Quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Aparição
APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

O Trono de Deus se comoveu pelas suas orações e súplicas. Por isso, convido os que puderem a ajoelhar-se para agradar o Coração de Deus e para agradecer profundamente pela Sua resposta.

Assim, hoje, venho do Céu novamente para estar com os Meus filhos, porque o Meu único motivo são Meus filhos, os filhos que caminham ao lado de Cristo, que seguem Seus passos, que vivem Seus ensinamentos e tentam todos os dias, e em cada dia, vivê-los melhor, para sentir em seu interior o Seu sagrado ensinamento, que traz para o mundo a renovação, a cura e a fé de todos os corações.

Hoje venho do Céu, mas, antes de chegar aqui, visitei outros lugares da Terra que também necessitavam da intercessão da Mãe de Deus.

Pela consagração que hoje se viverá de forma especial, não apenas o Uruguai será beneficiado espiritualmente, mas também outras nações do mundo muito distantes desta, que também necessitam da intervenção e da Misericórdia de Deus.

Assim, hoje lhes trago uma Graça e lhes declaro a Graça que Deus Me concedeu para as nações do mudo que sofrem e que padecem os conflitos destes tempos, e que não conseguem sair desses conflitos pela própria ação do ser humano.

E detrás de tudo isso está o Meu adversário. Por isso chego a essas nações para abençoá-las, para elevar as essências caídas, para levar as almas ao Coração de Deus e para que possam sentir, sobre todas as coisas, o impulso do Seu Amor Cósmico, que vem despertá-los e renová-los, vem fortalecê-los no caminho da sua entrega e da sua consagração, da sua fé e da sua confiança no Pai Celestial.

A Graça que hoje trago é inexplicável. É uma Graça que descerá sobre essas nações para os próximos tempos, especialmente no momento de os Sagrados Corações porem os pés na África.

Ali tudo sucederá: liberações ocorrerão, e as almas se liberarão de muitíssimos e constantes sofrimentos. Mas isso não beneficiará apenas algumas nações da África, mas também a consciência de todo o continente.

Por essa razão, filhos Meus, a preparação para essa Peregrinação será importante, e desde já a anuncio e declaro para que vocês, que são Meus filhos, Meus exércitos, Meus filhos orantes que acompanham a sua Mãe Celeste, gerem as condições necessárias na obra da doação e da providência, para que essa Peregrinação possa concretizar-se, já que será uma das últimas.

O ano 2020 promete muitas mudanças na consciência humana, mas também grandes acontecimentos que a humanidade não poderá crer que possam ocorrer.

Por isso, a Hierarquia espiritual se une e se concentra para os próximos passos que se darão na Obra e no Plano de Resgate do Meu Filho.

Neste momento, em que tudo está se desencadeando, as comunidades já deverão ser um receptáculo de amor, as Ilhas de Salvação, para os que serão chamados a viver nelas e sustentar, em nome de todo o gênero humano, o que o planeta viverá na sua transição final.

Por isso, hoje lhes trago esta Graça, que é interna, profunda e espiritual. Uma Graça que compreenderão nos próximos tempos, nos próximos anos, que não serão muitos, em que viverão grandes movimentos, como parte desta humanidade e deste planeta. Muitos quiseram ter esta Graça e não puderam tê-la, mas hoje as entrego a vocês pela resposta que Me deram. Da mesma forma, entrego esta Graça aos seus irmãos que sustentam a chama da fé e o estandarte do Amor do Meu Filho em diferentes partes do mundo, preparando o Seu retorno à humanidade.

Compreendam com tudo isso, filhos Meus, quão grande é a necessidade planetária, e quão pequenos ficam os seus processos internos ante tantas emergências da humanidade. 

Este é o tempo, a hora e o momento de cruzar o portal para a vida do apostolado, a vida do serviço e da oração permanente. Porque tudo que aprenderam Comigo, através dos anos, foi somente uma preparação para que os Meus exércitos de Luz estejam prontos e disponíveis, de maneira incondicional, no momento culminante da Terra, para poder ajudar e colaborar na grande batalha do fim dos tempos, que define o amor ou a indiferença.

Eu mesma chamarei diferentes filhos, em diferentes pontos da Terra, de diferentes nações, regiões e lugares, para formar um grande exército que, em representação da maioria, dos mais ignorantes e inconscientes, sustentará o retorno de Cristo.

E esse momento se cumprirá, a Lei se mostrará, e tudo estará consumado quando o Meu Filho retornar ao mundo. E ainda que muitos, diria milhões, não poderão reconhecê-Lo, Ele se revelará e se mostrará de forma muito semelhante à que se apresentou para alguns dos Seus apóstolos na transfiguração do Monte Tabor. 

Por isso, devem ser conscientes de que esse momento está se aproximando, e não falta muito. Mas serão necessários a sua adesão e o seu apoio às próximas missões ao continente africano, que a Hierarquia planetária proporá no ano 2020, como lhes mencionei. 

É uma dor incalculável que se liberará, como nunca antes aconteceu, como nenhuma mente poderia imaginar, nem interpretar; porque Eu sou a Rainha da África e a Mãe de todos os aflitos, de todos os que sofrem e padecem o próprio caos que o mundo gera. Mas a hora dessa liberação chegará, e todos os Meus exércitos, que estão no Céu e na Terra, ajudarão a Sua Mãe Divina nesse grande momento. 

Hoje realizo a consagração de novos Filhos de Maria de forma íntima e simples, dedicando esta consagração e bênção também às Minhas filhas da África que hoje estão aqui presentes, que representam uma nação dolorida, sofrida, que agoniza como muitas nações da África, onde a desigualdade crê ser a tônica e o poder de muito poucos.

Por isso lhes trago a energia do equilíbrio, da harmonia e da prosperidade que deve estar latente no coração dos Meus filhos da África, sabendo que acima de tudo que ocorre, e quando Cristo retornar, chegará o momento da grande liberação da escravidão que vivem há séculos, da liberdade espiritual.

Estas badaladas hoje anunciam, diante de sua Mãe Celeste, o fim de um tempo, o cumprimento das profecias do Livro do Apocalipse e o momento da grande redenção planetária, além dos povos, das culturas, das religiões ou das tendências que o ser humano vive nestes tempos. 

Convido de forma íntima os que hoje se consagrarão como Meus filhos, porque em verdade já são Meus filhos; sua Mãe os assumiu e os aceitou desde os pés da Cruz até o presente e pelos tempos que virão.

Venham aqui para que Eu possa consagrá-los, e peço especialmente às irmãs da Etiópia que se acerquem, porque nesta consagração representarão todo o seu povo e todas as culturas da África, da Minha amada e querida África.

Assim abençoarei, neste dia de consagração, todas as nações dos que hoje as representam.

Há um pequeno Jesus que fala como o Meu amado Filho, quando deu Seus primeiros passos e assumiu a Cruz da liberação da humanidade. Os pequeninos sempre terão o primeiro lugar no Reino dos Céus, porque sua inocência e pureza liberam o mundo.

E agora, antes de proclamar esta consagração especial, peço para escutar o instrumental de Nossa Senhora de Kibeho, já que a Senhora do Verbo Divino, Guardiã da instrução e do conhecimento universal para todas as almas do mundo, por meio da Fonte imaterial de Deus, concederá uma Graça especial a todos vocês e, em consequência, às nações que representam neste momento e nesta vida. 

Ante o Poder que Deus entregou à sua Serva Fiel, na expressão da humildade e da pobreza do Seu Coração Imaculado, ante os anjos, arcanjos, bem-aventurados e santos que proclamam a bem-aventurança da sua Mãe Celeste, ante os coros celestiais, ante o Trono de Deus, na Presença da Santíssima Trindade, pelo Poder e a Misericórdia que o Meu Filho Me concedeu e a Graça intercessora do Castíssimo Coração de São José, é que hoje trago para cada um dos seus corações a Graça da liberação, a cura e o perdão do passado, para que suas feridas mais profundas e silenciosas sejam curadas pela imposição das Minhas mãos, de uma Mãe que os consola, que os conforta, que os inclui, que os apoia, que os ama e que os aceita assim como são.

Por todos os méritos concedidos desde o nascimento de Cristo até a Sua morte e ressurreição, por toda a instrução concedida ao longo dos séculos, nas centenas de aparições ocorridas na humanidade, pelos milagres, as conversões, as adorações, as ofertas, as celebrações eucarísticas, por tudo que os Meus filhos Me deram, na pobreza e na simplicidade dos seus espíritos, hoje os consagro para que o Céu desça sobre vocês e sobre as suas Nações a fim de que o Amor de Cristo cure e sane toda dor.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agora quero que cantem, para que a Mãe do Verbo Divino continue tendo a Graça de instruir o mundo, ainda que deva partir nos próximos tempos para o Reino Celeste, de onde veio anunciar-se aos Seus filhos no amor e na compaixão.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

E estas rosas e flores, que foram abençoadas e consagradas por Deus através do Meu Imaculado Coração, sejam a recuperação, a vivência e a expressão da sua pureza essencial que os trouxe aqui para curá-los e regenerá-los.

Agradeço-lhes.