará debilitada, será uma fé pobre por não crer.

Se Eu os chamo a cruzar os oceanos é porque podem crer em Mim. Eu continuo sendo o Caminho, a Verdade e a Vida. Sou o Caminho para chegar a Deus. Sou a Verdade para encontrá-la dentro de cada um de vocês. Sou a Vida que nunca morrerá, porque é uma Vida Eterna, a Vida do Espírito.

Agora cruzem os oceanos sobre as águas, sentindo a firmeza do que lhes digo. E sabem como poderão cruzar esses oceanos desconhecidos e infinitos? Não olhando para os seus pés, para a sua imperfeição nem para as suas dúvidas, mas olhando para o horizonte onde Eu Me encontro, esperando-os como o Sol Eucarístico da Adoração. Para lá que devem olhar.

Seus olhos devem penetrar o mistério para poder cruzar os grandes oceanos da consciência e transpassar os umbrais da ignorância e da indiferença para encontrar, além de vocês mesmos, Meu Espírito da Verdade.

Hoje estou sobre os oceanos do mundo e convido cada um de vocês a estar também, porque é nos grandes oceanos que encontrarão seu vazio interior e estarão livres das expectativas do fim destes tempos, de tudo o que poderia acontecer.

Ainda que o panorama mundial seja algo mais que uma crise grave e dolorosa, como Meus apóstolos do fim dos tempos, chamo-os a cruzar os oceanos desconhecidos do infinito com seus próprios pés, pisando fortemente sobre as águas, sentindo a elevação da consciência, saindo do que é material e terrenal, do que é supérfluo e mesquinho, caminhando sobre a base da fé e da confiança, da dignidade espiritual e da oração, até que encontrem, no horizonte dos oceanos, Minha Consciência solar e cósmica, abrindo-lhes os braços para recebê-los e acolhê-los no Coração.

Se as almas se animassem a atravessar os oceanos que Eu lhes ofereço, esses oceanos desconhecidos e infinitos, o mundo inteiro não estaria nesta situação.

Os oceanos, que devem pisar com seus próprios pés, os convidam a superar seus próprios medos, suas inseguranças e suas dúvidas.

Sei que passarão por esses sentimentos e pensamentos, porque caminhar sobre os oceanos não significa apenas ter um espírito de determinação e de confiança, mas ir além da fé, do que está além da fé e do que vem do eterno, do imutável, do incondicional.

Os oceanos desconhecidos da Consciência Crística se abrem diante de vocês para que possam cruzá-los neste momento crítico da humanidade, já que será através do caminho dos oceanos que poderão encontrar a paz e a serenidade emocional que necessitam neste momento, diante de toda a situação planetária.

Mas, se no transcurso de sua caminhada sobre os oceanos chegarem a sentir dúvidas, incerteza ou insegurança, saibam que Eu estarei aí para ajudá-los. Eu os ajudarei a caminhar sobre as águas da turbulência própria destes tempos.

Confiem, além do que vivem e do que sabem. Confiem, porque Eu lhes estenderei Minha Mão e a segurarão fortemente; e se chegarem a cair nos oceanos que desconhecem por ignorância, Eu os elevarei e os levarei Comigo até o final do caminho, onde Meu Pai necessita neste momento.

Se muitos mais se deixassem conduzir por Mim e se deixassem guiar por Mim, não viveriam este momento que hoje a humanidade vive.

Ainda que estejam neste planeta e dentro desta escola que o universo lhes deu para aprender a amar e a servir, Eu tenho tesouros preciosos para cada uma das almas, mas esses tesouros estão atravessando os grandes oceanos da consciência interior e espiritual.

Se sua confiança estiver fortalecida, e não tíbia, cruzarão com seus próprios pés os oceanos que Eu lhes ofereço, e não temerão o que é desconhecido, porque no final do horizonte encontrarão o portal, um umbral que os levará a algo mais profundo que ainda não conhecem.

É assim que, quando chegarem a esse momento, perceberão que estarão perdendo o controle e o poder que creem ter desde sempre. Por isso lhes falo da confiança e da fé neste momento planetário. 

Não temam cruzar os oceanos que desconhecem, porque eles nunca lhes farão dano.

Hoje vejam-se diante dos oceanos que Eu lhes ofereço, à beira do mar, sobre a areia, escutando Minha Mensagem, ouvindo Minhas Palavras, vendo Minha Presença no horizonte sideral.

Eu os chamo a cruzar os oceanos com seus próprios pés, sem temer por poder falhar. Para trás ficará sua história e seu passado; e o vento dos oceanos de Minha Consciência Crística os impulsionará a chegar até a meta que hoje lhes proponho, que é uma meta interna.

Se cruzarem os oceanos com seus próprios pés, poderão tomar consciência dos talentos que depositei em seus corações, em suas almas e espíritos.

Este é o tempo de lançar-se ao desconhecido, ao que não podem controlar nem dirigir com o poder, mas ao que podem viver no despojamento e no vazio, na humildade e na entrega.

Muitos ainda se encontram à beira do mar, descalços sobre a areia, pensando se cruzarão ou não os oceanos que Eu lhes ofereço para o desconhecido e infinito. Mas eles Me veem, muitos Me veem no horizonte dos oceanos. Escutam o ruído das águas, veem o movimento das ondas, sentem a brisa do vento em seus rostos, mas ainda não deram o último passo. Porque não haverá uma barca que os leve; sua própria barca será a confiança e a fé que os sustentará neste momento e neste tempo.

E quando cruzarem os oceanos com seus próprios pés e pisarem sobre as águas, se confiarem, saberão quem são e de onde vieram, o que foi que viveram e há quanto tempo estão aqui, esperando por este grande momento do reencontro com seu Senhor, o Senhor dos Oceanos, o Senhor do Caminho, da Verdade e da Vida.

Enquanto isso, Eu rezo por vocês e pelo mundo para que o oceano da ignorância já não os envolva nem os faça naufragar; para que o oceano da indiferença não os arraste para lugares desconhecidos, sem um porto seguro, sem uma terra firme.

Rezo pelo mundo e por vocês, para que o Oceano do Meu Amor e da Minha Misericórdia possa inundá-los, e para que algum dia, livres de suas prisões internas e externas, corporais e espirituais, possa renascer o verdadeiro ser, que uma vez surgiu da Fonte, dos sagrados Lagos de Luz do universo para cumprir com a Divina Vontade.

Os oceanos preparam o Retorno de Cristo.

Este é o tempo de superar seus próprios medos. É o tempo de não temer o desconhecido.

É o momento de perder o controle e o poder que creem ter, por meio do vazio e do despojamento.

Eu os chamo a pisar com seus pés sobre as águas, onde a dúvida, a insegurança ou a falta de fé não podem fazê-los falhar.

Eu estou aí para ajudá-los.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.