Quinta-feira, 25 de junho de 2020

Aparição
APARIÇÃO DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Em Amor e Misericórdia, hoje os encontro aqui, assim como Me encontrei com o restante dos Meus filhos em Medjugorje, momento em que sua Mãe Celeste celebra junto a Seus filhos não apenas o aniversário das aparições que vem realizando há mais de trinta e seis anos, não só pela Bósnia e Herzegovina, mas também pelo resto do mundo.

Celebro esta noite a devoção e o carinho dos Meus filhos, o amor que os filhos de Deus têm pela Rainha da Paz.

Hoje venho de Medjugorje e uno os dois hemisférios do planeta sob o Princípio do Amor e da Sabedoria.

Assim como em Medjugorje levei uma mensagem de paz para o mundo, neste lugar Eu posso trazer uma mensagem de consciência para o mundo, algo que a maioria dos Meus filhos e, sobretudo, da Igreja de Cristo demorarão em reconhecer.

Mas essa não é a Minha preocupação, filhos Meus. Minha preocupação, filhos Meus, é a sua salvação e redenção, que vivam a cristandade que o Meu Filho lhes ensinou através de Seu Amor e de Sua Misericórdia infinita.

Em todas as Minhas aparições realizadas no mundo, ao longo dos tempos, trouxe a mesma mensagem à humanidade, em diferentes tempos, momentos e circunstâncias em que a humanidade necessitava do Chamado de Deus, da Palavra de Deus, da advertência para poder mudar e transformar-se.

Aproxima-se o tempo e o momento, filhos Meus, em que a Rainha da Paz se recolherá, como a Rosa da Paz também se recolherá.

Em suas memórias e em seus corações deverá estar a Minha Presença, tudo o que Eu lhes ensinei através dos anos. De forma semelhante a São Paulo e São Pedro, vocês deverão viver este tempo. Nada nem ninguém poderá tirar-lhes o que Eu lhes entreguei aqui, porque o que Eu deixei aqui, e deixarei, é um profundo tesouro espiritual e imaterial, do qual as almas poderão servir-se no fim destes tempos, para aprender a atravessar o momento mais agudo da humanidade.

Eu agradeço, nesta noite, a confiança dos que creem em Mim e, sobretudo, o amor que expressam ao Reino de Deus por tudo que receberam. Isso é incomensurável, isso é o que Me traz aqui nesta noite: a resposta dos que confiam e dos que amam, além de suas misérias ou imperfeições, porque a verdadeira Igreja do Meu Filho está em seus corações, e não nas edificações. 

As verdadeiras bases da espiritualidade do Meu Filho são o testemunho verdadeiro de sua conversão e redenção, de sua oração diária e serviço pela humanidade e pelos Reinos da Natureza. Esse é o caminho para a nova humanidade; não é o caminho para a nova era.

A mente humana nunca poderá compreender o Mistério de Deus. Até quando os Meus filhos que não entendem O desafiarão?

Eu vim trazer a Medjugorje e a este lugar a Graça maternal do Meu Coração, e isso é o que deve perpetuar-se em seus corações e almas. Esse será o maior testemunho de amor de suas vidas por Deus e por todo o Seu Plano de Amor na humanidade.

Eu venho trazer um chamado, como trouxe um chamado em cada parte do mundo onde apareci ao longo dos tempos.

E, esta noite, Eu posso recolher o amor e a devoção dos Meus filhos em cada lugar onde apareci e onde estabeleci um santuário de amor e de oração. Isso é o que deposito hoje aos Pés do Criador, dos que persistem na transformação, dos que vivem em comunhão com Meu Filho, dos que praticam incessantemente o verbo da oração. Ali estão as bases de sua fé e de sua reconciliação com o Pai Eterno.

Agora, filhos Meus, com a consciência que hoje lhes trago através de palavras tão simples, mas profundas, poderão sentir e perceber como a Mãe de Deus está aqui e em Medjugorje, reunindo a consciência de todos os povos e raças, porque Minha mensagem é para toda a humanidade, e não apenas para uma única religião. 

Eu lhes trago aqui, filhos Meus, a oportunidade de amar através da reverência ao Verbo de Deus, que Eu lhes trouxe ao longo dos tempos e, sobretudo, nos últimos anos.

Hoje Meu Coração Imaculado não apenas recolhe as súplicas dos filhos de Deus, mas também o amor dos filhos de Deus. É esse amor, que vocês podem ter e viver pelo Pai e por Meu amado Filho, que curará e regenerará a Terra e porá fim ao que a humanidade hoje está vivendo e atravessando.

Enquanto as religiões e os povos não aprofundarem o amor e o viverem verdadeiramente com seus semelhantes, a humanidade não se renovará. Essa é a importante mensagem que hoje lhes trago, porque deverão recordá-la e, sobretudo, praticá-la neste tempo.

Filhos, como Rainha da Paz, estou aqui para ajudá-los, para conduzi-los  e para guiá-los até o Meu Filho. Eu lhes trago a mesma mensagem e a mesma revelação que o Meu Filho lhes entregou há mais de dois mil anos. Em nome do Meu Filho, volto a dizer-lhes: amem-se uns aos outros, assim como Meu Filho os amou e continua amando-os eternamente.

É só isso que lhes peço, porque o necessitarão. Será pelo seu bem.

E agora dedico a Minha mensagem aos Meus filhos da África, aos Meus queridos e pequenos filhos da santa e humilde Casa Santa Isabel, em Angola.

Assim como Eu visitei Minha prima há mais de dois mil anos, ainda que Eu deixe de vir a este lugar a partir de 8 de agosto, Eu os visitarei, extraordinária e milagrosamente, e terei a felicidade de consagrá-los como Meus filhos definitivamente. Essa será a grande e última peregrinação extraordinária.

Continuem rezando, amando, servindo e suplicando pelo mundo. Deus, apesar do que vê da humanidade, está feliz pela voz de suas súplicas, porque Ele, o Todo-Poderoso e Misericordioso, só pode viver e morar nos corações simples e humildes. Deus não mora nas instituições; Deus está presente nos pequenos e distante dos que se dizem poderosos.

Hoje, volta a cumprir-se, filhos Meus, uma das passagens da Bíblia. Deus revela Seus mistérios aos humildes e pequenos e derrota os poderosos e soberbos.  

O Amor de Deus está nos pequeninos como os Meus filhos da África. Um Amor que precisa ser curado, redimido e cicatrizado pela Mão bondosa e misericordiosa do Redentor.

Irei à África quando o tempo e o momento permitirem, mas não falta muito tempo. Vivam no Meu tempo e não sentirão muito a espera, e o tempo passará rapidamente e, assim como hoje Me encontro aqui, com Meus filhos, Eu Me encontrarei com vocês no Amor, na Graça e na Misericórdia.

Quisera dedicar este momento à Minha amada África, que espera há mais de quinhentos anos pelo alívio de sua escravidão e perseguição.

Com toda a glória e o poder que o Meu Filho Me deu, peregrinarei especialmente a Angola para juntos celebrarmos o dia da grande união entre o Céu e a Terra, entre Deus e a África.

Minhas últimas Palavras já ecoam nos corações que sabem reconhecê-las. Estas últimas Palavras que os Sagrados Corações anunciam ao mundo são as Palavras mais salvíficas e redentoras de que as almas necessitam para preparar-se para o momento importante do Retorno do Meu Filho.

Bebam da fonte das Palavras dos Sagrados Corações. Revivam Nossas Mensagens todos os dias. Temos lhes deixado tudo de que necessitam para o tempo que chegará, o tempo definitivo que o mundo já está vivendo e que muitos não querem reconhecer.

Ingressem no seu coração e sintam o que lhes deixamos. Os Céus estão fechando um ciclo antes do esperado; mas o Meu Amor não os abandonará. Cada vez que orarem Comigo, aí estarei; Minha Graça será a sua fortaleza quando Eu não estiver mais aqui.

Os meses de julho e agosto são os últimos e grandes momentos para a humanidade de interseção dos Sagrados Corações por todas as almas. Não percam estes dois últimos meses, porque chegou o tempo da síntese em suas vidas, de uma síntese espiritual e interior.

É necessário que vejam e recordem tudo o que aconteceu nos últimos doze anos para que possam compreender o que acontecerá depois, assim como Deus necessita.

Recebam em suas mãos uma flor de Luz. A branca flor de Luz é o primeiro sinal que lhes deixo, para que se preparem para o fim dos tempos. Levem esta flor de Luz, que é espelho do Meu Amor aos seus corações, e sejam abençoados pela Minha maternidade, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Quero levar em Meu Coração, antes de retirar-Me, uma canção importante para Mim, que é parte dessa síntese espiritual que vocês têm que fazer unidos ao Meu Coração.

Essa canção revela uma história, mas também uma inspiração, um testemunho verdadeiro, humilde e simples, que Eu lhes ensinei em Aurora.

Terei a Graça, esta noite, entre vocês e com vocês, de escutar “Revelaciones de Aurora”. 

Agradeço-lhes.